Selecione o tipo de erro abaixo

Boris estava sem palavras, um Orc Líder era equivalente a sua própria patente, um Capitão.

Como um mero Oficial derrubou um Orc Líder? Isso é impossível! 

Obviamente, mesmo patentes superiores poderiam ser mortas se fossem cercadas, mesmo ele, um Capitão, poderia cair diante de milhares de soldados. Mas nesse caso era impossível, o Orc Líder não estava cercado, ainda haviam várias tropas que recuaram, o que significava que fugiram após sua derrota.

“Você é o responsável por isso?” Boris perguntou, em direção ao jovem Oficial pálido em armadura negra, enquanto olhava para a cabeça do Orc Líder no chão.

Fernando ouviu a questão com um rosto impassível.

“Isso mesmo, eu e meus dois Cabos.” disse, apontando para Theodora e Ilgner ao seu lado.

Ouvindo isso, Boris franziu a testa.

“Só vocês três?”

Fernando entendeu o que o homem queria dizer, então assentiu.

“Só conseguimos derrotá-lo porque estava ferido.”

Boris tinha uma expressão complicada, mesmo ferido um Orc Líder não deveria ser derrotado tão facilmente por um Oficial e dois Cabos.

“Qual o seu nome, rapaz?”

“Fernando, Oficial do Pelotão Zero.”

Boris ouviu isso, então assentiu.

“Vou informar ao Major suas contribuições no final da batalha. Pelo que soube do Tenente Raul seu Pelotão Zero e Lazuli foram os responsáveis pela vitória na ala direita.” Boris disse, com um rosto sério.

“Vitória? Isso signficia…” Fernando disse, com um rosto surpreso.

“Isso mesmo, a batalha a frente já acabou, o Tenente Raul junto aos outros Batalhões subjugou o restante dos Orcs. Tudo que restava eram esses.” disse, olhando para os corpos no chão.

Ouvindo isso, Fernando, Theodora e Ilgner suspiraram, com algum alívio. Mas então ele pensou em algo.

“E quanto a ala esquerda e o exercito central?” perguntou, com curiosidade. Ainda era possível ouvir gritos de guerra ao longe, além da poeira que levantava no céu.

“A ala esquerda também saiu vitoriosa, por ordem do Major Dimitri, nossa Cavalaria Tarki os apoiou, então junto aos outros Batalhões conseguimos vencer.”

Depois de ouvir isso, Fernando tinha uma expressão complicada. Se a cavalaria foi designada para apoiar a ala esquerda, isso não significa que a ala direita havia sido abandonada à sua própria sorte? 

“Agora vamos nos reunir com com seu Tenente, precisamos de uma estratégia, o exército central ainda está em confronto com os Orcs.” O Capitão Boris falou, com uma expressão digna.

Depois de trocar mais algumas palavras, Fernando reuniu seu pessoal bem como os membros remanescentes do Pelotão Lazuli para retornar ao encontro de Raul. Ao todo haviam restado apenas 50 homens do Pelotão Zero, enquanto o Pelotão Lazuli restaram 40.

Vendo suas perdas, todos tinham rostos abatidos. Muitos companheiros e amigos próximos haviam morrido nessa batalha.

Fernando em especial, tinha um rosto tenso. Mesmo depois de todos seus preparativos, mesmo depois de dar seu melhor, ele havia perdido três quartos de seus homens. Seu coração estava cheio de remorso.

Vendo o corpo de Remir no chão, muitos membros do Pelotão tinham rostos tristes, principalmente os membros do Zero 1. Karol em particular estava abatida, Remir havia morrido ao seu lado, sem que ela pudesse fazer nada.

Nesse momento, Fernando chegou ao seu lado. Olhando em seus olhos, Karol tinha um rosto marejado. Sem dizer uma palavra, ambos se abraçaram forte.

Em muitos momentos Fernando temeu pelo pior, mas sabe que não poderia proteger a mulher que amava. Por outro lado, Karol se sentiu impotente, por não poder ajudá-lo e quase vê-lo ser morto.

Snif Snif

“Ele era um cara legal, apesar de ser irritante às vezes.” Emily disse, jogando um cobertor sob o corpo de Remir e fechando seus olhos. A pequena ruiva derramava lágrimas sem parar.

Ronald, Lance, Leo, Archie e alguns outros mais próximos a Remir tambem se sentiram pesarosos, tudo que puderam foi lamentar.

Em poucos minutos deixaram o campo de batalha, não havia como recolherem os corpos de seus companheiros. Então tudo que puderam fazer foi rapidamente reuni-los, guardar seus pertences e queimar seus corpos. Era o melhor enterro que poderiam fazer.

Argos, vendo seus homens mortos sendo queimados num rápido funeral, tinha uma expressão calma, quase indiferente. Ele deu uma última olhada em Fernando, então reuniu seus homens, para ir em direção ao Tenente.

