Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Há realmente muitos visitantes hoje.

Traficante de escravos barbudo.

Depois disso, vieram os mensageiros de Asure Corselete e, em seguida, o próprio Asure Corselete.

Sua armadura é quase igual à de um cavaleiro, mas com a adição de uma capa.

À primeira vista, eu sabia que ele era alguém de uma família de prestígio.

Mas ele é mais jovem do que eu imaginava.

Mas para o general inimigo vir sozinho a este castelo… o que está acontecendo?

No entanto, o fato de ter vindo pode significar que a discussão acabou e ele deveria retirar seu exército.

Foi o que pensei… mas aparentemente não é o caso.

“É a primeira vez que nos encontramos. O rei da Aldeia Zenki. Sou Asure Corselete, terceiro filho da família Corselete.”

Ele colocou a mão direita no peito e fez uma reverência.

Esses deve ser a etiqueta nobre.

Raiki o cumprimentou enquanto estava sentado.

“Asure-denka (Sua Alteza), não achei que o general viesse sozinho. Sou Raiki, o senhor dos Onis e dono deste castelo. Se possível, prefiro ser chamado de Senhor do que de Rei.”

“É assim mesmo? Vou usar isso de agora em diante.”

“E que tipo de negócio o comandante geral tem para vir a tal lugar?”

“… Sim… Isso é…”

Asure relatou à capital real o que seus vassalos haviam relatado, mas o rei e seu irmão não se importaram nem um pouco com isso.

Pelo contrário, o seu objetivo era aproveitar o fato de ter sido enganado por um traficante de escravos para atacar e destruir este castelo e mostrar as tropas do seu próprio país a outros países.

Apesar de contar a todos sobre os traficantes de escravos, que a Aldeia Zenki não é hostil e que os rumores eram falsos, o rei insiste que retome o ataque e destrua o castelo. Ou melhor, foi ordenado a fazê-lo.

Os dois vassalos que ouviram isso pareceram muito surpresos e, embora seu comandante ainda estivesse falando, perguntaram a Asure em voz alta: “Isso é verdade!?”

Mas infelizmente este parece ser o caso.

Caso contrário, o general não viria a tal lugar sozinho.

“… é assim que é…”

“Fumu…” (Hmm enquanto balança a cabeça)

Como esperado, Raiki também tinha uma expressão difícil.

Claro que teria.

Ele estava se perguntando se poderiam prender os soldados se soubessem a verdade, mas isso não aconteceu.

Se nada for feito, a batalha certamente começará.

Foi bom até os vassalos virem conversar, mas… Não esperávamos que a situação mudasse assim.

Eles já deveriam saber que os Onis aqui não são hostis, até mesmo Asure tem certeza disso.

Asure tentou persuadir o rei com todas as suas forças, mas falhou.

No entanto, nunca desistiu e veio aqui sozinho.

Não é um truque que possa ser feito sem uma preparação considerável.

Ninguém culpou Asure.

“Asure-denka”

“O que foi… Raiki-sama”

“O rei tomou alguém que você conhece como refém?”

“!? Como você sabe disso…”

Raiki disse a Asure enquanto escondia a boca.

Sua suposição parecia correta e Asure ficou abalado pela primeira vez.

Ele não mencionou nenhum refém em sua declaração anterior.

Embora apenas tenha explicado sua história como um “relatório de status”.

Nem Asure nem seus vassalos pareciam saber por que Raiki sabia que havia um refém.

Raiki olhou sério e começou a contar a Asure por que ele sabia disso naquele jeitinho velho de falar.

“… Não é muito difícil de adivinhar. Asure-dono (Sr.), você não estaria aqui se não tivesse nada a perder. Se você não tivesse nada a perder, você recuaria seus soldados imediatamente. Você não precisava vir aqui. Deve ter acontecido algo do seu lado que o obrigou a vir aqui. Ele disse que mataria sua esposa ou filhos se você fizesse algo errado? Além disso, você acabou de me contar tudo sobre o seu país. Você não deveria fazer isso.”

Pode ser exatamente o que Raiki diz.

