Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Mais uma luta aterrorizante sem precedentes ocorreu.

O convés inicialmente amplo e espaçoso tornou-se assustadoramente caótico no momento em que se transformou em um campo de batalha. Mais de duzentos indivíduos banhavam-se simultaneamente em sangue e lutavam até a morte.

A única conclusão para tantos combatentes de duas facções opostas foi um massacre sangrento.

No momento em que o exército de elfos avançou através do campo de força de energia, runas de todas as cores, formas e tamanhos brilharam por todo o convés. Amarelo, vermelho, azul, verde, dourado fraco, prata fraco; uma grande mancha de luzes coloridas preenchia todos os cantos do convés, brilhantes e ofuscantes.

Os indivíduos que mais chamavam a atenção no convés ainda eram as máquinas mágicas espalhadas pelas laterais do navio e na entrada das cabines.

Elas tinham entre quatro e cinco metros de altura e seus corpos imponentes brilhavam com uma luz metálica fria e arrepiante. Seus torsos grossos emitiam o som de engrenagens exclusivas das construções metálicas toda vez que giravam. Suas aparências não eram uniformes, mas estavam claramente divididas em dois tipos diferentes de máquinas – lutadores de longo alcance e combatentes, corpo a corpo.

Grupos de dez máquinas mágicas seriam encontradas protegendo as laterais do navio com uma distância de vinte a trinta passos entre cada grupo, e a proporção de Golems de longo alcance para Golems corpo a corpo era de 8 para 2. Isso significava que cada esquadrão de máquinas mágicas era composto de oito arqueiros e dois de espadas e escudo.

Cada um deles ocupou um canto e atacou os elfos que se aproximavam deles com uma densa saraivada de balas. Se algum elfo não fosse suficientemente rápido, seria pego pela capacidade ofensiva combinado de dois a três esquadrões de máquinas mágicas.

As máquinas mágicas se transformaram em canhões afixados sob o comando de Greem, restringindo e destruindo a formação do exército inimigo com o melhor de suas habilidades. Os elfos não tiveram escolha senão se espalhar diante dessas máquinas mágicas dispersas, porém organizadas. Elas formaram pequenos grupos de dois a três e tentaram investir e eliminar essas máquinas mágicas.

Neste momento, as bruxas foram completamente poupadas de qualquer atenção e estavam livres para atacar como quisessem.

Elas se reuniram em pequenos grupos e circularam livremente pelo convés.

No momento em que enfrentassem qualquer oponente difícil entre os elfos, elas se esconderiam instantaneamente no esquadrão de máquinas mágicas mais próximo. Ao fazer isso, neutralizaram os ataques ferozes do inimigo. Por outro lado, quaisquer elfos ou bestas convocadas que estivessem isolados de seus companheiros foram espancados pelas bruxas no momento em que fossem capturados.

Foi essa tática que permitiu que as bruxas, em menor número, lutassem contra o ataque selvagem de um inimigo cinco vezes maior. Eles finalmente começaram a estabilizar a situação da batalha.

Se houvesse alguém que pudesse passear casualmente no convés, ficaria muito honrado em experimentar pessoalmente todos os tipos de ataques e feitiços misteriosos.

Em tal campo de batalha, até um dragão teria que se esconder e até um tigre teria que se agachar. Se o seu ego levasse a melhor sobre você enquanto você ainda não tinha alcançado a verdadeira invulnerabilidade, então a tragédia poderia recebê-lo no momento seguinte.

Tomemos, por exemplo, o poderoso druida que estava no máximo no Primeiro Grau. De repente, ele se transformou em um terrível Condor e se envolveu em uma camada de vórtice de vento semitranslúcido. O druida então usou sua velocidade surpreendente e lâminas de vento afiadas para se mover pelo ar acima do convés, quase como se não houvesse nada que impedisse seu avanço. Ele ocasionalmente lançava um temível tornado no campo de batalha e fugia após lançar os inimigos no caos.

Foi sua arrogância e imprudência que chamaram a atenção de muitos esquadrões de máquinas mágicas e bruxas.

