Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Greem viu os restos da Porta Planar escavada dentro de uma grande tenda de couro.

Podia-se ver vagamente a silhueta da porta em arco de metal no centro da tenda. Deu a todos os visitantes uma sensação opressiva de poder.

Andaimes e plataformas metálicas já haviam sido construídos na frente e atrás da porta metálica. Inúmeros técnicos e engenheiros Goblins estavam ocupados trabalhando na coisa, subindo e descendo. Uma grande pilha de “lixo” também se acumulou no canto da tenda. Vários Goblins trabalhavam no topo da pilha com cestos de bambu nas costas. Eles estavam escolhendo cuidadosamente todas as peças de metal nos escombros que pareciam pertencer ao arco de metal.

Esses fragmentos de metal vieram em todos os tamanhos. Os grandes eram do tamanho de um Goblin, enquanto os menores podiam ser tão pequenos quanto uma unha. Depois que essas peças fossem cuidadosamente retiradas da pilha, seriam enviadas aos engenheiros, que usariam sua experiência para determinar se o fragmento pertencia à Porta Planar e onde originalmente pertencia.

Greem estava na beira do movimentado local de trabalho. A luz azul brilhou em seus olhos e ele imediatamente entendeu a condição da Porta Planar.

A metade superior da porta em arco de metal foi onde os danos foram mais significativos. Mais de 78% dos componentes estavam visivelmente ausentes. Em comparação, as duas fundações da porta em arco ainda estavam basicamente intactas. No entanto, a superfície do metal estava rachada e amassada por todo o lugar. Seus padrões antes estranhos estavam agora irreconhecíveis.

A temível tempestade espacial criada pela explosão da enorme fornalha espacial também devastou a área onde residia a Porta Planar. Felizmente, a Porta Planar foi protegida por um campo de força, permitindo-lhe resistir ao período inicial da tempestade, onde foi mais feroz. Foram as enormes falhas na área e o colapso do espaço subterrâneo que causaram o mau funcionamento da Porta Planar e a sua estrutura foi esmagada e danificada.

Agora que estava sendo cuidadosamente escavada e restaurada pelos Goblins, a porta em arco de metal mostrava mais uma vez ao mundo sua aparência orgulhosa, poderosa e misteriosa.

O supervisor do local de escavação, Adepto de Insetos Billis, chegou aqui com Greem. Os poucos Goblins responsáveis ​​pelos outros trabalhadores no local da escavação hesitaram e não se atreveram a caminhar perto dos adeptos. Parecia que estavam com medo de Billis.

Só quando Greem estendeu a mão e os chamou é que um Goblin em um delicado uniforme militar relatou em voz alta o progresso da restauração da Porta Planar.

Felizmente, a Porta Planar não foi muito danificada. Faltavam aproximadamente 64% de seus componentes metálicos, junto com 57% de suas runas Goblins. Este Goblin estimou que a porta de metal poderia ser restaurada para 84% de seu estado anterior se vasculhassem todo o espaço subterrâneo e filtrassem todos os componentes metálicos que pudessem ser encontrados.

Os outros 17% foram arrastados para um plano diferente pela tempestade espacial ou simplesmente vaporizados; era impossível recuperar essas peças. Eles teriam que reforjar essas peças que faltavam se quisessem completar a reconstrução da porta.

Esta tarefa levaria apenas de doze a quinze dias para os Goblins e suas habilidades excepcionais em engenharia e metalurgia.

Com Gazlowe ao seu lado, as runas Goblins na porta também não eram problema. Afinal, foi Gazlowe quem criou pessoalmente esta porta. Combinando o conhecimento dos dragões, runas mágicas e tecnologia Goblin. Todas essas informações foram salvas na mente de Gazlowe.

O dragão de Terceiro Grau ainda se recusou a revelar o conhecimento secreto dos dragões e qualquer informação sobre o Plano Lance em que cresceu, mesmo quando confrontado com a ameaça de Greem à sua vida e promessas de riqueza.

Arms também se esforçou para apagar todas as memórias das coordenadas do Plano Lance na alma de Zacha quando transferiu o contrato de alma para Greem.

Assim, Greem não teve escolha senão colocar suas esperanças nesta Porta Planar e no próprio monstro Gazlowe.

Com toda a honestidade, mesmo Arms não esperava que a Porta Planar sobrevivesse àquela terrível explosão. Mais importante ainda, Gazlowe ainda estava vivo.

Greem poderia fazer o que quisesse com a presença de Gazlowe ao seu lado. Mesmo que a Porta Planar tivesse sido totalmente destruída sem deixar vestígios, Gazlowe poderia ajudá-los a recriar uma Porta Planar dentro de seis ou sete meses. No entanto, agora que tinham os restos prontos da já feita, todo o cronograma do projeto poderia ser reduzido para um único mês. Esse também seria o dia em que Greem e Gazlowe completariam a construção conjunta da primeira fornalha mágica.

Gazlowe investiu todos os seus esforços para criar a Liga Queyras no passado, especialmente à luz da grave falta de metais mágicos no Plano Goblin. Agora que tinha o apoio de Greem, dezenas de toneladas de ligas mágicas e grandes quantidades de metais especiais com excelente resistência mágica foram transportados do Mundo Adepto.

Foi esse apoio que permitiu a Gazlowe otimizar e melhorar o design da fornalha com suas habilidades de cálculo amplificadas mil vezes.

Quando você adicionava à consideração a criação da fonte mágica pela explosão, não havia dúvida de que a eficiência desta nova fornalha seria aumentada em mais de dez vezes.

Uma fornalha mais poderosa sem dúvida garantia o suporte de uma liga mágica mais forte. Atualmente, Gazlowe passava seus dias em um pequeno laboratório alquímico no navio voador que controlava. Ele estava constantemente experimentando novos materiais de liga mágica.

O tempo estimado de Gazlowe para a conclusão da fornalha forjada com materiais novos coincidiu com a conclusão da restauração da Porta Planar.

Gazlowe, depois de se armar com a fornalha mágica, poderia imediatamente usar a Porta Planar para lançar uma invasão no Plano Lance onde Arms vivia.

E esta seria a terceira invasão de plano de Greem!

…………

Um mês depois.

Um grande grupo de engenheiros foi transportado para o local da escavação. Este lugar mais uma vez se transformou em uma movimentada cidade de máquinas.

Todos os tipos de metal de vários formatos foram escavados no chão e empilhados ao lado. Os lingotes de metal mais brilhantes, por outro lado, foram enviados para cá das grandes províncias dos Goblins. Além disso, os engenheiros e as máquinas mágicas formaram linhas e fileiras organizadas, criando um exército mecânico que contava com várias dezenas de milhares de indivíduos.

Todos os tipos de fábricas exclusivas dos Goblins, como fundição, fábrica de máquinas de construção e a fábrica de montagem de máquinas mágicas de combate, podiam ser vistas ainda mais distantes.

Todos os recursos e equipamentos foram preparados. Todos estavam apenas esperando a conclusão da imponente porta em arco de metal gigante de dez metros de altura.

Esta porta inicialmente danificada parecia ter sido transformada em uma nova após um mês de restauração e polimento. Inúmeras runas estranhas pairavam sobre a superfície da porta de metal que brilhava com um brilho metálico azul fantasmagórico.

Esses padrões estranhos não eram decorações estéticas sem sentido. Eles eram tecnologia de runas Goblins que o Monstro Cérebro Gazlowe criou através da fusão da essência do conhecimento das três civilizações.

No entanto, o protagonista de hoje não era a porta de metal, mas o navio voador pairando bem alto no ar.

Os adeptos do Clã Carmesim estavam todos reunidos no centro do campo, avaliando o fundo do navio voador enquanto ele baixava lentamente sua altura.

A embarcação flutuante finalmente parou quando estava a apenas cem metros do solo. Em vez disso, um buraco se abriu silenciosamente no fundo do navio. Um produto metálico irregular de cinco metros de comprimento, três metros de largura e três metros de altura saiu lentamente do navio e caiu lentamente.

A fornalha mágica!

Todos os adeptos sentiram o coração bater forte quando viram o produto de metal cada vez mais próximo. A excitação em seus corações era indescritível.

Não se podia desprezar a fornalha simplesmente por causa de seu tamanho. Tinha uma capacidade de energia e resistência aterrorizantes em comparação com os altares Elementium das torres dos adeptos.

Os números atuais mostravam que a fornalha absorvia continuamente energia mágica do espaço a uma taxa cem vezes maior que a do Trono de Fogo. Isso tornou a fornalha quase igual em eficiência à Torre do Destino de Alice. O poder de energia mágica que a fornalha poderia produzir se tornaria instantaneamente a soma total da produção de todas as torres de origem das bruxas juntas, se combinadas com aquela lendária fonte mágica.

Quando isso acontecesse, bastava anexar instalações mágicas e armas de energia mágica suficientemente poderosas à fornalha. Quem poderia se defender contra um bombardeio imprudente da fornalha?

Todas as torres dos adeptos estavam fixadas em pontos específicos das linhas de ley. Mover as torres mesmo que fosse um centímetro era difícil. No entanto, a fornalha poderia ser movida livremente para qualquer máquina de guerra, incluindo o gigantesco navio voador voando no céu agora. 1

Um navio voador que poderia viajar por todo o mundo. Esta foi a verdadeira razão pela qual Greem estava disposto a fazer tudo ao seu alcance para ajudar Gazlowe a construir tal fornalha.

“Onde está aquele cérebro?” Meryl não pôde deixar de perguntar curiosamente ao professor. Ela não conseguia encontrar a figura de Gazlowe, não importa como olhasse ao redor.

Greem não respondeu. Em vez disso, apontou para a fornalha com o dedo.

Meryl mais uma vez fechou os olhos para sentir o que estava ao seu redor. Apenas agora ela sentiu vagamente o fluxo de consciência mental de Gazlowe dentro das energias mágicas incomparavelmente violentas dentro da fornalha mágica.

“Ele se fundiu na fornalha.” Os lindos olhos de Meryl se abriram cada vez mais. Ela não se atreveu a acreditar em seus próprios sentidos.

O monstro cérebro era tão grande quanto uma colina na última vez que ela o viu. Como ele conseguiu se comprimir em uma pequena bola e entrar na fornalha?

Meryl não pôde deixar de começar a fantasiar, e cenas sangrentas de carnificina foram rapidamente evocadas em sua mente.

“Não é tão assustador quanto sua imaginação,” Um sorrisinho apareceu no rosto jovem e bonito de Greem como se ele já tivesse visto através dos pensamentos de Meryl, “Gazlowe criou um clone para si mesmo e transferiu a maior parte de sua consciência real para esse clone. O clone tem apenas o tamanho do cérebro de um ser humano comum. É perfeito para ser instalado dentro da fornalha.

Greem então mudou de assunto, seus olhos se movendo para o navio voador acima.

“Gazlowe colocou seu cérebro principal na fornalha há três dias. O cérebro secundário que deixou do lado de fora começou a crescer e a inchar sem restrições desde então.”, Greem fez uma pausa por um momento, “Seu novo cérebro quase ocupou todo o espaço restante do navio voador.”

“Já é tão grande assim?” Meryl levantou a cabeça para olhar para o navio gigante que ocupava a maior parte de sua visão. Ela não conseguiu segurar uma expressão de desgosto.

“Já discuti com ele. O enorme espaço subterrâneo deixado pela escavação não será preenchido. Em vez disso, será protegido como deposito do cérebro secundário. De qualquer forma, o exterior está envolto em poeira com radiação que não vai se dispersar tão cedo. Criaturas comuns não têm chance de chegar aqui. É o lugar mais adequado para o cérebro crescer!”

Meryl olhou ao seu redor.

Um enorme espaço subterrâneo que media de vinte a trinta quilômetros de diâmetro e vários milhares de metros de profundidade foi formado aqui após a conclusão da escavação. O monstro pretendia usar este lugar como abrigo para seu cérebro secundário. Quão grande ele pretendia se tornar?

Meryl sentiu arrepios por todo o seu corpo.

Como esperado, nenhum desses sujeitos era normal!

[Combo: 06/25]

  1. As linhas de ley ou linhas ley são supostos alinhamentos entre vários lugares de interesse geográfico e histórico, tais como monumentos megalíticos, cumes, cordilheiras e cursos de água. A frase foi cunhada em 1913 pelo arqueólogo amador Alfred Watkins, em seu livro Early British Trackways e The Old Straight Track.[]
Picture of Olá, eu sou o Crimson!

Olá, eu sou o Crimson!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