MP – Capítulo 441

Capítulo Anterior  ||   Índice  ||  Próximo Capítulo


Capítulo 441: Adeus

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Depois que os três terminaram o café, Lin Huang foi ao balcão para pagar imediatamente. Yi Yeyu estava segurando o braço de Si Kongrou quando ele voltou, e ele não pôde deixar de se sentir como uma lâmpada entre eles.

“Irmã mais velha, já que o seu sobrenome é Si Kong, você está relacionado com o Si Kongjian?” Lin Huang achou que a atmosfera era estranha, então ele quebrou o gelo enquanto caminhavam.

“Você conhece Xiao Jian?” Si Kongrou olhou intrigado para Lin Huang.

“Ele era um dos examinadores quando estávamos treinando nas ruínas.”

“Oh, ele é meu irmão. Meu primo irmão para ser exato. Mas eu tenho mais de dez primos irmãos, então dificilmente conversamos um com o outro”, explicou Si Kongjian.

“Eu sabia disso quando ouvi o nome dele da última vez, mas não perguntei.” Yi Yeyu parecia presunçosamente que ela tinha tudo planejado.

“Você participou desse treinamento também?” Si Kongrou perguntou com a sobrancelha erguida.

“Sim, foi assim que eu subi para o Nível Fogo Sagrado. Foi Lin Huang quem me ajudou a matar o monstro.” Yi Yeyu não se esqueceu da ajuda de Lin Huang.

“Não é nada.” Lin Huang deu uma risada quando ele precisava agradar a Si Kongrou. Afinal, não era do seu interesse ser odiado por alguém de Nível Imortal.

“Oh, qual monstro você matou para subir de nível?” Si Kongrou olhou para Lin Huang e perguntou novamente.

“A Fênix de Fogo. Foi difícil…” Yi Yeyu começou a contar toda a história sobre como eles mataram a Fênix de Fogo.

E foi assim que Si Kongrou descobriu que Lin Huang era um Censor Imperial com grandes habilidades. No entanto, ela não comentou muito sobre isso.

“A Fênix de Fogo é um monstro com dupla mutação com sangue de fênix. É uma ótima escolha para pessoas com atributo fogo.” Isso foi tudo o que Si Kongrou disse.

Yi Yeyu então conversou com Si Kongjian sobre seu treinamento enquanto Lin Huang ouvia enquanto ele pensava que era de abrir os olhos. No entanto, a conversa mudou para algumas conversas de garotas que incluíam qual máscara facial era a melhor, qual cor dos lábios seria atraente para os garotos, os últimos lançamentos das melhores marcas, quem acabou de se casar e se divorciar, e assim por diante…

Lin Huang estava olhando para o espaço enquanto ouvia. Ele até seguiu as duas em um shopping sem perceber.

Os três compraram no departamento das mulheres. Apenas Yi Yeyu experimentou roupas enquanto Si Kongrou não. Tudo o que ela fez foi escolher o maior tamanho para as roupas que ela viu. Lin Huang não se atreveu a perguntar se ela estava comprando para si ou para outra pessoa. Eles compraram todo o caminho até o quarto andar, onde Si Kongrou parou para se embasbacar com um vestido de noiva branco.

“Um vestido tão bonito!”

“Eu acho que é bonito também. Irmã Rou Rou, compre se você gosta”, Yi Yeyu encorajou.

“Por que eu deveria comprar algo que eu nunca usaria em minha vida? Que homem gostaria de se casar comigo?” Si Kongrou balançou a cabeça e desviou o olhar. Para Lin Huang, sua expressão gentil e olhos escurecidos por causa do desdém confirmaram que ela realmente era uma mulher.

“O destino é estranho. Há sempre alguém para você neste mundo. É só que você ainda não o conheceu”, Lin Huang a confortou, mas logo se arrependeu do que disse ao temer que ela pensasse que ele estava interessado nela.

“Talvez…” Si Kongrou apenas olhou tristemente para Lin Huang, obviamente ainda para baixo.

Para fazê-la se sentir melhor, Yi Yeyu levou os dois para uma loja de sobremesas no andar de cima.

“Minha nossa!” Si Kongrou sorriu quando viu a loja de sobremesa.

“Dez anos atrás, quando eu ainda era uma garotinha, você sempre me trazia para comer sobremesa sempre que eu estivesse infeliz. Eu sempre esquecia o que me aborrecia enquanto me embriagava nas coisas mais fofas…” Yi Yeyu ainda se lembrava da doce lembrança que Si Kongrou lhe dera há uma década.

“Para ser honesta, no começo, eu pensei que você ficaria gorda e me culparia quando ficasse mais velha. Eu não sabia que você teria um corpo que nunca engordaria, não importa o quanto você comesse. É por isso que eu continuei comprando sobremesa para você”, Si Kongrou riu. Aquele pedaço de memória parecia estar bem fresco em sua cabeça.

