Selecione o tipo de erro abaixo

Atravessando alguns becos escuros, com escombros atirados em certos pontos e escutando constantes explosões vindas de vários lados diferentes, Silver caminhou tranquilamente como se não estivesse no meio de uma guerra.

Ele usava roupas semelhantes às de quando foi resgatar Mia, com um uniforme feito para lugares escuros complementado por um sobretudo também preto.   

Virando a próxima esquina, o jovem se viu em uma área mais aberta, não o suficiente para dizer que era um ótimo local para lutar mas, estava num nível aceitável.

— Quem diria que sua obsessão te traria tão longe? — comentou com um sorriso frio.

Sua caminhada não parou enquanto ele observava as duas pessoas do lado oposto ao seu.

O mais alto tinha múltiplas cicatrizes no rosto e o olho direito completamente danificado. Usando um uniforme como o de Silver, com a diferença sendo a cor azul escura ao invés do preto. Seus cabelos e olho único tinham o mesmo tom marrom e ele estava visivelmente tenso.

Um pouco atrás dele estava outro homem, com cabelos castanhos que chegavam aos seus pés e que cobriam a maioria do rosto, exceto pelo sorriso estranho que ele tinha.

— Eu não imaginei — Sem receber resposta alguma, Silver continuou com um tom gelado.

O ritmo de sua caminhada aumentou pouco a pouco e logo se tornou uma corrida completa. Não foi rápido e nem lento, só o suficiente para trazer a sensação de que esse ataque seria perigoso.

Chegando em frente a Raymond, o jovem lançou um soco simples com o punho esquerdo. Rapidamente o homem cruzou os braços buscando amortecer o golpe mas, quando o mesmo se conectou ele não sentiu peso algum no ataque.

Arregalando seu único olho, Raymond levantou o antebraço a tempo de defender um chute vindo de seu ponto cego. Ainda sim, a força do impacto o fez deslizar até encostar numa parede próxima.

Surpreso pela situação, ele desviou sua atenção por um instante e, quando olhou de volta, viu um punho se aproximando do seu rosto. 

Bang!

A construção chacoalhou violentamente pela força do golpe, com rachaduras se formando na parede. Desta vez, Raymond revidou começando uma batalha selvagem que trouxe metade do prédio ao chão.

Seus golpes foram aparados facilmente e ele sabia que Silver não estava lutando a sério e, por isso, essa era uma ótima chance de finalizar a luta sem arrastá-la muito, foi então que uma oportunidade surgiu.

De repente, manoplas surgiram em seus punhos e Raymond socou a parede mais próxima e, espinhos irromperam dos escombros fazendo seu caminho para o oponente.

Foi repentino, mas não o bastante para pegar Silver desprevenido este que se afastou com alguns saltos antes de mover levemente seu sobretudo, mostrando um corte na roupa.

— Nada mau, parece que você não ficou procrastinando depois de fugir.

— E você como sempre, subestimando o oponente não é? 

Silver simplesmente deu de ombros ouvindo Raymond, antes de deixar os braços largados para os lados, entrando numa postura muito familiar para ambos. 

Seu oponente não o decepcionou, replicando exatamente a mesma postura embora fosse por puro instinto. Lembranças dos seu treinamento juntos continuavam vindo e o homem não pôde deixar de se sentir melancólico.

— [Estilo fera – Modo lobo]… — Ambos estavam perfeitamente sincronizados, seja na forma ou na fala — [Primeira forma – Arrancada]

A dupla desapareceu, aparecendo de volta no exato ponto onde seu oponente estava anteriormente. 

Raymond trouxe sua mão ainda coberta pela manopla massageando o lugar onde foi atingido. Graças ao seu físico o golpe não trouxe nenhum ferimento sério, mas ainda sim, doeu.

Sem perder mais tempo, eles deram continuação à luta.

— [Segunda forma – Devorar] — Outra vez, houve uma perfeita sincronia entre eles.

O homem sentiu como se houvesse voltado no tempo, para quando ele e Silver ‘disputavam’ como um teste sobre o quanto o garoto havia aperfeiçoado as técnicas ensinadas. Cada vez que isso acontecia Raymond teve a mão menor e, agora, não foi diferente.

Marcas de garras apareceram no ombro dele e sangue escorria, seu corpo não foi forte o suficiente para impedir o corte embora tenha impossibilitado de ir muito fundo.

— [Terceira forma – Estraçalhar] — Com essas palavras, Silver avançou novamente e Raymond copiou por outra vez.

No entanto, ele não foi tão entusiástico quanto antes e, quando o embate aconteceu algo surpreendente se seguiu. 

O homem de cabelos longos saltou contra o golpe, como se desesperado para salvar seu ‘amigo’. Este ‘sacrifício’ não deixou ferimento algum em seu corpo enquanto oponente só cruzou para o outro lado.

— Hansha Kagami… Eu vejo — O sorriso frio em seu rosto desapareceu por um instante — Seus pais eram videntes por acaso?

Se tratando de um personagem original da novel ele poderia entender, afinal, eles eram nomeados pelo próprio autor então se seus nomes tivessem um significado especial, seja para seu criador ou para a própria proposta da história seria compreensível. 

Agora qual a chance de tal coincidência acontecer?

Encostando na ferida feita em seu torso, Silver finalmente deu alguma atenção à segunda pessoa presente.

