Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

A Floresta Negra ainda era um lugar maravilhoso de magia, mesmo à noite.

O luar prateado da grande e brilhante lua brilhava através das folhas das árvores, formando hipnotizantes pilares de luz na floresta completamente escura. Plantas brilhando com energia mágica começaram a brilhar com cores iridescentes1 sob o luar.

Aos olhos de uma pessoa comum, a Floresta Negra parecia estar submersa numa escuridão sem fim. No entanto, para os adeptos que dominaram os poderes do Elementium, este lugar era claro como o dia. Estranhas luzes brilhantes flutuavam por toda parte no ar.

Greem ficou maravilhado com as maravilhas do Mundo Adepto ao passar pelas árvores antigas.

Cada uma tinha quase cem metros de altura e era tão larga que precisavam de três homens para abraçá-las completamente. Espalhados no chão sob as enormes árvores havia cogumelos de todos os tipos. Havia matsutakes, fungos pretos, cogumelos brilhantes, cogumelos brancos, musgo fluorescente. Todos os fungos e musgos brilhavam no escuro. Vermelho, verde, roxo, azul, cinza – suas luzes vinham em uma variedade de cores.

Camadas de videiras enroladas em torno dos galhos como cobras à espreita. As pontas das vinhas desapareciam na copa, impedindo qualquer um de ver até onde iam.

Era de fato um mundo brilhante e fantástico cheio de vida!

Sabrina caminhou cautelosamente atrás dos dois adeptos. Ela tentou o seu melhor para manter uma certa distância entre eles. Um que não estava nem muito longe nem muito perto. Muito longe, e não seriam capazes de salvá-la se algo inesperado acontecesse. Muito perto e…

Um campo de força sutil que era virtualmente invisível a olho nu cercou os corpos dos dois adeptos. Os campos de força geralmente não eram visíveis, mas se alguma criatura ousasse se aproximar, desencadeariam todos os tipos de efeitos mágicos.

O efeito do campo de força de Gargamel era veneno. Tanto as plantas quanto os animais morreram instantaneamente quando entraram em contato com ele. Sabrina já havia testemunhado vários insetos brilhantes se aproximando demais desse adepto sinistro. Suas luzes se apagaram imediatamente e caíram no chão.

O campo de força do Sr. Greem era o Anel de Fogo.

Qualquer substância, tanto orgânica quanto inorgânica, entraria em combustão repentinamente ao entrar no Anel de Fogo. Elas então seriam reduzidas a cinzas em um piscar de olhos e caíam no chão.

Um caminho de cinzas se arrastava atrás dele onde quer que ele fosse!

Sabrina não ousava dar um passo sequer para perto desses adeptos. Mesmo com suas habilidades de nível pseudo-adepto, não sairia ilesa se entrasse acidentalmente em seus campos de força.

O Adepto Gargamel segurava uma ferramenta mágica em suas mãos que se assemelhava a uma bússola. Ele conduziu o grupo para a floresta. De vez em quando, abaixava a cabeça para verificar a ferramenta antes de corrigir a trajetória. Parecia que estava rastreando algo.

O perigo espreitava por toda parte na Floresta Negra da noite!

Os três já haviam encontrado criaturas mágicas estranhas várias vezes.

Essas criaturas eram como fantasmas na noite. Elas passaram pelos arbustos e videiras sem fazer barulho. Elas se esconderiam imediatamente nas sombras e observariam o grupo de três quando os vissem.

As criaturas mais inteligentes saíram rapidamente após sentir o poder dos três humanos. Apenas os sanguinários ou pouco inteligentes falharam em resistir ao desejo de carne e sangue, atacando os adeptos.

Esses idiotas foram todos derrotados apenas por Sabrina.

O poder de um pseudo-adepto pode não ser muito para um adepto, mas era mais do que suficiente para esmagar essas criaturas. Elas geralmente não eram mais fortes do que um aprendiz avançado.

Greem ficou em silêncio na escuridão e observou a maneira como Sabrina lutava toda vez que os monstros os emboscavam.

