Capítulo 02 – Vista-se – Parte I

Julietta Vista-se

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Vista-se – Parte I


O que quer que ela tenha visto ou sentido, Julietta, que era reconhecida por sua calma e imperturbabilidade aparentemente sem precedentes, assumiu o comando dos assuntos secretos do príncipe por recomendação da empregada doméstica chefe, travando uma guerra todos os dias no trabalho duro enquanto seu salário dobrava.

Por exemplo, era isso mesmo, uma cama com seu corpo cansado estava molhada.

Julieta deu um pulo, pôs o pé na cama, tirou a grossa calcinha de algodão e cheirou-a primeiro. Ela colocou a parte úmida no nariz na esperança de que a cama molhada fosse água suja, pois ela teria que usá-la novamente no dia seguinte. Felizmente, não tinha cheiro.

“Nossa, eu estava morrendo de medo. Eu estava relaxada hoje. Eu não posso acreditar que me deitei imediatamente sem verificar minha cama. Dói meu orgulho cometer um erro desses.”

Ela cuidadosamente pendurou seu vestido grosso na janela. Ela então se deitou com um cobertor no chão, vestindo apenas uma camada fina de calcinha.

Ela também não se esqueceu de tirar os óculos grossos de ferro que cobriam metade do rosto. Ela removeu toda a maquiagem da sobrancelha e da pele que usava desde os cinco anos de idade. Assim que ela fechou os olhos, ela adormeceu.

* * * * *

“Sim, estou indo agora. Estou indo!”

Amelie, a chefe da sala de adereços no Teatro Eileen, o melhor teatro do Império Austern, olhou para ela quando viu Julieta caminhando vagarosamente.

“Julie, você me ouviu? Eu preciso consertar essas calças hoje, ou você não me ouviu?”

As costuras das calças de caça usadas pelo ator masculino do show “Lady Donatera” explodiram durante um ensaio ontem. Julieta, que havia esquecido de remendar as roupas que seriam usadas no show de hoje, agarrou a calça instantaneamente com um olhar perplexo.

“Vou fazer isso agora.”

“Falta menos de uma hora para o show. O que você tem feito até agora? Você tem algumas novas ideias bobas porque Lilian gosta muito de você, certo?

Lilian era a melhor prima donna (1) do Teatro Eileen. Amelie costumava murmurar que Julieta havia se tornado estragada pelo abraço de Lilian desde que ela era uma criança. Depois disso, Amelie foi constantemente importunada dizendo: “Não se superestime” ou “Acorde e escute!” em toda sua costura.

Mostrando as calças reparadas, Julieta disse a ela. “Vou levar as calças para eles agora. E este simples conserto teria sido feito se Amelie o tivesse consertado no momento em que chamei você.”

Fazendo beicinho e sem dizer uma palavra, ela pegou as calças e saiu correndo.

“Conforme você está crescendo e envelhecendo, você nem me ouve mais”, Sophie sorriu e disse a Amelie, que estalou a língua na nuca de Julita.

“Ela já é uma menina crescida. Ela tem dezessete anos agora.”

“É por isso que estou preocupada. O teatro é um lugar perigoso para uma garota de dezessete anos. Não importa o quanto ela esconda sua aparência, não há ninguém que não queira ir atrás de uma donzela em flor. Estou preocupada que os atores masculinos continuem olhando para Julieta.”

Amelie desejou que Julieta pudesse fazer seu trabalho silenciosamente no almoxarifado atrás do palco, mas ela estava andando pelo teatro como um javali atingido por um incêndio florestal, e Amelie estava preocupada em fazer seu trabalho corretamente.

“No caso dos atores masculinos, estou menos preocupado, pois eles deveriam considerar a dona do teatro, Maribel, e Lilian gosta tanto dela que não vão poder fazer nada precipitado. Estou mais preocupada que ela seja vista por aristocratas enquanto ela está apenas andando.” Sophie, que estava trabalhando no babado do vestido de Lilian (uma prega ondulada de renda ou tecido na borda de uma roupa ou costura), disse com um suspiro.

Vivendo em um teatro desde os cinco anos de idade, Julieta foi disfarçada pela dona do teatro Maribel. O suco da fruta metum, tinha sido aplicado em sua pele branca leitosa, e seu cabelo loiro vibrante estava escondido em perucas de tijolo e argamassa. Além disso, ela usava roupas três vezes maiores para esconder sua figura tanto quanto possível, mas sua beleza natural não era completamente ofuscada.

Como resultado, Amelie e Sophie, que cuidavam de Julieta desde pequena, estavam sempre ansiosas.

