Capítulo 64 – Julieta Iris Kiellini – Parte II

Julietta Vista-se

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Julieta Iris Kiellini  Parte II


Oswald pegou o conde Valerian às pressas, que estava prestes a sair depois que Killian rapidamente desapareceu com os cavaleiros.

“O que é que Sua Alteza acabou de dizer?”

“Eu não sei. Estou apenas fazendo o que ele me mandou fazer. Vocês dois, por favor, voltem para o castelo o mais rápido possível.”

Como o Conde Valeriano também desapareceu, levantando poeira, Oswald praguejou enquanto abandonava seu comportamento elegante de costume.

“Como vim parar aqui… mas tenho que voltar para o castelo sem um dia de descanso? Não posso, não posso.”

Adam falou com Oswald, ordenando a um servo que trouxesse seu cavalo. “Se eu chegar ao castelo, gostaria de enviar-lhe uma carruagem, mas acho que Sua Alteza se sentirá pior se não o vir lá. Por que você simplesmente não cavalga atrás de mim?”

“Você quer que eu fique atrás das costas de um homem de uma forma desagradável?”

Enquanto Oswald agitava seu lenço como um louco, Adam deu de ombros. “Então venha por conta própria. Seu cavalo é tão gentil quanto um cavalo montado por nobres senhoras, então ele o levará com segurança em seu caminho.”

Oswald cuidou de Adam, que desapareceu sem perguntar duas vezes, e cerrou os dentes furiosamente.

“Se ela queria fugir, ela deveria ter ido amanhã! Tenho que usar meus músculos não utilizados novamente, sem tempo para descansar. Não vou conseguir nem levantar amanhã.”

* * * * *

Thomas, o criado, estendeu o capuz para Julieta, que sorria com seu colorido cabelo loiro exposto.

“Coloque.”

A carruagem chegou ao portão ao mesmo tempo em que Julieta colocou o capuz com delicadeza.

“Vossa Excelência, aonde você vai?” O capitão da guarda no portão saudou o duque com palavras amigáveis.

“Vou comprar um presente para a minha filha.”

Depois de espiar dentro da carruagem, o capitão da guarda disse: “Faça uma boa viagem”, depois de confirmar que estava tudo bem.

A carruagem escapou com segurança do castelo e viajou por um longo tempo do lado de fora antes de parar em um lugar tranquilo. Havia uma fileira de mansões bem grandes no bairro tranquilo e deserto, como se fosse o lar de plebeus ricos.

“Dê a volta neste edifício e vá para a segunda casa com telhado azul da esquerda. Se você simplesmente contar a uma mulher que te enviei e mostrar a ela como que você é, ela cuidará de você, mesmo que você não diga nada. Tenha cuidado para não se revelar o máximo possível até sair de Bertino. Depois de ser totalmente educada como Princesa Kiellini por dois meses, você fará sua estreia no dia da maioridade de Iris.”

O duque Kiellini virou a cabeça para fora da janela quando disse que era o dia da maioridade de Iris. Julieta ficou triste e assustada com o olhar e saiu correndo da carruagem. Ela parecia ser a pessoa que o duque mais odiava agora.

Depois de se despedir dele silenciosamente, ela caminhou ao redor do prédio com as vielas estreitas e escuras, caminhou para a lateral da avenida conforme foi informada e pôde ver uma casa coberta por um telhado azul.

Toc toc toc…

Enquanto Julieta estava nervosa com a ordem para evitar ser vista o máximo possível e ergueu a mão para bater na porta novamente, a porta se abriu silenciosamente por dentro. Quando uma mulher com cabelos prateados e uma figura afiada a olhou em silêncio, Julieta se apresentou como o duque Kiellini havia lhe contado.

“O duque Kiellini me enviou. Meu nome é Julie…”

Uma mão magrinha agarrou o braço de Julieta, que tentava tirar o capuz e puxou-a para dentro de casa. A mulher fechou a porta com pressa.

“Tire o capuz.”

Com a voz fria, seu cabelo loiro foi revelado quando Julieta tirou o capuz. O interior da casa escura brilhava como se uma luz tivesse sido acesa. A mulher olhou atentamente para a figura deslumbrante e finalmente abriu a boca.

“Sou a Marquesa Raban. O duque Kiellini é meu irmão. Originalmente, eu deveria me preparar para a estreia social de Iris e acompanhá-la.”

A voz rígida da mulher parecia indicar que Iris estava doente por causa dela. A mulher olhou para ela e caiu na gargalhada quando a desafiadora Julieta a encarou friamente.

