Selecione o tipo de erro abaixo

Combo do 6º Aniversário da Vulcan – Capítulos → 130/175

Combo comprado → 0/25


No Burgo Imperatriz, a opulenta vila do Conde Hall.

Audrey, com um guardanapo branco cobrindo-a, observou enquanto a criada cortava um pedaço de bacon para ela, colocava dois ovos bem fritos, espalhava geleia de frutas em um pedaço de pão macio e acrescentava molho a alguns cogumelos grelhados.

Em uma verdadeira família nobre, as servas eram divididas em várias categorias. Além de empregadas pessoais, havia empregadas para os diferentes quartos, empregadas de sala de estudo, empregadas de sala de atividades, empregadas de quarto de hóspedes, empregadas de roupas, empregadas de sapato, empregadas de joias, empregadas de jantar, empregadas de lavanderia e empregadas de cozinha. Elas foram estritamente designadas para suas próprias tarefas, com uma tarefa realizada por uma empregada.

Embora isso fosse um grande desperdício de mão de obra, para os nobres, a propriedade era tudo. A menos que houvesse uma grande quantidade de dívidas, nunca reduziriam suas exigências em tais assuntos.

Audrey tomou um gole do chá vermelho acastanhado, deixando o leve aroma de malte em sua boca.

Nesse momento, ela ouviu seu pai, um membro do Parlamento da Câmara dos Lordes, o poderoso banqueiro Conde Hall, resmungando enquanto segurava um jornal nas mãos.

— A Ordem Aurora é realmente louca.

“Ordem Aurora?” Audrey piscou e perguntou curiosamente: — O que eles fizeram?

— Oh, querida, você não quer saber. Eles assassinaram o Embaixador Intis, Bakerland. Isso não lhes faz nenhum bem. — O Conde Hall balançou a cabeça enquanto folheava o jornal.

O irmão mais velho de Audrey, o filho mais velho do conde, Hibbert Hall engoliu os cogumelos grelhados na boca e expressou sua opinião.

— Talvez eles queiram destruir a relação entre o reino e Intis e deixar a guerra se espalhar das colônias para o Continente Norte.

Esta criança de nascimento nobre tinha um rosto bonito e cabelos dourados brilhantes. Ele parecia uma escultura clássica, independente de qual ângulo fosse visto.

— Não, se fosse esse o caso, não deixariam tantas evidências óbvias. Além disso, recentemente, o reino tem muitas novas políticas que serão implementadas e precisarão de algum tempo para estabilizar o meio ambiente, então não vamos começar uma guerra precipitadamente. O que aconteceu ontem à noite já foi noticiado no jornal esta manhã, e os detalhes dos acontecimentos e do assassino são suficientes para explicar o pensamento de Sua Majestade e dos ministros. — O Conde Hall educou seu filho.

Audrey ouviu seu pai e irmão discutirem o assunto em transe antes de perceber o que havia acontecido.

“Bakerland foi assassinado?”

“O Sr. A conseguiu?”

“Ele realmente é da Ordem Aurora?”

“A razão pela qual ele expôs intencionalmente que foi a Ordem Aurora quem fez isso foi para provar que foi ele quem completou a tarefa e que não havia me roubado meu dinheiro?”

“Isso é muito rápido e eficiente. Só paguei a primeira quantia ontem à tarde e estou ouvindo o resultado esta manhã. Um bom resultado!”

Audrey ficou surpresa e encantada. Era uma alegria incontrolável, mas também um medo instintivo.

Definitivamente, era algo para se alegrar, já que a missão confiada pelo adorador do Sr. Louco havia sido cumprida com tanta facilidade. No entanto, o poder e as ações exibidas pelo Sr. A e a Ordem Aurora que o apoiava deixaram Audrey subconscientemente assustada.

“Felizmente, conversei com Glaint ontem e cheguei a um acordo de empréstimo. Como visconde, ele deveria ter obtido o dinheiro com sucesso sem chamar a atenção para si mesmo… Darei ao Sr. A os fundos restantes nos próximos dois dias por meio de Xio e Fors. Não posso me dar ao luxo de mostrar meu rosto… Não irei à reunião do Sr. A nos próximos dois meses. Que bom que já estou em outros círculos…” Audrey deu uma mordida reservada no pão macio coberto com geleia.

