MP – Capítulo 406

Capítulo Anterior  ||   Índice  ||  Próximo Capítulo


Capítulo 406: A Velha Senhora da família Yin

Tradutor: Asu | Editor: Asu

A Cidade Natal do Gordo ficava na Cidade de Nanmu, que também era um ponto de apoio de Grau D, como a Cidade Wulin, que ficava sob o território da Cidade de Baqi. Ficava a quase 1.300 quilômetros da Cidade de Baqi. Após o café da manhã, Lin Huang trouxe Lin Xin para a Cidade de Baqi, que ele havia marcado em sua relíquia dimensional antes. Eles então montaram no Trovão e se dirigiram para a Cidade de Nanmu.

Já passava das oito da manhã quando eles chegaram e a cidade começou a ficar lotada. A aparência do Trovão havia atraído à atenção da multidão. Lin Huang chamou o Trovão de volta depois que ele descobriu onde a casa da família Yin ficava. O ponto de apoio era pequena, apenas um pouco maior que a Cidade Wulin. Lin Huang não convocou o Lobo Viridiano e caminhou até a Residência Yin a pé com Lin Xin.

No caminho, Lin Huang estava pensando em como dar a notícia enquanto Lin Xin seguia sem dizer uma palavra. Ela não estava tão borbulhante e caprichosa como sempre foi. Sete a oito minutos depois, eles finalmente chegaram ao grande local que os pedestres haviam lhe contado. Os Yins eram claramente uma família próspera na cidade. Pela aparência do local, parecia que tinha pelo menos mil metros quadrados de largura.

Havia um velho sentado em um pavilhão não muito atrás da entrada e a porta de madeira preta estava trancada.

“O que você quer?” Quando o velho viu os dois, levantou-se e perguntou.

“Esta é a residência Yin? Eu sou o amigo de Yin Hangyi e esta é minha irmã. Yin Hangyi me pediu para vir aqui para ver sua Velha Senhora”, explicou Lin Huang educadamente.

“Você é amigo do Mestre? Por favor, me dê um momento enquanto eu informo o mordomo.” O velho ligou para alguém e desligou após uma breve troca de palavras. Ele então abriu a porta.

“Por favor, entre. O mordomo está esperando por você na porta.” Ele abriu a porta e sorriu para os dois.

Eles caminharam pelo pátio. Havia um homem de meia-idade de smoking preto que acenou para eles na entrada. Era óbvio que ele era o mordomo dos Yins.

“Por favor, me siga até a sala de estar.” O mordomo levou os dois para o lado esquerdo dos corredores e se dirigiu para a sala de estar.

Quando entraram na sala de estar, o mordomo pegou o chá e perguntou casualmente: “Como eu me dirijo a vocês dois?”.

“Meu nome é Lin Huang e esta é minha irmã Lin Xin”, disse Lin Huang.

“Ah, então você é o Sr. Lin Huang. O Mestre sempre fala sobre você. Ele nos disse que você é jovem talentoso e que conquistou muito em uma idade tão jovem.” O mordomo era muito mais amigável depois de confirmar quem era Lin Huang.

“Eu me pergunto o que traz o Sr. Lin Huang e a Sra. Lin Xin aqui hoje?” O mordomo lhes serviu um pouco de chá.

“Hangyi me pediu para ver sua avó.” Lin Huang sabia que era melhor se ele anunciasse a notícia para o chefe da família.

“Ah, é isso mesmo? Ela acabou de acordar e está tomando café da manhã agora. Vou informá-la. Por favor, me dê um momento.” O mordomo não perguntou mais nada e se desculpou.

“Irmão Gordo era bastante rico.” Lin Xin sorriu.

“Este é todo o esforço do negócio do pai do Gordo. Agora que seu pai e o Gordo não estão mais por perto, o negócio deve se tornar difícil de se manter. Muitas pessoas foram ao restaurante para a receita do pai do Gordo. Gordo herdou 50 à 60% do talento de seu pai. Não há mais ninguém na família Yin que seja talentoso na culinária… “Lin Huang sabia por que o Gordo lhe pediu para comprar o hotel, pois a família o venderia para outros se ele não o fizesse.