“Pelo menos você tem um espírito forte o suficiente para interpretar uma princesa falsa. Mas você terá que ter em mente que você é uma farsa de qualquer maneira e que você não pode ser real, e você não pode nem mesmo decidir que quer ser real. Se você ama sua vida, não tenha esse tipo de coração agora ou mais tarde.”

Com as palavras da Marquesa Raban, Julieta deu de ombros, como de costume. “Não quero esse tipo de trabalho cansativo. Só quero ir morar em um lugar onde ninguém me reconheça quando acabar com os fundos que Sua Excelência me prometeu.”

Com a resposta de Julieta, a Sra. Raban sorriu secamente. “Estou feliz que você entenda quem você é. Sempre certifique-se de não esquecer o que você pensa agora.”

Julieta sorriu radiantemente para a mulher que a advertiu com o rosto sem vida. “Senhora, você sabe por que eu, nascida uma bastarda, fui capaz de sobreviver sem um tutor em um teatro onde perdi meus pais quando era jovem?”

A Sra. Raban olhou em silêncio, esperando a resposta da linda e deslumbrante garota, como um anjo que desceu do céu.

“É porque eu me conheço. Portanto, não se preocupe com isso. Vou fazer o suficiente do que me foi confiado com o pagamento que receberei. Não quero fazer nada mais do que isso, não tenho nenhuma intenção de outra coisa.”

* * * * *

“Não há nenhum sinal de que ela tenha saído do portão.”

Adam impressionado como se não pudesse ser verdade.

Ao regressar do campo de caça, o capitão da guarda foi chamado perante o príncipe e quis esconder-se enquanto informava o que fora confirmado ao longo da tarde. Ele não sabia que tipo de erro ele havia cometido, mas ele não tinha visto a donzela que o príncipe estava procurando tão seriamente e ele não pôde evitar, mas se sentiu incomodado.

Enquanto a expressão de Killian, que pensava que poderia encontrá-la rapidamente se tornava mais violenta com o tempo, Oswald se aproximou do capitão da guarda e sussurrou: “É verdade que você vasculhou completamente todos os portões que estão conectados ao exterior?”

“Sim, Excelência. Eu fiz uma busca completa no castelo e na cidade sob as ordens de Sir Albert e verifiquei a lista de pessoas que entraram e saíram desde esta manhã.”

“E ela ainda não foi encontrada?”

“Sim, é por isso que estou envergonhado. Aumentei a segurança nos portões e percorri todo o caminho para fora da capital, e olhei todos os lugares onde a empregada poderia ficar, incluindo alojamentos e restaurantes, mas não há sinal de dela.”

Depois de assistir os dois sussurrando por tanto tempo, Killian chamou o capitão da guarda: “Vou fazer-lhe perguntas diferentes. Diga-me quem saiu do castelo hoje, independentemente de seu status.”

Ainda mais nervoso com a expressão assustadora do príncipe, o capitão da guarda enxugou as mãos suadas com as calças e tirou uma lista do bolso.

“Os homens que deixaram o castelo hoje foram Vossa Alteza, Marquês Oswald, Conde Adam, Sir Lantern que estava acompanhando…”

“Pare! Exceto para aqueles que foram para o campo de caça.” Killian freou os relatórios do inflexível capitão da segurança.

“Ah sim. Portanto, exceto pelo grupo de Vossa Alteza que foi caçar, havia apenas uma empregada no castelo externo, dois guardas, três servos encarregados das compras, o duque Kiellini e o conde Valerian. Assim que ele descobriu que a empregada estava desaparecida, Sir Albert ordenou que eu fechasse os portões, de modo que ninguém entrou ou saiu desde então.”

Killian ficou perdido em pensamentos por um momento e abriu a boca.

“Vincule pessoas a todos eles. Alguém que você nunca viu saiu com um grupo, entre aqueles que saíram do castelo?”

Quando Killian perguntou, o capitão da guarda respondeu após ponderar: “Pela entrada dos servos e criadas, as pessoas saíam sem carruagens, então não havia ninguém além daqueles que foram identificados. Os cavaleiros partiram e havia um criado e uma criada na carruagem do duque Kiellini. Como eram o grupo de Sua Excelência, não os identifiquei separadamente.”


Tradução: Sa-chan

Revisão: Sa-chan

Obrigada pela leitura. ^-^

Parceiro:

Alone Scanlator

Alone Scanlator

Rolar para o topo