Selecione o tipo de erro abaixo

Ao ouvir minha resposta, Peng Deng abaixou a cabeça novamente. Ao olhar para o telefone, ele se alimenta e pergunta casualmente: — O que mais tem depois do trabalho?

— Você não faz hora extra se algo acontecer?

Boa pergunta… Inclino o guarda-chuva e penso seriamente em uma desculpa.

Peng Deng é um típico zumbi de smartphone que nem se concentra em comer. A maior parte de sua atenção está no celular, mas, na verdade, ele é uma pessoa muito perspicaz. Ele é bom em capturar detalhes e sempre consegue ver facilmente minhas mentiras.

É claro que a maioria dessas mentiras era produto de não pensar o suficiente nisso. Elas são mais como piadas.

Não posso contar a ele que estou tentando pular de um prédio, certo? Depois de pensar um pouco, bato na mesa.

— Meu chefe quer que eu pegue um hóspede estrangeiro no aeroporto amanhã.

— E ele só me dará os detalhes à noite. Vou ter que fazer alguns preparativos. Preciso praticar meu sotaque e entrar em contato com um motorista para confirmar o horário. É muito trabalho.

— Sim, sim… — Peng Deng dá uma mordida no arroz e na carne em pedaços antes de engoli-los.

Então ele pergunta com um sorriso: — O chefe Casanova((indivíduo que se dedica com grande empenho a conquistas amorosas.)) que você mencionou antes?

— Eu nunca disse isso. — Nego abertamente a afirmação de Peng Deng.

Quando ele olhou para mim, eu sorri.

— Eu disse que ele brincava.

— Você não deve cometer erros ao julgar.

— Tch. — Peng Deng responde antes de olhar para seu telefone.

Em pouco tempo, os pratos que pedi são servidos. Um é carne fatiada frita e o outro é sopa de ovo frito com tomate.

O óleo da carne brilhava e o aroma do aipo fundia-se perfeitamente com o aroma da carne bovina. A carne estava muito macia e seus sucos eram salgados, mas não excessivos. O molho estava recheado de sabores, e com apenas um prato dessa carne dava para terminar com três tigelas de arroz.

A sopa de ovo frito com tomate faz parte da culinária de Sichuan. A banha é usada primeiro. Depois de aquecida, acrescenta-se à mistura ovos batidos com água e sal até que esteja completamente cozida.

Dessa forma, os ovos fritos ficarão mais fofos e com um certo nível de sal. Em seguida, coloca-se água e tomates processados, junto com alguns vegetais verdes.

Por fim, a sopa terá o aroma evidente de azeite e ovos, misturado com o agridoce do tomate. A frescura dos vegetais verdes faz com que a sopa tenha a delícia de uma sopa de carne, mas sem o sabor enjoativo.

No momento em que bebo uma tigela de sopa de ovo deliciosa, o chefe se aproxima com uma tigela de arroz e uma garrafa de Coca-Cola gelada.

— Ice Cock. — Não posso deixar de rir interiormente ao ouvir seu sotaque.((deixei em ingles pq é uma piada idiomatica e eu nao tenho tempo pra procurar uma correspondencia em ptbr..kkkk))

Considerando que mais tarde terei que “pular de um prédio”, não seria bom comer demais. No final das contas, só tenho duas tigelas de arroz. Claro, eu definitivamente não desperdiçaria carne e ovos.

Neste momento, Peng Deng ainda tem um terço de sua comida sobrando.

— Não use o telefone enquanto come; não coma enquanto estiver usando o telefone. — Eu me levanto e dou a ele um sermão sincero.

Ao mesmo tempo, ousadamente pago apenas pela minha parte.

Peng Deng e eu não somos amigos hipócritas que insistem em pagar a conta.

Além disso, é o fim do mês. As finanças ficam sempre um pouco apertadas nesta época do mês.

— Porra, você nem me deu uma garrafa de Coca. — Demorou muito para que Peng Deng percebesse isso.

— Acabei de comer. — Pego o guarda-chuva encostado na mesa.

— Extravagante. — Peng Deng avalia minha escolha de comprar uma garrafa de Coca-Cola. — Algo de bom aconteceu com você? Ou você está trabalhando clandestinamente…

Antes que ele possa me perguntar, seu olhar para de repente no guarda-chuva com orelhas de coelho em minha mão.

— Ei. — Ele faz um som estranho.

— Meu chefe me emprestou. Você sabe que ele tem muitas namoradas. — Eu entendo o que Peng Deng está pensando.

— Que chato. — Peng Deng volta sua atenção para o telefone novamente.

Entro no antigo complexo do meu apartamento alugado depois de sair da loja.

O prédio mais alto tem apenas seis andares, então não há elevadores.

Quando passo pela entrada do primeiro andar, vejo a caixa de correio pelo canto do olho.

— Uh… — Algumas memórias se agitam, me fazendo caminhar involuntariamente e abrir a caixa de correio que pertence ao apartamento 602.

Há um cartão-postal guardado silenciosamente lá dentro.

Mesmo sem olhar, sei que foi ela quem enviou.

Ela era colega de escola do ensino fundamental e do ensino médio comigo e com Peng Deng. Mais tarde, ela foi estudar no exterior e atualmente trabalha nesta cidade.

Sua origem familiar é boa e ela viaja com frequência. De vez em quando, envia especialidades locais ou cartões postais para amigos da mesma cidade.