“Sem a receita do hotel, parece difícil para a família manter seu estilo de vida”. Lin Xin observou.

“Assim, assim que souberem da morte do Gordo, se forem espertos, venderão o hotel porque, se continuarem a gerenciá-lo, certamente perderão dinheiro. Como ainda estão ganhando dinheiro agora, quanto mais cedo vá, melhor para eles “. Lin Huang assentiu impotente.

“Por que você não compra o hotel, irmão? Podemos conseguir alguns bons chefs para preparar alguns pratos exclusivos. Mesmo que não façamos muito, pelo menos o negócio não estará perdendo dinheiro”, sugeriu Lin Xin.

“O Gordo esperava que eu comprasse também, mas não posso ser quem inicia isso. Precisamos ouvir o que a avó diz.” Lin Huang sabia que se ele sugerisse que ele próprio, para os Yins, ele pareceria que estava roubando uma casa em chamas, em vez de tentar ajudar.

Depois de tomar dois goles de chá, o mordomo voltou para eles. “Por favor, me siga até a vovó.”.

Os dois se arrastaram atrás dele e foram para o segundo andar. Na sala de estar, havia uma senhora com cabelos brancos no sofá, entre duas mulheres. Lin Huang imaginou que eles eram tias do Gordo.

A velha senhora acenou para os dois. “Já que vocês dois são amigos do Hangyi, não sejam tímidos e venham se sentar. Sinta-se em casa.”

“Oi avó, oi tias”, Lin Huang cumprimentou as três. O mordomo saiu depois de trazer os dois para o chá.

Lin Huang estava sentado em uma cadeira que não estava longe do sofá e estava confortável. No entanto, Lin Xin parecia um pouco desconfortável.

“Eu ouvi do mordomo que você é Lin Huang?” A velha senhora riu.

“Sim, eu sou Lin Huang. Esta é minha irmã, Lin Xin.”

“Hangyi mencionou sobre você antes. Ele disse que você salvou a vida dele uma vez. Ele também me disse que você tem grandes habilidades e que você é um gênio”, a velha senhora elogiou.

“Hangyi estava brincando…” Lin Huang não sabia mais como dar a notícia.

“Ah, sim, deixe-me apresentar. Eu sou a avó do Hangyi e essas duas são as tias do Hangyi.” A velha senhora de repente percebeu que ela não apresentou os três.

“Você sabe que Hangyi tem uma namorada agora? Embora a garota seja bonita, eu estou preocupada que ela realmente não ame a Hangyi. Pense nisso. Se ela é tão bonita, que parte da Hangyi a atrairia? Desde você é seu amigo, atente para ele em meu nome. Eu não quero que ele seja enganado…” A velha senhora não parou de falar. Lin Huang finalmente sabia de onde o Gordo tirou sua boca tagarela.

Ela foi interrompida por uma das tias. “Mãe, não fale apenas de você. Hangyi foi viajar e agora pediu a seu amigo para vir aqui, então deve haver algo importante”, disse a tia.

“Olhe para mim, esquecendo o que é importante. Hangyi deve ter algo urgente para nos dizer?” A velha senhora perguntou. Lin Huang estava lutando porque não sabia como dar a notícia. Ele estava procurando a oportunidade de entrega-la gentilmente, mas não havia como ele conseguir, a julgar pela conversa da velha senhora.

Agora que os três estavam olhando para ele com antecipação, ele não sabia mais como dizer. A velha senhora pareceu notar que algo estava errado na expressão de Lin Huang.

“Lin Huang, algo aconteceu… a Hangyi?” A velha senhora perguntou com cuidado. O silêncio de Lin Huang tornou o ambiente estranho.

“Apenas me diga, eu posso aguentar.” A velha senhora respirou fundo e acenou para Lin Huang. Ela parecia saber o que tinha acontecido quando havia lágrimas em seus olhos.

“Me desculpe, Hangyi está… morto…” Lin Huang se sentiu péssimo, mas contou a verdade de qualquer maneira.


Capítulo Anterior  ||   Índice  ||  Próximo Capítulo