Antes de partir, Fernando foi até o do Orc Líder e arrancou o cristal de seu corpo, bem como guardou seus restos mortais. Essa era a prova dos esforços de seu Pelotão.

Alguns tempo depois, o grupo correu até o ponto de encontro com Raul. Chegando lá, havia cerca de 1.000 homens sobreviventes. Eram os que restaram após a batalha.

Túlio, Nina, Marlon e alguns Subtenentes e Sargentos estavam reunidos num pequeno acampamento. Ao ver Fernando chegar junto a Boris e Argos, Raul se levantou.

“Garoto, então você ainda tá vivo.” Raul disse, com um sorriso.

Várias pessoas começaram a cochichar.

“Esses são os dois Oficiais que lideraram o ataque à retaguarda dos Orcs.”

“Droga, são apenas dois pivetes.”

“É graças a esses pivetes que estamos vivos.”

“Sim, ainda estou vivo.” Fernando respondeu, com um rosto estranho.

Raul notou o braço quebrado de Fernando.

“Parece que você passou por uns maus bocados.”

“Você não parece muito melhor.” Fernando respondeu, ao notar seu ombro cheio de sangue.

“Hahaha, é só um arranhão.”

Boris que mantinha um rosto calmo e indiferente, se intrometeu.

“Vamos direto ao assunto. As tropas do Major não irão resistir por muito tempo.”

Ouvindo isso, todos no local franziram a testa. Mesmo que tivessem ganhado a batalha na ala direita e esquerda, ainda haviam os Orcs lutando contra o exército central.

“Na ala esquerda restaram 1.000 homens, aqui na ala direita restaram 1.100. Além disso, tenho 900 homens da minha Cavalaria Tarki. Isso é um total de 3.000 homens. Temos que lançar uma investida pesada e forçar os Orcs a recuarem.”

Mesmo Boris ficou estupefato ao falar os números em voz alta. A ala esquerda, apesar de ter dois Tenentes e apoio da cavalaria Tarki, ainda havia tido mais baixas que a ala direita, que venceu o inimigo sozinho!

Ouvindo isso, Fernando e os demais tinham expressões estranhas. O que o Capitão Boris quis dizer com forçar os Orcs a recuarem? Eles não deveriam retomar Beilai?

O que eles não sabiam é que os planos de Dimitri e dos outros superiores era de fazer uma breve luta e recuar. Só que eles nunca imaginaram que os Orcs usariam uma tática tão estranha, pressionando-os e impedindo seu recuo.

“Atualmente, meus batedores identificaram que dos 11.000 Orcs que enfrentavam o exército central, restam cerca de 9.000. Nas tropas lideradas pelo Major, atualmente ainda restam 4.000 homens.”

Todos ficaram surpresos com os números. Sob o comando de Dimitri, eles haviam infringido severas perdas no inimigo, enquanto tinham perdido apenas 1.000 homens, mesmo com a desvantagem numérica!

Porém, depois de pensarem um pouco, logo entenderam. Além do próprio Major, haviam vários Tenentes, diversos Subtenentes e outras patentes mais baixas. Somente com essa poderosa força militar é que conseguiram resistir.

“Isso é problemático, mesmo que levemos a ala direita, esquerda e a cavalaria a nos juntar ao exército central, só teremos 7.000, contra 9.000 dos Orcs. No máximo iremos contrapor sua força. Além disso, nossos homens já estão exaustos depois dessa luta.” Um Subtenente disse.

Ouvindo isso, todos tinham expressões severas, mesmo Fernando não era diferente. Ele havia perdido três quartos de seus homens, a moral do Pelotão Zero não poderia ser pior. Mesmo que tivessem saído vitoriosos, foi uma batalha amarga, agora teriam que entrar em outra?

“Não só isso, mas se mesmo uma pequena parte das tropas Orcs que cerca Beilai vier dar apoio, estaremos acabados.”

O clima que já era pesado, ficou imediatamente sombrio. Não só haviam 9.000 Orcs contra o exército central, como haviam outros 15.000 sitiando Belai. Não importa como se olhasse a situação, eles não tinham como vencer.

“Como eu disse, só vamos auxiliar o exército central e criar uma oportunidade de recuar. Infelizmente Beilai está fora de alcance.” Boris falou.

Apesar de não fazer parte das forças de Vento Amarelo, como era um Capitão, suas palavras carregavam grande peso.

Fernando tinha um rosto tenso, se eles recuassem, isso não significava que todos em Beilai seriam mortos? Não só isso, mas qual seria o significado de tudo isso? Qual o motivo para perderem tantos?

“Eu tenho uma sugestão diferente.” Fernando disse, com uma expressão calma.

Todos olharam para ele, em dúvidas. Afinal, o que um Oficial teria a dizer num debate como esse?

Picture of Olá, eu sou o Glauber1907!

Olá, eu sou o Glauber1907!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