AFE – Capítulo 201 – Mudanças na Crista do Dragão Inferno

Capítulo Anterior || Índice|| Próximo Capítulo

“Lou Lan, alguma descoberta?” Ai Hui perguntou em antecipação.

A razão pela qual ele era tão inflexível quanto à trazer o Cristal de Sangue era porque ele tinha o competente Lou Lan. Talvez Lou Lan encontre algo.

“Desculpe, não há nenhuma, Ai Hui”. Lou Lan sacudiu a cabeça. “Este tipo de cristal é diferente de tudo o que eu vi até hoje. Perdeu sua toxicidade e transformou-se em um tipo de força muito estranho, talvez seja a Força Espiritual de Sangue de que você estava falando, mas não há registros de tal força no meu núcleo de areia. Ai Hui, um material completamente novo requer muito tempo e pesquisa antes de poder entender seu uso”.

Ai Hui ficou um pouco decepcionado, mas pensando nisso, não era nada estranho. O pessoal do prefeito teria encontrado algo há muito tempo se fosse tão fácil.

“Não se arrependa, Lou Lan. Você já é muito capaz. Todos respeitam e gostam de você”, disse Ai Hui sinceramente.

“Mesmo?” Lou Lan abriu os olhos, incapaz de acreditar nas palavras de Ai Hui.

“Claro!” Ai Hui gritou de repente: “Diga-me, todos. Lou Lan é bom? Quem gosta de Lou Lan?”.

“É claro que ele é bom!”

“Lou Lan é o melhor Fantoche de Areia!”

“Eu te amo, Lou Lan!”

“Lou Lan, eu quero trazê-lo para casa!”

Lou Lan caiu em um estímulo curto antes de sorrir amplamente, seus olhos formando duas luas crescentes. Ele respondeu alegremente: “Lou Lan ama a todos também!”.

Excitado, Lou Lan transformou-se em uma roda de areia. “A assistência médica de Lou Lan está aqui!”

Poof! A roda de areia se dispersou, pousou e rolou pelas costas de todos.

“Hahhaha, faz cócegas!”

“Hahaha!”

Olhando para todos se divertindo, o olhar frio de Ai Hui suavizou significativamente. Ai Hui nunca esqueceu as palavras de Lou Lan: “Quem se lembraria de um Fantoche de Areia?”.

Muitas pessoas vão se lembrar de você, Lou Lan.

Ai Hui pensou para si mesmo.

Shi Xueman sacudiu a cabeça um pouco impotente. O plano de treinamento que ela formulou para todos foi interrompido por Ai Hui, mas não conseguiu interromper a cena de júbilo diante de seus olhos.

As cruéis batalhas noturnas, testemunhando as mortes de seus companheiros e as constantes situações que ameaçavam a vida eram como um céu frio gelado envolvido por uma poluição obscura. Não havia lugar para correr. Todos apertaram os dentes e lutaram pela sobrevivência.

Os estudantes que brincando serviram como uma lembrança repentina de que ainda eram um grupo de crianças.

Ela olhou automaticamente para Ai Hui e viu a frieza e a desolação nos olhos se aquecer, como se o céu estivesse colorido pela luz solar.

Ela ficou assustada. Foi a primeira vez que viu esse calor irradiando do corpo de Ai Hui.

Detectando um olhar de observação, Ai Hui virou o pescoço. Ao ver que era Dama de Ferro, hesitou por um momento, murmurando para si mesmo: “Devo dizer?”

“O que você quer dizer”, exclamou Shi Xueman. Quando terminou a frase, sentiu-se um pouco embaraçada.

“Vou dizer isso então”. Ai Hui caminhou diretamente em direção a Shi Xueman com uma expressão severa em seu rosto, como se ele tivesse acabado de tomar uma decisão importante.

Inexplicavelmente, Shi Xueman ficou nervosa. Ela tentou se manter calma e sem perturbações, mas a sua frequência cardíaca começou a aumentar.

Ai Hui caminhou até o lado de Shi Xueman antes de dizer suavemente: “Uh… Dama de… uh, Deusa…”

No livro de Shi Xueman, “deusa” era uma palavra muito comum. Desde uma idade jovem, ela perdeu a noção de quantas pessoas a chamavam desse jeito. Mesmo dentro da equipe, todos a chamaram disso. Ela sabia que esse elogio se baseava mais em sua aparência e ela não gostava e nem desgostava.

No entanto, de alguma forma, ouvir Ai Hui dirigi-la como “deusa” fez seu coração bater ainda mais rápido. Thud, thud, thud. O som parece ecoar dentro do peito.

