Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Um temível rosto humano apareceu lentamente no ar acima de Jintha’Alor.

“Morte, Praga, Ruína, Aniquilação; Em nome do Espírito da Pestilência, amaldiçoo todos vocês.”

O assustador rosto humano gritou na linguagem mais usada pelos antigos adeptos – Gubaillestin. Supostamente, nenhum elfo deveria ser capaz de entender. No entanto, por incrível que pareça, todos os elfos foram capazes de compreender aquelas palavras aterrorizantes enquanto as maldições altas e frustrantes entravam em seus ouvidos.

No segundo seguinte, o rosto se desfez e se transformou em partículas de luz verde, caindo levemente para baixo.

No navio voador, Endor de repente começou a tossir intensamente. Seu corpo já curvado encolheu ainda mais. Ela levantou a cabeça depois de um longo tempo e exibiu um sorriso ‘doloroso’ na direção de Greem.

“A praga foi espalhada através da maldição. Se você quiser enviar alguém, é melhor que ele venha aqui e pegue uma runa de imunidade primeiro!”

Dito isto, Endor acenou com a cabeça para o Espírito da Pestilência. A bichinha parecida com uma boneca vodu bateu os pés enquanto estava dentro do anel mágico enquanto três dúzias de broches amarelos saíam de dentro. Todos esses broches voaram em direção aos adeptos presentes.

Os Adeptos Carmesim e Bruxas do Destino pegaram os broches e os colocaram no peito sem qualquer hesitação. As Bruxas das Trevas hesitaram por um momento e os colocaram depois de não encontrarem problemas com suas varreduras espirituais.

“Vamos; é hora de subirmos ao palco!”

Greem virou a cabeça. Tigule, que estava parado na lateral do navio, riu, virou-se e pulou na máquina mágica guerreira Goblin Triturador de Segundo Grau que havia sido feita sob medida de acordo com suas especificações. Ele rugiu e pulou sem hesitação, agarrando-se a uma corda.

Zeng, Zeng, Zeng!

Muito parecido com bolinhos jogados na água, quarenta Arqueiros e dez máquinas mágicas seguiram firmemente atrás de Tigule e pularam com ele.

“Irmãs, hoje é um bom dia para a colheita. É hora de partirmos.”

A Bruxa Uzzah gargalhou assustadoramente e montou em sua vassoura voadora com seu bando de bruxas das trevas. Elas rapidamente saíram do navio voador.

“Vamos também!” O rosto de Alice estava um pouco pálido, mas sua expressão estava calma como sempre, “Esta também é a primeira vez que todos vocês pisarão em um campo de batalha em outro plano. Tenham cuidado e vamos nessa!”

Mesmo que Alice estivesse preocupada com as Bruxas do Destino sob seu comando, sabia muito bem que nunca cresceriam se não experimentassem as provações dos campos de batalha entre planos. Comparadas às bruxas das trevas veteranas, elas eram como soldados novatos que nunca haviam tocado uma lança ou visto a sombra do sangue.

Talvez uma ou duas das Bruxas do Destino se despedissem eternamente de seus companheiros após esta batalha, descansando para sempre nessas terras estrangeiras. Porém, as bruxas restantes seriam capazes de absorver nutrientes do sangue de seus inimigos e de suas companheiras, tornando-se ainda mais fortes e cautelosas.

Como tal, Alice olhou para os rostos de cada uma de suas companheiras com olhos gentis, mas determinados, no final, não disse absolutamente nada. Ela foi a primeira a virar para o lado do navio e voar para baixo.

Jintha’Alor estava atualmente um caos.

O feitiço de veneno da bruxa em escala ultra grande causou uma agonia indescritível aos elfos de Jintha’Alor.

Todos os elfos que ouviram o rugido e a maldição começaram a tremer quando as faíscas verdes entraram em seus corpos. Seus espíritos, energia, vigor, resistência e vontade foram todos corroídos em vários graus. Os lutadores que completaram o avanço sentiram apenas um pequeno desconforto em seus corpos. Eles poderiam facilmente suprimir essa anormalidade elevando sua aura.

