Capítulo 3: Morte

Divindade: Contra o Sistema Divino

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Capítulo 3: Morte

 

Tradução: Ydominuss

 

Ryder estava carrancudo enquanto observava os jogadores morrendo um após o outro. Ele não parou de atacar o dragão, no entanto.

O tempo passou lentamente enquanto eles deram tudo nesta luta sem segurar nada.

Com a ajuda das poções, eles conseguiram lutar por um bom tempo. O dragão estava agora com 15% de HP. Em frente ao dragão, apenas dois jogadores restaram.

Ryder Flynn, que estava liderando a missão, e Max Lee, o vice capitão da equipe.

Ambos tinham 100% de seu HP porque acabaram de consumir o último frasco de suas poções.

“Estou sem poção”, Ryder disse a Max com um sorriso irônico no rosto.

“Eu também”, Max respondeu com uma gargalhada.

“Vamos dar tudo de nós”,

Isso foi tudo que Ryder pensou na época. Era a primeira vez que ele liderava uma missão e queria completá-la a todo custo.

Eles lutaram contra o dragão com todas as suas forças. Eles finalmente conseguiram reduzir o dragão para 1% de HP após usar suas habilidades uma após a outra.

Ryder verificou seu HP na tela que apareceu à sua frente. A tela mostrou que ele tinha 50% de HP restante. Ele olhou para o lado e olhou para o HP de Max. Ele tinha apenas 5% de seu HP restante.

“Vou atrair a atenção do dragão enquanto você o ataca pelas costas! Ainda tenho 50% de HP enquanto você só tem 5%! Vou usar a provocação e atrair sua atenção. Vou receber o impacto de seu ataque. Seu ataque mais forte irá consumir apenas 48% do meu HP, enquanto seu ataque irá matá-lo! Definitivamente, podemos completar essa missão juntos “, Ryder disse a Max.

“Sinto muito, Hades. Se eu tivesse uma poção, teria chamado sua atenção em vez disso,” Max disse a Ryder em tom de desculpas.

“Está tudo bem. Prepare-se!”

“Provocação!”

Ryder usou ‘Provocação’ para atrair a atenção do dragão e deu a Max a chance de se posicionar para o ataque. Funcionou muito bem quando o dragão atacou Ryder com seu hálito flamejante.

“Huh?”

A expressão de Ryder ficou estranha quando ele descobriu que seu HP caiu para 0% assim que o fogo o tocou. Ele não conseguia entender o que aconteceu. Ele não deveria ter morrido do ataque.

Neste jogo, eles receberam um contador de vinte segundos antes de serem desconectados do jogo após morrerem. Eles não puderam fazer login nas próximas 24 horas depois disso.

A contagem regressiva desses 20 segundos começou. Naquela época, Ryder usou a ajuda em sua tela e conversou com Maya sobre o problema com seu HP.

A resposta dela o chocou profundamente e quase o fez praguejar em voz alta.

Ela disse que foi o sistema que lhe mostrou as informações erradas. Seu HP real era de apenas 2% naquela época, não de 50%.

“Por que?” Ryder perguntou, mas Maya não respondeu.

Ele ainda tinha dez segundos restantes antes de seu logout. Ele observou Max dando o golpe final.

Ele teve outro choque de sua vida ao ver Max bebendo uma poção suprema para obter seu HP ao máximo antes de dar o golpe final.

“Aquele desgraçado! Ele mentiu para mim!” Ryder ficou arrasado ao ver isso.

Logo houve um anúncio de todo o sistema.

“O jogador Max completou a missão Malta Valley! Como ele é o primeiro jogador a completar a missão, ele será recompensado com 1000 pontos de fama. A Guilda Royal Battle receberá 1000 pontos de fama também.”

Esse foi o último anúncio que Ryder ouviu antes de tudo escurecer.

“Huh? Onde estou? Não estou desconectado?”