“Eu salvei sua vida algumas vezes depois de tudo”, disse Ai Hui com um olhar reservado em seu rosto. “Como diz o ditado, pague seu salvador com dinheiro. Não estou chantageando você, mas tivemos nossos encontros fatais. Será irracional pra mim pedir muito, então você pode simplesmente …”

O rosto de Shi Xueman era tão preto quanto o fundo de uma panela. Ela apontou diretamente o Cirrus para Ai Hui, olhando-o com frieza. “Vamos ter um duelo!”

“Vamos conversar sobre isso!” Ai Hui riu. “Onde não há negócios, há compaixão. Haha, esqueça se não for possível. Esqueça, hahaha…”

Lutando com a Dama de Ferro? Só se seu cérebro fosse anormal, ele faria algo tão bobo, pensou Ai Hui.

Sob o olhar furioso de Shi Xueman, Ai Hui entrou no quarto, abatido.

Suspiro, seu sonho de ganhar dinheiro estava prestes a ser quebrado.

Não foi fácil ganhar dinheiro!

O olhar de Ai Hui caiu no cristal na mesa. Ele não podia deixar de lamentar as dificuldades da vida. Ele havia coletado o cristal de sangue na esperança de ganhar algum dinheiro, mas parecia que a esperança também estava quebrada.

Enquanto Ai Hui tocava com o cristal de sangue na mão, ele subconscientemente colocou sua atenção nele.

Um brilho vermelho-escuro emergira do cristal de sangue puro, translúcido e espumante. Se fosse examinado de perto, veríamos um fio de sangue carmesim muito fino. O cristal de sangue era sólido e pesado. Quando batido contra a mesa, fez um som semelhante ao de uma pedra.

O que mais surpreendeu Ai Hui foi o fato de que o cristal de sangue não tinha odor, enquanto o veneno de sangue tinha uma fragrância distinta.

Lou Lan disse que o cristal de sangue não era tóxico.

Era muito difícil imaginar que essa gema vermelha fosse feita de sangue fresco. Esta série de mudanças inimagináveis ​​fez Ai Hui temer ainda mais o Sangue de Deus.

O Sangue de Deus era tão subversivo, e  “gênio” já não era suficiente para descrever a pessoa que criou tudo isso.

Não é de admirar que os velhos companheiros tenham sido tão espancados.

Recordando as palavras do velho, que o cristal de sangue continha Força Espiritual de Sangue, o fez estremecer. Talvez ele pudesse tentar usar a Atadura de Sangue? Ele tentou tocar o Cristal de Sangue com a Atadura de Sangue e ficou desapontado com a falta de reação da Atadura de Sangue.

Poderia ser que ainda estava cheia de sua refeição anterior?

Após o refinamento de sangue, a Atadura de Sangue parecia ter perdido o interesse pelo veneno de sangue. Ai Hui sabia que deveria ter havido algumas mudanças que ocorreram, mas ele não sabia como usar a Atadura de Sangue. Ela simplesmente serviu como uma ferramenta defensiva para ele no momento. Ele usou sua habilidade natural para resistir a lesões de espadas, salvando-se de alguns incidentes prejudiciais.

Força Espiritual de Sangue… Força Espiritual?

O que mais estava associado à Força Espiritual? O embrião da espada? Ai Hui não se atreveu a absorver o cristal de sangue porque, se algo desse errado, mesmo os anjos não poderiam salvá-lo.

O que mais ele poderia fazer sobre isso?

Os olhos de Ai Hui se iluminaram. A Crista do Dragão Inferno!

Sete restos de artefatos foram incorporados no corpo da espada Crista do Dragão Inferno. O que são restos de artefatos? Eles eram restos de tesouros e artefatos da Era do Cultivo. Os restos não podiam ser corroídos pelo Mar da Névoa Prateada. Como eles eram artefatos e tesouros da Era do Cultivo, eles estavam relacionados à Força Espiritual.

Todos os chamavam de restos de artefatos ou resíduos oceânicos, o que refletia os dois tipos de atitudes que as pessoas tinham em relação a eles. Ai Hui ainda preferia o nome de “restos de artefatos”, uma vez que conseguiram sobreviver a milhares de anos de corrosão. Embora eles não tenham muito uso, não havia dúvida de que esses artefatos eram de excelente qualidade.

Ai Hui pegou a Crista do Dragão Inferno.

Os sete cristais prismáticos vermelhos foram arrumados em uma fileira em seu corpo.

Os cristais prismáticos na espada e os cristais de sangue eram todos vermelhos, mas eles traziam cor e brilho muito diferentes. As formas dos cristais prismáticos eram mais ordenadas, enquanto que as formas dos cristais de sangue não estavam estruturadas.

Devido ao fato de que os cristais prismáticos foram pescados no Mar da Névoa Prateada, sua origem era desconhecida e intratável. A julgar pelo seu brilho, no entanto, eles provavelmente vieram do mesmo artefato.

Ai Hui tentou colocar o cristal de sangue no primeiro cristal prismático perto do punho da espada.

