Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Na verdade, Greem não era bom em lidar com situações como esta.

Talvez liberar um pouco de sua pressão espiritual de Segundo Grau possa ser uma boa ideia. Dito isto, se fizesse isso, provavelmente haveria uma dúzia de mulheres aos berros no banquete. Afinal, ainda havia algumas nobres comuns ao seu redor, além das escravas de sangue.

Com seus espíritos vazios e ocos, qualquer leve pressão dele poderia fazer com que desmoronassem!

Assim, Greem franziu as sobrancelhas e colocou uma expressão fria e dura em seu belo rosto.

Se as mulheres que o cercavam fossem realmente nobres, provavelmente saberiam o suficiente para partir naquele momento em busca de uma presa mais fácil. No entanto, as mulheres grudadas em  Greem ficaram encantadas demais com seu corpo musculoso e sua aura incomum. Ver seu alvo ficar chateado não apenas não conseguiu descartar seus desejos, mas também fez com que ficassem ainda mais sedentas por ele.

Essas mulheres maduras que se consideravam beldades começaram a usar uma linguagem cada vez mais explícita para provocar Greem. As mais ousadas ​​até pressionaram Greem, usando seus grandes peitos firmes enquanto flertavam com ele.

O rosto de Greem ficou completamente frio. Dois pequenos aglomerados de fogo queimavam profundamente em seus olhos negros.

Ele já havia se decidido. Qualquer uma que ousasse colocar a mão suja nele seria reduzida a cinzas!

“O que vocês estão fazendo? Vão embora agora.”

A voz nítida e autoritária de uma mulher soou quando Greem estava prestes a perder a paciência.

As mulheres viraram a cabeça em estado de choque e seus rostos ficaram brancos quando viram quem era.

“Srta. Rose.”

“Minhas saudações, Srta. Rose.”

……

As mulheres saíram rapidamente desajeitadamente, mas uniformemente, curvando-se e prestando homenagem, deixando Greem e Srta. Rose a sós.

Greem ficou feliz ao ver as mulheres saindo e voltou sua atenção para a pessoa que se aproximava.

Pele branca e macia, nariz alto, lábios vermelhos brilhantes e aqueles olhos vermelhos exclusivos dos vampiros. Honestamente, pode ter havido algum tipo de gene de beleza escondido na linhagem dos vampiros. Talvez tenha sido isso que fez com que todos os vampiros, tanto homens quanto mulheres, fossem extremamente atraentes e charmosos.

Quando combinada com o vestido preto que ela usava, a pele da mulher parecia ainda mais branca e seu corpo ainda mais atraente.

Vampira de nível elite de Primeiro Grau!

Greem descobriu seu poder em menos de meio segundo com a ajuda do Chip. A diferença de grau tornou impossível para ela esconder sua verdadeira força.

Uma vampira deste nível ainda poderia prejudicar Greem quando estivesse indefeso e a menos de três metros. É claro que, se o inimigo tentasse algo assim, não conseguiria escapar do contra-ataque de Greem, mesmo que ele estivesse ferido.

Não seria estranho para Greem matar instantaneamente essa vampira com seu poder atual se ela não tivesse nenhum equipamento mágico de proteção poderoso com ela.

Consequentemente, Greem hesitou por um momento antes de optar por não impedir a de se aproximar dele.

Outras mulheres podem não ser capazes de ver através de Greem sua verdadeira identidade, mas como uma vampira de elite de sua família, Rose podia sentir a enorme energia do fogo dentro dele, mesmo com os olhos fechados.

Rose sabia que o convidado era um tenebroso adepto de fogo, mas não tinha certeza de seu grau. Se ele fosse apenas um adepto de Primeiro Grau, ele não deveria ser capaz de repelir seus sentidos espirituais e impedi-la de descobrir seu poder. No entanto, também não fazia sentido para ele ser um adepto de Segundo Grau.

O banquete de hoje não passou de uma reunião interna para um casal arranjado de duas famílias de vampiros. Eles não convidaram nenhum adepto de fora. A chegada deste poderoso adepto foi confusa.

“Bem vindo à Mansão Rose, senhor!” Como esperado de alguém que era versada em etiqueta mundana, Rose imediatamente se adiantou com um sorriso brilhante: “Agora que você chegou, por que não entra comigo e se senta?”

Os jovens nobres que se reuniram atrás da Viscondessa Rose imediatamente mostraram expressões de inveja e raiva em seus rostos. Houve hostilidade nos olhares que lançaram para Greem.

Esta poderia ter sido a primeira vez que a viscondessa Rose veio a Mansão Rose, mas em apenas duas horas ela já havia usado seu charme irresistível para capturar o coração de cada jovem nobre no banquete. Se esta fosse uma situação normal, esses nobres nunca teriam agido por inveja, principalmente com sua racionalidade e educação.

Mas hoje, o poderoso charme pessoal da Viscondessa Rose fez com que o calor subisse às cabeças de cada um dos jovens nobres. Eles avançaram e pisaram na frente de Greem, todos clamando e desafiando Greem para um duelo.

A viscondessa Rose os repreendeu suavemente com um pouco de raiva no rosto, mas havia uma pitada de orgulho nos cantos dos olhos.

Ficou claro que esses nobres encantados se tornaram seus instrumentos para testar os verdadeiros poderes de Greem!

Greem estava tão notável como sempre com sua altura de dois metros, mesmo quando cercado por uma horda de nobres. Seus olhos nunca pousaram sobre esses homens mortais. Nem caíram sobre a vampira secretamente feliz. Em vez disso, levantou um pouco a cabeça. Seus olhos focados perfuraram a porta de madeira do terceiro andar do prédio e colidiram com um par de olhos escondidos na escuridão.

