Selecione o tipo de erro abaixo

Combo do 6º Aniversário da Vulcan – Capítulos → 93/175


“Sr. Porta… Esse estilo de nomenclatura é muito parecido com o meu… Eu me pergunto qual era o verdadeiro nome desse patético sujeito que estava perdido e preso na escuridão profunda em meio às tempestades, e qual é a Sequência dele. Ou melhor, como o imperador Roselle havia adivinhado, ele é um dos deuses ou demônios do mal…” Klein soltou uma risada silenciosa que foi misturada com ridículo e humor autodepreciativo. Ele também estava interessado na história da Quarta Época.

“Conheço a mais famosa ‘Guerra dos Quatro Imperadores’ da Quarta Época, mas os detalhes específicos e as principais figuras envolvidas se limitam às informações divulgadas pelas principais Igrejas. Por exemplo, o ‘Imperador das Trevas’ do Império Solomon.”

“Não foi até hoje que esse chamado Sr. Porta finalmente respondeu às minhas perguntas, deixando-me saber quem são os três imperadores restantes. O meio insano Imperador de Sangue da Dinastia Tudor, o Imperador da Noite do Império Trunsoest e o Imperador do Submundo do Continente Sul, também conhecido como Morte.”

“De acordo com a descrição do Sr. Porta, nesta guerra que mudou a situação do mundo inteiro, o Imperador das Trevas, o Imperador do Sangue e o Imperador da Noite caíram um após o outro. O Imperador do Submundo colheu os maiores benefícios.”

“Dito isso, o Sr. Porta acrescentou com profundo significado que após mais de um século de digestão, a Morte enlouqueceu, mas também se tornou mais forte. Portanto, a Morte se uniu à Demônia Primordial e trouxe um Desastre Pálido para o Continente Norte. Claro, isso não é algo que ele testemunhou pessoalmente, mas sim algo que ele ouve quando se aproxima do mundo real todos os meses.”

“A morte enlouqueceu, mas também se tornou mais forte!”

“Mesmo as divindades podem enlouquecer?”

“Que frase horrível!”

“No entanto, isso também confirma meu palpite. Antes da Quinta Época, essas divindades frequentemente desciam ao mundo real, interferindo diretamente na situação nos continentes norte e sul. Elas podem até aparecer pessoalmente como a Morte.”

“Perguntei ao Sr. Porta se ele havia participado da ‘Guerra dos Quatro Imperadores’. Se sim, que papel ele desempenhou? E qual foi a posição que as sete divindades mantiveram nesta guerra? Que papel desempenharam?”

“Sr. Porta não respondeu à minha pergunta. Ele apenas disse de maneira provocativa que o número de figuras poderosas preeminentes na Quarta Época excede em muito a minha imaginação.”

“Além disso, ele também mencionou duas leis, uma é a Lei da Indestrutibilidade das Características do Beyonder e a outra é a Lei da Conservação das Características do Beyonder de Sequência Semelhante, que é consistente com certas coisas que aprendi com aquela organização mais secreta e antiga, e também de alguns dos fenômenos que observei. Heh, isso pode levar a muitas conclusões interessantes, fazendo com que muitas explicações tomem outras formas, fazendo a mente tremer de horror. Por exemplo, quando há muitos Beyonders de alta sequência no mesmo caminho de sequência, os Beyonders de baixa sequência seriam reduzidos e vice-versa.”

“… As características de Beyonder foram corrigidas na fonte. Não vai aumentar nem diminuir. Isso significa que realmente existe um Deus que criou todas as divindades, um Deus onipotente e onisciente, e tudo se originou Dele?”

Este foi a porção do diário de Roselle mais longo que Klein já tinha visto. Ocupou duas páginas inteiras e pode-se imaginar que originalmente veio em uma página dupla face. Tornou-se apenas duas páginas separadas após repetidas cópias.

“É muita informação…” Klein suspirou silenciosamente.

Como um estudante de história que se formou normalmente, sempre acreditou que o Império Solomon, a Dinastia Tudor e o Império Trunsoest vieram um após o outro em uma linha, com certo grau de restauração antes que um novo resultado político fosse estabelecido. Para sua surpresa, a Guerra dos Quatro Imperadores descrita pelo Sr. Porta de forma clara e inequívoca revelou uma coisa — todos os três impérios existiram ao mesmo tempo!

Se isso fosse verdade, realmente derrubaria a maior parte da pesquisa atual sobre a Quarta Época no campo da história. Klein de repente pensou no Klein original, que estava cheio de interesse pela arqueologia e pela história da Quarta Época.

“Hoje, eu o ajudei a realizar seu desejo… Eu me pergunto se a Morte já havia se tornado uma verdadeira divindade durante a Guerra dos Quatro Imperadores. É difícil determinar de acordo com as descrições do Sr. Porta. Só posso supor primeiro que o Imperador do Submundo, que obteve benefícios da Guerra dos Quatro Imperadores, rompeu seus limites e se tornou uma divindade, mas Ele também enlouqueceu como resultado…”

“Ver uma divindade enlouquecer era verdadeiramente aterrorizante. Só de pensar nos detalhes a gente treme do fundo do coração! Não é de admirar que o conhecedor Imperador Roselle usasse a palavra horripilante para descrever esse assunto…”

“Será que os chamados deuses do mal eram divindades ortodoxas malucas?”

“Isso significaria que só poderia haver deuses malignos deixados neste mundo um dia…”

“Cara, isso significa que o fim dos dias não pode ser interrompido?”

Klein sorriu para esconder a crescente solenidade de suas emoções. Ele sentiu que o futuro que imaginou estava cheio de um tom cinza escuro.

Ao mesmo tempo, levantou sua avaliação do Imperador das Trevas, Imperador do Sangue e Imperador da Noite, acreditando que eles eram as figuras poderosas preeminentes que estavam perto de serem divindades.

“Talvez isso signifique que a Sequência 1 é o pico de existência de um único caminho. De acordo com essa lógica, o Imperador das Trevas viver por séculos ou mais de um milênio não seria inaceitável. Isso explicaria a confusão do Klein original. Ele obteve conclusões contraditórias do conteúdo registrado no caderno da família Antigonus com o ponto de vista de seu próprio mentor. Ele acreditava que o Imperador das Trevas era o nome comum usado por todos os imperadores do Império Solomon… Talvez, o Imperador das Trevas sempre tenha sido o mesmo Imperador das Trevas… Claro, outras possibilidades não podem ser eliminadas. Por exemplo, eles poderiam ter sido substituídos duas ou três vezes, mas o nome da Sequência 1 desse caminho é Imperador das Trevas?”

“Eu me pergunto quem é o Sr. Porta na história da Quarta Época… O Imperador Roselle não entrou em detalhes ao descrever seus experimentos errôneos e coincidências acidentais, tornando impossível para mim até mesmo tentar conversar com aquele Sr. Porta.”

“As Leis da Indestrutibilidade das Características do Beyonder e A Conservação das Características do Beyonder de Sequência Semelhante compartilham a mesma descrição que a usada pelo Capitão. Talvez o termo que ele usou tenha vindo do imperador Roselle.”

“De acordo com as duas leis descritas pelo Sr. Porta, podemos deduzir muitas especulações interessantes. Por exemplo, com tantos artefatos sagrados e Beyonders de Alta Sequência nas Sete Igrejas, não deveria haver muitos Beyonders de Baixa Sequência. Mas isso contradiz a realidade, e a única explicação razoável é um presente adicional das divindades?”

“Por exemplo, é a destruição da Nação da Noite Eterna devido à Conservação de Características, que a mera posse de recursos a coloca em apuros? Ou pode-se dizer que sua existência enfraquece seriamente a potência do caminho Meia Noite e ameaça a posição da Deusa?”

“Por exemplo, teoricamente falando, certos Artefatos Selados também podem ser usados ​​como ingredientes principais para materiais de poções, ou podem até ser considerados equivalentes a poções. Claro, o pré-requisito é remover todos os perigos latentes e loucura.”

“Não é de admirar que os documentos desenterrados chamem a Quarta Época de Época dos Deuses. Acontece que nesta época, há muitos registros de divindades descendentes.”

“Então o que fez com que eles parassem de vir, a ponto de não haver revelações?”

