Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

O confronto entre Souta e Dargan se intensificava a cada soco trocado, enviando ondas de choque pelo mar e além. Suas colisões ecoaram estrondosamente, quebrando a tranquilidade da Região Mare.

A risada de Dargan reverberou em meio ao caos causado por ele bater de frente com Souta. Já se passaram anos desde que alguém ousou desafiar um soberano do seu nível, e Dargan aproveitou a oportunidade para provar seu domínio mais uma vez.

As flutuações de energia ficaram mais intensas, chamando a atenção das regiões próximas. Mesmo de longe, os outros soberanos podiam sentir a intensidade da batalha, uma prova do confronto monumental que se desenrolava diante deles.

Souta avançou, balançando sua espada e enviando dezenas de lâminas de energia em direção a Dargan. Com graça fluida, Dargan manobrou para escapar de cada um deles, rapidamente diminuindo a distância entre eles com um chute poderoso que o impulsionou através da água.

–Swoosh!

Suas garras se alongaram e se afiaram enquanto avançava, mirando um ataque feroz em Souta. Reagindo rapidamente, Souta moveu a espada para o lado para interceptar o ataque. Em um rápido contra-ataque, criou outra espada com seu sangue, empurrando-a em direção a Dargan.

Dargan respondeu abrindo bem a boca, liberando um feixe de energia escaldante.

O choque da espada e feixe de energia provocou uma enorme explosão, enviando ondas de choque pela água com um estrondo ensurdecedor.

Saindo ileso da explosão, Dargan olhou para Souta com um sorriso.

“Você é forte! Isso é esplêndido! Agora, venha com intenção de matar!”

Sua energia aumentou, o poder elemental saindo dele como um maremoto. Instantaneamente, todo o mar reagiu à sua energia elemental, a pressão intensificando-se várias vezes em um instante.

–Whoosh!

“Eu posso dizer o mesmo para você, isso é o fim do aquecimento”, respondeu Souta, com um sorriso brincalhão em seus lábios.

Recuando ligeiramente, notou a tentativa do mar de esmagá-lo. Com um movimento hábil da mão, convocou um campo gravitacional, contrariando a pressão. Simultaneamente, ativou todas as suas habilidades de buff ao máximo potencial.

A escuridão se espalhou pelas profundezas do mar enquanto Souta ativava seu Segundo Modo. Rapidamente, ele se moveu pelas sombras, aparecendo na frente de Dargan.

Os olhos de Dargan se arregalaram de surpresa. Reagindo por instinto, tentou se defender, mas ainda sentiu uma dor lancinante no ombro.

–Swoosh!

Observando o corte profundo em seu ombro, a expressão de Dargan se transformou em um sorriso malicioso, seu coração estava disparado de tanta emoção.

[Movimento Elemental: Força da Água]!

“Não, eu preciso de mais.”

Ele ativou outras habilidades em cima dessa, [União da Água: Monstro Marinho]! [Vontade Divina Oceânica]! [Grande Corpo dos Sete Mares]! [Demolição Suprema do Oceano]!

A energia de Dargan aumentou, oprimindo Souta e empurrando-o para trás com sua força absoluta. Este era o poder do Soberano Rank 11, uma criatura que estava no auge de Vanko.

“Então, permita-me igualar sua demonstração de força!” Souta declarou, sua própria energia pulsando.

[Condução Elemental: Integração da Luz e Escuridão]!

–Boom!

***

Zona Vorr, Região Ming.

Alice, Eilish e o resto se reuniram aqui apenas para descobrir que Souta havia sumido.

“Onde ele deve ter ido? Ele mencionou um encontro aqui, mas já foi embora”, Eilish suspirou, esfregando as têmporas.

“Qual é o nosso próximo passo?” Eztein perguntou, olhando para o grupo.

“Nada muda. Nosso objetivo permanece o mesmo. Continuamos nos fortalecendo aqui”, afirmou Alice.

“Estou de acordo. Ainda não recuperei totalmente minhas forças”, Franklin entrou na conversa.

Franklin, Vashno e Eztein experimentaram uma diminuição em suas forças após o incidente em Selnes. Apesar de já terem quebrado a Terceira Algema, estavam atualmente no nível de alguém na Segunda Algema. No entanto, permaneceram confiantes de que poderiam recuperar a força anterior, pois quebrar a terceira algema significava que não teriam limites até atingir o ápice da Terceira Algema.

“Souta mencionou que nos encontraríamos aqui, mas não está presente”, observou Alice, dirigindo-se ao grupo e continuando: “Acredito que ele queira que nos concentremos no autoaperfeiçoamento em sua ausência. Esta região está sob a jurisdição de Souta e, dada a sua força atual, os recursos aqui provavelmente têm pouco valor para ele.”

Vashno ergueu uma sobrancelha. “Então, você está sugerindo que reunamos todos os recursos desta região?”

Alice assentiu. “Sim, esse parece ser o curso de ação mais lógico. Devemos utilizar tudo o que está disponível para recuperar nossas forças.”

“Não é como se pudéssemos consumir tudo aqui, mas devemos priorizar os recursos que possam aumentar significativamente a nossa força”, afirmou Alice, fazendo uma breve pausa antes de continuar: “Depois disso, iremos para o meu território.”

O território de Alice nesta terra superava um pouco os recursos da região Ming. Afinal, o soberano que ela derrotou para ganhar o Poder dos Sonhos estava em 56º lugar. Portanto, os recursos em seu território eram de qualidade superior aos de sua localização atual.

