Volume 02: Capítulo 22 — Retornando à realidade  

Jack Park e o Mistério das Realidades Alternativas

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

CAPÍTULO 22 – Retornando à realidade

 

 

Realidade Média, Terra-03, labirinto de treinamento.

 

Depois de um longo sono, Jack Jhenefer e Michel acordaram novamente com suas cabeças conturbadas, como se estivessem bebendo a noite inteira e acordando de uma ressaca. Todos os três ali haviam manifestado as suas respectivas memórias, de quando as suas encarnações se conheceram e formaram o trio de magos do planeta.

Quando se levantaram, isto é, da cintura para cima de seus corpos, perceberam que o sol estava amanhecendo, em vez de se pôr. Estranhando aquele feito, os três se olham, como se estivessem procurando identificar novamente um ao outro. Jack, que foi o primeiro a manifestar a memória, agora sabia que aqueles dois amigos já estavam destinados a ficarem juntos a ele.

— Nossa… São vocês mesmo? — Jack ainda estava em dúvida se era um sonho ou realidade, com sua cabeça girando em voltas sem parar e seu corpo amolecido, sem querer sair do chão.

— Thinker… Não, Jhenefer? Então você era ela? — Questionou Michel em seguida de Jack para a sua amiga, a mesma que não acreditava no que havia acabado de ocorrer em sua mente. Ele não esperava que Jhenefer fosse aquele tipo de garota que era na encarnação de seu ancestral, ela nunca havia demonstrado nenhum traço daquela personalidade. Entretanto, as coisas começaram a mudar daquele momento em diante.

— Michel? Inacreditável… Simplesmente Inacreditável! — Refutou para seu amigo com as bochechas rosadas e cabeça abaixada, demonstrando que aquele sentimento de sua encarnação provavelmente também era o dela.

— Um momento, o sol… O que aconteceu? — Disse intrigado pela magia que viria a possuir e olhou seguidamente para o sol. Já se percebia que aquele corpo celeste já não constava os mesmos defeitos de quando Wisdom o modificou, porém, a sua forma e cor eram a mesma, dando a perceber que, em algum momento em sua vida, ele conseguiu consertar o que havia modificado sem uma certa precisão ou técnica.

– Parabéns Jack! Você… Ou melhor, Wisdom criou esse sol e salvou milhares de pessoas. – Disse Michel parabenizando o seu amigo pelo feito de seu antepassado. Porém, já conseguia sentir um leve desconforto entre ele e Jhenefer, afinal, ela era considerada a Stalker dele, atrapalhando o seu romance com Khira, a atendente da guilda.

“Se o meu antepassado se relacionou com a atendente da guida, quer dizer que aquele sentimento de quando eu também conheci aquela atendente que nos direcionou até este lugar não era mera coincidência. Será que elas estão ligadas de alguma forma? ” Pensou em sua mente enquanto olhava o nascer do sol grandioso e radiante, que começou a iluminar todo o lugar com a primeira luz do dia.

— Uma garota caiu da lua em meus braços dizendo que era a minha proteção. — Disse para seus dois amigos, que ficaram se perguntando sobre aquele pensamento repentino que manifestou.

— Podemos achar essa tal garota depois que sairmos daqui. O que acha? —  Michel opinou para Jack, o qual estava bastante conflituoso sobre aquela situação.

— Pode ser, obrigado pela dica. Eu realmente acho que preciso encontrá-la. Já que ela é a minha “proteção” tenho que mantê-la por perto.

Quando eles olharam com mais atenção o nascer do sol, perceberam o óbvio, um dia havia se passado desde o momento em que dormiram depois da batalha contra os monstros. Por muita sorte, nenhum outro havia aparecido por aquele lugar, até porque, era um recinto enorme, do tamanho de uma cidade, então obviamente teria lugares por ali em que aqueles monstros não estariam presentes, e por sorte deles, o lugar onde dormiram foi um deles.

— Nós dormimos o dia inteiro e nem percebemos. — Jhenefer suspirou intrigada pelo acontecimento inesperado.

— Foi muita sorte não ter aparecido nenhum monstro até agora. Mas também, esse lugar é enorme. — Ressaltou Michel para aliviar a tensão de sua amiga, a qual sentia-se preocupada.

— Por alguma razão, a raiva que eu estava sentindo está começando a sumir. — Disse Jack estranhando o começo da sua mudança.

— Os elementares nos disseram que quanto mais memórias tivermos, mas a nossa personalidade vai mudar, e com isso, nossos poderes elementares aumentarão. — Explicou Michel também mais calmo que o normal, entretanto, um desejo começava a aflorar de seu corpo, o de lutar. — Eu quero enfrentar mais daqueles monstros, me sinto com mais energia que antes.

— A sua personalidade está mudando também, querido! — Jhenefer retrucou com um olhar manso, como se quisesse ver o que Michel iria fazer. Naquele momento também, o seu ser começou a pedir algo, o próprio Michel, entretanto, ela não conseguia falar, exatamente como a sua encarnação passada.

“Não é possível que depois de tantos anos eu estou começando a gostar dele só por causa de uma memória”

Todos os três já estavam em fase de mudanças de corpo, perspectiva e mentalidade. Conforme iam dialogando sobre as suas memórias, mas era óbvio que as suas atitudes já estavam meio diferentes das que eram quando entraram no labirinto, e tudo isso ocorreu em somente um dia.

— Já se passou um dia, e ainda estamos no meio da primeira fase, temos que nos preparar e voltar ao caminho. — Jack pronunciou em tom de liderança, e não mais como se estivesse dando ordens para os outros a seguirem. Era claro que o seu jeito de ficar em pé, sua fala, sua expressão facial estava mudando. Aquele semblante de raiva e dúvida que aflorava a cada momento foi substituído por um mais calmo, contudo, dúvidas sobre aquilo não paravam de martelar o seu cérebro a todo instante.

— Pelo o que pareceu, Wisdom na minha idade só conseguia manipular o fogo externamente, ele não gerava do próprio corpo.

— Heated era um garoto bem esquentado, até para namorar. Aquela atendente era algo fora do comum. Ele era um moleque de sorte. Mas ele conseguiu enfrentar o pai com uma nova habilidade bem interessante. Talvez eu consiga usar e modificar ela, quem sabe. — explicou para Jack o seu ponto de vista.

— Thinker nas memórias não havia manifestado nenhum poder elemental, porém, já tinha uma boa habilidade corporal em lutas de médio e longo alcance, o que era bastante curioso, como era a única do trio que não usava seus elementos, mas sabia lutar. — Disse em seguida ao seu companheiro.

“Como ele ficou de olho na atendente que nos direcionou até aqui, irei ficar atenta a ela também. Nunca se sabe se um déjà vu pode acontecer…” Jhenefer pensou consigo mesma, intrigada pela relação da antepassada que viu com a atual atendente da guilda. As memórias que ela viu, ou melhor, as visões que teve não a ajudaram a relacionar ‘’ Khira ‘’ com a loira de nariz em pé que o trio havia encontrado anteriormente, ao menos é o que a jovem achava daquela mulher.

— Certo, precisamos nos apressar. Ainda estamos no meio da primeira fase, temos que ser mais rápidos. Não está nos meus planos passar mais de uma semana aqui. — Jack pronunciou em um tom de determinação e coragem. Agora que já havia um objetivo claro para quando saísse dali ele iria correr o mais rápido que conseguisse com o objetivo de concluir seu primeiro treinamento. — Trouxemos alguns alimentos. Não sei se ainda estão inteiros, mas vamos avançar assim mesmo.

Assim que olharam em suas bolsas, perceberam alguns alimentos ainda intactos, por muita sorte não estragaram. Eles se alimentaram racionando bem a quantidade ingerida. Depois de uma hora, ergueram-se, tiraram a poeira das roupas e partiram novamente para o confronto com mais daqueles monstros de antes. A cada cem metros havia pequenos grupos de três a cinco deles, o que não era mais tão difícil de se lidar.

Eles andaram praticamente a manhã toda, deram uma pausa para se alimentar novamente e continuaram até o final do dia, sempre encontrando os mesmos grupos de monstros e os derrotando. Havia chegado uma hora que já estava chato sempre a mesma coisa, era semelhante a um loop temporal, aquilo não acabava, até que algo lhes chamou a atenção:

— O que é isso, uma placa? — Indagou Michel sem entender direito a situação.

— Parece que é um aviso. “Essa é a reta final da fase. A partir daqui as criaturas terão dois metros de altura. ” — disse Jack lendo o que estava escrito na placa, que era feita com um pedaço de madeira velho envergado e escuro pelas sujeiras acumuladas de tanto tempo que foi colocada.

— Os monstros até agora tinham o que, cinquenta centímetros? — Jhenefer se indagou com o semblante pensativo com a sua mão coçando a parte de trás do seu pescoço, sinalizando que estava preocupado.

— Se antes eram cinquenta centímetros, a partir de agora serão dois metros? Até que enfim, algo para nos tirar do tédio! — falou Jack em um tom de voz extremamente alto e semblante cheio de confiança.

— Espera aí, você está animado com isso? — Jhenefer indagou para ele preocupada com o seu tom de confiança e despreocupação.

— Mas é claro que eu estou! O dia todo foi exatamente a mesma coisa, eu nem suei mais para acabar com a raça daqueles nanicos. Agora que vamos enfrentar alguns maiores e mais fortes, temos que ficar mais animados e preparados para sair vitoriosos, não acha? — Jack retrucou o pensamento de sua amiga. A qual ficou sem ter como responder naquele momento. Sua tentativa de resposta havia falhado.

— Bom, agora a brincadeira vai começar para valer, temos que ficar mais atentos aos ataques de todos os lados; do céu, do chão, dos lados e da retaguarda. Entretanto, não sabemos quantos deles veremos de uma só vez. Com muita sorte pode ser só um. — Jhenefer manifestou seu ponto de vista depois de muito pensar na situação em que estava. Vendo aquilo, tanto Jack quanto Michel já estavam sentindo o êxtase da luta, que mal havia chegado.

— Se for só um deles de primeira, vamos lutar os três juntos. Porém, se for mais de um, podemos atacar de um lado e defender do outro, assim ninguém sai perdendo. — Jack explicou seu plano para seus dois amigos, que ouviram atentamente. Todavia, outra possibilidade martelou em suas cabeças:

— E se vier três ou mais logo de uma vez, o que fazemos? — Michel retrucou ao plano de seu amigo, o qual ficou espantado, mas nem tanto surpreso, pois já era algo a ser pensado logo de início.

— Se for desse modo, preparem-se para um x1 contra eles. Cada um vai ter que lutar individualmente ou até contra mais de um ao mesmo tempo. Teremos que ser duros na queda. — Jack explicou o óbvio que estava à frente. Como os elementos ainda eram uma coisa nova, eles precisavam criar novas habilidades, e aquele momento era a hora certa para isso.

— Vamos revisar, quais habilidades temos até agora? —  Jhenefer perguntou para os dois amigos. Como era a futura pensadora estrategista do grupo, precisaria conhecer bem todos os elementos e as suas funções para conseguir formar os melhores planos possíveis.

— Eu posso manipular o fogo ao redor de mim e moldar pequenas formas para atirar, já com o metal, eu só consigo fazer algumas pequenas estacas, ainda não posso manipular os de fora. — Jack explicou sobre as suas habilidades, essas que, mesmo sendo usadas há quase três dias, já estavam em um nível considerável, porém, nada formidável.

— Além da habilidade de extrair o mesmo elemento que eu possuo de outras criaturas e usá-las contra eles, posso lutar corpo a corpo e estou conseguindo também usar, mesmo que pouco, a habilidade que Heated criou para lutar contra o pai. — disse Michel, deixando uma ponta de curiosidade em suas palavras.

— E qual seria ela? Não consegui essa informação em minha memória. — Indagou Jack para Michel, o qual estava surpreso consigo mesmo por conseguir usar aquele poder super útil em qualquer batalha no presente ou futura.

— Eu posso sentir, mesmo que pouco por enquanto, a presença vital e movimento físico através do solo ou de qualquer superfície. Entretanto, só consigo sentir em uma área de quinze metros. Espero até a terceira fase, poder expandir ainda mais.

— Então foi por isso que Heated venceu o pai! É mesmo uma habilidade muito roubada, isso se souber utilizar bem. — Disse Jhenefer surpreendida com o novo poder de Michel, algo que nunca iria imaginar, não com a parte da memória da luta entre ele e seu pai faltando, essa que poderia vir a surgir em um futuro próximo. — Agora sou é a minha vez. De acordo com as memórias, eu posso analisar os movimentos de luta de qualquer pessoa e adaptá-lo para o meu corpo, me fazendo assim bem flexível. E também posso usar um pouco do elemento de água e vento, como já demonstrei anteriormente.

— Quer dizer que você pode olhar a gente lutando e nos copiar! Seria perfeito, pois como eu sou um lutador com uma arte marcial esquisita e Jack sabe mais ou mesmos lutar, dá um bom equilíbrio para o grupo. — Michel comentou também surpreso pela a habilidade de Jhenefer. Com todas elas discutidas com os três, era só ir em busca dos monstros para definir uma estratégia perfeita para o combate.

Assim que deram os primeiros passos, um tremor gigantesco veio para colocar medo em milissegundos. Os seus olhares em câmera lenta girando a cabeça e percebendo que a magnitude era grande o bastante para fazer a placa que sinalizava o aviso despencar, se despedaçando no ar só com a força do vento, era de espanto, pois assim que voltaram seus olhares para frente novamente, havia seis monstros de puro fogo ardente com dois metros de altura e corpos bem reluzentes a frente.

— Chegaram mais rápido que o esperado! — Disse Michel com a êxtase começando a aumentar.

— Já que estão aqui, vou poupar tempo para procurá-los. Só foi meio rápido demais, teremos que arrumar alguma distração para montar uma estratégia rápido! — Respondeu Jack com uma rápida análise da situação repentina na qual eles se encontravam.

Com os monstros vindo cara a cara, o tempo era algo que já estava escorrendo como água de suas mãos. O cenário era algo inimaginável, e o pensamento estava a mil por hora, pois um plano era necessário, e agilidade para executá-lo também. Estava prestes a começar uma das primeiras e mais desafiadoras lutas do trio de magos contra o grupo de seis criaturas além da imaginação, e perder não era uma opção naquele momento.

 

 

Continua…

Aviso do Autor:

LUPE_SANO

LUPE_SANO

Chave Pix copiada!
Rolar para o topo