GB – Capítulo 89

  • Asu 
Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

⇐ Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo ⇒


Capítulo 89: Passado Revivido

Tradutor: Asu | Editor: Asu

O corredor branco estava totalmente vermelho. Parecia estar se espalhando para toda a instalação enquanto os alarmes continuavam.

Mesmo assim, os guardas não conseguiriam chegar onde eu estava a tempo. Não, mais do que isso, eu estava sentindo esse sentimento ruim que fez minha pele arrepiar.

Ele me emboscou logo depois de eu abrir a sala onde Mimir estava. Certo, não era um ser humano, e nem um monstro normal … … eram os goblins mutantes.

Pelo que eu havia visto anteriormente, esses monstros eram bastante inteligentes, o que os tornaria um inimigo um pouco complicado.

Havia mais de 50 dessas coisas feias no corredor. Talvez por isso não houvesse ninguém vindo apesar de haver um intruso. Eles nunca quiseram capturar os intrusos vivos.

Usando o sangue e a carne como isca, qualquer intruso normal seria reduzido a nada. O alarme em si provavelmente foi feito para os pesquisadores evacuarem a instalação.

De pé diante deles, notei que as cores dos seus olhos eram estranhas. Goblins normais tinham olhos negros. Mas esses companheiros, seus olhos estão brilhando vermelho como a cor do sangue.

Quando eu ficava faminto, meus olhos também ficavam vermelhos devido à «Gula». Embora esses goblins fossem casos diferentes, isso não me impediu de me sentir desconfortável.

Embora eles não devessem ser uma grande ameaça para mim, eu ainda usei «Análise» para examina-los.

[Eh…..]

Não pode ser avaliado! Esses goblins têm algum tipo de habilidade de ocultação? Não, não é esse o caso. Ocultação irá esconder apenas suas habilidades, mas não seus status.

Qual é o significado disso… é quase o mesmo que quando eu tentei avaliar Myne.

Os inimigos não vão esperar até que esse mistério seja resolvido, no entanto. Os Goblins abriram a boca e mostraram seus dentes afiados e torcidos… aqueles animais começaram a pular em mim enquanto exibiam suas presas não naturais.

[Chi]

Eu golpeei aqueles que estavam tentando me morder. Então, como sempre, a voz inorgânica dentro da minha cabeça irá anunciar que a «Gula» foi ativada… Mas não me contou sobre a coisa que comi.

Ku … Eu senti como se meu corpo estivesse se dilacerando. É diferente de quando a «Gula» estava morrendo de fome. Era mais como se eu tivesse ingerido um veneno.

Então, eu prontamente vomitei sangue.

[O que é esse sentimento … eu me sinto mal.]

O sangue que acidentalmente respingou na espada negra evaporou rapidamente. O Ganância que viu tudo isso falou comigo através da «Leitura da Mente».  

『Fate, você não deve matar essas coisas. Eu pensei que não poderia ser isso… mas depois de ver a sua condição, não há erro. Eles são Caminhantes da Noite.』

[Caminhantes da Noite!? Então eles não são Goblins]

Se eu matá-lo, em vez de absorver seus atributos e habilidades, eu apenas sentiria um sofrimento semelhante ao do veneno. Eu só podia golpeá-los com a parte plana da minha espada e manter distância.

[Por que a «Gula» não foi ativada como normalmente é?]

『Essa coisa já morreu há muito tempo. Ele continua se movendo porque ainda tem um pequeno resíduo de sua alma. Quando a «Gula» come uma alma degradada como essa, você só vai acabar recebendo dano. Então, por todos os meios, você tem que evitar matar os Caminhantes da Noite. Se você fizer isso, você pode até acabar morrendo.』

Que inimigo estranho. Para não ser capaz de matá-lo enquanto ainda tenho que lutar contra ele, aquela coisa tinha uma compatibilidade muito ruim comigo em primeiro lugar.

[Um inimigo que não devo matar, huh…]

O que foi mais desconcertante sobre este Caminhante da Noite, é a sua capacidade regenerativa. A parte em sua barriga onde eu golpeei com o lado da minha espada já havia se regenerado..

『Fate, há mais uma coisa importante. Não seja mordido, pois sua mordida infligirá uma maldição que pode afetar a proteção do Rank E. Você acabará sendo por eles.』

[O que!? Aquela coisa pode fazer isso!]

Atrás dos goblins Caminhantes da Noite, estava a equipe que eu joguei no fosso dos goblins mais cedo. Eles também exibiam presas mutantes e olhos vermelhos, olhando para mim.

Aparentemente ainda guardando rancor contra mim por deixá-los morrer, eles mostraram mais hostilidade em relação a mim do que em relação aos goblins Caminhantes da Noite.

[Santo deus, isso é uma dor de cabeça tão grande. Mas…..]