Tendo substituído parte de seus membros e órgãos por peças, Sabrina possuía um estilo de combate extraordinariamente único e eficiente.

O olho robótico coberto por sua máscara de prata também parecia ter alguma habilidade incomum que lhe concedia visão sobre-humana. Ela não foi afetada pela escuridão da floresta. A mão esquerda robótica escondida sob sua vestimenta não era apenas sua arma; era também seu escudo.

Um Leopardo-Sabre Noturno se lançou sobre ela de um galho de árvore dez metros acima usando Perseguidor das Sombras Furtivo, mas a mão esquerda de Sabrina, dura como aço, imediatamente o atingiu. O corpo pesado do leopardo foi levado pelo vento, partindo incontáveis ​​videiras ao se chocar contra a vegetação. Ele caiu no chão com um estrondo enorme. Greem não pôde deixar de levantar uma sobrancelha.

Três pontos de Força!

Sabrina pode ainda ser uma aprendiz, mas já era tão forte quanto ele quando se tratava de Força. Na verdade, Greem estava razoavelmente certo de que ele não era páreo para ela em termos de Força se não se transformasse no Demônio Flamejante.

O leopardo com corpo preto coberto de padrões mágicos, lentamente saiu dos arbustos destruídos. Pedaços de grama e musgo grudados em seu lindo pelo preto.

Aquele golpe violento obviamente o feriu!

Ele lentamente circulou os três e soltou rosnados intimidadores de sua garganta.

Gargamel soltou um bufo impaciente.

Sabrina não teve escolha a não ser acabar com isso rapidamente. Ela não queria desagradar um adepto. Ela rapidamente caminhou em direção à criatura mágica.

A provocação clara e as ações do humano irritaram o Leopardo-Sabre Noturno. Ele se agachou e atacou. Quatro profundas marcas de garras deixadas por suas pernas poderosas marcavam o chão. Seu corpo ágil se transformou em uma silhueta brilhante e correu para Sabrina.

Dessa vez, Sabrina não optou por empurrar o adversário. Em vez disso, sua mão esquerda robótica disparou abruptamente para a frente e agarrou o leopardo no ar. Sete ou oito lâminas crescentes dispararam de seu corpo e instantaneamente cravaram na carne do felino.

O Leopardo-Sabre Noturno era uma criatura conhecida por sua agilidade. A maior parte de sua proeza veio de suas duas habilidades – Perseguidor das Sombras Furtivo e Garras Lampejantes. A defesa de seu corpo foi completamente ineficaz em parar esses estranhos ataques robóticos.

Pupupu.

Sete ou oito lugares de seu corpo espirraram sangue. Ele abriu a boca para rugir em agonia, mas uma extensão robótica semelhante a uma broca foi enfiada em sua garganta na hora.

Pu.

Uma broca sangrenta saiu da parte de trás da cabeça do leopardo. A broca em si ainda estava girando, enviando gotas roxas de sangue voando em todas as direções.

Crash.

Sabrina jogou o cadáver do leopardo para o lado e ofegou de exaustão.

O leopardo não foi capaz de colocar um dedo em seu corpo nos poucos segundos de conflito anteriores. No entanto, a violenta onda de choque de perfurar com força o corpo duro de uma criatura mágica ainda lhe causava dor. Vários de seus órgãos internos começaram a doer mais uma vez.

“Vamos!” Gargamel parecia ter ficado inquieto com toda a espera. Ele assumiu a liderança e correu ainda mais fundo na floresta.

Aquele maldito espírito da floresta. Eles já haviam se cruzado inúmeras vezes. Um acidente repentino sempre surgia em um momento crucial e permitia que o monstro fugisse. Ele queria convidar alguns adeptos para ajudá-lo a derrubar esse astuto espírito da floresta. No entanto, ele também estava preocupado que os adeptos gananciosos se aproveitassem de sua solidão.

Foi por isso que estava tão impaciente para convidar alguém como Greem, um adepto com a intenção de explorar sozinho a Floresta Negra.

