GB – Capítulo 79

⇐ Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo ⇒


Capítulo 79: O Cavaleiro Negro

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Reino Seyfar… eu finalmente voltei para cá.

No entanto, eu não poderia dizer se é bom ou não…. Era ambíguo na melhor das hipóteses.

[O que há de errado, Fate?]

Aaron estava andando ao meu lado ao longo do corredor do castelo. Como eu herdei a posição de chefe da Família Barbatos, o rei precisava ser informado sobre isso.

Então, aqui estávamos nós agora no castelo, buscando uma audiência com o rei.

Mais cedo, me senti desconfortável quando passei pelo portão principal do castelo.

Como antes, o porteiro não era um Cavaleiro Sagrado, mas uma pessoa normal que não tinha emprego diário. Ele tinha a aparência de um peixe morto em seu rosto. E havia cicatrizes de laceração aqui e ali.

Mesmo agora, as más ações dos Cavaleiros Sagrados continuam.

Ao me aproximar do portão, o sujeito estava tremendo de medo. Certo, eu também… me tornei o alvo do medo para esses seres desafortunados.

Como eu também fui uma dessas pessoas uma vez, eu entendi como elas se sentiam dolorosamente bem. No entanto, não havia nada que eu pudesse fazer agora.

Dispersei esses pensamentos e respondi a Aaron.

[Não é nada.]

[Entendo….]

Enquanto dizia isso, Aaron olhou para a Máscara de Caveira que eu usava no meu rosto.

Este sujeito, usando uma máscara assim… você não está pensando em esconder sua identidade, não está? Nós vamos ter uma audiência com o rei agora.

Depois de dizer isso, Aaron olhou para a minha Máscara de Caveira. Aparentemente, ele não gostou da idéia de que eu estava usando uma máscara que me permitiu esconder minha identidade enquanto me dirigia a uma audiência com o rei. A ideia de um estranho ficando na frente do rei enquanto usava uma máscara com esse tipo de função, na verdade, parecia deixá-lo desconfortável. Porém…

[Eu não vou tirar essa máscara]

[Eu entendo. Mas…]

[Então, qual é o problema?]

[O que você acha que Sua Majestade vai fazer se ele ver isso? Muito bem, você pode usar a máscara, satisfeito?!]

Aaron agarrou a gola da minha camisa e me puxou de volta. Bem, acho que o tempo de brincadeira acabou.

Antes de chegar ao destino, havia uma porta enorme. Era forrada de decorações prateadas e douradas de aparência cara, limpas e douradas. Eu imaginei que era para dar a impressão de como o rei é.

Aaron pediu confirmação enquanto me dava uma olhada lateral.

[Você está pronto?]

[Sim, a qualquer hora.]

Nesse ponto, por algum motivo, Aaron deu um sorriso.

[Eu não sei o que aconteceu aqui desde que fiquei na Gália todo esse tempo, mas isso deve ser um pouco fácil. Eu te acompanho.]

Ao entrar, pude ver um tapete vermelho no chão em direção ao trono e Cavaleiros Sagrados alinhados de cada lado, um de frente para o outro.

Isso é bem bombástico. Pensar que muitos virão depois de ouvir o retorno da família Barbatos. Ou talvez tenha algo a ver com o rei… Bem, não é algo que eu deveria estar incomodado.

Eu poderia dizer que eles estão ansiosos para ver o homem que Aaron falou… que tipo de homem eu sou. É dolorosamente óbvio como os Cavaleiro Sagrados estão olhando para mim.

Eu ainda estou usando minha Máscara de Caveira, então não há como saber quem eu realmente sou graças ao efeito de inibição de reconhecimento.

Passando pelo Cavaleiro Sagrados ligeiramente barulhentos, continuei andando, depois me ajoelhei diante do trono. O trono estava coberto pelo tecido fino que impedia minha linha de visão. Eu me pergunto como é o rei, desde que eu não pude dizer de onde estou agora.

Na frente do trono, dois Cavaleiros Sagrados estavam de guarda com longa lança na mão. Eles usavam armaduras de placa da cabeça aos pés, dando algum tipo de pressão externa.

Aaron se curvou um pouco, depois mencionou suas desculpas ao rei. Depois, ele começou a contar sobre o futuro da família Barbatos e em seguida me apresentou.

[Meu sucessor… Fate Barbatos. Embora ele tenha apenas dezesseis anos e pareça inexperiente, ele é um indivíduo com poder suficiente para derrotar o Tenryu, o desastre vivo que devastou a Gália.]

Quando Aaron contou ao rei sobre mim com a cabeça abaixada, pequenas risadas começaram a ressoar dos Cavaleiros Sagrados. Talvez estejam rindo da parte de eu derrotar o Tenryu.

Eu havia derrotado algo que, em seu senso comum, não pode ser derrotado, então, ouvindo o que Aaron disse, aqueles que duvidam só podem rir.

No final de seu discurso, embora esteja diante do rei, Aaron não pôde deixar de ficar emocionado quando ele recuou.

Então, sem sequer dizer nada para mim, um Cavaleiro Sagrado solitário pisou no tapete vermelho e foi em direção ao trono.

Eh!? Esse cara é… um pouco familiar. Ah, era aquele cara, o Cavaleiro Sagrado de Lanchester que governou o território que eu conheci quando fui à Gália. Naquela época, ele foi soprado para o céu por Myne. Então ele realmente sobreviveu a isso.

Dito isto, ele não é alguém impotente, então isso não deveria ser um problema.

Naquele momento, de alguma forma, Lanchester se atreveu a levantar a voz na presença do rei.

[Eu não aceitarei tal mentiroso entre os Cavaleiros Sagrados. Se for deixado para mim, eu imediatamente matarei esta pessoa abominável.]

O rei atrás da cortina não deu qualquer resposta. Nem os Dois Cavaleiros sagrados que guardavam o trono. Então Lanchester tomou esse silêncio como um consentimento.

Com um sorriso feio, ele rapidamente entrou em ação. Realmente, esta é a sala do trono. Deve haver um limite no que você pode fazer…

Então eu desenhei minha espada.

Aaron abriu a boca para dizer algo, mas eu levantei a mão para detê-lo.

[Bem, isso é muito melhor. Será mais fácil fazê-los entender.]

Lanchester, que ouviu, olhou para mim com ressentimento e disse com um tom estranhamente doce.

[Eu acho que você não entende sua situação. Eu sou Ritt Lanchester… um dos Cinco Grandes. Que tal isso, você entende agora?!]

[Você pode apenas começar logo? Eu não acho que a sua Espada Sagrada é apenas um ornamento, certo?]

[Insolente]

A Espada Sagrada foi desenhada e avançou cortando em direção ao meu pescoço.

Lento… muito lento. A trajetória de corte é ruim. E sua postura é muito fraca.

Eu não podia nem me incomodar em me proteger contra isso.

Quando sua espada atingiu meu pescoço, seu rosto cheio de orgulho mudou completamente.

De qualquer forma, o ataque dele nem fez nada para mim.

[Impossível… isso… isso não pode ser!]

Depois disso, Lanchester me atacou implacavelmente. Mas o resultado foi o mesmo.

Rank E.

Existe uma lacuna enorme entre mim e Lanchester em termos de status, e a diferença era como outra dimensão em si.

Alguém que tenha atingido o Rank E só pode ser ferido por outros que também tenham atingido o Rank E. É por isso que, não importa quantas vezes Lanchester me ataque, não haverá efeito algum.

Foi também a razão pela qual Tenryu foi chamado de desastre natural vivo.

[Porra, nesse caso, vamos ver sua identidade]

Lanchester, que perdeu o rosto na frente do rei, declarou que ele vai usar a habilidade «Análise».

Não há razão para eu mostrar meus status para ele, então eu facilmente observei o movimento dos olhos de Lanchester. Quando alguém usa a «Análise», seus olhos se movem distintamente.

Eu preciso simplesmente causar faíscas de poder mágico dentro do meu corpo no momento da ativação da habilidade. É o método para evitar a «Análise» que o próprio Aaron me ensinou,

[Gyaaa—]

O que ouvi em seguida foi o lamento de Lanchester. Ele está fechando os olhos com as duas mãos e desmoronou no tapete vermelho.

Originalmente, o método apenas deixaria o oponente temporariamente cego, mas o efeito não parou apenas nisso se o usuário for alguém do Rank E.

Ambos os olhos de Lanchester explodiram.

Quando olhei para a cena, empunhei a Espada Negra.

Ainda não acabou. Desde que Lanchester me atacou, é a minha vez de retribuir.


⇐ Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo ⇒

Rolar para o topo