“Acho que terei que fazer algo a respeito mais cedo ou mais tarde. Perguntei se ela queria subir no palco porque observava as atrizes com atenção, mas ela disse que não. Eu só quero encontrar um bom rapaz e casá-la.”

Sophie balançou a cabeça com os comentários preocupados de Amelie.

“Bem, também estou preocupada que a vida dela seja plena quando ela se casar. Para as pessoas comuns, essa aparência é como um veneno. Eu acho que foi a tentativa de Maribel de tirar vantagem da beleza do bebê. Foi a dona do teatro que conectou Stella ao Marquês Anais pela primeira vez. Bem, já que ela era uma atriz, ela não teria sido capaz de evitar esse tipo de vida.”

“Ela vai manter aquela garota escondida? Não pode ser.” Sophie suspirou, como se ela não pudesse acreditar.

“Isso é ainda mais assustador. É ainda mais estranho que Maribel pegou uma criança de cinco anos com compaixão. Estou ainda mais preocupada que a dona do teatro fez um plano muito grande e manteve Julie escondida desde o início.”

“Por que não contamos ao marquês? Ela é uma bastarda, mas é filha dele. Ele não iria fingir que não a conhece”, Amelie disse como se fosse melhor.

“Você acha? Ao contrário do que acontecia no passado, hoje em dia uma amante e seus filhos ilegítimos têm maior probabilidade de serem tratados com desprezo. Ela só pode ser protegida como um nobre se for oficialmente registrada na família do Marquês, mas o Marquês não pode fazer isso. Ele sabe que Julie está crescendo no teatro, mas nunca esteve aqui e está fingindo não saber. Não acho que ele vai pegar Julie agora. Se ela atraísse a atenção da marquesa, seria molestada ou maltratada. Você experimentou como a Marquesa era assustadora quando Stella morreu.” Quando Sophie balançou a cabeça e terminou com uma voz triste, um silêncio pesado veio para a sala de adereços.

Quando Stella, que partiu em esplendor, foi expulsa de mãos vazias e foi ao teatro com sua filha pequena, a dona do teatro Maribel olhou cuidadosamente para a filha ilegítima de cabelo dourado brilhante.

Amelie e Sophie ficaram realmente surpresas quando Maribel, que tinha ficado em silêncio por um tempo, deixou a mãe e a filha ficarem em seus aposentos. A dona do teatro era uma mulher que não tinha pena de ganhar. De qualquer forma, sob a proteção de Maribel, fosse ela caprichosa ou simpática, a mãe e a filha começaram a viver no teatro.

Mesmo quando Stella não conseguia recuperar o ânimo devido ao choque de ser expulsa de casa repentinamente, a jovem Julieta costumava fazer trabalhos no teatro para pagar suas refeições. No entanto, não muito depois de uma vida tão pacífica, Maribel foi visitada pela Marquesa.

Amelie e Sophie sentiram pena da pobre mãe e filha, mas Maribel não tomou nenhuma atitude depois que Stella morreu. Só então Julieta vestiu uma peruca de tijolo e espalhou o suco da fruta metum no rosto.

Pouco depois da visita da Sra. Anais, Stella, que vinha sofrendo de uma doença prolongada, finalmente morreu.

Após a morte repentina de sua mãe, antes que a filha se recompusesse, embora não se soubesse como eles sabiam, a marquesa enviou pessoas que levaram o corpo de Stella.

A morte repentina da mãe levando à coleta do corpo de Stella pelo povo enviado pela Marquesa. Após a súbita expulsão, Stella morreu, assim as duas pensaram, a marquesa pode sentir uma pontada na consciência e fará um funeral para ela.

Maribel deixou Julieta fora de seus aposentos para viver em um pequeno quarto próximo ao quarto de adereço, então Amelie e Sophie naturalmente cuidaram da jovem Julieta.

“Agora que essa coisinha é tão grande, o tempo voa.” Depois de mencionar a morte de Stella, Sophie, que estava perdida em velhos pensamentos, bateu com um pano nos olhos que continham as lágrimas.

“Você sabe o que? Agora que este ano é o da cerimónia da maioridade… mas estou preocupado porque ela não amadurece e está sempre desmiolada e imprudente. Eu sinto que estou vendo uma criança ser colocada na água.” Amelie suspirou enquanto carregava o último vestido reparado no carrinho.


(1) Prima Donna: Melhor cantora

Tradução: Sa-chan

Revisão: Sa-chan

Obrigada pela leitura. ^-^

Parceiro:

Alone Scanlator

Alone Scanlator

Rolar para o topo