Pela sua história, o rei e seus filhos, principalmente o mais velho, são umas escória.

Apesar de descobrir as tramas, o rei tenta travar uma batalha sem sentido apenas para mostrar o poder de seu país.

Não seria normal ouvir tal história em outros países.

Na verdade, não conheci o rei, mas não quero vê-lo no futuro.

Asure foi forçado a lutar por tal rei e irmão.

Asure já está decepcionado com o rei e o irmão.

Nesse caso, deveria puxar imediatamente os soldados e persuadi-los com todas as suas forças.

Parece que será o pior ataque.

As coisas não vão mudar enquanto o chefe do país não mudar de ideia ou for substituído.

Mas a razão pela qual isso não pode ser feito.

Refém.

Ou lealdade inabalável.

Neste caso, posso assumir que ele não tem mais lealdade para com o seu rei.

Normalmente, alguém não diz coisas ruins sobre seu rei e seu irmão na história.

Se for assim, só resta uma razão… reféns.

Asure pode estar tentando superar essa situação conversando diretamente com Raiki.

“… Minha esposa e… minha filha… estão lá.”

“… Sim. É louvável que você não tenha sido manipulado com isso. É difícil de fazer. Talvez… Se o comandante retornar, a família dos vassalos também será capturada. Não, todos os vassalos seria demais. Provavelmente vai ser família desses dois vassalos aqui.”

“!!“

Raiki lançou algumas palavras aos dois vassalos que entenderam o significado do assunto, mas não pareciam sentir uma sensação de crise.

Os dois vassalos estão zelando pelo que acontecerá no futuro.

“Sinto muito… Gilnia, Targu… envolvi vocês.”

“Bem, isso é… estamos no mesmo barco, Asure-sama…”

Parecem ter aceitado a situação, mas continuam na merda.

Você não pode culpar ninguém aqui.

Mas… O que vão fazer agora?

Nem a outra parte nem está estão dispostos a lutar mais.

No entanto, a segurança da família de Asure não pode ser garantida sem luta.

É o rei quem está brincando com seu poder e autoridade.

Tenho certeza que ele quer que esse tipo de coisa aconteça.

E se o fato de Asure não ter lutado vazar, isso colocará um fardo pesado sobre o próprio Reino Garrot.

As pessoas vão fofocar sobre.

Normalmente, é melhor explicar a situação ao povo, mas essa é a função do rei.

Mas não creio que o atual rei faça isso.

Ele dirá ao povo para acreditar nos rumores.

Ele sente que só está matando alguns plebeus aleatórios.

Ele sente que seu país é mais forte que os outros países

No entanto, seria inevitável que ambos causassem enormes danos.

Depois de pensar um pouco, Raiki começa a conversar calmamente com os três.

“… Existem três maneiras de proteger sua família e encerrar esta batalha, independente da vitória ou derrota.”

“! … Raiki-sama. Isso é verdade …”

“Lute contra nós, Asure. O comandante do reino morrerá ou eu morrerei?”

Asure e seus vassalos engasgaram com as palavras que acabaram de ouvir.

É a mesma coisa deste lado, e tanto Tenda quanto Uchikage ficam surpresos.

Certamente, considerando a situação atual, não há escolha senão lutar até a morte.

E a melhor maneira de reduzir os danos é deixar o general lutar até a morte.

Se você esmagar a cabeça do inimigo, o inimigo perde, esse tipo de luta.

Nesse sentido, Raiki provavelmente se preparou para esta opção.

“Você vai lutar comigo, vai escolher me entregar o seu pescoço ou me matar?”

Raiki pergunta a Asure, dizendo que não lhe dará tempo para pensar.

O vassalo olhou para seu senhor com ansiedade, mas também pude ver neles a expressão de desistência.

Também existe outra opção.

A mais prejudicial dessas opções são as guerras totais com os Onis.

Isso é óbvio para todos.

Se Raiki morrer, o dono deste castelo desaparecerá.

No entanto, Raiki não tem sucessor.

Podem surgir conflitos nisso.