A quantidade de Caminhantes da Noite ainda continua a aumentar. Talvez houvesse outros buracos além do que eu vi antes. É fácil ver que todos eles foram soltos.

Eu mudei a espada para a forma de escudo, e usei-a para bloqueá-los de lado. Eu avancei mantendo isso.

Então, por acaso, encontrei um quarto escuro. Olhei ao redor da sala com a «Visão Noturna», e descobri que não há Caminhante da Noite dentro. Por fim, estamos salvos, por enquanto.

Deslizando o corpo de Mimir para dentro, entrei no quarto rolando.

『Fate, feche a entrada cortando o teto.』

[Não precisa me dizer isso]

Antes que os Caminhantes da Noite pudessem nos seguir, eu ataquei o teto. A passagem foi bloqueada pelos escombros e destroços caindo de cima.

Meus ouvidos captaram os barulhos dos Caminhantes da Noite tentando atravessar os destroços. Nesta situação, não acho que quero estar do outro lado dos escombros.

Coloquei Mimir no chão, depois dei outro olhar ao quarto.

Parecia ser feito para manter os Caminhantes da Noite. No entanto, não acho que tenha sido usado recentemente. Não há sinal de que os goblins Caminhantes da Noite tenham arranhado a parede e o chão, e não há cheiro de sangue.

Enquanto a sirene ainda está tocando, comecei a pensar em uma maneira de sair. Olhando para cima, perguntei ao Ganância.

[É só por lá depois de tudo.]

『O poço de ventilação?』

[Sim, essa é a melhor maneira de levar a Mimir para fora.]

Eu me certifiquei de segurar adequadamente o convenientemente imóvel Mimir, quando eu estava prestes a alcançar a ventilação, um raio de luz que parecia vir de uma das paredes chamou minha atenção. O que é isso …? Eu estava olhando as instalações e equipamentos, mas talvez devesse também me concentrar na estrutura do próprio edifício. Como era possível que um raio de luz saísse daquele lugar?

Com alguma curiosidade, aproximei-me da parede, mas ao fazê-lo, Ganância disse alguma coisa num tom cansado.

『É apenas uma sala escondida. A luz dentro está penetrando pela porta escondida. O que você vai fazer, Fate?』

Originalmente, vim aqui para descobrir o que os Burixs estavam fazendo. A chave para tudo isso, Mimir, ainda está dormindo.

Então, falando da sala escondida, então deveria haver algo aqui que precisa ser escondido.

[Vamos entrar.]

『Eu sabia que você diria isso』

Eu esculpi uma entrada na parede com a espada negra e entrei. Mais uma vez, fui confrontado com algo que nunca vi antes.

Havia grandes recipientes de vidro transparente com vários tipos de animais dentro e até mesmo monstros, submersos em um líquido vermelho claro. Muitos deles.

[Eles estão experimentando algo?]

『Talvez seja um experimento relacionado ao Caminhantes da Noite. Aquele líquido vermelho claro é provavelmente o sangue diluído do Caminhante da Noite original.』

[Original?]

『É uma das armas biológicas da Gália. Talvez os Burixs tenham tropeçado com isso em algum lugar. Além disso, acredito que não é algo que eles possam lidar. Eles ainda pensam que podem controlá-lo, é fútil.』

[O poder de infecção parece mais forte e qualquer doença infecciosa que eu conhecia. A maldição que o Caminhante da Noite traz se espalhará, e seu número só continuará aumentando se eles escaparem desse lugar. Eventualmente sobrecarregando o próprio reino.]

『É isso mesmo』

Talvez, aquele “original” de que o Ganância falou também esteja aqui. Pensando nisso, eu avancei.

No entanto, ao contrário da minha expectativa, havia alguém que eu conhecia dentro de um dos contêineres.

[De jeito nenhum… Hado Burix!?]

O Cavaleiro Sagrado Hado Burix morreu no dia em que deixei o Reino para a Gália. Além disso, eu havia cortado os braços e as pernas dele. E, no entanto, aqui estava ele, tão bom quanto novo.

Enquanto eu ainda estava avaliando a situação, os olhos de Hado se abriram de repente. Seus olhos vermelhos logo se voltaram para mim, então o recipiente começou a rachar.

Eu fui descuidado. Eu pensei que todos os seres vivos dentro do contêiner não iriamacordar, assim como Mimir.

Eu pulei para trás enquanto impedia Mimir de cair.

Ao mesmo tempo, o recipiente de vidro quebrou, derramando a solução vermelha clara no chão.

Do emergente Hado, não senti qualquer habilidade de raciocínio nele, como qualquer outro Caminhante da Noite. Mas seu ódio por mim era genuíno.

Hado ficou olhando para mim, sua boca se moveu desajeitadamente enquanto ele gritava.

[Fa…te, Faa…te, Faaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaattteee!!]


⇐ Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo ⇒

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo