Godking – Capítulo 25

  • Asu 
Capítulo Anterior
Próximo Capítulo


Capítulo Anterior

            Índice

    <a
        href="https://vulcannovel.com.br/godking-capitulo-26"   data-text="Capítulo 26">
            Próximo Capítulo
    </a>
    <h2>Godking: Ascending A Heavens</h2>
   — Volume 01: Van —
    <a
        href="#"   data-text="Capítulo 25 —  Curando os Meridianos">
            Titulo Spoiler
    </a>
    <p style="text-align: center;"><strong>Tradutor:</strong> Asu | <strong>Editor:</strong> Asu</p><p style="text-align: justify;">A concentração de Van foi quebrada por um bufo alto em sua mente. Ele se sentiu distintamente como se Jet estivesse rindo.</p><p style="text-align: justify;">[Quantos Meridianos??? Doze?!!?]</p><p style="text-align: justify;">[Esta seita está tentando sabotar seu cultivo? Isso é ridículo!]</p><p style="text-align: justify;">Jet ficou sóbrio.</p><p style="text-align: justify;">Van realmente não achava que uma seita de prestígio e honesta como a Seita do Cedro se incomodaria em distribuir falsos manuais de cultivo a seus servos. Afinal, todos tinham assinado um contrato e quem não queria melhores alunos e servos?</p><p style="text-align: justify;">[Não me diga… eles realmente acham que existem apenas 12 Meridianos?]</p><p style="text-align: justify;">O anel falou.</p><p style="text-align: justify;">[... eu suponho que com a baixa concentração de poder no ar... seria difícil perceber os outros meridianos, quanto mais ativá-los.]</p><p style="text-align: justify;">[Ouça, pirralho. No corpo humano, há um total de noventa e nove Meridianos. Os primeiros doze principais são os mais fáceis de perceber - são os maiores e contêm a menor resistência. No entanto, seu cultivo será extremamente lento se você tiver apenas doze canais para usar! Os restantes oitenta e sete Meridianos são menores e mais difíceis de serem percebidos. Abrir todos os Meridianos menores aumentará sua velocidade de cultivo em até três vezes do que alguém que tenha aberto apenas os doze principais.]</p><p style="text-align: justify;">[Uma vez que você tenha aberto seus meridianos menores, você também pode aumentá-los ligeiramente. Ao fazer isso, você alcançará uma velocidade de cultivo quatro vezes superior à normal. Você deve saber que as pessoas com meridianos frágeis acham extremamente difícil expandir os outros oitenta e sete meridianos. Alguns só danificarão seus meridianos tentando fazer isso. Outros só conseguem expandir alguns.]</p><p style="text-align: justify;">[Vendo que você tem meridianos muito elásticos, você não terá esse problema. Eu tenho grandes esperanças para você, garoto. Você deve abrir pelo menos sessenta deles quando seus meridianos se recuperarem!]</p><p style="text-align: justify;">Foi a vez de Van bufar.</p><p style="text-align: justify;">"Você pensa muito pouco de mim."</p><p style="text-align: justify;">Ao lado da figueira, o jovem sentado de pernas cruzadas sorria. Seus olhos escuros brilharam.</p><p style="text-align: justify;">"Eu vou abrir todos os noventa e nove!"</p><p style="text-align: justify;">Jet foi silenciado.</p><p style="text-align: justify;">Finalmente, uma fina sensação de aprovação emanou de seu pequeno corpo.</p><p style="text-align: justify;">[É melhor você não me decepcionar então, pirralho.]</p>     
    <p style="text-align: justify;">Na manhã seguinte, Van foi acordado por um barulho infernalmente alto. Quando ele esticou os músculos, sentiu-se extremamente confortável e relaxado.</p><p style="text-align: justify;">Ontem à noite, ele havia começado o processo de curar seus meridianos. Eles já tinham começado a se recuperar durante o mês que ele passou viajando para a Cidade do Dragão. A energia remanescente dos pinhões ajudara nisso. Se eles não tivessem se curado, o desempenho de Van no teste de potencial espiritual teria sido ainda menor do que "baixo"!</p><p style="text-align: justify;">Jet ensinou a Van uma técnica de respiração conhecida como «Respiração da Cigarra». Era uma técnica bem conhecida, mas de baixa nível nos tempos antigos, escolhida devido à sua simplicidade e semelhança com a técnica «Respiração do Cedro» da Seita do Cedro. Enquanto a técnica da seita encorajava um Qi suave a localizar os meridianos de alguém do lado de fora, a outra técnica afundava minúsculas quantidades de Qi através da pele para encontrar os meridianos de dentro. Isso só foi possível devido à natureza extremamente gentil e estimulante do Qi, que não foi capaz de causar danos.</p><p style="text-align: justify;">Uma vez do outro lado da pele, esse Qi poderia ser manipulado para curar e abrir os meridianos - é claro, o conhecimento para fazer isso era exclusivo do Jet.</p><p style="text-align: justify;">Instruído pelo anel de maneira detalhada, Van conseguiu curar seu primeiro meridiano. Localizá-lo fora simples - afinal, Van havia canalizado energia à força antes e sabia como era.</p><p style="text-align: justify;">Curar um meridiano tinha levado uma noite inteira, mas Van estava otimista. Ele estava confiante de que uma vez que ele se acostumasse com o processo, curar 5-10 meridianos por noite seria facilmente alcançável. Uma vez todos curados, ele iniciaria o processo de abertura e revitalização dos meridianos.</p><p style="text-align: justify;">Você pode estar se perguntando por que Jet não deu a Van uma técnica sublime de respiração celestial?</p><p style="text-align: justify;">A resposta foi simples.</p><p style="text-align: justify;">Apesar da riqueza de conhecimento do Jet, nenhuma das antigas técnicas de respiração de alto calibre era adequada para Van.