Quando o café da manhã chegou ao fim, pequenos bolos de creme, cerejas e morangos foram servidos em seu prato, e ela de repente se sentiu um pouco presunçosa enquanto se acalmava.

“O Sr. Enforcado queria participar da missão, mas talvez só agora tenha completado sua missão inicial… mas já acabou. Faz bem a ele estar no mar ~”  Audrey estava de bom humor e sorria enquanto saboreava a sobremesa.

No Burgo Hillston, Xio e Fors olharam para o jornal à sua frente e não fizeram mais nenhum movimento por um longo tempo.

— … Isso foi feito pelo Sr. A, não foi? — Xio olhou para a amiga com um olhar chocado e perplexo.

Fors girou a pulseira de pedra em seu pulso e balançou a cabeça em transe.

— Talvez.

— Eu sei sobre a Ordem Aurora, mas não sei se o Sr. A é um membro da Ordem Aurora.

— Ele deveria ser. Afinal, só demos a ele 2.000 libras ontem. Duvido que alguém mais também queira assassinar o Embaixador Bakerland… — Xio disse com incerteza.

Fors ficou em silêncio por alguns segundos antes de suspirar de repente e dizer: — Seja o Sr. A ou não, ainda temos que dar a ele as 8.000 libras restantes. No momento, ninguém pode provar que não foi ele. Se quisermos ficar neste círculo, devemos quitar a dívida!

— De qualquer forma, não somos nós que pagamos… E ainda vamos receber 500 libras pelo trabalho! — Com isso Xio ficou feliz.

— O problema é que sempre tive a sensação de que encontrar o Sr. A novamente seria perigoso… — Fors ponderou e disse: — Eu irei sozinha para fazer o último pagamento. Será melhor para nós duas.

— Mas… — Xio estava um pouco preocupada.

— Se você me seguir, isso afetará minha fuga, — Fors balançou a pulseira em seu pulso e disse em tom desdenhoso.

— Tudo bem então, — Xio coçou seu cabelo loiro curto e áspero enquanto respondia impotente.

Enquanto as duas estavam preocupados com isso, uma nova mensagem do Sr. A chegou a elas de um canal de comunicação privado. Ele disse a elas para não procurá-lo, mas para depositar o resto do dinheiro em contas anônimas separadas em bancos diferentes.

Ufa…  Xio e Fors deram um suspiro de alívio em uníssono.

Em um porão tão largo quanto um templo, o Sr. A, vestindo uma túnica preta com capuz, estava ajoelhado na escuridão, murmurando algo com reverência.

Na frente dele havia uma estátua de três metros de um homem pendurado de cabeça para baixo com as pernas acorrentadas.

Este homem pendurado tinha o único olho vertical único de um gigante, e seus braços estavam esticados horizontalmente, formando uma cruz.

Neste momento, um homem com uma túnica preta entrou e humildemente relatou: — Sr. A, já enviei a notícia.

— Muito bem, — disse o Sr. A, sem virar a cabeça.

O homem de manto preto perguntou curiosamente: — Por que você não nos deixa investigar quem encomendou esta missão?

O Sr. A abaixou a cabeça e disse com um tom indiferente: — Não há necessidade.

— Você deve se lembrar que este é um momento crítico.

— Vamos causar caos em todo o continente, tentar o nosso melhor para atrair a atenção dos outros e usá-los para dar as boas-vindas ao retorno de nosso Senhor!

— Hahaha. Coff! Coff! Coff! Coff!…

O Sr. A riu de repente antes de começar a ter um ataque de tosse. Foi tão grave que ele caiu no chão.

— Coff! Coff! Coff! 

Ele tossiu fragmentos cor de sangue que continuaram se contorcendo depois de cair no chão como se estivessem vivos.

O homem de manto preto imediatamente abaixou a cabeça, fingindo não ter visto nada.

Depois de algum tempo, o Sr. A finalmente se acalmou.

Ele se arrastou para a frente, a boca pressionada contra o chão enquanto lambia todos os fragmentos cor de sangue que havia tossido de volta para a boca.