Quando ele mais uma vez abriu as asas e mergulhou de cima para afastar uma Bruxa do Destino com uma lâmina de vento afiada, algo aconteceu. Sua vida congelou neste exato momento.

Três Lanças das Trevas dispararam de diferentes ângulos, atirando direto para sua enorme forma de águia.

Este druida era de fato um druida de elite. Ele bateu as asas rapidamente em sucessão e evitou por pouco os ataques combinados das bruxas das trevas. No entanto, quando passou por um esquadrão de máquinas mágicas, uma aura cinza que parecia ter previsto sua trajetória pousou sobre ele.

Peguem o pombo! 1

Se ele ainda estivesse em sua forma humana, nunca teria sido afetado por esse feitiço estranho. No entanto, foi ele quem se tornou uma besta mágica neste momento. Os fracos efeitos do Imobilizar Monstro fizeram com que seu corpo deslizante parasse por um breve instante.

Este instante não durou mais que um terço de segundo. Foi tempo suficiente para uma pessoa comum piscar. No entanto, este era tempo mais que suficiente para os inimigos que estavam à espreita.

Os três esquadrões de máquinas mágicas mais próximos apontaram suas armas ao mesmo tempo. O poder de fogo concentrado quebrou os escudos do vórtice de vento ao redor do druida naquele curto espaço de tempo que ficou atordoado. No segundo seguinte, o druida soltou um grito de agonia. Muitas manchas vermelhas brotaram de seu corpo frágil no momento em que pretendia se afastar de sua posição atual.

Quando finalmente saiu da área de emboscada, seu corpo encharcado de sangue foi atingido pela Nuvem Venenosa de Endor e pela Explosão de Gelo da Snowlotus.

Este Condor com uma envergadura de sete metros oscilou e caiu no chão antes que pudesse voar mais longe. Logo, a área sobre a qual caiu ecoou com os passos estrondosos de javalis, macacos furiosos e máquinas mágicas de Espadas e Escudo.

Naturalmente, seu corpo aleijado foi transformado em uma pasta de sangue irreconhecível!

A natureza sinistra das bruxas fundiu-se com a ferocidade das máquinas mágicas, transformando o convés num pântano de guerra cheio de armadilhas mortais em cada pedaço. Esta horrenda realidade atingiu todos os elfos que subiram no convés. Eles atacaram a torto e a direito e foram empurrados para frente e para trás, sendo espancados e ficando na porta da morte.

Claro, os elfos ainda tinham vantagem em número!

Foi por isso que os esquadrões de máquinas mágicas foram lentamente exterminados, um por um, sob o ataque poderoso e feroz dos elfos. As bruxas foram afugentadas e correram pelo convés. O campo de batalha era sangrento e brutal!

No geral, os elfos eram muito superiores às bruxas, seja em número ou qualidade. Em particular, o número de potências de Segundo Grau que possuíam esmagou completamente os adeptos.

Sem ninguém para contê-los, os elfos de Segundo Grau só precisariam se reunir para aniquilar facilmente os esquadrões de máquinas mágicas no convés.

Os dois terríveis Druidas de Segundo Grau instantaneamente se transformaram em um assustador Macaco Gigante Berserk e um Rinoceronte de Ferro, respectivamente. Eles confiaram em seus corpos fortes para enfrentar a saraivada de balas e atacaram os grupos de máquinas mágicas para as destruir. Dois corpo a corpo em um dos grupos foram feitos em pedaços pela força bruta dos druidas antes mesmo que pudessem fazer qualquer coisa.

Os Pistoleiros restantes de Segundo Grau então avançam e erguem seus arcos para atirar nas máquinas à queima-roupa. Eles usaram suas poderosas habilidades de tiro com arco para exterminar os Arqueiros rapidamente.

Enquanto isso, o mestre de armas derrubou as máquinas mágicas como se cortasse vegetais quando deixaram seu poder interior explodir. No entanto, entrariam em um estado temporariamente enfraquecido toda vez que permitissem que seu poder interno fluísse dessa maneira. Eles normalmente não usariam essa poderosa técnica de batalha quando estivessem lutando sozinhos. Agora que tinham proteção de seus companheiros, os mestres de armas que só eram bons em combate corpo a corpo se transformaram em lutadores ferozes.