E o preço que teve que pagar por esse espírito da floresta foi…

…………

Os espíritos da floresta não eram criaturas mágicas poderosas. Era a singularidade de seus poderes que os tornava difíceis de lidar.

Essa falta de poder significava que os espíritos da floresta muitas vezes não tinham o privilégio de possuir um território próprio. A maioria deles vagava pelos territórios de outras criaturas em busca de almas que pudessem consumir.

O espírito da floresta que Gargamel estava rastreando também possuía extrema inteligência. Ele até conseguiu pegar Gargamel em armadilhas que havia montado de antemão. Bem, essas não eram memórias agradáveis.

Da última vez, o espírito atraiu Gargamel para os campos de caça de um grande grupo de Ankhegs. Se ele não tivesse gasto sua pequena fortuna, o permitindo lutar contra a horda de monstros, ele teria morrido naquele dia. No entanto, ele também havia sido gravemente ferido naquele incidente. Ele levou seis meses para se recuperar completamente.

Gargamel olhou para baixo e inspecionou a ferramenta mágica em sua mão. A agulha da bússola girava loucamente.

“Porra…” Gargamel xingou baixinho, “Aquele bastardo está fazendo isso de novo. Ele intencionalmente deixou sua aura por toda a floresta para nos impedir de detectar sua localização. Assim que ficarmos impacientes, nos levará ao território de criaturas mágicas e nos deixará para morrer. Hmph! Não vou cair nessa de novo.”

Gargamel com raiva escondeu a ferramenta mágica e bateu os pés. Um misterioso gato preto com pelo preto brilhante de repente emergiu de suas sombras.

Um animal de estimação mágico?

Greem ficou surpreso por um momento.

Animais de estimação mágicos eram criaturas que haviam assinado contratos de companheirismo com adeptos. Eles não apenas eram capazes de expandir o arsenal de habilidades que um adepto possuía, como também eram assistentes convenientes e úteis. No entanto, da perspectiva de Greem, o pequeno benefício de possuir um animal de estimação mágico foi compensado por suas falhas.

A morte de um animal de estimação mágico não significava apenas a perda de um ajudante útil para o adepto. O animal de estimação também arrastaria para o túmulo aquela porção de Espírito que o adepto havia dado ao animal de estimação para estabelecer o contrato. Greem só tinha sete pontos de Espírito agora. A evaporação instantânea de dois a três pontos de seu Espírito era mais do que suficiente para paralisar seu espaço mental.

Foi por isso que Greem não estava disposto a criar outra falha enorme em si mesmo antes de encontrar um alvo adequado para se transformar em seu animal de estimação. Afinal, nem todo adepto poderia armar seu animal de estimação mágico até os dentes como faziam consigo mesmos!

No entanto, para um adepto andarilho como Gargamel, um animal de estimação torna as coisas muito mais convenientes.

O pretinho saltou sobre seus ombros e começou a falar com ele.

“Fale, Gargamel. O que você pretende fazer desta vez ao convocar este grande e poderoso?” O gato preto preguiçoso esticou o corpo e bocejou antes de perguntar em um tom nada feliz.

“Ajude-me a encontrar aquele espírito da floresta e eu lhe darei dois Peixes de Fogo Mágico!”

“Chh! Você nem me deu as amoras que prometeu da última vez! Tentar enganar esse grandalhão mais uma vez não vai…”

“Apenas vá, rápido, e garanto que cumprirei minha promessa desta vez! Tenha cuidado. Não se revele a esse espírito da floresta.”

“Eu entendo, eu entendo, meu mestre mesquinho. É a infelicidade deste grande ter conhecido um cara mesquinho como você!” O misterioso gato preto com expressões humanas resmungou enquanto pulava dos ombros de Gargamel. Rapidamente piscou várias vezes e desapareceu da visão de todos.

[Combo: 18/50]

  1. A iridescência é um fenômeno óptico que faz certos tipos de superfícies refletirem as cores do arco-íris. A palavra é derivada do grego, visto que Íris é a personificação do arco-íris e mensageira dos deuses na mitologia grega.
Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