Selecione o tipo de erro abaixo

Combo do 6º Aniversário da Vulcan – Capítulos → 51/175


“Lanevus? Aquele criminoso que enganou por dinheiro e sexo? E pensar que ele tinha uma conexão com Hood Eugen dos Alquimistas da Psicologia…” Klein congelou por um momento quando ouviu o nome. Ele imediatamente pensou nas implicações que o nome Lanevus tinha.

“Ele é o trapaceiro que escapou com mais de 10.000 libras!”

“Apenas fornecer uma pista me renderia 10 libras. E se eu ajudar a capturar esse tesouro em movimento, ganho 100 libras!”

“Ele é uma escória que se aproveitou dos corpos e sentimentos de mulheres inocentes!”

“E pensar que ele conhece Hood Eugen e foi visitá-lo três vezes no manicômio. Isso significa que ele está conectado ao círculo de Beyonders ou que ele próprio é um Beyonder?” Klein de repente se lembrou do nome de uma poção: o caminho do Saqueador, Sequência 8: Trapaceiro!

Esses Beyonders tinham prazer em enganar os outros!

“É muito possível!” Klein assentiu pensativo. Ele controlou sua expressão facial e linguagem corporal, fingindo indiferença quando perguntou: – Então, quando foi a última visita do Sr. Lanevus a Hood Eugen?

— Início de julho. Eu teria que verificar os registros do manicômio para lhe dar uma data específica, — Daxter Guderian respondeu após alguns segundos de reflexão.

“O golpe de Lanevus não havia sido exposto no início de julho e ele não havia deixado Tingen…” Klein então perguntou: — O Hood Eugen costuma mencionar essa pessoa?

— Não. Você deve entender que um Sequência 7: Psiquiatra nunca revelaria algo por acidente. Cada palavra que eles dizem é cuidadosamente deliberada. Seria impossível aprender seus segredos, a menos que tivessem outros motivos ocultos. Só consegui a fórmula Telepata depois que Hood Eugen enlouqueceu. Ah, certo, você determinou a autenticidade da fórmula?” Daxter escondeu habilmente seus sentimentos de orgulho em relação à poção de seu caminho.

Klein riu e respondeu: — É autêntica. Quando precisar avançar, você pode usá-la para preparar sua poção sem se preocupar. Podemos ajudar se os Alquimistas da Psicologia não puderem fornecer os ingredientes. Além disso, como você tem passado ultimamente?

— Não é tão ruim. Além de estar um pouco preocupado com a condição de Hood Eugen, sinto-me bastante relaxado. Não tenho mais sintomas de personalidade dividida. Você me ajudou muito nesse sentido, — disse Daxter Guderian, cheio de emoção.

Klein tinha uma expressão humilde.

— Está certo.

— Vamos voltar ao assunto em questão. Já que você disse que um Psiquiatra deliberaria sobre cada palavra antes de pronunciá-la e não revelaria facilmente seus segredos, por que Hood Eugen lhe disse que El é Lanevus? Ele estava insinuando alguma coisa ou tentando avisá-lo de alguma coisa?

Daxter congelou por um momento, então franziu as sobrancelhas.

— Isso é muito estranho, pensar que eu não percebi isso… Fora isso, Hood Eugen não mencionou mais nada. O motivo dele seria eu contar aos escalões superiores da associação sobre o nome Lanevus, caso ele encontrasse algum problema?

— A reação da associação também pareceu estranha. Depois que os informei sobre a insanidade de Hood Eugen, eles enviaram um contato. Mas depois que descrevi todos os detalhes, incluindo o nome de Lanevus, não houve mais respostas dos escalões superiores. Era como ser uma pedra lançada no oceano. Isso pode significar que eles descobriram algo?

— Uma dedução razoável. — Klein pegou suas balas de caça-demônio e as enfiou no revólver, depois mirou no alvo.

— Se seguirmos essa dedução, Hood Eugen pode ter previsto há muito tempo que ficaria louco ou morreria… E isso tem uma conexão insustentável com Lanevus? Mas como ele já antecipou, por que não pediu ajuda aos escalões superiores? — Daxter olhou fixamente para a frente. Ele pensou bastante ao dizer: — Infelizmente, ele está louco agora. Não há como se comunicar efetivamente com ele.

— Talvez algum tipo de tentação o tenha feito escolher correr o risco. — Klein deu um palpite.

Ao mesmo tempo, ele sentiu que era lamentável que Hood Eugen tivesse realmente se tornado um doente mental. Isso comprometeu muitas das informações que ele poderia ter obtido de outra forma.

“Fuuu. Até um morto é melhor que um lunático. Posso usar rituais de mediunidade para fazer os mortos falarem, mas o que posso fazer com um lunático? Ah, certo, Madame Daly uma vez tentou usar rituais de mediunidade para invocar minhas memórias perdidas. A teoria por trás dos rituais de mediunidade parece ter sido derivada dos Alquimistas da Psicologia… Isso significa que eu também posso usar os rituais de mediunidade nos vivos e criar um cenário onde eu interajo com seu espírito diretamente usando meu espírito… Eu me pergunto se Hood Eugen ainda seria insano nessas condições.”

“Infelizmente, não estou avançado o suficiente neste campo, então não acho que seria capaz de conseguir… Vou chamar o mensageiro e perguntar a Madame Daly sobre isso primeiro. Vou ver se ela pode me fornecer alguma técnica. Se ela achar que só ela pode fazer isso, então direi ao capitão e farei com que ele envie um telegrama a Backlund para pedir ajuda…”

“Definitivamente, não estou adotando esse curso de ação problemático apenas porque quero aprender a técnica e tentar o ritual para invocar o mensageiro…”

Muitos pensamentos passaram pela mente de Klein antes que gradualmente os reduzisse a uma única linha de pensamento que pudesse resolver o problema.

Daxter Guderian aprovou seu palpite.

— A ganância sempre torna a pessoa tola. Mesmo quando uma pessoa sabe que há apenas o abismo à sua frente, ela ainda tentará caminhar até a borda e dar uma olhada.

“Isso é chamado de testar loucamente os limites do destino…” Klein satirizou.

— Tente o seu melhor para tratar Hood Eugen depois de retornar ao asilo psiquiátrico. Tente mantê-lo sóbrio por um período de tempo e obter algumas pistas dele.

— Além disso, não esconda suas preocupações e ansiedade. Estabeleça mais conexões com os Alquimistas da Psicologia e pressione-os para resolver o problema de Hood Eugen. Essa é a reação mais normal e razoável.

Daxter assentiu sério.

— Vou tentar o meu melhor.

Klein não disse mais nada e, após alguma deliberação, perguntou: — Houve alguma anormalidade com o corpo de Hood Eugen recentemente? Por exemplo, escamas finas crescendo em algumas partes de seu corpo?

Quase insanidade, verdadeira insanidade e perder o controle eram descrições de vários níveis para um Beyonder quando algo estava errado com eles. A menos grave das condições era quando sua atitude mudava como se tivessem se tornado uma nova pessoa, mas ainda fossem capazes de pensamentos e ações racionais. Isso era quase insanidade. A verdadeira insanidade era mais severa porque a pessoa perdia toda a lógica, tornando-se um maníaco e era difícil de se comunicar. Aqueles que não podiam ser salvos eram aqueles cujo corpo e mente se tornaram monstros, completamente sem controle.

Às vezes, se o problema não fosse resolvido prontamente, a insanidade levaria à perda do controle.

Antes disso, para evitar expor o informante dentro dos Alquimistas da Psicologia, Dunn instruiu os Falcões Noturnos a não lidar imediatamente com Hood Eugen. Em vez disso, o vigiaram para garantir que Hood Eugen não perdesse o controle. Mas se houvesse sinais dele perdendo o controle, eles teriam que lidar com ele imediatamente.

Daxter balançou a cabeça e soltou uma risada amarga.

— Não, você pode aliviar sua preocupação. Também estou com muito medo de que Hood Eugen perca o controle, então estou prestando muita atenção aos detalhes. Afinal, estou no manicômio seis vezes por semana.

Depois de trocar mais algumas palavras, eles deixaram o campo de tiro com dez minutos de diferença.

Klein lutou contra seu intenso desejo de dormir e pegou uma carruagem pública de volta à Rua Daffodil.

Ele abriu a porta e viu sua irmã sentada no sofá. Ela não estava lendo nem mexendo em peças de máquinas. Estava apenas olhando fixamente para frente como se tivesse perdido sua alma.

Mordendo suavemente seus molares, Klein ativou sua Visão Espiritual e perguntou, intrigado: — Melissa, aconteceu alguma coisa?

“Ela parece saudável com base nas cores de sua aura, não desnutrida como antes…”

Melissa retraiu o olhar e franziu os lábios, depois olhou para a cozinha que fazia barulho.

— Bela tem recomendado a forma que sua família prepara o café da manhã lá em casa, ela disse que é muito gostoso. Eu concordei em deixá-la experimentar esta manhã.

— Que método é esse? — Klein teve uma sensação sinistra.

— Cozinhar todas as sobras em uma panela, depois adicionar água e pão… — Melissa repetiu suavemente.

“E-esta é a receita padrão para comida de origem desconhecida…” Klein beliscou a testa.

— Então?

— Não devemos desperdiçar comida… — Melissa mordeu os lábios e assentiu.

“Irmã, sinto que você está questionando a vida…” Klein pigarreou e reprimiu a vontade de rir. Ele então perguntou: — Onde está Benson?

— No banheiro. — Melissa se livrou de seu torpor, enquanto seus olhos recuperavam o brilho.

Naquele momento, ele ouviu o som da descarga do banheiro. Benson saiu com um jornal na mão.

— Meu caro Klein, vamos pegar uma porção de café da manhã para você?

— Não, eu já comi. — Klein balançou a cabeça resolutamente, sentindo-se sortudo por ter marcado um encontro com Daxter pela manhã. Caso contrário, não teria feito com que Rozanne comprasse o café da manhã para ele.

— Que lamentável. Caso contrário, você mudaria sua opinião sobre minhas habilidades culinárias. — Benson soltou uma risada auto-depreciativa.

Nesse momento, Melissa notou algo. Ela se virou para olhar para Klein e disse: — Você voltou bem tarde hoje.

“Mana, seja mais inocente e animada. Não se preocupe comigo o tempo todo… O estado em que você estava agora era ótimo!” Klein imediatamente sorriu.

— Tenho boas notícias.

— Você passou no exame do departamento de polícia e pode obter um aumento de salário? Melissa perguntou sem pensar.

Benson também sorriu e acenou com a cabeça.

— … — Klein pegou seu chapéu e parou na beira da sala. Ele disse divertido: — Como vou surpreender vocês assim?

Depois disso, ele acrescentou com uma tosse seca: — Sim, meu salário aumentou várias vezes.

Ele escondeu seu recente aumento de quatro libras adicionais por semana. Ele pretendia economizar um pequeno cofrinho para si mesmo. Afinal, ele não podia contar apenas com o dinheiro da conta anônima. Além disso, mencionar que seu salário havia aumentado várias vezes foi o suficiente para assustar seus irmãos.

— Seis libras? — Melissa exclamou em choque, achando bizarro.

— Eu realmente preciso mudar de emprego. — Benson acariciou a linha do cabelo.1

Com as informações que Klein lhe forneceu, ele se esforçou muito em seus estudos.

Sem esperar que Klein falasse, Melissa disse com uma expressão encantada: — Nesse caso, depois de deduzir nossas despesas normais, você poderá economizar dinheiro suficiente em dois ou três anos para atender aos padrões de um cavalheiro casado. Bem, foi Elizabeth quem me falou sobre os padrões.

— … — Klein ficou perplexo, mas achou engraçado, — Isso é algo a ser considerado no futuro. Não deveríamos comemorar? Assim, anuncio que a partir de hoje nosso alimento básico passará a ser o pão branco. Depois que minha carga de trabalho diminuir, iremos experimentar iguarias de diferentes restaurantes.

Melissa olhou para ele e, como se não tivesse ouvido o que Klein havia dito, ela disse: — Benson e eu vamos assistir à missa na Catedral de Santa Selena, você quer vir?

“Estou louvando a Deusa todos os dias…” Klein riu.

— Preciso recuperar o sono.

Ele dormiu até 12:30 da tarde. Depois de almoçar com Benson e Melissa, continuou sua missão de revistar todas as casas com chaminés vermelhas.

Quando já era tarde da noite, selou seu quarto com espiritualidade e se preparou para tentar o ritual de convocação do Mensageiro do Guia Espiritual Daly.

  1. tropa dos calvo[]
Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