No entanto, todos os elfos comuns que viviam em Jintha’Alor entraram em colapso no momento em que a luz verde entrou em seus corpos. Eles começaram a se contorcer e convulsionar como se tivessem perdido a consciência e o controle.

Por um momento, todos os civis do acampamento Jintha’Alor mostraram reações severas à maldição do veneno!

Os elfos foram jogados em desordem. Eles não tinham certeza se deveriam primeiro salvar seus membros da tribo ou lutar contra as silhuetas aterrorizantes que desciam rapidamente dos céus.

Alguns druidas que tinham magia da natureza começaram a entoar os feitiços Curar e Remover Doenças em voz alta. Assim que o cântico terminou, feixes de luz verde cobriram os membros da tribo caídos. Os poderosos poderes da natureza expulsaram instantaneamente os vírus da praga de seus corpos, permitindo-lhes se recuperar.

Infelizmente, novas faíscas verdes entraram em seus corpos no momento em que se levantaram confusos. As pessoas que acabaram de se recuperar caíram no chão em agonia mais uma vez e começaram a gritar de dor.

Os druidas levantaram a cabeça em estado de choque. Expressões de ódio e ressentimento apareceram em seus rostos quando viram a chuva de partículas verdes que continuavam a flutuar do navio voador acima.

Antes que pudessem rugir e se transformar em pássaros e voar para o céu, um ancião os deteve.

“Não sejam imprudentes. O inimigo está se aproximando. Não podemos nos dividir e deixá-los nos derrotar um por um. Vá e encontrem Utas e os outros.”

De num gigantesco salão de árvores na cintura da colina onde Jintha’Alor residia, o Mestre de Armas de Segundo Grau Utas saiu furioso pela porta. Ele olhou para o céu cheio de luz verde e aquelas figuras caindo rapidamente com um rosto cheio de surpresa.

Ele se virou, agarrou uma jovem maga e gritou: “Depressa… se apresse e entre em contato com a Cidade Seradane. O monstro de metal está aqui. Faça com que se apressem e mandem reforços…”

A jovem maga pegou apressadamente uma varinha de comunicação. No entanto, apesar de quanto poder mágico inseriu na varinha, tudo o que recebeu foi um monte de sons estáticos ensurdecedores.

“Fomos interrompidos. A mensagem mágica não pode ser enviada.” A jovem maga parecia nunca ter experimentado uma situação tão urgente e perigosa. Ela estava quase chorando devido à pressão.

“Esses malditos inimigos. Parece que estão planejando prender todos aqui. Reúnam-se e enviem imediatamente minha mensagem; faça com que todos os guardas do acampamento se reúnam em minha direção.”

Várias tropas de fadas das flores bateram as asas e saíram do salão de árvores enquanto Utas gritava.

Infelizmente, essas frágeis fadas das flores estavam em sua maioria no nível de aprendiz avançado. A maioria caiu no chão de dor no momento em que entraram em contato com a luz verde. Apenas algumas mal conseguiam continuar voando, tropeçando na distância enquanto permaneciam ali.

Afinal, os adeptos queriam capturar todos esses elfos. Caso contrário, se os feitiços de veneno de Endor tivessem sido alterados para focar no enfraquecimento e na letalidade, esses elfos e fadas das flores infectados pelos vírus estariam mortos há muito tempo!

Dong! Dong! Dong!

Vários grandes Golems pesados desceram dos céus. Embora as cordas tenham reduzido a velocidade de queda, ainda destruíram toda a grama, flores e árvores ao longo do caminho, criando crateras profundas no solo sólido.

Essas máquinas mágicas mergulharam as mãos na terra e saíram das crateras ao som único de peças mecânicas rangendo.

