GB – Capítulo 75

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

⇐ Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo ⇒


Capítulo 75: Aproximando-se da Verdade

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Enquanto eu assistia o cadáver de Norden desmoronar no chão, eu pude ouvir a voz inorgânica na minha cabeça.

« Habilidade⌠Gula⌡ ativada »

【Resistência +2.0E(+8)】
【Força Física +1.8E(+8)】
【Poder Mágico +2.1E(+8)】
【Espírito +2.4E(+8)】
【Agilidade +1.4E(+8)】

Então, isso era como os status do Rank E pareciam. Ehh! Não havia acréscimo à habilidade… Graças à «Gula», eu podia sentir claramente que a alma de Norden Alistair foi devorada e desapareceu como todos os outros.

Mas, antes que percebesse, eu fui levado para dentro de um espaço totalmente vazio. Este lugar era muito familiar para mim, mas eu não conseguia lembrar por que ou onde eu tinha visto. Eu queria me mover para encontrar algo que me ajudasse a lembrar, mas percebi que não conseguia. Naquele momento, a figura de uma jovem apareceu na minha frente.

A garota tinha a pele quase tão branca quanto o próprio espaço onde estávamos. Quando a jovem me viu, soltou um suspiro.

[Eu lhe disse para não exagerar… há um limite para o quanto posso suportar.]

Ela disse isso, apontando o chão branco sob meus pés. Havia escuridão sob a fina membrana. Vozes de pessoas carregando rancores podiam ser ouvidas.

Eu instintivamente entendi, o mundo abaixo era como o inferno. Eu vi uma vez antes, lembrei-me agora. Este foi o espaço que uma vez vi no meu sonho.

Eu também conhecia a garota que estava diante de mim. Essa pessoa era,

[Você é…. A jovem que estava dentro do Anjo Autômato que derrotei.]

[En, isso mesmo. Estou feliz que você se lembra. Esta é a primeira vez que posso falar com você corretamente.]

Ela mostrou um sorriso pela primeira vez em seu rosto inexpressivo, depois me disse seu nome.

[Eu sou Luna. Isso mesmo! Eu preciso te agradecer.]

[Me agradecer?]

Luna inclinou a cabeça e sorriu desconfortavelmente, então disse de uma maneira séria.

[Obrigado por me matar.]

Essas palavras me pegaram de surpresa e eu não sabia como responder. Eu ainda sentia remorso por tê-la matado juntamente com a Haniel, e ela ainda foi aprisionada dentro da «Gula»… Eu realmente não sabia o que dizer.

[Não faça essa cara… foi o melhor a se fazer, então não se preocupe]

[…. Mas ainda assim… não posso dizer que o resultado foi bom.]

[Que cara teimoso. Bem, eu sei muito sobre você, desde que estive te observando daqui.]

O que há com isso … Eu senti como se minha privacidade tivesse sido invadida sem que eu soubesse.

Luna continuou falando, ignorando o que eu realmente sinto. Essa maneira unilateral de falar me lembrou Myne. Até o rosto deles parecia similar.

[Espere um segundo, você está ouvindo?]

[Sim, então o que é este lugar?]

Luna teve que repetir tudo o que ela tinha dito antes, já que eu realmente não tinha prestado atenção.

[Este é o espaço espiritual onde as almas daqueles comidos pela «Gula» se reúnem. E esse espaço branco é o produto do meu poder.]

[Hmmm]

[De novo essa cara!? Você realmente não entende, não é mesmo?! Bem, graças a mim criando este espaço em branco, você não foi tão afetado pela «Gula». Agora, é essa a atitude certa para mostrar depois de tudo que eu fiz por você?!]

Então foi isso… Quando eu analiso com calma, a «Gula» se acalmou por um longo tempo depois de comer o Anjo Autômato Haniel.

E embora eu estivesse treinando para resistir aos efeitos colaterais da fome, tinha realmente algo estranho naquela situação.

Mas agora eu entendia a resposta. Ela era quem estava me protegendo…

[Por que você fez isso?]

[Eu já te disse. Como um agradecimento por me matar. Essa foi a recompensa….  no entanto, estou atingindo meu limite. Eu não posso mais ser seu pilar.]

Com seus olhos vermelhos, Luna olhou tristemente ao redor do espaço branco.

Sem que eu percebesse, enquanto conversava com ela, o espaço branco começou a encolher.

[Você não deve comer o Tenryu. Pois se você devorar sua alma, meu poder não será suficiente para conter a «Gula», e sua alma cairia naquela escuridão… para sempre..]

Mas eu não posso fazer isso. Quando estou prestes a perguntar como sair deste lugar, o chão abaixo de mim desapareceu e caí no vazio.

[Uaaaaaaaaa]

Foi um estranho de cabelos vermelhos que me pegou quando estou prestes a cair na escuridão. Ele parecia mais velho que eu e era bem alto.

Ele me puxou pela mão, aparentemente de mau humor.

[Santo deus… quando você não respondeu, eu nunca pensei que você estaria neste espaço. Meu poder está chegando ao limite, não posso manter a prisão do Tenryu por conta própria por muito mais tempo.]

[Essa voz… você poderia ser o Ganância!?]

[Ah, isso mesmo. Este antigo corpo é apenas temporário. Se você quiser dizer obrigado, diga para aquela garota ali. Foi ela quem me chamou aqui.]

Ganância apontou para Luna com alguma indiferença. Eu me pergunto se eles se conheciam, e é estranho ver o rosto dele.

Mas talvez seja porque eu sempre vi o Ganância como uma arma, então ver seu rosto agora foi algo agradável.

[Ei, não me olhe assim.]

[Isso significa que você era uma pessoa antes…]

[Mmm… esse tipo de coisa não importa agora. Nós não temos muito tempo.]

Está certo. O Ganância deve saber retornar.

[Ganância, me empresta sua força]

[Naturalmente. É por isso que eu vim aqui em primeiro lugar.]

Eu então disse para Luna.

[Eu ainda vou ter que matar o Tenryu. Eu não posso simplesmente deixar o Tenryu fazer o que quiser agora que ele não tem mais um mestre.]

Luna não disse mais nada. Ela apenas assentiu.

Ganância ofereceu a mão para mim, que eu segurei. Nós fomos envoltos em uma luz brilhante, e antes que eu percebesse, voltei para onde eu estava – Gália.

Eu agarrei a Espada Negra com firmeza na minha mão direita.

[Então, estamos de volta…]

『Certo. Isso me levou algum tempo e esforço.』

[Desculpa.]

O Tenryu ainda estava restringido pelas cruzes de luz no céu. No entanto, a prisão estava enfraquecendo e parecia prestes a se dissolver. Se se deteriorar ainda mais, seria apenas uma questão de tempo antes de ser quebrada.

Meus olhos de repente viram o cadáver de Norden no chão. Comer aquele cara não deu nenhum benefício além de status. Sendo um detentor do Pecado Mortal, ele deveria ter algumas habilidades de alto nível.

O Ganância respondeu à minha dúvida pela «Leitura da Mente».

『Isso é apenas um fantoche. Aparentemente, a Inveja estava manipulando ele. Pensar que ele tinha a capacidade de manipular as pessoas… mas estamos falando da Inveja depois de tudo.』

[Então eu não posso simplesmente deixar isso assim.]

Eu levantei a Espada Negra, planejando destruir a Baioneta Negra, mas o Ganância me parou antes que eu pudesse.

『Não adianta, não desperdice sua energia. Uma arma do Pecado Mortal é indestrutível. Até mesmo outra arma do Pecado Mortal não poderia destruí-la.』

[Mas, se deixarmos assim…]

Eu bati com minha Espada Negra, enviando-a voando pela Gália. Se ela voasse para lá, o mestre dos fantoches deveria ter dificuldade em encontrá-la novamente.

[Lá vai ela, voando para longe.]

『Hahaha, eu estou morrendo de vontade de saber o que a Inveja está pensando enquanto voa assim. Bem feito! 』

No céu, as restrições sobre Tenryu foram finalmente quebradas. O Tenryu foi liberado.

Perdendo seu mestre, o ferido Tenryu ficou furioso, e tentou fugir. Eu sabia que, se eu deixar, ele pode ir para a cidade-fortaleza da Babilônia e causar estragos.

[Vamos fazer isso, Ganância.]

Finalmente eu poderia usar toda a minha força. Levante tudo aos mais altos entalhes e derrube esse ser monumental do céu.

Eu sinto que vai ser ótimo se eu puder fazer isso.


⇐ Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo ⇒


Nota do autor:
Obrigado pelos seus comentários calorosos sobre o relatório de atividades. Eu acho que o Fame-san também está satisfeito.

 

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo