Godking -Capítulo 21

  • Asu 
Capítulo Anterior
Próximo Capítulo
            Capítulo Anterior

    <a
        href="https://vulcannovel.com.br/godking-ascending-the-heavens/"   data-text="Capítulos">
            Índice
    </a>
    <a
        href="https://vulcannovel.com.br/godking-capitulo-22/"   data-text="Capítulo 22">
            Próximo Capítulo
    </a>
    <h2>Godking: Ascending A Heavens</h2>
   — Volume 01: Van —
    <p style="text-align: center;"><strong>Capítulo 21 — Eles Disseram Que Era Impossível Mas</strong></p>      
                        <a href="https://vulcannovel.com.br/author/vulca382_wp/" target="_blank" rel="noopener noreferrer"></a>                      
                                                <a href="https://vulcannovel.com.br/author/vulca382_wp/" target="_blank" rel="noopener noreferrer">Asu</a>
                                                                        <a href="https://vulcannovel.com.br/author/vulca382_wp/" target="_blank" rel="noopener noreferrer">Tradutor | Editor</a>
    <p style="text-align: justify;">A plataforma de testes de força possuía uma aura muito diferente do teste espiritual. Era imponente e atingiu o medo naqueles de vontade fraca.</p><p style="text-align: justify;">Por quê?</p><p style="text-align: justify;">Isso porque, apunhalado na parede no final do salão, havia uma espada negra solitária com uma aura extremamente aterrorizante.</p><p style="text-align: justify;">Essa espada negra era infame.</p><p style="text-align: justify;">Conhecido como Mordida do Ódio, foi colocada lá pelo antepassado da Seita do Cedro, que matou o terrível espírito maligno que a empunhava em uma batalha até a morte. Desde então, ninguém conseguiu removê-la.</p><p style="text-align: justify;">A Mordida do Ódio tinha uma propriedade única - poderia manipular a força do campo gravitacional em torno dela e seletivamente "dobrar" esse campo para envolver apenas uma única pessoa. É claro que, sem um mestre adequado, a espada só poderia executar sua funcionalidade mais básica - que era um campo gravitacional pesado fixo que exercia uma força maior para cada passo que você dava em direção a ela.</p><p style="text-align: justify;">Combinado com uma pedra enorme, isso fez o teste de força perfeito.</p><p style="text-align: justify;">O homem encarregado do exame tinha um humor elevado devido ao desempenho de Ryan. Ele ficou satisfeito com os exames deste ano em geral, e até mais feliz por encontrarem uma semente tão boa! A especialidade da Seita do Cedro, afinal, era polir até mesmo gemas comuns até brilhar.</p><p style="text-align: justify;">Mas a cada examinado subsequente, sua alegria desaparecia.</p><p style="text-align: justify;">Anteriormente, havia várias meninas e meninos que tiveram um bom desempenho no exame, conseguindo andar onze metros em direção à espada. Isso foi muito bom para os exames de admissão de servos.</p><p style="text-align: justify;">Então aquele menino de Ryan foi impressionantemente capaz de alcançar oito metros sem cultivo algum! O examinador estava excitado, querendo ver mais milagres ocorrendo.</p><p style="text-align: justify;">Mas infelizmente ele ficou desapontado de novo e de novo. Ele acabara de expulsar dois examinandos que fracassaram no primeiro metro!</p><p style="text-align: justify;">Com nuvens se juntando em suas sobrancelhas, ele finalmente chamou o número de Van.</p><p style="text-align: justify;">Um jovem de aproximadamente treze anos de idade apareceu.</p><p style="text-align: justify;">Algo sobre ele parecia familiar - Ah! Ele vestia o mesmo estilo de roupas que o impressionante jovem de antes.</p><p style="text-align: justify;">Tanto os outros examinandos quanto o examinador encarregado perceberam isso. Eles inspecionaram Van da cabeça aos pés.</p><p style="text-align: justify;">Hm… não parecia provável que houvesse outro milagre?</p><p style="text-align: justify;">Esse garoto era um pouco mais baixo, mas sua expressão era muito mais calma do que o garoto anterior.</p><p style="text-align: justify;">Os examinandos murmuraram entre si. Eles se perguntaram se uma pequena vila poderia produzir dois monstros. Certamente não. Uma vila insignificante? Alguém respondeu arrogantemente. Uma vila insignificante já tinha muita sorte por consegui produzir uma aberração!</p><p style="text-align: justify;">O examinador limpou a garganta.</p><p style="text-align: justify;">"Por favor, vá para a plataforma e fique ao lado da pedra. Quando eu der o sinal, você terá cinco minutos para caminhar o máximo que puder. Entendeu?"</p><p style="text-align: justify;">Van assentiu, esticando os músculos.</p><p style="text-align: justify;">Ele pulou na plataforma com uma sensação de heroísmo em seu ar. Sem medo, ele ficou ao lado da pedra. Ele estava pronto, esperando o sinal.</p><p style="text-align: justify;">"Pronto, se prepare... levante!"</p><p style="text-align: justify;">Uma aura feroz disparou de repente para os céus.</p><p style="text-align: justify;">Os músculos de Van se agruparam debaixo de sua pele. Houve um momento de pausa. E depois―</p><p style="text-align: justify;"><em>Hu!</em></p><p style="text-align: justify;">A pedra maciça foi içada para o ar!</p><p style="text-align: justify;">A plateia murmurante foi silenciada. Eles olharam para ele, completamente atordoados.</p><p style="text-align: justify;">Este competidor continuou em frente. Ao contrário do outro garoto, ele não tremeu nem oscilou.</p><p style="text-align: justify;">Os espectadores olharam para o garoto de treze anos e para a gigantesca pedra que ele segurava como se fosse um travesseiro gigante.</p><p style="text-align: justify;">Não havia nenhum sinal de pressão ou desconforto em seu rosto!</p><p style="text-align: justify;">Se eles não pudessem ouvir seus passos pesados ​​e abafados na plataforma, eles teriam suspeitado que a rocha tinha sido trocada ou algum outra falsa. Mas, na verdade, essa era a realidade!</p><p style="text-align: justify;">O examinador acenou com a cabeça enquanto observava Van. Isto estava a par com alguns dos examinandos de antes. Nada de inovador, mas ainda excepcional para um aldeão se eles tivessem atingido o Primeiro Nível da Destilação de Qi.</p><p style="text-align: justify;">Van procedeu de maneira estável.</p><p style="text-align: justify;">Ele passou facilmente um metro.</p><p style="text-align: justify;">Dois metros foi uma brisa e o terceiro metro não foi mais difícil.</p><p style="text-align: justify;">O quarto? Não vale nem a pena pensar.</p><p style="text-align: justify;">Assim, Van continuou passando suavemente o quinto metro.</p><p style="text-align: justify;">A plateia respirou fundo.</p><p style="text-align: justify;">Cinco metros era o ponto de parada médio para os candidatos e ainda assim ele tinha passado tranquilamente! Nem mesmo um minuto se passou ainda.</p><p style="text-align: justify;">Todo mundo estava assistindo com a respiração presa.</p><p style="text-align: justify;">Alguns examinandos que falharam no primeiro metro rangeram os dentes. Não foi esse desempenho exagerado apenas batendo na cara deles?</p><p style="text-align: justify;">Pelo menos o outro garoto se esforçara ao máximo, com o rosto vermelho e os membros tremendo enquanto avançava decididamente pelo caminho. Seus sinceros esforços agradaram o público, fazendo-os torcer por ele. Todos queriam vê-lo se sair bem.</p><p style="text-align: justify;">Mas esse garoto?</p><p style="text-align: justify;">Ele estava indo tão bem, tão sem pressa que parecia um passeio no parque! Então o que isso faz deles? Aquelas pessoas na plateia sentiram como se tivessem engolido uma mosca.</p><p style="text-align: justify;">Pelo menos finja que é difícil, ok?</p><p style="text-align: justify;">O examinador observou com os braços cruzados. Este chegou ao quinto metro sem uma única pausa. Isso foi de fato digno de nota.</p><p style="text-align: justify;">Van não teria se importado nem um pouco com o que eles estavam pensando, mesmo que ele tivesse sido capaz de ouvi-los. Ele continuou em frente e desfrutou da agradável sensação de queimação em seus braços e pernas.</p><p style="text-align: justify;">Na verdade, ele queria se forçar e ver até onde ele poderia ir. Vinte metros, vinte e cinco, trinta? Ele poderia chegar a quarenta dos cem?</p><p style="text-align: justify;">Distraído por seus pensamentos, Van não prestou atenção em quão rápido estava andando.</p><p style="text-align: justify;">A multidão estava totalmente silenciada até agora. Eles assistiram seu progresso com olhos de águia.</p><p style="text-align: justify;">Ele começou a desacelerar no sétimo metro.</p><p style="text-align: justify;">A plateia suspirou de alívio.</p><p style="text-align: justify;">O oitavo metro foi passado a uma taxa ainda mais lenta.</p><p style="text-align: justify;">Então o nono.</p><p style="text-align: justify;">O examinador já tinha o pincel na mão, pronto para escrever "dez". Junto com o resto dos examinandos. Parecia que a fortuna da vila de que eram descendentes não era superficial.</p><p style="text-align: justify;">O menino parou no décimo.</p><p style="text-align: justify;">Os outros examinandos murmuraram um para o outro novamente. Então, parece que ele não era algum tipo de gênio incrível, afinal. Muito bom, mas nada de especial.</p><p style="text-align: justify;">De repente, eles ouviram outro passo.</p><p style="text-align: justify;">Isso ecoou em suas mentes como um estrondo de trovão!</p><p style="text-align: justify;">O que!?</p><p style="text-align: justify;">Impossível!</p>     

            Capítulo Anterior

    <a
        href="https://vulcannovel.com.br/godking-ascending-the-heavens/"   data-text="Lista de Capítulos">
            Índice
    </a>
    <a
        href="https://vulcannovel.com.br/godking-capitulo-22/"   data-text="Capítulo 22">
            Próximo Capítulo
    </a>
Capítulo Anterior
Próximo Capítulo