Godking – Capítulo 24

Godking: Ascending A Heavens

— Volume 01: Van —

Capítulo 24 — O Retorno do Anel

Ptooey!”

Van se virou para ver um velho de pescoço comprido limpando a boca na parte de trás de suas mangas. Suas sobrancelhas esparsas estavam unidas em uma careta de desagrado quando ele olhou para a distância.

Sênior Ruskel viu Van olhando para ele.

Ele colocou as mãos nos quadris.

“O que você está olhando, huh? Seu pequeno patife!”

Ele balançou o punho para o menino, mas não fez nenhum movimento. Em vez disso, ele franziu a testa enquanto olhava para a distância.

Finalmente, ele suspirou.

“Ai. Você ficaria melhor se parasse de ofender aquele sujeito de Bayer.”

Van achou que era apenas um pouquinho tarde demais para essas palavras.

Além disso, o que ele fez? Existia? Bem, ele revirou os olhos em um momento ruim, mas Klaus não gostava dele desde o início, quando decidiu que Van estava “agindo acima de sua posição”.

[Somos todos servos agora. O que ele tem em suas costas?]

Sênior Ruskel viu a expressão despreocupada de Van. Ele franziu a testa novamente, parecendo estranhamente solene.

“Criança. Não subestime esse sujeito.”

“A Casa Nobre de Bayer é a principal casa do Rio da Nuvem. No século passado, parecia estar à beira do colapso, mas com o nascimento dos dois irmãos mais velhos de Klaus – sua fortuna mudou. Esses dois são o orgulho da nobreza do Rio da Nuvem”.

“Além disso, a riqueza de Bayer não é superficial. Ouvi dizer que Klaus já está no 2º nível da Destilação de Qi. Há rumores de que ele começou a se cultivar tarde e por pouco não se tornou discípulo externo por causa disso. Estamos todos esperando ele para romper para o Terceiro Nível dentro de meses”.

Quando Ruskel mencionou o nível de cultivo de Klaus, Van finalmente começou a prestar atenção. Então parecia que o idiota tinha alguma base para sua arrogância.

Sênior Ruskel continuou em seu tom excepcionalmente solene.

“Devido ao seu histórico, haverá pessoas dispostas a agir contra você na seita. Você deve tomar cuidado para que suas costas nunca sejam expostas. Vocês dois só podem confiar um no outro.”

Van olhou para Ryan. Ryan lhe lançou um olhar com os olhos cinzentos que pareciam dizer: “Não podemos nos sentar aqui!”.

Van sorriu.

“Sim, claro, Sênior Ruskel. Nós vamos nos deitar[1].”

Os servos do Recurso tiveram sorte de suas acomodações estarem nas bordas externas dos terrenos da seita. Os edifícios eram mais espaçosos e afastados um do outro. Também era consideravelmente mais silencioso que o centro da seita.

Claro, isso tinha outras vantagens – incluindo a capacidade de escapar facilmente à noite.

Depois de tirar o uniforme de servo e vestir a roupa velha, Van saiu do complexo e encontrou uma área deserta na seita. Ele não foi o único que fez isso – quando ele saiu, mais da metade das acomodações estavam vazias. Parecia que todos estavam sinceramente se esforçando para cultivar. Van checou Ryan e descobriu que o garoto também havia desaparecido. Van gostava muito desse tipo de ambiente estudioso e trabalhador.

Debaixo do pálido luar, Van estava sentado com as pernas cruzadas na frente de uma pequena figueira. Mesmo neste canto da seita, a energia espiritual no ar era muito melhor do que fora da seita. Essa pequena figueira também parecia emitir uma leve aura carinhosa. Dois edifícios dilapidados e sem uso – um antigo galpão e balneário – protegiam convenientemente este pequeno local da vista casual.

Com pouca antecipação, Van tirou a pedra espiritual.

Só que ela não estava lá.

A mão cada vez mais desesperada de Van vasculhou sua mochila. Houve um leve som de chocalho em sua mente. E depois-

[Ow-ow! Oh caralho!]

Van deu tapa na testa. Um suspiro escapou de seus lábios.

Por um lado, ele estava feliz. Por outro lado – sua preciosa pedra espiritual havia desaparecido!

Van suspeitou.

Ele espiou sua paisagem mental e viu o pequeno anel preto tremendo, congelado no espaço logo acima do casco de tartaruga verde. Pequenos arcos de relâmpago negro saltavam ao redor de seu corpo.

Jet gritou pesarosamente.

Depois de alguns instantes, o relâmpago negro diminuiu e o anel foi finalmente liberado de seu local.

Jet nadou de volta ao seu ponto habitual no meio da paisagem mental de Van.

Estava aborrecido.

Van sentiu essa emoção tão distintamente quanto sentiu seu rosto sob a palma da mão.

“Você está bem?” Ele perguntou cuidadosamente.

Não estava bem.

Jet quase derramou suas queixas para Van, mas então percebeu – isso faria com que perdesse a cara.

Não estava nada bem!

Jet finalmente acordou depois de absorver energia espiritual suficiente para sustentar sua consciência e adivinha a primeira coisa que viu – Algum bastardo verde ocupando seu espaço!

Profundamente ofendido, mas tentando não alertar Van, o anel caiu silenciosamente para baixo. No último centímetro, ele juntou sua velocidade e bateu no bastardo verde, tentando colocar o cara em algum canto escuro da mente de Van.

Infelizmente, Jet foi recebido com o doloroso choque de energia espiritual escura e gelada. Severamente carente de Qi armazenado, Jet ficou paralisado pelo casco de tartaruga verde. Devido à natureza especial de seu corpo, Jet não foi prejudicado de qualquer forma – na verdade, ele havia absorvido o pouco de energia que a casco de tartaruga verde havia liberado -, mas a energia fria tinha sido muito desagradável.

O anel chamou por Van.

[Me dê mais poder!] Ele exigiu arrogantemente.

O rosto de Van ficou negro.

Este bastardo intrigante!

“Você absorveu minha pedra espiritual e ainda ousa exigir mais?”

[Hmph.]

Depois de uma silenciosa guerra fria entre os dois, o anel cedeu.

[Não era como se eu quisesse aquele pedacinho de Qi contaminado pelo núcleo da besta de qualquer maneira.]

Van revirou os olhos. Ignorando o anel, ele puxou o manual de cultivo. Foi dividido em duas partes, uma chamada “Sentindo e Abrindo os Meridianos” e “Nível Um ao Três”.

Van ocasionalmente lutava com algumas palavras, mas parecia haver uma força compulsiva no manual – depois de olhar as palavras uma ou duas vezes, elas magicamente começavam a fazer sentido.

O primeiro passo para o cultivo espiritual é a percepção dos Meridianos…

Todas as pessoas nascem com doze Meridianos. Em um mortal comum, seus Meridianos contêm apenas as minúsculas quantidades de Qi respiradas no momento em que nasceram. Depois daquela primeira respiração contaminada, os meridianos se fecham para sempre. Segundo a teoria, um nascido rodeado de pura energia espiritual – cuja primeira respiração continha nada além de Qi puro – seria capaz de cultivar desde o nascimento. No entanto, isso é apenas uma teoria e nunca foi provada. Para nosso conhecimento, todo cultivador existente começou com um corpo mortal.

O cultivo começa com a reversão do fechamento dos Meridianos que ocorreram quando você nasceu. A abertura do Meridiano na superfície da pele é encontrada e direcionada. Ao abrir o Meridiano, o Qi pode agora ser coletado dentro do corpo e pode-se dizer que você entrou no 1º nível da Destilação de Qi.

O primeiro passo é limpar a mente e permitir-se sentir o Poder Espiritual ao seu redor. Ao fazer isso, você eventualmente identificará para que parte do seu corpo o poder natural na atmosfera é atraído…

A absorção de Van foi completamente quebrada por um bufo alto. Jet saltou sobre sua mente, como se estivesse rindo.

[Quantos meridianos???]

Nota:

[1] Para quem não entendeu, o Sênior Ruskel falou para não deixar suas costas expostas (para tomar cuidado), Ryan falou para não sentar(não relaxar/mostrar aberturas), Van falou que ia deitar( basicamente um “manda vir a porra toda”)

Rolar para o topo