— Esse foi meu próprio golpe não? — disse o jovem retomando o sorriso enquanto o corte se fechava em uma velocidade anormal — Agora eu entendi de onde veio sua confiança para me desafiar.

— Você é realmente arrogante neeeé~ — Kagami disse ainda sorrindo estranhamente — Acha que viemos até aqui só para te matar?

— Oh, não foi? Então qual seu objetivo? 

‘Heh, pode descrever seus planos eu sei que você está se coçando para fazer’

Como um vilão de terceira categoria, o homem estava prestes a realmente contar a razão de sua vinda, mas Raymond impediu.

— … — Olhando para seu companheiro como se perguntasse ‘você é idiota?’ — Seus truques não mudaram — comentou, voltando sua atenção para Silver.

— Ainda funciona. 

Tomando a frente da sua dupla, Raymond levantou os punhos preparando-se para o round seguinte. Kagami não objetou, mas qualquer um poderia dizer que ele estava insatisfeito.

Com o que exatamente? Só o ele sabia.

Enfim, Silver alcançou parcialmente seu objetivo com a conversa. Se o grupo não veio por ele, então havia alguma coisa no território em si que eles queriam. 

O jovem também estava um pouco decepcionado por Raymond ter se tornado o capacho de alguém. Provavelmente tinha a ver com os amigos desaparecidos do garoto, mas, desde que ele voltou, seria impossível sair de novo.

— Deveríamos continuar? — perguntou o dragão prateado com um sorriso.

— Grude no plano — O homem ordenou sua dupla.

— Como quiser~ 

Com isso a batalha continuou. O trio atravessou a área, deixando rastros de destruição por onde passavam e, mesmo os escombros foram usados como arma.

Silver e Raymond trocavam golpes freneticamente, com o primeiro tendo a vantagem a cada embate, mas Kagami não ficou apenas parado olhando. 

O homem sempre aparecia entre os outros dois quando algum ataque parecia perigoso demais, fazendo o inimigo hesitar e recuar diversas vezes, cumprindo seu objetivo de quebrar o ritmo da luta. 

A velocidade da batalha não diminuiu, pelo contrário, só aumentou com Silver buscando formas de alcançar Raymond e Kagami dando seu melhor para impedir todas.

O sucesso deixou o homem confiante, afinal, o inimigo estava com ‘medo’ de enfrentá-lo de frente, focando somente em seu ‘companheiro’.

Bang!

Outro chute atingiu um prédio próximo, reduzindo sua metade superior a escombros. Os prédios da cidade já não eram bem feitos e, além disso, a estrutura deles fora comprometida pelas explosões que chacoalharam a cidade somado a todos golpes que os atingiram.

Apoiando-se na mesma perna que usou para atacar, Silver saltou para esquivar de mais espinhos criados por Raymond, avançando mais uma vez contra o traidor.

‘Eu já tenho minhas teorias sobre os limites dos poderes desses dois. Só preciso testar na prática’

O chão ganhou mais rachaduras graças ao impacto da disputa entre os dois, e no momento em que a balança pendeu para o lado do dragão prateado, Kagami interferiu.

Uma decisão certa, porém, por pura coincidência, o momento foi errado. 

Boom!

Uma explosão mais alta que as anteriores ressoou. Ela veio na linha de visão da construção recém-destruída e, mesmo longe, foi alta o suficiente para chamar a atenção do trio. 

Do ponto onde aconteceu, uma neblina esverdeada subiu como um sinalizador. 

Aproveitando o leve segundo de distração, Silver lançou um soco que se conectou com as costelas de Kagami e um distinto crack pôde ser escutado.

O homem foi jogado para longe, tossindo e urrando de dor. Ele obviamente não tinha muita tolerância à dor.

‘Os efeitos de se confiar demais no seu elemento’ 

— Você realmente segue a coisa de espelho a sério, não é? — comentou com um sorriso, este que o oponente perdeu pois estava mais ocupado tentando parar de sentir dor.

Inclinando a cabeça, Silver evitou um soco de Raymond voltando a troca de golpes onde, desta vez, sem Kagami o traidor sentiu mais pressão que antes.

Crack!

Com um pisão, o piso se quebrou e o dragão prateado fluidamente atirou todos destroços possíveis contra seu inimigo, usando ambos, braços e pernas. 

Sem surpresa alguma, nenhum dos projéteis atingiu o homem. Era como se os escombros ganhassem vida própria somente para desviar de atingir Raymond.

E, com a confirmação de alguns fatos, Silver analisou e preparou o futuro da batalha.

— Agora que eu entendi seus limites e fraquezas… — Chamas prateadas cobriram o corpo do jovem, trazendo a sua [Armadura real] a luz outra vez — Que tal começarmos a luta de verdade?

Raymond franziu, colocando-se em posição para o que viria estando disposto a usar tudo que tinha. 

Kagami levantou do chão, ainda incomodado com a dor que era tão incomum para ele. Olhando para Silver por baixo de seus cabelos com ódio, o homem prometeu fazê-lo sofrer muito.

Sob o terreno arruinado pela luta e escutando as explosões ao fundo, que serviram como tambores de guerra, o trio reforçou suas determinações.

Desta forma, alinharam-se todas as peças para o ato final de todos os campos de batalha.

Picture of Olá, eu sou Kail!

Olá, eu sou Kail!

Comentem e avaliem o capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