De repente, o grupo fez uma pausa, virando simultaneamente a cabeça. Todos sentiram a presença de indivíduos com a ressonância, indicando a chegada de um soberano.

“Temos visitantes”, anunciou Eilish.

“Vamos ver esses visitantes”, disse Alice, estreitando os olhos. Se esses visitantes tivessem más intenções, isso poderia se transformar em uma batalha.

Quando ela chegou neste lugar, descobriu criaturas formidáveis ​​bem mais fortes que ela. Os soberanos eram particularmente poderosos devido ao seu forte Poder dos Sonhos.

Logo, avistaram três figuras. Só de observá-los, ficou evidente que todos os três eram soberanos. A julgar pela aura deles, um deles era mais forte que Alice.

‘Forte,’ Alice comentou interiormente, sua carranca se aprofundando.

Os três soberanos vieram da Zona Hull, servindo como pilares da raça hullscan nesta terra.

Yvun olhou para seus dois companheiros antes de dar um passo à frente e cumprimentá-los. “Olá, sou Yvun, um dos quatro soberanos da raça hullscan. Estou aqui para conhecê-los.”

Honestamente, Yvun e seus companheiros ficaram profundamente chocados. Eles esperavam encontrar o Soberano da Região Ming, mas em vez disso encontraram seis soberanos desconhecidos. Todos os seis pareciam notavelmente formidáveis.

Ao observarem os seis soberanos diante deles, sentiram algo peculiar. Embora houvesse ressonância em torno de seus corpos, havia uma aura inexplicável sobre eles, deixando-os se sentindo inseguros.

Alice, Eilish e outros trocaram olhares confusos. A linguagem deste reino diferia daquela do Imperium.

Procurando ajuda de Yuko, Alice se dirigiu a ela.

“Hum… Yuko, você poderia, por favor, informá-los que não conseguimos entender o que falam?”

Neste momento, Yuko era o único meio de resolver essa barreira linguística. Não existia criatura que não entendesse a linguagem dos monstros; era apenas uma questão de traduzir os pensamentos em qualquer som compreensível.

Yuko olhou para Alice por um momento antes de concordar com a cabeça. Virando-se para os três soberanos, ela retransmitiu: “Ei, vocês! Não conseguimos entender sua língua, então comuniquem-se de uma maneira que possamos entender!”

Yvun, Elio e Ohrno trocaram olhares perplexos. As suas suspeitas foram agora confirmadas: estes seis novos soberanos não eram nativos de Vanko.

Esta revelação apresentou um novo desafio.

Sem saber como proceder devido à barreira linguística, Yvun hesitou.

“Hum… talvez devêssemos voltar”, ele sugeriu timidamente, buscando a opinião de seus companheiros. A situação não era familiar e não sabiam como lidar com ela.

***

O confronto entre Souta e Dargan se intensificou, seus golpes ressoaram por toda a Região Mare. Ondas de energia surgiram através do mar suspenso enquanto os combatentes trocavam ataques rápidos e poderosos.

Dargan manipulou a própria água, direcionando-a para atacar Souta de todos os ângulos. Mesmo assim, Souta contra-atacou com suas próprias técnicas, usando a força gravitacional para repelir a água.

A admiração de Dargan ficou evidente em suas palavras.

“Pensar que você poderia me igualar golpe por golpe! Você realmente é habilidoso”, ele reconheceu.

Souta retribuiu o sentimento com um sorriso confiante.

“E ainda assim, você lida com meus ataques sem problemas. Parece que estamos em igualdade.”

“Eu me deleito com esse confronto! Já faz muito tempo desde que experimentei tanta alegria!” A risada de Dargan ecoou pelas águas enquanto avançava, suas garras preparadas para atacar o pescoço de Souta.

Souta enfrentou seu ataque de frente, sua espada arqueando para cima para interceptar o ataque mortal. A colisão enviou faíscas de energia através da água, iluminando as profundezas escuras com seu brilho.

Com um estrondo retumbante, Dargan foi arremessado para trás, seu corpo viajando pela água até colidir com uma enorme ilha subaquática.

Com os punhos ainda cerrados, Souta impulsionou-se para frente, uma mistura de luz e escuridão girando ao seu redor enquanto perseguia seu adversário nas profundezas do mar.

Quando Dargan emergiu dos escombros, passou por uma transformação surpreendente. Seu corpo se alongou, sua cauda se estendeu e intrincadas tatuagens pretas começaram a se manifestar em suas escamas. A cada momento que passava, sua forma ficava maior e mais imponente.

[Liberação do Orbe de Monstro]!

Ele rugiu, liberando uma onda de fumaça e energia que envolveu a área circundante em uma aura misteriosa.

Souta estreitou os olhos diante da demonstração de poder, mas continuou, sua determinação inabalável. Apesar de suas habilidades formidáveis, ele sabia que o Poder dos Sonhos era a melhor fonte de força no Reino dos Sonhos. Em comparação com os soberanos experientes de Vanko, suas próprias reservas eram escassas, adquiridas em apenas uma fração do tempo que passaram no domínio de suas habilidades.

É por isso que procurou reivindicar a posição de Dargan – para amplificar sua ressonância e reforçar a nutrição que seu Poder dos Sonhos recebia do núcleo.

Com um movimento rápido, Souta diminuiu a distância entre eles. Sua espada Vajra estalava com energia intensa enquanto cortava o ar, apontada diretamente para Dargan. Após o impacto com as garras de Dargan, ocorreu uma poderosa explosão, reverberando pelas profundezas do mar.

Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