Capítulo 08 – Devorando o Panda, não Devorando um Panda!

Ascenção sem Classe

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Devorando o Panda, não Devorando um Panda!


Tradutora: Ruby | Revisora: Ruby

Josh continuou cultivando o chefe. Esperando 1 hora e matando-o. A propósito, agora só dava 1 XP por morte.

O que significa que levaria quase 42 dias de matança intensa a cada hora para chegar ao nível 3. Josh esperava que isso mudasse no andar 2.

Ele continuou matando até que, finalmente, outro item caiu.

#sistema-escuro#

– Material: Couro Cerberus

#escuro-fim#

Sem saber o valor de tal coisa, ele a embolsou. Ele esperava que houvesse uma aba de material sendo aberta na tela de seu equipamento.

Não! Parecia que ele tinha que segurá-lo como um idiota.

Ele continuou até que finalmente, após 3 dias de cultivo, ele dropou algo de valor. Outra garra de Cerberus.

O slot de sua arma já estava cheio. Assim, com a pele e a arma em mãos, ele murmurou.

“Teleportar para fora!”

Antes dele, apareceu Metropolis C em toda a sua glória. Josh não pode deixar de se perguntar se havia um Metropolis A e B lá fora.

“Você! Você é o Sem Classe, certo ?!”

Um homem se aproximou de Josh enquanto segurava seu UW para frente, possivelmente gravando.

“Você demorou 3 dias para limpar o Andar 1! Como você se sente sabendo que há 10 anos limpando-o em menos de um dia?”

“Você está me perseguindo? O que há com essa pergunta inútil, afinal?”

“Vejo que você está carregando uma Adaga Cerberus e um Couro Cerberus! Isso explica tudo! Você diria que sua insistência em escalar a torre mesmo quando não tem classe é baseada em sua falta de conhecimento?”

“Sobre o que é mesmo que você está falando?”

“* Limpa a garganta * É do conhecimento comum que se pode guardar uma arma no slot de equipamento! Também é do conhecimento comum que a pele de Cerberus não vale nada!”

Nesse ponto, Josh o considerou um completo idiota e decidiu simplesmente ignorá-lo.

Navegando na UW, ele rapidamente encontrou um lugar para vender seu saque. Ele precisava de créditos para entrar na torre novamente. Ele também estava morrendo de fome.

Josh presumiu que a única razão pela qual ele conseguiu sobreviver por muito tempo sem sustento era por causa de seu nível de crescimento.

Abrindo uma função de navegação, Josh simplesmente começou a caminhar em direção ao seu destino. No caminho, ele viu muitos anúncios. Um tema recorrente parecia ser que a maioria estaria ligada à Torre.

Por exemplo:

#sistema-escuro#

<1 Andar, 1 Missão, 1 Chefe, 1 Lore Piece e 1 Guilda para você passar por tudo: Power Leveling! O melhor dos melhores! >

#escuro-fim#

Que nome de guilda simples!

#sistema-escuro#

<Iogurte de Valquíria! Aprovado pela própria Valquíria Eclipse da Classe S!>

#escuro-fim#

Josh não pode deixar de zombar disso. Classe S e iogurte na mesma frase.

Olhando para o rosto da garota na tela, ele entendeu como ajudou a vendê-lo. Ela parecia bonita o suficiente para atrair os olhares dos meninos e valente o suficiente para inspirar as meninas.

Finalmente, Josh entrou em um lugar chamado Distrito B. Lá ele encontrou a loja que procurava <Trade4Days>.

“Você planeja limpar o primeiro andar repetidamente para ganhar seu sustento?”

Só então Josh percebeu que o cara ainda o estava seguindo.

“Desculpe, eu não estava ouvindo. Além disso, não me importo. Vá embora.”

Só então o homem saiu enquanto batia os pés, não que isso incomodasse Josh.

Era hora de fazer $$$!

Josh se aproximou de um balconista, um jovem que estava lendo casualmente algo em seu UW.

“Olá, gostaria de vender esses dois itens!”

“Irmão, para uma transação tão pequena, basta falar com os U-bots.”

Então ele ignorou Josh.

Depois de interagir com os robôs, Josh conseguiu 11 créditos no total. 10 para a arma e 1 para o material. Isso significaria 2 entradas na Torre e uma semana de refeições.

Isso foi o suficiente.

Uma pesquisa rápida em seu UW revelou que o preço de entrada só aumentaria quando alguém atingisse o nível 10. Depois disso, o preço seria definido para o nível de indivíduo X 2.

Josh não pôde deixar de pensar em como aquele sistema era hostil para os iniciantes. De acordo com comentários no blog que ele havia visto, os ganhos de um Alpinista eram exponenciais.

Josh pode pensar em alguns motivos para explicar isso:

– Tornar mais difícil a escalada para evitar que as pessoas saiam mal preparadas (e morram).

-Mantendo o poder nas mãos das elites.

-Reduzir o número de cidadãos poderosos para reduzir a taxa de criminalidade.

De qualquer forma, Josh simplesmente procurou um lugar para comprar comida porque estava morrendo de fome. Aparentemente, ele tinha que ir para o distrito G se quisesse comer.

Ele também poderia conseguir alguns lanches baratos ou comprar ingredientes e cozinhar ele mesmo. Para isso, ele precisaria de uma cozinha.

