Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Houve apenas seis ou sete segundos entre a ativação da primeira armadilha mágica e o despertar da Dragonesa.

No entanto, nesses insignificantes seis ou sete segundos, Greem e os outros conseguiram atravessar o corredor de cem metros de comprimento com o avanço imprudente de Zacha, depois correram para a lateral e desencadearam sua primeira onda de ataques contra seu corpo.

[Beep. A energia vital da criatura alvo caiu drasticamente. Atualmente em 78%…77%…]

[Beep. A criatura alvo foi temporariamente atordoada. A duração do atordoamento é de 2,37 segundos.]

[Beep. Efeito defensivo dos escudos da criatura alvo reduzido em 46%. Os escudos Elementium  desaparecerão completamente em 1,18 segundos.]

[Beep. A pata traseira direita da criatura alvo recebeu danos devastadores. O tendão da coxa foi cortado. Estima-se que a velocidade de movimento terrestre da criatura alvo seja reduzida em 56%.]

[Beep. A raiz da asa esquerda da criatura alvo recebeu múltiplos ataques. Danos óbvios estão aparecendo. Estima-se que a velocidade de voo da criatura alvo seja reduzida em 21%.]

A sequência de notificações do Chip ecoou na mente de Greem, proporcionando-lhe a visão mais objetiva da situação na batalha.

Greem, Mary e Oliven eram como três mosquitos irritantes. Eles circularam o enorme corpo de Aruntini, usando sua mobilidade para se mover enquanto causavam toneladas de dano sobre ela a cada segundo que passava.

Os feitiços de fogo de Greem pretendiam prejudicar a maior área possível do corpo de Aruntini. Tanto as Bolas de Magma quanto as Bolas de Fogo Explosivas poderiam cobrir instantaneamente metade do seu corpo. No entanto, nunca lançou um único de seus feitiços de fogo com área de efeito considerável. Isso porque esses feitiços interromperiam os ataques corpo a corpo de seus companheiros, ao mesmo tempo que machucariam a Dragonesa.

Os ataques de Mary melhoraram fundamentalmente após seu avanço para o Segundo Grau.

Seus ataques não eram mais insignificantes, mesmo diante dessa aterrorizante Dragonesa que estava perto das fileiras intermediárias superiores da cadeia alimentar.

Mary se transformou em uma silhueta carmesim e circulou o alvo. Ela confiou na combinação de Golpes da Sombra de Sangue e Golpes da Sombra para lançar rapidamente flechas vermelhas no inimigo. Cada um de seus ataques poderia desencadear simultaneamente Golpes da Sombra de Sangue e Golpe da Sombra, causando grande dano e ao mesmo tempo infligindo dano de sombra.

Ambos os ataques ignoraram a defesa!

Isso significava que a resistente armadura da Dragonesa e as finas escamas de dragão eram como papel diante de Mary. Elas foram atravessadas com um único ataque.

Por outro lado, havia Oliven que detinha o título de Devoradora de Dragões. Ela era realmente uma matadora de dragões, infame até mesmo em todo o multiverso. Seus poderes raciais e técnicas de combate corpo a corpo eram direcionados principalmente a criaturas de linhagem Dracônica. Sua força, velocidade, agilidade e explosividade aumentariam várias vezes ao lutar com dragões.

Isso permitiu que ela possuísse letalidade incomparável ao enfrentar um dragão do mesmo grau, mesmo que não tivesse vantagem em tamanho. Além disso, alguns poderes raciais únicos dos dragões não teriam efeito sobre Oliven.

Desconsiderando todo o resto, apenas a irritante aura de poder de dragão com a qual todos os matadores de dragões tiveram que lidar não afetava Oliven.

Todos os indivíduos dentro do palácio de gelo puderam sentir uma sensação indescritível de opressão quando a Dragonesa soltou um rugido furioso e desolado. Aqueles com Espíritos mais fracos desistiriam de atacar e defender quando estivessem dentro do alcance dessa aura de poder, quase como se um feitiço de Medo os tivesse atingido. Eles jogariam fora suas armas e correriam pelo campo de batalha com medo, com as mãos acima da cabeça.

Até mesmo um adepto de Elementium como Greem, especializado em Espírito, sentiu seu cérebro tremer por um segundo durante a batalha, apesar de já ter bebido uma Poção de Proteção Espiritual. Um único momento de interrupção como esse poderia fazer com que um grande feitiço que havia sido canalizado por um longo tempo falhasse ou fazer com que movimentos inicialmente suaves parassem por um instante.

Tal fenômeno não poderia ser visto em Oliven.

Oliven ignorou completamente a aura de poder da Dragonesa. Seu pequeno corpo encostou-se ao da Dragonesa, evitando as asas e esquivando-se das garras e mordidas. Ela era como um parasita teimoso preso ao corpo da Dragonesa, usando continuamente o Cortador e Garras Cruéis em suas mãos para atacar os pontos fracos do seu corpo.

Olhos, nariz, garganta, barriga, asas, ânus, nuca…

Contanto que fosse uma parte do corpo onde a Dragonesa não pudesse defender, você poderia ter certeza de que esta temível matadora de dragões já havia cuidado daquele local. Deixou Aruntini com a sensação de impotência de não poder retaliar e com uma dor inesquecível!

Aruntini tinha acabado de acordar de seu doce cochilo e já estava sendo espancada até a morte por um esquadrão matador de dragões de quatro pessoas antes que ela pudesse entender o que estava acontecendo.

A dor intensa de todo o seu corpo. O ressentimento de ser atacado por inimigos desconhecidos. A terrível sensação de morte que surgiu das profundezas de sua alma. Tudo isto fez com que a raiva no coração de Aruntini explodisse como uma bola de fogo.

[Beep. Detectando energia de gelo de alta intensidade reunida no corpo da criatura alvo. As estimativas iniciais sugerem que se trata de um ataque de respiração. Atributo gelo. O nível de energia é estimado em trezentos a quinhentos pontos. É aconselhado recuar rapidamente. Distância segura: Duzentos metros.]

A notificação abrupta do Chip fez com que Greem saltasse em estado de choque.

Entre trezentos a quinhentos pontos?

Mesmo ele não poderia escapar da morte se fosse atingido diretamente por um ataque dessa intensidade.

“Recuem duzentos metros de distância. Zacha, avance.”

Greem deu uma série de ordens enquanto uma expressão de choque ainda pairava em seu rosto. Mary e Oliven, que estavam se divertindo muito atacando a Dragonesa enquanto se agarravam à criatura, pararam por um momento ao ouvir isso.

Mary nunca duvidaria da precisão dos comandos de Greem. Ela imediatamente recuou ao receber suas ordens. Oliven hesitou por um breve momento. Ela só precisava dar mais três golpes antes que a asa esquerda fosse completamente cortada pela raiz. Seus esforços anteriores não seriam em vão se ela recuasse agora?

No entanto, eram aliados, afinal. Greem deve ter descoberto algo para dar tal ordem. Além disso, aquela vampira não pensou duas vezes em recuar. Parecia que não estavam mentindo para enganá-la em suas contribuições.

A silhueta preta de Oliven brilhou após uma pausa momentânea. Ela rapidamente correu atrás de Mary.

Só então, Aruntini soltou um rugido reverberante de dragão. Ela abriu bem a boca e uma Respiração Congelante que cobriu todo o espaço saiu de sua garganta. Surgiu em todas as direções como um tsunami implacável.

Por um momento, o enorme quarto foi preenchido com a respiração branca e rodopiante de dragão.

A temperatura desta Respiração Congelante era excepcionalmente baixa. Tinha o terrível poder de congelar todas as coisas.

Tudo dentro do quarto estava congelado em um grosso bloco de gelo enquanto a névoa branca se dispersava. Até a própria Dragonesa e Zacha, que estava cercado por uma barreira de gelo, ficaram congelados por dentro.