Rua do Novo Ano, nº 126, Burgo Hillston.

O relaxado Klein não seguiu Doragu Gale desta vez. Em vez disso, escolheu sua amante, Erica Taylor. Afinal, o adultério precisava de dois para bater palmas.

A linda loira, com a maquiagem intrincada, chegou cedo ao Clube Quelaag em uma carruagem alugada. Klein, que carregava uma mala contendo uma câmera portátil e todos os tipos de disfarces, a seguiu.

— Existem mais quartos para descansar? — Usando o emblema de Geada do clube no peito, ele perguntou à elegante empregada responsável por receber os convidados hoje.

A empregada de vestido preto e branco sorriu educadamente.

— Sim, por favor, siga o atendente lá em cima.

Klein assentiu ligeiramente. Ele seguiu o atendente de colete vermelho escada acima e chegou ao segundo andar, bem a tempo de ver Erica Taylor entrar em um salão que dava para a rua.

— Você quer ver os transeuntes na rua ou na quadra de tênis lá atrás? — O atendente de colete vermelho perguntou educadamente.

— A rua, — Klein respondeu casualmente de maneira deliberada.

Sob os arranjos do atendente de colete vermelho, o quarto dele e de Erica Taylor era separado por dois quartos, e ele também podia ver a rua do lado de fora do clube.

“Como faço para tirar uma foto depois? Devo encontrar uma chance de entrar e me esconder no quarto, ou sair pela janela e andar pelos canos? Nenhum desses métodos pode esconder aquele flash exagerado, mas o último pode ser disfarçado como uma foto moderna do lado de fora. Isso não traria suspeitas para mim e eu não seria expulso… No entanto, isso será facilmente notado por Doragu e Erica… Usar um feitiço para colocá-los para dormir? Não, não seria convincente o suficiente; tem que ser uma foto deles fazendo a ação…”

“Só há uma chance, e tenho que aproveitá-la bem… Esta não é minha área de especialização, pois não sou nenhum mestre artístico. Se fosse o Velho Neil, ele definitivamente tentaria conjurar uma nova magia ritualística para esconder o flash da câmera. Claro, a Deusa pode não responder ao seu pedido…”

Enquanto Klein considerava seu próximo passo, ele viu a imagem da Srta. Guarda-Costas aparecer em um espelho de prata na sala.

Ela ainda estava usando seu vestido gótico preto real e seu chapéu combinando. Seu cabelo era loiro claro com traços delicados em seu rosto pálido.

— Você tem alguma maneira de esconder o flash da câmera? — Klein perguntou casualmente.

Antes que ele pudesse terminar sua frase, ele viu ondulações na superfície do espelho de prata quando uma palma levemente transparente se estendeu de repente.

A Srta. Guarda-Costas saiu do espelho de prata como um fantasma, caminhou na frente de Klein e disse com um aceno de cabeça: — Sim.

Ela abaixou o corpo e se inclinou, fundindo-se lentamente na lente da câmera!

A boca de Klein se abriu ligeiramente enquanto ele assistia a essa cena horrível, levando um bom tempo para se recuperar do choque. Ele pegou sua câmera portátil e tentou uma foto de teste em sua sala.

O efeito foi além de suas expectativas. O flash foi limitado à proximidade da câmera e a imagem resultante também foi muito boa.

“Talvez agora devesse ser chamada de Câmera Espectral…” Klein satirizou. Ele pegou a câmera, foi até a janela e esperou pacientemente.

Não muito tempo depois, ele viu Doragu Gale chegar de carruagem.

Na outra sala, Erica Taylor viu seu amante e saiu apressadamente da sala para encontrá-lo no primeiro andar.

Klein aproveitou a oportunidade para usar uma carta de tarô para abrir seu quarto, escondendo-se cuidadosamente no armário onde guardavam os lençóis e colchas extras.

A escuridão ao seu redor o lembrou da noite anterior, daquele assustador e aterrorizante Mestre das Marionetes, Rosago.

“A noite passada foi cheia de perigos, mas hoje estou aqui pegando adúlteros em flagrante. A vida com certeza é maravilhosa…” Enquanto Klein ria de si mesmo, ouviu a porta se abrir.

Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