Mas antes disso, não posso dizer que Asure deveria morrer para Raiki.

Essa opção é como dizer a Asure para morrer.

Talvez todos aqui saibam.

Asure já estava pensando há algum tempo, mas imediatamente disse que havia decidido.

“… Eu vou morrer. Esta é a opção menos prejudicial.”

“Asure-sama!”

Os vassalos gritam com a decisão de Asure, mas é improvável que essa decisão mude.

Raiki suspirou profundamente com a decisão de Asure.

Ele se sentiu aliviado e com raiva.

Asure imediatamente começa a tirar a armadura.

Ele alinhou cuidadosamente a armadura à sua frente e pegou a cota de malha.

Asure irá morrer aqui.

Os vassalos estão olhando para ele sem dizer nada.

Mas seus braços tremiam e pareciam ter rancor de si mesmos por não poderem fazer nada.

Eles não querem perder o Senhor que têm seguido até hoje.

Asure parecia ter removido toda a armadura e estava ajoelhado.

No entanto, parece que não tinha uma arma.

“… Pode parecer vergonhoso, você pode me emprestar sua arma?”

Ao ouvir as palavras, Raiki suspirou profundamente novamente.

Desta vez, ele intencionalmente aumentou a voz para que qualquer um pudesse entendê-lo facilmente.

E ele respirou fundo.

“SEU IDIOTA!!!”

Ele gritou tão alto que todos ficaram confusos de onde vinha tal força em um corpo tão velho.

Sua voz parece ter sido ouvida por todo Sannomaru (3º palácio), e pode-se ver que os soldados que aguardam estão curiosos conosco.

A voz tremeu e os jovens Onis ficaram de costas.

Foi o mesmo com Asure e seus vassalos.

Como esperado, até Tenda pareceu surpreso com Raiki, que de repente gritou alto assim.

“Você ainda é jovem como senhor! Não é recomendável que você jogue sua vida assim! E o que aconteceria ao país sem alguém como você! Quem vai mudar esse País se não for você!? Você é tão estúpido! A resposta nem sempre está nas opções que você pode escolher! Veja além do que sua vista mostra!”

Não foi mais alto do que antes, mas a voz irritada ainda abalou a todos.

Eu nunca vi Raiki desse jeito. Todo mundo aqui tinha a mesma expressão.

Até Asure, que está bem na frente de Raiki, também ficou consternado e ainda não conseguiu se levantar.

“Jovem! Você está bem com sua decisão como Senhor!? Está tudo bem para uma pessoa talentosa como você morrer em um lugar assim e deixar o país para um rei tolo e seu irmão imbecil que não consegue fazer nada!?”

“… Bem, não posso deixar isso para eles…”

“Bem então! Se sim, não escolha morrer! Viva e mude o país! Você ainda é jovem! Você tem tanto poder! Seja confiante!”

Antes que eu percebesse, Raiki se aproximou de Asure e pegou seu braço para se levantar.

A expressão confusa de Asure ainda permanecia, mas parece que sua desesperança foi levada para algum lugar.

Raiki fez sua mão no formato de uma faca e bateu no pescoço de Asure várias vezes.

Depois disso, ele bateu com força no ombro de Asure e finalmente o soltou.

“Jovem. O Senhor que escolheu morrer está morto. Agora o Senhor que escolheu viver está aqui. O que esse senhor vai fazer agora?”

“… Encontrar uma maneira para que todos vivam e retornem.”

Após um longo silêncio, Asure disse a Raiki a melhor solução possível.

Mas Raiki nunca zombou ou riu da decisão de Asure.

Em vez disso, elogiou Asure.

“… Finalmente conseguiu enxergar. Essa é uma boa decisão. Mas fique tranquilo. Eu já pensei sobre isso.”

“Já pensou… como é…”

Raiki riu uma vez enquanto esfregava o nariz e se aproximava da muralha de pedra de onde podia ver todo o castelo.

Então se virou e nos contou o plano em voz alta.

“Combate Simulado!”

Um ponto de interrogação surgiu acima das cabeças de todos que estavam ali.

[Combo: 52/120]

Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