Eles estavam preparados para isso. O primeiro esquadrão de ataque liderado por Tigule ‘caiu’ bem na entrada do acampamento de Jintha’Alor. Consequentemente, quando se reuniram, o que estava diante deles era uma estrada sinuosa que se estendia até o topo da colina.

Embora houvesse muitas árvores aqui também, era uma concentração consideravelmente menor em comparação com os arredores. A forte luz do sol brilhava por entre as aberturas das folhas ondulantes, deixando manchas de luz na estrada da colina.

“Matem!”

O grito estridente de Tigule ecoou de dentro do corpo do Goblin Triturador. Esta enorme máquina mágica liderou o caminho e pisou em tudo no caminho.

O nível mais baixo de Jintha’Alor era composto principalmente de campos de treinamento de dançarinos de lâmina.

Esses ágeis e fortes guerreiros saltaram de seus acampamentos, brandindo seus finos e longos sabres enquanto avançavam em direção a Tigule.

Szzzzzz!

Não houve necessidade de Tigule levantar um dedo. Os arqueiros em formação atrás dele levantaram os braços e uma saraivada de balas de metal passou zunindo por ambos os lados do Goblin Triturador, atacando o inimigo.

Era evidente que essas máquinas mágicas estavam sendo controladas por Goblins para abaixar a mira de suas armas durante o combate. Foi por isso que uma dúzia de dançarinos de lâminas só desabou no chão após os disparos. Suas pernas foram baleadas e quebradas, mas não estavam mortos.

Greem, que ainda estava no ar, olhou à distância. Ele franziu a testa e torceu o anel de olho de cobra que usava no dedo mínimo direito, enviando suavemente uma mensagem mágica para Tigule.

“Faça com que os técnicos mudem o padrão de ataque de todos os Arqueiros, de franco-atirador. Se atirassem assim em todos esses elfos, apenas o custo da cura seria uma soma enorme. Lembre-se, em situações em que você possa garantir sua segurança, seu pessoal só poderá atirar em pontos não vitais dos inimigos. Não mate todos eles.”

Tigule continuou casualmente sua marcha e transmitiu rapidamente a mensagem de Greem aos Goblins escondidos dentro dos Arqueiros. A tempestade de balas cessou, substituída pelo estalido nítido e claro de tiros de precisão.

Os Dançarinos de Lâmina cujas pernas estavam cheias de buracos eram guerreiros verdadeiramente admiráveis. Quando viram as máquinas mágicas se aproximando deles e estavam prestes a simplesmente passar por eles, cerraram os dentes, suportaram a dor e pegaram seus sabres mais uma vez. Eles tentaram subir do chão e atacar o inimigo.

Tigule continuou casualmente em frente, permitindo livremente que o inimigo atacasse as grossas pernas de metal em forma de pilar do Goblin Triturador. Faíscas foram as únicas coisas lançadas pelos ares. A perna mecânica que ele controlava levantou levemente e chutou esses elfos aleijados para o lado da estrada antes de continuar em frente com seu esquadrão.

Vendo que um ataque frontal não funcionaria, esses dançarinos de lâmina alerta imediatamente correram para a floresta, contando com as árvores como cobertura para se aproximarem das máquinas mágicas.

Weng! Weng! Weng!

Vários sons explosivos soaram. Cascas e seiva voavam de árvores antigas que seriam necessárias de dois a três homens para cercá-las completamente. Um buraco limpo do tamanho de uma tigela que penetrasse apareceria completamente de cada bala de metal feroz que fosse disparada. Mesmo as densas árvores antigas não suportavam disparos contínuos.

Muitas árvores antigas balançaram e desabaram entre folhas trêmulas e pedaços voando.

Ainda assim, os dançarinos de lâminas conseguiram se aproximar das máquinas mágicas com as árvores antigas como cobertura.

Tigule sorriu maliciosamente e controlou o Goblin Triturador para avançar. Chamas explodiram por trás da máquina enquanto seu grande corpo de metal atacava o inimigo.

[Combo: 14/200]

Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