Capítulo 447 – A Garota

A Evolução de um Goblin ao Ápice

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

 

Capítulo 447 – A Garota

Tradutor: Otakinho

“Você está segura agora…” Bryan disse para a garota. Ele olhou para baixo e a viu sangrando, pois ela tinha vários ferimentos em seu corpo.

“Obrigada… vou lembrar de você, mas preciso ir agora.” A garota disse enquanto se virava. Depois de dar alguns passos, a garota caiu no chão, pois tinha atingido seu limite.

Bryan rapidamente a ajudou a se sentar no chão e a apoiou nas paredes.

“Você está bem?”

Ele perguntou com uma expressão preocupada.

“Por favor, deixe-me sair deste lugar. Eu preciso me afastar ou eles vão me capturar mais uma vez.”

A garota implorou com uma voz áspera. Ela não conseguia nem falar direito porque sua garganta estava seca. E ela percebeu que esse era seu limite. Sem a ajuda de alguém, ela não seria capaz de escapar.

“Tudo bem… eu derrotei aquelas pessoas, mas parece que vou trazer você comigo.”

Bryan virou a cabeça e olhou para as duas pessoas que ele nocauteou. Ele acenou com a cabeça e carregou a garota nas costas antes de pular no telhado.

–Swoosh!

Sua figura voou em direção ao local do Corporação Lanny. Ele precisava chegar lá rapidamente, pois a garota atrás dele estava ferida e precisava de tratamento imediato.

Em apenas alguns minutos, ele chegou a Corporação Lanny. Assim que ele entrou no prédio com uma menina ferida chamou a atenção de todas as pessoas. Eles conheciam Bryan, mas não conheciam a garota.

A Corporação Lanny estava conectada a Legião Dark Oculus, então cada membro da Corporação Lanny conhecia os membros principais da legião. Era impossível eles não os reconhecerem.

“Médico! Curandeiro! Eu preciso de alguém para verificar a condição dessa garota para mim!”

A voz de Bryan ecoou por todo o prédio e todos o ouviram. Rapidamente, os escalões superiores deste ramo vieram ao encontro de Bryan e chamaram alguns curandeiros.

“Aqui, senhor Bryan.”

Bryan seguiu os escalões superiores e eles o levaram para uma sala vazia. Lá, ele colocou a garota na cama confortavelmente. A menina já estava inconsciente, pois seu estado era muito ruim.

O diretor da filial olhou para a garota antes de voltar sua atenção para Bryan. Ele perguntou: “O que aconteceu com ela, Senhor Bryan?”

“Eu não sei. Acabei de ver que duas pessoas estavam perseguindo ela, então decidi dar uma ajuda. Bati nessas pessoas e ela caiu inconsciente.” Bryan explicou ao diretor o que aconteceu.

Logo, os curandeiros chegaram e rapidamente começaram a curar a garota inconsciente.

“O que você vai fazer com ela, Senhor Bryan?” O diretor perguntou enquanto observava os curandeiros lançarem seu feitiço na garota.

“Não sei. A menina disse que queria sair daqui, então vou deixá-la sair.” Bryan encolheu os ombros.

“Se ela está em perigo, sugiro que contatemos as autoridades. Eles serão capazes de proteger a garota melhor do que nós e talvez investiguem quem está tentando prejudicar essa garota.” O diretor disse a Bryan.

“Ok, vou deixar isso com você.” Bryan assentiu enquanto se lembrava das palavras de Lumilia para nunca criar problemas. Ele deveria apenas deixar as autoridades lidarem com este problema.

Após alguns minutos, a menina acordou após receber tratamento. As pequenas feridas em seu corpo desapareceram completamente, enquanto as feridas profundas levarão algum tempo antes de cicatrizar.

“Onde estou…?”

A garota murmurou enquanto se sentava. Então, ela segurou a cabeça ao sentir uma leve dor de cabeça.

“Você está na Corporação Lanny. Não se preocupe, você está segura aqui. Essas pessoas não o encontrariam aqui.”

Ela virou a cabeça para o lado quando ouviu a voz. Ela viu um jovem com um cabelo preto curto e espetado. Seus olhos eram negros e seu corpo era normal. Não muito fino e não muito volumoso.

“Quem é você?”

Ela estreitou os olhos e perguntou com uma expressão cautelosa.

“Eu sou Bryan Dagruel. Fui eu quem trouxe você aqui depois de nocautear as pessoas que estavam perseguindo você.”

Bryan se apresentou à garota, assegurando-lhe que não tinha intenção de machucá-la.

Então, a porta se abriu e o diretor entrou na sala. O diretor ficou surpreso ao ver que a garota já estava acordada. Ele então disse a Bryan: “Parece que ela está bem agora.”

“Sim,” Bryan não pode deixar de acenar com a cabeça.

O diretor sentou-se ao lado de Bryan e se apresentou à garota.

“Eu sou Patrick Ford, o diretor do Ramo do Império Eterno da Corporação Lanny.”

Depois de se apresentar, ele perguntou à garota: “Não queremos fazer mal a você, mas estamos curiosos sobre você. Você pode nos dizer quem você é e quem são as pessoas que estavam te perseguindo?”

A garota ficou em silêncio após ouvir a pergunta do diretor. Ela estreitou os olhos e olhou para as mãos.

“Eu… eu não posso te dizer…”

Ela disse depois de alguns pensamentos profundos.

“Por que você não pode nos dizer? Esse cara acabou de salvar sua vida. Mesmo que você não possa retribuir a ele, você deveria pelo menos ter dado a ele seu nome.” O diretor perguntou calmamente à garota enquanto apontava para Bryan.

Bryan não entrou na conversa. Ele sabia que não era bom nesse tipo de conversa. Há uma chance de que ele cometa algum tipo de erro se entrar na conversa, então ele se conteve para não perguntar, embora quisesse fazer muitas perguntas.

“Eu não posso deixar você estar em perigo quando você acabou de me salvar. Essa é a razão.” A garota então se levantou. “Não posso mais ficar aqui. Eles vão me encontrar mais cedo ou mais tarde.”

“Este é o Império Eterno. É muito mais seguro dentro de um grande país do que fora deste lugar.” O diretor disse a ela. “Além disso, chamamos as autoridades para investigar sobre isso.”

Quando ela ouviu essas palavras, a garota abriu os olhos amplamente. Sua expressão se transformou em horror, como se ela visse algum fantasma.

“Não… Não… Não… Você não deveria ter feito isso. Eles vão me encontrar mais rápido assim. Eu preciso ir agora. Este país não é seguro. A influência deles excede qualquer coisa que você possa imaginar.”

A garota abriu a porta e saiu correndo.

Bryan se levantou e queria seguir a garota, mas o diretor agarrou seu ombro.

“Não se envolva muito. Deixe as autoridades cuidar disso. Ouvi dizer que você tem uma ligação com a princesa Alea, pode chamar ela e a garota estará protegida.” O diretor disse enquanto balançava a cabeça. “Além disso, há muitas possibilidades, já que ela não nos contou nada sobre ela. Talvez, ela seja a vilã esse tempo todo. Eu posso pensar em vários motivos para não confiar nela.”

Bryan ficou em silêncio enquanto mais uma vez se lembrava das palavras de Lumilia. Mas seu instinto estava lhe dizendo que a garota estava certa. Eles estariam em perigo se ela contasse a ele sobre a pessoa que a quer. Seus sentidos explodiram naquele momento e ele estava totalmente em guarda quando ouviu isso.

Era um problema e é muito perigoso se seu instinto estivesse certo.

Depois disso, as autoridades chegaram e o diretor explicou o que aconteceu com elas. Eles também explicaram a aparência da garota que saiu.

Bryan voltou para seu dormitório na academia enquanto pensava sobre o que aconteceu agora. Ele não conseguia superar isso e sua mente estava vagando em direção ao evento.

O que aconteceu com a garota?

Ele deveria visitar o diretor amanhã mais uma vez e ver se estava tudo bem. Ele não conseguia tirar isso da cabeça, então precisava pelo menos saber se aquelas pessoas foram pegas.

Ele só podia cerrar o punho com força, sabendo que não poderia se envolver muito. Quando sua mente vagava para o evento, ele também se lembrava das palavras de Lumilia como um canto. Essa era a única coisa que o impedia de se envolver demais.

Ele decidiu contar isso para Lumilia e Lynn. Quando ele voltou, ele foi procurar as duas e descobriu que elas haviam terminado seu encontro com os nobres. Alea também se foi. Ela deve ter partido com os outros nobres.

“Oh, você está de volta Bryan”, Lumilia disse quando viu Bryan.

“Preciso falar com vocês duas”, disse Bryan para Lumilia e Lynn com um tom sério.

As expressões de Lumilia e Lynn mudaram quando ouviram o tom de Bryan. Era raro Bryan ficar assim, então algo sério deve ter acontecido.

“Ok, este não é o lugar certo para falarmos. Então, vamos voltar.” Lumilia disse enquanto olhava ao redor.

Os três voltaram para o quarto e Bryan contou lentamente o que aconteceu com ele. Como ele salvou a garota e como ela tinha medo de deixar as autoridades saberem disso.

“Então o que você acha, Lumilia?” Bryan perguntou em voz baixa.

“Talvez ela seja uma pessoa procurada, por isso ela não quer que as autoridades saibam sobre ela. Além disso, há uma chance de que ela não tenha feito nada de errado, mas a possibilidade é muito baixa. Mesmo nós não sabemos a extensão total deste país, mas aquela menina disse que este país não é mais seguro. O que ela sabe?“ Lumilia disse enquanto esfregava o queixo.

Aviso do Tradutor:

Otakinho

Otakinho

Boa Leitura S2 S2
Chave Pix copiada!
PicPay copiado!
Rolar para o topo