“Se não fosse pelo fato de os Beyonders receberem respostas de magia ritualística, talvez muitos deles duvidassem da existência das divindades…”

Muitas ideias vieram a Klein de repente, quando ele sentiu que havia se aprofundado no reino do misticismo neste mundo de Beyonders.

Ele folheou as quatro páginas seguintes e ficou desapontado ao perceber que não eram mais sobre o Sr. Porta.

Sua habilidade como Palhaço permitiu que ele escondesse bem suas emoções e, juntamente com a obstrução da névoa cinza, até Audrey, que o observava secretamente, não notou nada de errado.

Ele juntou seus pensamentos caóticos e começou a ler a terceira página do diário:

“10 de setembro. Eu aguentei isso por muito tempo, mas ainda não posso deixar de reclamar um pouco.”

“Devo ter tido uma merda de cérebro para escolher o caminho do Erudito, certo?”

“Claro, isso realmente me permitiu desenvolver minha maior vantagem, permitindo que a Igreja atribuísse grande importância a mim. Mas o problema é que as primeiras Sequências não possuem os poderes do Beyonder necessários para o combate. Eu só posso me contentar com itens místicos e confiar demais em itens externos.”

“Por exemplo, a Sequência 9: Erudito só tem habilidades extraordinárias de memória, aprendizado e habilidades práticas. Por exemplo, a Sequência 8: Arqueólogo ganha um físico forte e o conhecimento antigo correspondente, e eles mal conseguem aplicar alguma magia ritualística. Outro exemplo, Sequência 7: Avaliador, cuja habilidade é identificar rapidamente objetos místicos, permitindo-lhes evitar perigos ocultos, no máximo. Sequência 6: Artesão, que pode produzir maravilhas de máquinas, mas não objetos Beyonders muito poderosos. Além disso, o padrão da pessoa em magia ritualística será aprimorado. Não é de admirar que seu nome moderno seja Especialista em Maquinaria.”

“Falando comparativamente, o Sequência 7: Bruxo1 e o Sequência 6: Professor dos Pergaminhos do caminho Espreitador de Mistérios são suficientemente tentadores. Seria ótimo se apenas a Igreja tivesse a Sequência completa e que o Sábio Oculto não existisse.”

“No entanto, finalmente recebi boas notícias. Depois de avançar novamente, ganharei os poderes de combate de Beyonder que posso chamar de meus. Sequência 5: Astromante!”

“Seu nome moderno me assusta um pouco. Na verdade, é chamado de Astrônomo…”

“Vou acabar como um cientista louco todo-poderoso?”

“Os céus tenham piedade de mim. Eu era apenas um aluno de segundo período no vestibular!”

Era preciso dizer que o imperador Roselle tinha um talento estranho para fazer piadas. Mesmo o recentemente desanimado Klein não pôde deixar de torcer a boca, desejando acender uma vela para este último.

“Estudar muito e melhorar a cada dia é realmente um ditado sábio…” Ele satirizou e lembrou a característica única da Igreja do Deus do Vapor e da Maquinaria.

Eles não tinham poderes de Beyonders quando se tratava de combate, mas eram bons em fazer e usar itens.

Depois de virar para a terceira página do diário, Klein continuou lendo.

“2 de junho, o reino criou o caos, repetidamente, instigando guerras sem ser capaz de destruir completamente o Império Feysac, o Reino Loen e o Reino Feynapotter. Como tal, o reino não tem escolha a não ser arcar com enormes dívidas e sua economia está à beira do colapso.”

“Pelas minhas observações, as pessoas, comerciantes e soldados estão muito insatisfeitos. Os tumultos estão apenas faltando uma faísca! Esta é a minha chance.”

“Mas tenho que ter muito cuidado. A família Sauron testemunhou a história da Quarta Época e é uma família antiga com grande possibilidade de ter Beyonders de alta sequência. Preciso do apoio da Igreja, bem como obter um acordo tácito com a Igreja do Eterno Sol Ardente.”

“Não posso aparecer imediatamente. Primeiro, deixarei que os rebeldes destruam a ordem antes de acabar com tudo como protetor. Cônsul Roselle Gustav. Eu gosto desse nome.”

  1. antes eu traduzi como ‘feiticeiro’, mas cometi um erro, é bruxo mesmo, perdão[]
Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