</p><p style="text-align: justify;">Intrinsecamente, os corpos dos antigos cultivadores e os corpos dos cultivadores modernos eram tão diferentes quanto o Céu e a Terra. Muitos cultivadores antigos foram capazes de cultivar no nascimento e no momento em que desejavam praticar técnicas de respiração, eles só desejavam técnicas que reunissem e absorvessem fortemente o poder espiritual. Um método gentil como a «Respiração da Cigarra» teria sido desconsiderado.</p><p style="text-align: justify;">Mas só porque é básico, não significa que deva ser negligenciado. A técnica da «Respiração da Cigarra»  poderia melhorar o potencial de cultivo e era compatível com quase todas as outras técnicas de respiração. Se Van praticasse agora, nada o impediria de adotar uma técnica de nível superior quando seu cultivo melhorasse.</p><p style="text-align: justify;">Quando Van se sentou, um sorriso se esticou em seu rosto.</p><p style="text-align: justify;">Ele estava agora mais perto de entrar nas fileiras dos cultivadores!</p><p style="text-align: justify;">Quando sua turvação finalmente acabou, ele viu uma mulher pequena e encarquilhada, segurando um gongo pelo menos duas vezes a sua altura, batendo nele com grande força.</p><p style="text-align: justify;"><em>Clang! Clang! Clang!</em></p><p style="text-align: justify;">Outros servos dormindo ao lado dele rolaram em seus cobertores, sem vontade de se levantar. A maioria deles estava sentada, no entanto, com os rostos pálidos e os olhos fundos. Todos se inspecionaram, percebendo que todos tiveram a mesma ideia brilhante na noite passada.</p><p style="text-align: justify;">A pequena mulher continuou a bater o gongo.</p><p style="text-align: justify;">Eventualmente, todo mundo montou uma fila reta na frente dela.</p><p style="text-align: justify;">Eram 4 da manhã.</p><p style="text-align: justify;">Em uma voz fina como papel, ela severamente se dirigiu a eles.</p><p style="text-align: justify;">"Para todos vocês recém-chegados..." ela respirou, "Eu espero que esta seja a última vez que eu vou ver..." outro suspiro, "... essa desgraça."</p><p style="text-align: justify;">Todos os servos esperaram em silêncio pelas próximas palavras. Ela respirou profundamente mais uma vez, tentando reforçar sua voz fina com volume adicional.</p><p style="text-align: justify;">"De agora em diante, todas as manhãs, independentemente do que você estava fazendo na noite anterior...”.</p><p style="text-align: justify;">"Vocês serão reunidos diante de mim assim, dentro de cinco minutos do gongo...”.</p><p style="text-align: justify;">"Com os seus lençóis arrumados e guardados... você me entende?"</p><p style="text-align: justify;">Os novos servos se entreolharam. Levou mais de dez minutos para cada um deles se arrastar para fora da cama e, é claro, seus mantos de dormir ainda estavam desordenadamente espalhados pelas tábuas do assoalho de madeira. Eles abaixaram a cabeça.</p><p style="text-align: justify;">Os servos mais velhos responderam: "Sim, Serva-Chefe Jinyi!”.</p><p style="text-align: justify;">A enrugada Serva-Chefe Jinyi assentiu devagar.</p><p style="text-align: justify;">"Hm... muito bom. O café da manhã estará no refeitório do funcionário. As carroças de jumento sairão às 5 da manhã em ponto. Se você se atrasar... você será penalizado..." ela os avisou.</p><p style="text-align: justify;">Van e o resto dos servos se curvaram ao sair.</p><p style="text-align: justify;">Por gentileza, os servos mais velhos demonstraram como arrumar um rolo de cama. Isso levou algum tempo. Van observou atentamente já que ele nunca tinha usado um saco de dormir antes, mas sendo um aprendiz rápido, ele acabou não sendo nem lento nem rápido.</p><p style="text-align: justify;">Cerca de quinze minutos depois, eles correram para o refeitório. Uma grande tigela de mingau perfumado e um ovo cozido os saudou. Muitos servos nunca tinham visto uma refeição tão deliciosa em suas vidas. Enquanto salivavam, pensaram no coração que haviam tomado a decisão certa de se juntar a uma seita!</p><p style="text-align: justify;">Depois de devorar a comida em velocidade recorde, eles correram para o portão dos fundos da seita. Algumas centenas de servos esperavam para serem levados para a floresta, plantação, fazenda ou estábulo.</p><p style="text-align: justify;">As carroças de jumento chegaram. Van arregalou os olhos.</p><p style="text-align: justify;">Que jumento?</p><p style="text-align: justify;">Uma besta enorme com uma extensão de ombro de pelo menos seis pessoas estava na frente de cada carro. O vapor jorrava de suas narinas maciças. Tinha a cabeça de um bisonte, com as grandes e peludas patas de um urso. Cada uma das carroças era enorme e poderia caber dezenas de servos.</p><p style="text-align: justify;">Em pouco tempo, várias centenas de servos subiram nas carroças. Van viu Ryan sentado em um carrinho destinado à plantação de ervas e acenou. Ryan, que parecia extremamente cansado, deu-lhe um aceno lento de volta.</p><p style="text-align: justify;">A viagem de quarenta minutos levou Van através do portão principal da Cidade do Dragão e até a floresta próxima.</p>      
    <a
        href="https://vulcannovel.com.br/godking-capitulo-24"   data-text="A Volta do Anel">
            Capítulo Anterior
    </a>

            Índice

    <a
        href="https://vulcannovel.com.br/godking-capitulo-26"   data-text="Capítulo 26">
            Próximo Capítulo
    </a>
Capítulo Anterior
Próximo Capítulo