Os dois olhares se chocaram no ar. Ambas as partes sentiram seus corações tremerem.

Parecia que essa pessoa era seu alvo!

Greem não se incomodou em lidar com um monte de aleatórios qualquer agora que encontrou seu alvo. Ele liberou sua enorme pressão espiritual por um breve instante antes de retraí-la imediatamente. Ele separou a multidão diante dele e caminhou com confiança em direção à atordoada Rose.

“Ó linda Srta. Rose, vou me deixar sob seus cuidados então! Espero que você possa me mostrar está linda mansão.” A mão grande de Greem envolveu a cintura macia e esbelta de Rose enquanto ele falava, trazendo-a enquanto caminhava em direção ao prédio principal.

Um Adepto de Segundo Grau!

Ele era na verdade um adepto de Segundo Grau!

Rose sentiu seus membros gelarem com a ideia dessa realidade aterrorizante. Ela ficou atordoada.

Ela sempre foi uma pessoa paqueradora, com grande confiança em seu próprio poder. No entanto, quando confrontada com um verdadeiro adepto de Segundo Grau, ela sentiu todo o seu corpo estremecer apenas com aquele olhar focado nela. Ela até sentiu uma sensação de queimação intolerável na superfície da pele quando recebia seu olhar.

É claro que esta sensação de queimação não causou nenhum dano real. Pelo contrário, foi um efeito mágico causado pelos poderes da lei contidos em sua consciência mental concentrada. Seu oponente tinha uma compreensão extraordinária das leis do fogo. Ele só precisava fortalecer um pouco sua consciência mental ao olhar para Rose, e seria capaz de permitir que as leis do fogo se manifestassem em seu corpo.

Essa era a maior demonstração de Greem ter completado sua elementarização espiritual!

Rose queria afastar a mão que o adepto de Segundo Grau estendeu para ela, mas sua visão escureceu brevemente sob aquela intimidante concentração de Espírito. Quando ela voltou a si, o adepto já havia passado o braço em volta dela e a arrastava para o prédio.

Um sorriso malicioso apareceu de repente no rosto de Rose enquanto ela tentava usar a agilidade dos vampiros para escapar das garras de Greem.

No entanto, a energia de sangue dentro de seu corpo tinham acabado de ser mobilizadas quando uma corrente quente de energia entrou em seu corpo através da palma da mão do adepto de Segundo Grau. Esse fluxo quebrou a onda de energia que ela acabara de reunir no esquecimento.

A energia quente e avassaladora de fogo circulou rapidamente por seu corpo, iluminando muitas runas estranhas no caminho. Essas runas selaram rápido e firmemente toda a energia de Rose: aqueles em seu coração, seu cérebro e o resto de seu corpo.

A anteriormente rebelde Rose tornou-se tão complacente quanto a água. Metade de seu corpo se agarrava ao de Greem e havia preguiça em sua postura. Seus olhos estavam fechados e parecia que ela não tinha energia nem para mover um único dedo. Rose, cuja energia sanguínea foi interrompida, teria desabado nos braços do oponente se não fosse por seu estranho poder sustentando-a.

Os nobres que cercaram Greem anteriormente só acordaram do mais terrível dos pesadelos espirituais depois que ele entrou no prédio principal com Rose. Aqueles com Espíritos mais resistentes estavam suando enquanto tremiam e oscilavam à beira do colapso. Os mais fracos imediatamente desabaram ao acordar do pesadelo. Eles correram por toda parte em pânico, agitando os braços e gritando de terror.

Leicester testemunhou pessoalmente tudo o que se desenrolava no terceiro andar do edifício principal. Naturalmente, também experimentou pessoalmente a vastidão e o terror do Espírito do oponente. Foi por isso que imediatamente levantou a cabeça para dar ordens aos seus subordinados.

No momento em que Greem subiu as escadas e chegou ao terceiro andar, os poucos nobres loucos já haviam sido escoltados para um lugar diferente. O banquete voltou ao normal.

Qualquer pessoa qualificada para participar deste banquete sabia atuar. Foi por isso que continuaram rindo e se divertindo quando ainda não tinham visto nenhuma reação do anfitrião do evento. Era quase como se a cena anterior não tivesse acontecido.

No entanto, seus olhos não puderam deixar de se deslocar para o terceiro andar, enquanto dançavam e conversavam entre si.

Talvez, talvez, fosse possível que um evento significativo, sem o conhecimento deles, estivesse se formando lentamente naquela sala!

…………

O Conde Vampiro de Segundo Grau, Leicester Vik, já estava esperando com o rosto cheio de sorrisos quando Greem foi escoltado até o salão de hóspedes por um jovem nobre e educado.

“Bem vindo. Bem vindo, senhor, à humilde Mansão Rose da minha família! Gostaria de saber se poderia ser agraciado com seu nome?” Leicester ainda estava sorrindo de ponta a ponta. Seus olhos estavam cheios de sinceridade. Ele não parecia se importar com a condição incomum da vampira pendurada em Greem.

Neste momento, apenas Leicester, Greem e Rose permaneceram na sala de convidados. O vampiro que escoltou Greem até aqui era inteligente o suficiente para fechar a porta e sair.

“Greem!”

Greem sentou-se no sofá com a linda vampira ainda em seus braços. Ele simplesmente deu seu nome.

[Combo: 97/100]

Picture of Olá, eu sou o Crimson!

Olá, eu sou o Crimson!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