Bzzt!

Um fio de corrente elétrica saiu através do cristal de sangue, adormecendo as pontas dos dedos de Ai Hui.

Ai Hui, no entanto, não se importava com os dedos adormecidos. Ele olhou para o corpo da espada com os olhos bem abertos, temendo que ele pudesse perder alguns detalhes.

O cristal de sangue vermelho-escuro começou a derreter em um grupo de sangue fresco antes de fluir e se estendendo ao longo do corpo da espada. Um movimento pequeno e distinto capturou a atenção de Ai Hui.

Isso é força espiritual?

Todo o corpo da espada foi mergulhado no líquido de sangue vermelho, que lentamente penetrou no cristal prismático.

Bzzt bzzt bzzt!

Minúsculas correntes elétricas pairavam ao redor do corpo da espada.

O cristal prismático era como uma besta fúnebre insaciável e sedenta, absorvendo o cristal de sangue sem parar.

Quando o último líquido vermelho-escuro entrou no cristal prismático, uma corrente elétrica mais forte desceu rapidamente do primeiro para o último cristal prismático com um som “bzzt”.

Quando a corrente elétrica desapareceu, a Crista do Dragão Inferno ficou quieta novamente.

Ai Hui olhou fixamente antena Crista do Dragão Inferno diante dele. O sorriso no canto de seus lábios cresceu. Ele não podia mais controlar-se e riu de coração com a cabeça inclinada.

“Hahaha …”

Algum tempo depois, depois que Ai Hui se recuperou, ele inspecionou sua espada meticulosamente.

O cristal prismático, uma vez vermelho, se transformou em uma cor mais clara. Se não fosse o fato de que AI Hui estava extremamente familiarizado com sua Crista do Dragão Inferno, essa alteração sutil não teria sido fácil de ser detectada. Ao aproximar-se, Ai Hui viu um fio de corrente elétrica. Estava muito fina e só podia ser visto depois de olhar mais de perto. Estava presente e congelado dentro de cada cristal, coincidentemente formando uma linha reta.

Só depois de observá-lo com cuidado por um longo tempo, Ai Hui percebeu que esse fio de corrente elétrica fluía para frente e para trás, através e dentro dos sete cristais prismáticos. Como a velocidade era muito rápida, deu a impressão de que ele ligava todos os cristais prismáticos.

Surpreendida, Ai Hui exclamou internamente: “Como?”.

Os sete cristais prismáticos não estavam conectados do primeiro ao último, mas, em vez disso, cada cristal tinha uma distância considerável entre eles e o corpo da espada estava entre eles. No entanto, esse fio de corrente elétrica semelhante a cabelo podia fluir de um lado para o outro, ignorando as lacunas.

Então, esse era um artefato da Era do Cultivo?

Quão mágico! Ai Hui não pode deixar de se sentir fascinado. Quando comparado à glória da Era do Cultivo, o Avalon dos Cinco Elementos de hoje era apenas um recém-nascido.

Ele saltou, pegou sua Crista do Dragão Inferno e acenou.

Não houve mudanças.

Ele tentou executar a [Corte Oblíquo] e o corpo da espada iluminou-se. Ao mesmo tempo, um fio de eletricidade pulou uma vez dentro do raio da espada antes de desaparecer.

Foi realmente efetivo!

Ai Hui estava além de feliz. Se a espada se movesse com eletricidade, seria como um tigre que tinha crescido asas. Seus dedos estavam um pouco adormecidos pelo choque anterior. Embora a paralisia não tenha sido grave, ainda funcionou. Em uma batalha intensa, pequenas mudanças poderiam romper o equilíbrio.

Possuindo experiência de batalha rica, Ai Hui já pensou em algumas maneiras de usar a corrente elétrica. Além disso, a partir deste processo de transformação, Ai Hui acreditava que, se houvesse mais cristais de sangue, a corrente elétrica poderia se tornar mais poderosa.

Ele tentou outro movimento.

Ele queria observar como sua Crista do Dragão Inferno mudaria se ele operasse sua energia elementar para poder mover sua espada.

Havia algo mais adequado do que a [Lua Crescente]?

Ele segurou a Crista do Dragão Inferno e entrou no pátio, onde todos já haviam retomado ao treinamento.

Ai Hui disse com uma voz profunda: “Vou testar um movimento, por favor, afaste-se um pouco”.

Fatty foi o mais rápido a reagir. Aproveitando a oportunidade para afrouxar, ele rapidamente encontrou-se um lugar no canto enquanto abraçava seu escudo pesado.

Todos pararam de praticar e se moveram para os lados.

Todos os olhos estavam concentrados em Ai Hui e a espada em suas mãos.

Capítulo Anterior || Índice|| Próximo Capítulo
Rolar para o topo