Greem e Mary não foram pegos no gelo devido à sua retirada oportuna. Oliven, por outro lado, estava um pouco atrasada. A névoa gelada alcançou seu corpo. Felizmente, utilizou sua força rapidamente e conseguiu se libertar da névoa de gelo e escapar, especialmente com ela já no limite de alcance da respiração.

No entanto, Zacha, que recebeu ordem de interceptar o ataque, só pôde ser congelado a cinco passos de distância da Dragonesa.

Oliven lançou um olhar sutil para o Adepto do Fogo de Segundo Grau, Greem, ao escapar da névoa gelada. Ela não pôde deixar de se perguntar secretamente como conseguiu descobrir as ações da Dragonesa antes da explosão de poder. Ela estava mais perto dela na hora. No entanto, Greem conseguiu descobrir o acúmulo da energia de gelo antes mesmo dela perceber qualquer coisa.

Ele poderia ter alguma habilidade de precognição?

Enquanto Oliven resolvia suas dúvidas, Greem já havia avançado. Ele usou continuamente suas bolas de fogo para bombardear o enorme cristal de gelo diante deles.

Pode-se imaginar que esta era uma habilidade suprema que a Dragonesa só usou para salvar sua vida e ganhar algum tempo.

Uma vez que a Respiração Congelante saísse de sua boca, todos os inimigos dentro do quarto seriam selados em um grosso bloco de gelo cristalino junto com ela. Dessa forma, ela seria capaz de salvar sua vida em um momento de crise, bem como ganhar algum tempo e esperar que seus servos Draconatos viessem apoiá-la.

Greem já havia tentado avaliar o efeito da Respiração Congelante o mais alto possível. No entanto, ainda percebeu que havia subestimado essa Dragonesa de Segundo Grau quando toda a névoa se dispersou e o cristal de gelo ficou perfeitamente exposto diante dele.

O cristal de gelo era resistente o suficiente para se comparar com um diamante. Embora tenha se congelado com Zacha, não afetou em nada seus movimentos e ataques.

Enquanto Zacha estava congelado no local, Aruntini estendia casualmente seu corpo e usava névoas de gelo para realizar o tratamento essencial em seus ferimentos mais graves. Ela então nadou como um peixe na água dentro do gelo, como se a substância não fosse sólida, e deu passos firmes em direção ao Draconato Zacha.

Aruntini queria andar com mais elegância e exibir sua nobreza, mas a perna esquerda e a asa direita gravemente feridas a faziam estremecer a cada passo. Podia-se até ver os ossos quebrados dentro do enorme ferimento na perna direita.

Isso a fez mancar quando andava. Aruntini não se atreveu a pôr o pé no chão com medo de tocar na ferida.

Aruntini não conseguia expressar qualquer elegância ou beleza quando andava dessa maneira, independentemente de quão bonita fosse sua aparência.

Os olhos da enfurecida Aruntini já haviam se tornado brancos leitosos e uma terrível onda de gelo estava se formando em seu interior. Ela lentamente chegou na frente de Zacha e abriu a boca cheia de dentes afiados. Ela usou sua velocidade mais lenta possível para morder a cabeça do Draconato.

Aruntini estava cheia de ódio neste momento.

Ela queria usar a velocidade mais lenta possível para torturar e matar esse inimigo perverso e usar a morte desse Draconato para alertar os inimigos fora do cristal de gelo. Ela só poderia aliviar a raiva e a fúria dentro de seu peito através de tal método. Ela ainda não tinha ideia de onde vieram esses inimigos, por que invadiram seu quarto ou por que machucaram seu corpo elegante e nobre.

No momento em que estava intencionalmente dando uma demonstração de elegância, as duas Poções que Zacha havia bebido antes do início da batalha finalmente fizeram efeito.

Algo finalmente mudou no corpo anteriormente contido de Zacha quando os dentes da Dragonesa se aproximaram dele.

Seus dedos grossos que seguravam os dois escudos de repente ganharam vida. Ele poderia finalmente se mover.

Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