Olhando para os preços, se ele quisesse seu próprio lugar remotamente perto da Torre, isso custaria cerca de 200-400 créditos por mês e exigiria até pagamentos iniciais.

Josh desistiu rapidamente.

Parece que os preços dos terrenos explodiram na área.

De volta à Terra, sempre se pode criar novos empreendimentos fora da metrópole. Aqui toda a economia parecia depender da existência da Torre, então não era uma opção.

Josh não pode deixar de se perguntar quanto tempo demorou tal desenvolvimento. Surpreendentemente, apenas alguns meses de acordo com uma página wiki.

Assim que Josh entrou no distrito G, seu estômago começou a roncar ruidosamente. O aroma era opressor e tão delicioso. Cheirava a churrasco e especiarias. Aparentemente, todos os restaurantes da cidade foram divididos aqui.

Isso o lembrou dos vendedores ambulantes que vendiam iguarias na Terra. Também fez Josh se lembrar de algumas boas lembranças, do sorriso dela enquanto ele segurava sua mão enquanto caminhava casualmente.

Como eram doces os dias daquela época! Quando seus únicos problemas eram o emprego de baixa remuneração e a tentativa de conseguir uma promoção. Antes do treino, antes da morte, antes da transmigração.

Ela teria adorado este lugar. O pequeno também. Enquanto ele estava lá em transe, alguém o chamou.

“Nos encontramos de novo! Por que sempre que vejo algum caipira observando a paisagem é sempre você!”

Foi o jovem que o ajudou antes.

“Olá. O que posso dizer, este mundo é incrível à sua maneira. * Suspiro *”

“Eu sei, certo! Meu nome é Dale! Dale, a Fênix!”

Josh não pode deixar de rir do nome Chuuni.

“Ei! Pare de rir! Eu ia oferecer uma refeição para você também!”

“Eu contarei com sua experiência então, Sr. Phoenix!”

O jovem deu um sorriso irônico.

“Tudo bem, acho que vou te perdoar. Vamos para o Panda Devorador! Você vai experimentar a verdadeira bem-aventurança!”

Josh o seguiu em silêncio.

De vez em quando, seu guia apontava para várias lojas e estandes, descrevendo sua especialidade e quais eram suas preferidas.

Isso fez Josh se lembrar de um amigo que ele conhecia naquela época. Na época em que ele era apenas um estudante. Quando ele ainda tinha amigos. Na época em que suas mãos não estavam manchadas de sangue.

Ele não pôde deixar de pensar em como isso era reconfortante. Que nostálgico também.

Pela primeira vez, o Josh geralmente severo não pôde deixar de sorrir.

Em pouco tempo, eles chegaram a um enorme restaurante bem iluminado. O lugar em si tinha a forma de um enorme panda. Bonito e comendo bambu.

O esforço e a criatividade despendidos para criá-lo foram dignos de elogios.

“Aqui estamos. Meu novo amigo, bem-vindo ao paraíso das papilas gustativas! Certo, qual é o seu nome, a propósito?”

“Josh, Josh Malum.”

“Eu gosto do toque disso. Não é tão bom quanto Dale, a Fênix, mas ainda é muito legal ;)”

Eles foram em direção a um assento disponível e então se sentaram.

Em pouco tempo, uma garçonete jovem e bonita veio anotar os pedidos.

Josh não pôde deixar de olhar ao redor, alguns clientes eram atendidos por U-bots, outros por pessoas reais.

“Depende da seção onde você se senta. Além disso, eu sou um regular aqui, é por isso que tenho a chance de obter o tratamento VIP especial. Caso contrário, de jeito nenhum essa deusa estaria recebendo nosso pedido.”

Ele então piscou para a garota fazendo-a rir. Parecia que ele não estava se gabando de ser um cliente regular.

Ele então declarou grandiosamente que aceitaria duas porções de seu conjunto de refeição mais barato.

“O mais barato? O que aconteceu com ser um VIP?”

“Hehe não subestime esse lugar. Até a refeição mais barata aqui custa 1 Crédito!”

O suficiente por uma semana ?!

“Acredite em mim, amigo. Vale totalmente a pena.”

Em pouco tempo, chegaram dois ensopados fumegantes. Embora parecesse bastante normal, tinha um cheiro celestial.

Então Josh comeu uma pequena colherada, veio uma explosão de sabores. Era tão delicioso que ele quase teve um ardor alimentar.

O que ele recebeu, entretanto, foi uma mensagem.

#sistema-escuro#

+ Rank F bem alimentado!

#escuro-fim#

“O que é que foi isso?!”

“Hehe, o que eu falei? Você pegou o buff, certo? Por 24 horas isso vai te ajudar a se regenerar um pouquinho mais rápido.

Embora não mude nada significativo, fará com que caçar seja menos cansativo. Olhar em volta.”

Josh obedeceu. Ele realmente não conseguia notar nada de especial.

“Todos eles são escaladores, alguns até rankers.”

Josh franziu a testa com o novo termo.

“Você sabe sobre o sistema de classificação da guilda, certo?”

“Não muito bem.”, Josh admitiu.

“Então, nenhuma guilda se ofereceu para recrutá-lo?”

“Nenhuma.”

“Por que não?”

“Porque eu sou sem classes.”

“O QUE?!”

 

Tradutor:

Ruby

Ruby

Rolar para o topo