Ryder se viu em um quarto escuro. Maya estava parada na frente dele.

“Você não está em lugar nenhum”, respondeu ela.

“Por que não fui desconectado?” Ryder perguntou novamente.

“Você não pode sair do jogo. Seu status de jogador foi retirado de você.”

“Que diabos? Por quê?”

“Seu corpo real morreu no mundo real. Você não pode ser mandado de volta, e sua consciência está presa no jogo. Você não é mais considerado um jogador”, disse Maya em um tom sem emoção.

“Que porra é essa? Você ficou louco? Meu corpo real está morto e eu não sou um jogador? Você está brincando comigo? Deixe-me sair neste instante. Deixe-me entrar em contato com os desenvolvedores!” Ryder soltou um tom de raiva enquanto tentava entrar em contato com os desenvolvedores, mas nenhuma tela apareceu na frente dele.

“Você não é um jogador e não pode usar as instalações fornecidas aos jogadores. Também não posso deixar que sua consciência crie perturbações no jogo. Portanto, você será um NPC no jogo de agora em diante.”

“Você estará sujeito a restrições e não poderá fazer nada além de repetir as mesmas tarefas”, respondeu Maya.

“Do que diabos você está falando? Como diabos isso é possível? Como posso morrer quando estou no meu quarto!” Ryder disse com um olhar de descrença em seu rosto. Ele não conseguia acreditar que ela estava falando sério.

A sala negra desapareceu e ele se viu na aldeia dos novatos.

Ele ficou do lado de fora de uma cabana e se viu incapaz de se mover.

“Ah … Senhor, você precisa de ajuda?” Um menino veio até ele e perguntou. Por suas roupas, ele parecia um jogador novato.

“Sim, querida. Perdi minha bengala no campo. Você pode me ajudar a encontrá-la? Vou te dar três Feijões como recompensa”, disse Ryder.

Ele percebeu que não tinha controle sobre sua boca quando as palavras simplesmente saíram.

‘Eu realmente morri, e agora sou um NPC?’

Ele estava começando a acreditar nas palavras de Maya agora. Ele sentiu vontade de chorar, mas nenhuma lágrima saiu de seus olhos.

‘E foi assim que eu morri … Preso em um jogo e morto pelo sistema que deveria me ajudar.’

Avisos do Autor:

 

1) A história é uma mistura de fantasia VRMMO e Urbana (Mundo Moderno), por isso será distribuída entre o mundo real e o jogo.

2) O MC viajou de volta ao passado e o conhecimento futuro terá um papel importante, mas não será a força motriz da história que o tornará mais forte. Isso contribuiria para a parte posterior das histórias.

3) O MC será OP, mas ele enfrentará problemas que podem dificultar sua jornada em algumas ocasiões.

4) O sistema é complexo e pode dar várias missões estranhas e perigosas (às vezes sem sentido) para o MC e nem sempre parecer útil. Às vezes, pode até parecer que eles são apenas para incomodar o MC, mas há uma razão por trás de todas as missões que está relacionada à sua origem e sua ligação com o MC. O MC não é uma pessoa que foi escolhida aleatoriamente pelo sistema.

5) Repito: Todas as missões têm uma razão por trás delas. Eles não são feitos para humor ou algo assim!

6) IMPORTANTE: O primeiro arco mundial principal (Cap. 8 a 30-40) é apenas para entretenimento (seria ótimo se você pudesse entendê-lo como tal) e uma introdução ao MC, ao Sistema e ao mundo. O enredo principal começa no Arco do Jogo após o arco do mundo principal.

7) A história tem algumas reações exageradas extremas em algumas ocasiões que são intencionalmente tornadas estúpidas e ilógicas. Eles não são uma tentativa de humor inteligente. Eles são feitos para serem estúpidos para dar à história um toque mais leve em certas ocasiões. Por favor, não fale lógica sobre isso e tome-os como o que são …

 

 

Rolar para o topo