Depois que as duas escolheram as sobremesas que queriam, Lin Huang começou a pagar. Eles conversaram enquanto comiam na loja de sobremesas, enquanto Lin Huang ouvia a conversa das garotas. Ele descobriu mais sobre Si Kongrou enquanto ouvia. Ela era um dos membros da Divisão dos Caçadores de Demônios naquela época, e ela havia sido enviada para ser guarda-costas de Yi Yeyu mais tarde por algum motivo. Quando Yi Yeyu cresceu, Si Kongrou subiu para o Nível Imortal e foi realocada para trabalhar para o Governo da União na Divisão3. Yi Yeyu não sabia por que exatamente ela havia ido lá. Porque ela estava no exército, ela contatou Yi Yeyu cada vez menos. Esta foi a primeira vez que ela encontrou Yi Yeyu novamente desde que ela voltou para a Divisão7.

“Irmã Rou Rou, você está indo bem na Division3? Se você não estiver feliz lá, eu vou tentar pedir ao bisavô para trazer você de volta para a Divisão7.” Yi Yeyu estava preocupada. Era raro para Lin Huang ouvir Yi Yeyu falar em um tom tão carinhoso.

“Eu estou indo muito bem lá. Se eu realmente não quiser ficar lá, eu mesma falarei com o general.” Si Kongrou sorriu.

“Isso é ótimo.” Yi Yeyu ficou feliz em ouvir isso.

Si Kongrou parecia falar de forma casual, mas Lin Huang podia sentir que ela estava escondendo alguma coisa.

“Irmã Rou Rou, você tem alguma missão na Divisão7, por isso você está aqui?” Yi Yeyu estava curiosa sobre a visita de Si Kongrou.

“É uma missão secreta. Eu não posso te dizer.” Si Kongrou sacudiu a cabeça e sorriu.

“Ainda podemos nos encontrar depois que sua missão acabar?” Yi Yeyu perguntou.

“Acho que não tenho muito tempo. Vou visitá-la novamente se tiver a chance no futuro e vou visitar o general também.” Si Kongrou sacudiu a cabeça.

“É ótimo poder espremer algum tempo para ficar com você esta manhã, mas tenho algo para fazer à tarde.” Si Kongrou olhou para a hora do Anel do Coração do Imperador. Já eram quase 11h da manhã.

“Vamos almoçar antes de sair”, sugeriu Yi Yeyu.

“Tudo bem então”, Si Kongrou hesitou quando ela olhou para a hora, mas concordou.

“Vamos fazer um almoço leve, já que acabamos de comer tanta sobremesa.”

Yi Yeyu estava familiarizada com o shopping e logo encontrou um restaurante chinês.

“Os pratos aqui são deliciosos. Meu irmão me trouxe aqui a primeira vez, e eu estive aqui sozinha algumas vezes. Ainda é cedo agora, então vamos pedir primeiro, já que não há muitos clientes aqui. Nossa comida deve ser servida em breve”.

Eles se sentaram perto da janela e seus pratos foram servidos alguns minutos depois que eles pediram.

Como eles acabaram de comer a sobremesa, Yi Yeyu só pediu quatro pratos e uma tigela de sopa para os três. Eles terminaram em menos de meia hora, e Lin Huang pediu a conta. Eles então mandaram Si Kongrou embora, mas não antes que Yi Yeyu desse a Si Kongrou um longo abraço.

“Embora Xiao Yu seja teimosa às vezes, ela é uma garota inocente. Se você quer apenas ser seu amigo, seja um bom amigo. Mas se você gostaria de ter um relacionamento com ela, você tem que trabalhar mais. Não é fácil entrar na família Yi. Espero que você mantenha o mesmo relacionamento que tem com ela agora, já que você não vai machucá-la se vocês forem apenas amigos. Eu não quero ver você machucando ela…”Si Kongrou sussurrou no ouvido de Lin Huang.

Si Kongrou soltou Yi Yeyu depois de sussurrar para Lin Huang. Os dois conversaram por um tempo antes de ela sair. Yi Yeyu ficou onde estava até que Si Kongjian desapareceu, então ela se virou.

“Coma alguma sobremesa.” Lin Huang deu-lhe um pouco de bomba de creme[1] já que ela parecia chateada com a partida de sua boa amiga. Yi Yeyu pegou a bomba de creme e comeu em silêncio. Lin Huang passou por ela mais algumas bombas de creme depois. Ela parecia estar mais feliz depois de comer ele.

“Você está planejando me matar com essas bombas de creme para que você possa herdar meu legado?” Yi Yeyu perguntou a Lin Huang.

“Eu não posso nem se eu quisesse!” Lin Huang disse.


Capítulo Anterior  ||   Índice  ||  Próximo Capítulo


Nota:

[1] Bomba de Creme é um tipo de doce.