Selecione o tipo de erro abaixo

Os minutos passaram e o portador, esquecendo os dois irmãos, sentou na cadeira.

Ele começou a bater na mesa danificada, dominado pelo tédio.

Primeiro começou com batidas lentas sem intenção de nada, mas após ficar horrível, ele parou e começou a bater atrás de uma batida sincronizada.

Ele tentou várias vezes, mas sem sucesso em encontrar a batida perfeita.

“Agora vai!”, ele acenou com a cabeça, totalmente focado, e começou.

Em seguida, Drake encontrou o ritmo ideal e fechou os olhos para desfrutar do som melodioso que fez.

O portador ficou extremamente focado e ignorou o fato de não estar em casa. As batidas foram ficando cada vez mais incômodas com o passar dos segundos.

“COF, COF”

Com essa tosse, ele interrompeu suas batidas e virou a cabeça para o lado, percebendo que Fergus e seu filho Gorf o observavam.

— Você poderia fazer uma banda, disse Gorf. Ele estava usando uma blusa sem manga vermelha e uma calça jeans escura.

— Caso essa vida de matador não dê certo, adicionou o líder com um tom amigável. Ele estava sem blusa, usando uma calça jeans clara e novamente sem nenhuma proteção nos pés.

— Depois disso, eu estou seriamente considerando fazer isso mesmo, disse Drake, entrando na brincadeira.

Fergus e gorf gargalharam ao ouvir isso.

Após alguns segundos de risos, o líder se recompôs e disse.

— Sei que você está ansioso para ver as ervas, então não vamos perder tempo.

Drake apenas acenou com a cabeça, mas em seu coração, ele estava falando.

“Até que fim, demorou mais chegou”

Sem perder tempo, os dois passaram pela porta, revelando a vila iluminada por tochas, não como as das cerimônias, mas sim normais. 

Vários Lupinímicos e lupithiros estavam espalhados por todos os lugares, mas também havia humanos. 

Logo, ele constatou que não eram os Garoumorphos, pois eles ficavam fazendo seus afazeres durante o dia e iam dormir como “pessoas” normais à noite. 

Os que estavam ali eram apenas lupithiros e Lupinímicos, mas sem estarem transformados.

Sem perder tempo, os dois começaram a caminhar para fora da tribo, seguindo para o normal.

— Como líder da tribo, peço desculpas em nome de todos pelo acontecimento passado, disse Fergus, ainda caminhando

Drake rapidamente percebeu que ele estava falando sobre o acontecido na cerimônia.

— Ninguém tem culpa de nada. Vocês me receberam muito bem, então não precisam se desculpar por isso.

— Além que eles não estavam cientes das coisas.

Após essa breve conversa eles não falaram mais nada e só caminharam.

*****

Algumas horas se passaram e o portador viu algo que ele jamais imaginaria.

Chegando a ultrapassar a surpresa que ele teve pela primeira vez que avistou a tribo.

Havia duas estruturas de madeira, com pelo menos quinhentos metros quadrados cada, uma ao lado da outra. Eram feitas de madeira com um tom avermelhado.

Elas estavam à esquerda, sendo protegidas por dois lupithiros de pelagem castanhos que estavam deitados na frente do portão.

Mas isso não é tudo o que chamou mais atenção: o que estava a sua frente, a uns dez metros.

Havia um pequeno lago de seis metros de largura e dez metros de comprimento, localizado. A água do lago era cristalina e não era possível ver o fundo, mas era repleto de pedras e plantas aquáticas.

Os canais que conectavam o lago com os brotos eram feitos de terra e pedras, e tinham vinte centímetros de largura. Os canais eram bem conservados e a água fluía com facilidade.

A tribo havia construído um sistema de irrigação complexo, composto por vários pequenos canais feitos de terra. Os canais eram estreitos e sinuosos, e serpenteavam por entre as plantações. A água fluía pelos canais lentamente, proporcionando uma irrigação uniforme às plantações.

A falta de iluminação não deixou o portador contemplar todo aquele lugar maravilhoso.

— Vocês que fizeram tudo isso aqui? Perguntou ele, meio que já sabendo a resposta.

— Foram nossos antepassados, eles fizeram tudo isso. Nós só modificamos com o passar do tempo.

— Isso é maravilhoso, qualquer um morreria só para ter um vislumbre disso, disse o portador

O líder permitiu que ele olhasse para a área mal iluminada por alguns instantes antes de fazer qualquer coisa.

Após passar três minutos, Fergus disse.

— Vamos lá, te mostrarei quais ervas você terá.

O portador acenou com a cabeça para que Fergus caminhasse até o primeiro armazém.

O lobo, que estava deitado, se levantou de um salto e agitou-se para tirar a sujeira de seus pêlos.

A porta era duas vezes maior que Fergus com uma largura de dois metros, ela era da mesma cor que todo o armazém, um tom avermelhado, não havia nenhuma fechadura.

Até porque ninguém nunca encontrou aquele lugar e sempre ficava em constante vigilância.

Após abrir a porta, o interior estava obscuro, impedindo a visão.

O líder seguiu em direção à direita e iluminou o caminho, repetindo o processo na esquerda.

O que se revelou foi barris de madeiras.

As fileiras de barris eram dispostas de forma metódica, formando um padrão geométrico. Os barris eram de madeira com um tom amarelado, mas todos eram feitos de madeira robusta.

Nas primeiras fileiras, os barris eram mais altos e volumosos. Eles estavam empilhados até o teto, e apenas os primeiros barris da frente eram visíveis. Nos barris, havia escrituras indicando os nomes dos produtos armazenados.

A pintura que estava nos Barris era carmesim, criando um contraste perfeito.

Drake não deu importância de olhar para os nomes, pois era analfabeto.

Fergus fixou o olhar nele, esperando que ele respondesse.

“Vou fazer isso só porque eu quero” pensou ele olhando para o líder.

— Então, essas quatro fileiras são ervas diferentes. Vocês trabalham muito nesse lugar, disse ele olhando para o líder.

Rapidamente, Fergus respondeu com uma expressão orgulhosa, como se ele fosse responsável por todo o processo de produção das ervas.

— Sim, o primeiro que você precisa saber é o tempo de duração delas, como são ervas revestidas de mana.

— Cada uma tem em média um ano ou dois anos e meio de validade. Após a data de validade, você terá que vender tudo em até quatro meses ou três.

— O tempo de validade pode ser menor ou maior, dependendo da sua sorte com a mercadoria.

— O método que usamos aqui é treinar os mais novos com as ervas antes da cerimônia, para que eles tenham um corpo forte e mentalmente também.

Picture of Olá, eu sou Erick. Ks!

Olá, eu sou Erick. Ks!

Comentem e avaliem o capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