Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Lee Soo-Won suprimiu sua raiva crescente. O Chuncugwan1 estava cheio de reclamações dos repórteres que entravam na Casa Azul. O secretário-chefe e até mesmo o funcionário de escalão mais baixo do escritório estavam ausentes, então os repórteres foram deixados sozinhos.

Isso era impossível. A relação entre políticos e jornalistas era entrelaçada, tornando difícil o distanciamento entre eles. Portanto, criar uma lacuna significativa entre eles era quase impossível.

Não foi apenas porque os seres extraterrestres foram repelidos. Este foi o momento em que a invasão marcou um momento crucial para a humanidade, pois chegou ao fim e as pessoas começaram a avançar em direção a um novo começo. A Casa Azul era a responsável por divulgar ativamente informações relacionadas à imprensa.

No entanto, a única coisa conhecida era o fato de que trezentos mil coreanos haviam entrado no Período do Advento e menos de quinhentos haviam retornado com vida. Isso já foi divulgado na conferência de imprensa de Lee Tae-Han.

Os repórteres queriam saber quem eram Odin e os quinhentos Despertos sobreviventes, como derrotaram os monstros e que posição o governo teria sobre os Despertos no futuro.

A Casa Azul permaneceu em silêncio, e foi um terrível sinal de negligência deles. O governo impugnado era assim há dois anos. Lee Soo-Won tinha certeza de que políticas de mídia desatualizadas como essa foram a causa do impeachment do décimo oitavo poder político.

O que vão fazer apenas afastando a imprensa?

Se ele e seus colegas não tivessem sido seriamente insultados lá… Se a Casa Azul não tratasse mal a mídia, toda a mídia não teria dado as costas para eles. Se assim fosse, então o décimo oitavo poder político não teria entrado em colapso devido ao impeachment.

“Acho que não aprenderam nada com isso. Repórter Lee, você sabe alguma coisa sobre os Despertos?” Um repórter sentado ao lado de Lee Soo-Won perguntou.

Lee Soo-Won estava prestes a responder, mas ele fechou a boca quando de repente sentiu calafrios descendo por sua espinha. O décimo nono governo entendeu o poder da mídia melhor do que ninguém. Eles haviam testemunhado a queda do governo anterior devido ao tratamento duro com a mídia, e o atual governo foi o que mais se beneficiou com isso.

Na verdade, Lee Soo-Won teve vontade de escrever algo. Ele poderia condenar o governo tanto quanto pudesse pela destruição da parte sul de Gyeonggi-do. Ele poderia criar uma rachadura no índice de aprovação de uma fortaleza de ferro do governo XIX. Mas o governo sabia disso, mas estavam em uma situação inevitável onde não podiam impedir que isso acontecesse!

Isso significava que um poder absoluto, mais forte do que a autoridade dos chefes e administradores no décimo oitavo regime, espreitava por trás do atual governo. Eles haviam selado a boca da Casa Azul. Todos sabiam quem eram. Era tão óbvio que era embaraçoso mencioná-los.

Grupo Jeonil.

Eles haviam dominado o governo e os negócios deste país desde o décimo quinto regime. Ironicamente, seu estrangeiro de cabelos pretos estava na Coreia quando nasceu o primeiro governo democrático que todos desejavam. Nos últimos vinte anos, completaram um santuário que era absolutamente inviolável, a menos que a Revolução do Proletariado2 ocorresse na Coreia.

Eles são muito poderosos.

Lee Soo-Won ficou surpreso com o fato de que ninguém havia sobrevivido após desafiar o Grupo Jeonil. Embora não estivesse enfrentando a tortura física na Agência Central de Inteligência como enfrentaria na década de 1970, aqueles que desafiaram o grupo ainda enfrentaram a destruição de sua posição social. Políticos, profissionais de direito, empresários e repórteres foram arruinados. Após o incidente do Escândalo da Jeonil, a extensão de sua destruição piorou… 3

As pessoas chamavam o atual governo de ‘Regime Democrático’, mas era mais correto referir-se a ele como ‘Regime Jeonil’. Portanto, Lee Soo-Won decidiu prosseguir com o trabalho por meio de um jornalista estrangeiro que tinha mais liberdade. Antes de ingressar na Casa Azul para trabalhar como repórter, trabalhou como correspondente na América do Norte por mais de três anos.

Graças a isso, conseguiu se registrar como membro do clube de imprensa estrangeira em Seul, onde conheceu Carrie. Ela estava em Seul.

No dia seguinte, era final da tarde quando Soo-Won parou seu carro no acostamento da Praça da Prefeitura de Seul.

「Oramos pelo retorno seguro dos Despertos e das almas partiram. 」

Pessoas de todas os estilos da vida vieram acender incenso em memória dos falecidos.

Uma mulher estrangeira se aproximou dele quando viu o pisca-alerta que ele havia acendido. Lee Soo-Won saiu do carro e abriu o banco do passageiro.

Ele disse: “O Período do Advento começou e terminou neste país. Não é muito cedo para você voltar para casa?”

Joshua von Karjan anunciou o início no Resort Jeonil e Lee Tae-Han terminou no Hotel Ilsung em Seul, Coreia. Como Lee Tae-Han havia declarado, o momento decisivo para a humanidade, estava ocorrendo na Coreia e em nenhum outro lugar. No entanto, Carrie estava ansiosa para partir.

“Este país é muito restrito”, Ela respondeu.

Ele respondeu: “É por causa do Grupo Jeonil. Eu não posso acessá-los, mas você pode de várias maneiras. Eu quero ajudar você.”

“Mas isso não vai te ajudar em sua carreira”, Disse ela.

Carrie acertou em cheio. Ela estava dizendo que mesmo que colaborasse com ela para fazer um furo sobre Jeonil, não poderia publicá-lo como um artigo. Ela estava bem ciente sobre o ecossistema na Coreia.

Ele insistiu: “O Grupo Jeonil é uma montanha que temos que superar um dia na Coreia. As oportunidades não voltarão a menos que o país fique preso em uma situação de emergência como esta.”

Ele fez uma pausa e continuou: “Quem sabe? O atual governo pode seguir os mesmos passos do antigo regime por causa deles. E se os segredos do Grupo Jeonil forem revelados durante o processo? Você conhece a situação do impeachment no ano passado, certo?”

Carrie perguntou: “Seu objetivo é investigar a corrupção do Grupo Jeonil? Essa é uma direção totalmente diferente da nossa.”

Ele balançou sua cabeça. “Não, é um pouco diferente. Quero saber exatamente quem são. Não é mais uma presunção que tenham laços estreitos com a Associação Mundial de Despertos.”

“Eu posso te dizer algo sobre isso. Você conhece o Clube Bilderberg, certo? Você deve conhecer.”

“Claro.”

Carrie afirmou: “A presidente do Clube Jeonil faz parte. Isso foi confirmado várias vezes e é como esperado”.

Soo-Won respondeu: “Sim, eu sabia disso. Mas o Clube Bilderberg foi…”

Ela o interrompeu: “Você realmente acha que os líderes políticos do mundo e os grandes agitadores do setor financeiro se encontram para beber vinho e dançar no salão de baile? Gosta da forma como descrevem o clube? Não me diga que você acredita nisso.”

Carrie fez uma pausa e continuou com um sorriso amargo: “É a organização mais secreta entre os inúmeros grupos. Não é grande coisa porque o público não sabe muito sobre eles. É porque o poder dos membros do clube é tão imenso que ninguém se atreve a revelar suas identidades. Deve ser a imagem que você sente do Grupo Jeonil como cidadão.”

Lee Soo-Won ouviu cuidadosamente Carrie, que tinha uma perspectiva mais ampla do que ele.

Carrie continuou: “O Clube Bilderberg tem uma longa história, e as guerras da história moderna e contemporânea vieram todas de lá. Cabe a eles decidir quando começar a guerra, quanto tempo vai durar e quando terminá-la. Esta guerra contra a civilização alienígena não foi exceção. Eles marcaram o começo e tudo terminou em suas mãos como previram”.

“Isso é verdade.” Lee Soo-Won franziu os lábios.

“Passar pelo Grupo Jeonil é uma das várias maneiras de abordar o Clube Bilderberg. E eles não olham para aqueles que os abordam de braços cruzados. Houve incidentes dos quais não suporto falar aqui. As pessoas que tentaram para se aproximar do Clube Bilderberg simplesmente somem. Além de controlar a mídia, não têm escrúpulos em usar força física contra os outros.”

Esse tipo de segredo era comum. Ele não precisou considerar eventos globais como a Assembleia Geral da OCDE, reunião do G8, reunião da OMC ou Assembleia Geral do Banco Central Mundial para pensar sobre esta questão.

A evidência era clara já no cotidiano. Os executivos de seu prédio de apartamentos também conspiraram e agiram com base em seus próprios interesses, determinando os preços dos prédios e a construção de instalações esportivas caras em terrenos baldios por meio de seus acordos privados.

Apesar disso, Lee Soo-Won achou difícil aceitar que as mesmas forças de controle e poder existissem em nível global. Ele conhecia a realidade, mas parecia uma situação que estava acontecendo em uma dimensão diferente.

“Sr. Lee, a Associação Mundial de Despertos deve ter uma conexão estreita com o Grupo Jeonil. No entanto, você acha que estamos nos retirando de volta ao nosso país porque não sabemos disso?” Carrie perguntou.

Ela então declarou: “É melhor você ouvir isso com atenção. Se você está disposto a continuar, deve estar preparado para arriscar sua vida junto com muitos de seus amigos. No entanto, assuntos mais urgentes estão acontecendo rapidamente para ficarem presos nessa questão. Você deveria parar de se cegar. Há um registro de casos aos quais devemos prestar mais atenção, Sr. Lee.”

Buzzz. Buzzzz-

Mesmo assim, o celular de Lee Soo-Won estava vibrando. Como conheceu muitas pessoas enquanto trabalhava como repórter, havia muitos funerais para comparecer. A quantia em dinheiro de condolências que ele tinha para dar já ultrapassou seu salário mensal. Um de seus sobrinhos também havia morrido.

Ele ainda era apenas uma criança.

De qualquer forma, Lee Soo-Won não conseguiu impedir Carrie de sair do veículo. O trabalho relacionado ao Grupo Jeonil representava um sério risco de vida, e era claro que ele enfrentaria o isolamento se prosseguisse com o assunto relacionado ao misterioso Clube Jeonil.

Mas…

Ele já estava em frente ao velório, que ficava próximo ao Aeroporto Internacional de Gimpo. Era bem longe de sua casa. Ele segurava um cigarro na boca enquanto olhava para a luz vermelha do voo internacional, voando no céu noturno.

Alguns dos que haviam entrado no Resort Jeonil deviam estar naquele avião. De acordo com os registros que ainda não foram deletados pelo escritório de imigração, houve um número significativo de pessoas que entraram na Coreia na véspera do Dia do Juízo Final. Afinal, as famílias de Joshua von Karjan, Caçador Jonathan e outras figuras importantes entraram no resort. O Grupo havia garantido sua segurança.

A princípio, Lee Soo-Won se perguntou por que Jeonil havia instalado uma enorme barreira ao redor do resort de luxo, mas agora percebeu que tinham um motivo válido para suportar as críticas do público.

Grupo Jeonil… Tudo estava acontecendo em nosso país.

Lee Soo-Won lamentou não ter descoberto antes. Quando a atenção de todos foi atraída para a relação entre o atual regime e a América do Norte e as questões nucleares na Coreia do Norte, ele deveria ter mudado sua perspectiva e tentado revelar toda a história do grande evento.

O presidente da Associação Mundial de Despertos era coreano e era o presidente do Grupo Ilsung. Entre os poucos diretores, havia mais um coreano chamado Kwon Seong-Il. Havia dois coreanos no comando da associação, e ficaram ombro a ombro com superpotências de classe mundial, como Caçador Jonathan e Joshua von Karjan.

Lee Soo-Won voltou para o salão do funeral. A funerária estava lotada. O fato de trezentas mil pessoas terem entrado e apenas quinhentas terem retornado tornava o número de retornados sem sentido.

Foi difícil agendar um serviço funerário, pois quase trezentos mil morreram durante a noite. Só quem tinha dinheiro e contatos conseguia reservar uma vaga.

Muitas coroas de flores enchiam o primeiro andar. Nesse meio tempo, Lee Soo-Won foi atraído para a direção para onde todos estavam olhando. As pessoas fizeram mais barulho sobre a coroa de flores do que sobre as guirlandas que os altos funcionários do governo haviam enviado.

「Descanse em paz. Do Diretor da Associação Mundial de Despertos, Kwon Seong-Il.」

Huh?!

O título ‘Calibur’ desonrou sua identidade, mas Kwon Seong-Il era de fato o nome mais notável do mundo no momento. Kwon Seong-Il!

No entanto, a coroa havia sido entregue ao seu sobrinho. O nome do falecido era Kang Ja-Seong, e quem mais lamentava era o tio materno de Soo-Won.

É isso!

Não parecia que outros repórteres tivessem descoberto isso ainda. Se assim fosse, teriam se aglomerado por aqui. Isso significava que ele não deveria estar ocupado perseguindo um Desperto com quem ele nem conseguia falar.

Lee Soo-Won acendeu um incenso e disse depois de se curvar para seu tio: “Isso é tão doloroso”.

***

Seong-Il me ligou.

Comparado com o que aconteceria no futuro, o problema de Seong-Il era apenas um peixinho no oceano. Na verdade, não dei liberdade apenas para Seong-Il. Alguns Despertos ainda estavam hospedados no Hotel Gwacheon como Yeon-Hee e eu, mas muitos já haviam partido.

Eu só pedi para ficarem quietos sem causar nenhum problema até que a associação fosse concluída. A questão urgente não foi derivada dos Despertos, que partiram em busca de uma nova vida na Coreia. Eles eram apenas como um sarampo inevitável na junção de eras antigas e novas. O verdadeiro problema ainda estava na conversa na televisão.

“Enquanto a Associação Mundial de Despertos exorta os Despertos em todo o mundo a esperar ‘calmamente’ até a data de registro de Despertos, eles expressaram profundo pesar e advertência aos países que tentam controlar seus Despertos, incluindo a China.”

O locutor continuou: “Além disso, o grupo financeiro global, Grupo Jonathan, gastou um enorme trilhão de dólares na Associação Mundial de Despertos. Os fundos foram destinados ao benefício de indivíduos Despertos que desempenharam um papel em salvar a humanidade e as famílias daqueles que perderam entes queridos. Os Despertos em breve poderão receber cartões de débito com fundos no valor de duzentos mil dólares por meio da BS4 e agências bancárias parceiras em todo o mundo a qualquer momento. Dez mil dólares em dinheiro de consolação serão dados às famílias dos quarenta e cinco milhões de vítimas.”

Yeon-Hee perguntou enquanto se deliciava com um sorvete: “O que você vai fazer com a China?”

Quando abri minha boca, a doçura da colher de Yeon-Hee encheu minha boca. Ela me olhou com carinho enquanto eu descansava em seu colo.

Meu objetivo era colocar a China sob controle e garantir sua cooperação com os empreendimentos futuros do clube. Isso demonstraria que sua crença na influência limitada do clube estava equivocada. Eu tinha que mostrar a eles que nosso verdadeiro poder não estava no poder físico.

“Na década de 1990, os Estados Unidos mataram o Iraque.”

Abri a boca para comer mais do sorvete que estava entrando em minha boca e acrescentei: “Vamos impor o mais alto nível de sanções econômicas à China”.

  1. Um prédio na Casa Azul, onde geralmente são realizadas coletivas de imprensa.
  2. Um movimento político que busca derrubar o capitalismo e estabelecer uma sociedade socialista. Defende que a classe trabalhadora se levante contra a classe dominante e assuma o controle dos meios de produção. Também é conhecida como a Revolução Comunista.
  3. A década a que o repórter se refere foi caracterizada pelo regime militar autoritário sob o Presidente Park Chung-Hee. O governo implementou políticas controversas, incluindo censura, controle da mídia e abusos dos direitos humanos durante esse período. Claro, vários grupos políticos e sociais se opuseram a eles, levando a protestos, manifestações e agitação ao longo da década. O governo prendeu todos que discordavam deles e ordenou que a Agência Central de Inteligência os torturasse. Muitos morreram com a tortura, e alguns eram estudantes universitários inocentes que não estavam envolvidos nos protestos.
  4. Banco Sun
Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