Hesito por dois segundos antes de pegar o cartão postal.

A parte de trás é realmente familiar, pois uma caligrafia elegante está estampada nela:

“Este é o famoso Ossuário de Sedlec por aqui…”

Viro o cartão postal e dou uma olhada. Os pilares e paredes revestidos de caveiras me deixam horrorizado.

Então, sinto aquela estranha sensação de santidade.

Balançando a cabeça, guardo o cartão postal e volto para o apartamento 602.

Este é um apartamento antigo com dois quartos e um banheiro. Tem uma história de pelo menos 20 anos. Moro em um quarto de hóspedes e um jovem casal mora no quarto principal.

Esse casal é legal. Eles não apenas têm senso de higiene, mas muitas vezes cozinham sozinhos e me convidam para comer. O único problema é que eles brigam pelo menos duas vezes por semana. É muito chato.

Pretendo me mudar para ficar com Peng Deng quando o contrato de aluguel terminar.

Claro, o pré-requisito é que ele ainda não tenha começado a morar com a namorada.

Depois de largar o guarda-chuva, vou até a janela do quarto de hóspedes. Espio e olho para fora, pensando se devo pular.

Embora a chuva tenha parado, o céu já está escuro e não há muitos pedestres.

Sexto andar… Esqueça, vou até o prédio do minimercado. Acho que é melhor ser cauteloso pela primeira vez.

São apenas três andares.

Este bairro é muito antigo e tem uma grande população. Portanto, há muitas lojas no primeiro andar. Existem cabeleireiros, restaurantes, bem como mercearias e oficinas. Não é preciso nem sair do complexo para ter acesso a essas comodidades.

Coloco roupas pretas como disfarce e pego minhas chaves e telefone. Chego a um pequeno supermercado depois de circular um pouco pelo complexo.

Subo as escadas até o telhado. Olhando para a altura, finalmente me sinto confiante.

Quando desci as escadas agora há pouco, tentei pular de um lance de escada para o outro. Melhorou muito minha confiança no “Salto de Fé”.

Esperando até que não haja ninguém abaixo de mim, respiro fundo, pulo a cerca e fico em posição de prontidão.

Está chovendo e a estrada está muito escorregadia. Que tal da próxima vez?

Se eu cair e for mandado para o hospital, terei uma morte social se todos entenderem isso como uma tentativa de suicídio…

São apenas três andares. Não havia nada de errado com a sensação que tive agora…

Depois de pensar um pouco, levanto meu dedo médio para mim mesmo e expiro lentamente.

Com um tremor, pulo e ajusto meu corpo.

A velocidade em que desço é mais lenta que o normal. O vento se transforma em um cobertor, me segurando em silêncio.

Esse tipo de lentidão é apenas relativo. Eu ainda caio rapidamente no chão de forma constante, sem balançar ou espirrar a água lamacenta no chão.

Naquele momento, sinto-me como uma pena afiada.

Que sensação maravilhosa.

10 pontos! Eu me elogio.

Isso é realmente muito emocionante!

Eu sou um verdadeiro assassino que superou todos os mortais!

Com o coração em chamas, corro de volta para o prédio onde fica meu apartamento alugado.

Mal posso esperar para testar o Salto de Fé do sexto andar.

A experiência agora me diz que seis andares não são problema. Se for mais alto, terei que ser como Jackie Chan, encontrando itens no meio, como um ar-condicionado, para amortecer a queda, pulando vários andares ao mesmo tempo.

No caminho, arregalo os olhos na tentativa de encontrar quaisquer atos de má conduta sexual por parte de encrenqueiros, roubos por criminosos ou extorsões por parte de bandidos. Quero deixá-los experimentar o poder de um assassino, mas…

Fuuu, a segurança no bairro é muito boa…

Suspiro e vou para casa.

Neste momento, meu telefone toca duas vezes.

Eu tiro e descubro que é do Velho Ai da minha empresa. São as informações referentes ao nosso VIP.

Zaratulstra… que nome complicado. Eu sorrio e decido ler os detalhes depois de outro Salto de Fé.

Fuuu, mesmo sendo um assassino extraordinário, ainda tenho que trabalhar nas coisas que meu chefe me instrui a fazer depois do trabalho, como, como dizem os japoneses, um shachiku — um gado corporativo.

Caso contrário, não poderei sobreviver!

O que um assassino pode fazer? Comprar uma máscara do Homem-Aranha e fazer uma sessão de Parkour ao vivo? Sem ter pressa de entrar no quarto. Mais uma vez penso em como ganhar dinheiro usando minhas habilidades de assassino.

Neste momento, alguém bate na porta.

— Quem é? — Eu pergunto em voz alta.

— Estou aqui para verificar as autorizações de vida temporária! — alguém de fora responde.

Não tenho, adeus… satirizo enquanto caminho até a porta e olho para fora pelo olho mágico.

Duas pessoas uniformizadas de policiais estão do lado de fora da porta, uma delas parada na frente, bloqueando o rosto da outra.

Ele tem a linha do cabelo recuada e seus olhos são ligeiramente cinza.

Por alguma razão, de repente estremeço e me sinto inexplicavelmente triste.

Eu abro a porta.

— Meu sobrenome é Deng e sou o oficial encarregado deste complexo, o oficial de olhos cinzentos se apresenta com um sorriso.

Então, ele olha as informações em sua mão.

— Zhou Mingrui, estou certo?

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