Em menos de trinta minutos desde o início da batalha, os elfos perderam uma dúzia deles, enquanto mais da metade das máquinas mágicas das bruxas foram destruídas.

Se o inimigo pudesse limpar o resto do convés, então as bruxas seriam provavelmente forçadas a um confronto direto em seguida!

Quando isso acontecesse, seria o momento real para o mestre de armas e pistoleiros exibirem totalmente seus poderes. As bruxas, necessitando desesperadamente de campos de batalha maiores, teriam seu poder severamente limitado.

Neste momento, os únicos quatro no Segundo Grau do lado das bruxas não teriam escolha senão entrar no campo de batalha.

Greem enviou o Draconato Zacha gravemente ferido para o lado de Alice. Ele guardou a entrada do interior do navio com Alice. Greem fez com que o Goblin Triturador de Tigule ficasse ao seu lado e atuasse como seu guarda-costas.

Greem não tinha autoridade para comandar a bruxa das trevas de Segundo Grau e só podia deixá-la fazer o que quisesse.

Depois que tudo foi organizado, os dois Demônios Flamejantes avançaram em direção ao exército com passos pesados ​​e lentos, seus corpos temíveis e em chamas balançando enquanto se moviam.

Os dois Demônios Flamejantes levantaram suas mãos de magma e instantaneamente ergueram um enorme Anel de Fogo no convés. Todos os elfos pegos pelo Anel de Fogo fugiram freneticamente. Aqueles que foram um pouco mais lentos para reagir ou se mover encontraram marcas de queimaduras e faíscas em seus corpos.

O bloqueio combinado de dois Demônios Flamejante no Segundo Grau aparentemente não era algo que os elfos de Primeiro Grau como eles pudessem suportar facilmente.

Todos os elfos foram forçados a recuar para as bordas do convés. Lá, se reorganizaram em uma formação de combate. As máquinas mágicas que sofreram tremendas baixas aproveitaram a oportunidade para recuar. Elas desistiram de controlar o convés e restringiram todas as suas forças às proximidades da entrada do navio.

Com toda a seriedade, o aparecimento de Greem e do Demônio Flamejante, até certo ponto, limpou o campo de batalha.

O centro do convés se transformou em uma zona perigosa onde apenas potências de Segundo Grau poderiam pisar. Quanto aos no Primeiro Grau? Se não quisessem morrer, então era melhor ficarem nas laterais!

Assim, onze elfos poderosos de várias formas e tamanhos emergiram do exército inimigo, assumindo firmemente posições em um lado do campo de batalha. Enquanto isso, do lado das bruxas, havia apenas dois Demônios Flamejantes extremamente intimidadores e uma máquina mágica guerreira incomparavelmente poderosa.

A Bruxa das Trevas havia se escondido completamente na escuridão do campo de batalha. Não havia como sentir sua localização exata.

Eram onze contra três!

Não importava como você encarava a situação. O lado de Greem estava definitivamente em desvantagem.

Ainda assim, era preciso admitir que, embora os elfos tivessem números superiores, o grupo de bestas e elfos frágeis mal conseguia recuperar o fôlego quando confrontados com esses dois imponentes Demônios Flamejantes, envoltos inteiramente em chamas. Aquela aura bárbara e dominante de destrutividade que procurava reduzir tudo a cinzas era demasiada opressiva.

Quando um poderoso adepto de fogo que escolheu o domínio e a especialização do fogo puro estava no campo de batalha, sua aura e maneiras eram simplesmente muito imponentes e dominantes!

Todos os elfos que estavam diante dos dois Demônios Flamejantes sentiram seus corações tremerem.

Esses eram hereges. Estes eram os inimigos que precisavam exterminar desta vez.

Qual seria o preço que precisariam pagar para obter a vitória?

[Combo: 24/200]

  1. Original: Imobilizar Monstro. Referências…
Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