Selecione o tipo de erro abaixo

Combo → 33/55


“Ele está morto?”

“Will Auceptin está morto?”

“E ele parece estar morto há algum tempo!”

“É verdade ou mentira?”

Klein olhou para o corpo da criança com surpresa e desconfiança enquanto muitos pensamentos borbulhavam em sua mente.

Pelo que ele sabia, Will Auceptin era uma criança especial que poderia estar envolvida com um Sequência 1 do caminho do Monstro, Serpente de Mercúrio, de alguma forma.

No jogo de adivinhação que ele jogava, um casual — Doutor, sua sorte vai piorar — foi o suficiente para fazer Aaron sofrer de má sorte por um longo período de tempo. A garça de papel que ele dobrou permitiu que a Projeção Astral de Aaron fosse localizada no mundo espiritual e fosse instilada com revelações artificiais. Mesmo acima da névoa cinzenta, Klein apenas teve uma ideia de sua localização e não conseguiu chegar a uma conclusão efetiva… “Como uma criança dessas poderia morrer sem motivo? Ele estava morto antes dos sonhos do Dr. Aaron? E a família dele?”

Klein estreitou os olhos e, apesar da intensa náusea, examinou cuidadosamente o corpo altamente podre. Ele notou algumas cartas de tarô rasgadas no solo ao redor.

Sua intuição espiritual lhe disse que o cadáver à sua frente era provavelmente Will Auceptin.

“É realmente chocante e difícil de entender… Eu deveria ir acima da névoa cinza mais tarde e confirmar se é uma morte falsa de Will Auceptin… Espera, o que isso tem a ver comigo? Eu já havia decidido não me envolver mais nesse assunto, caso eu me enredasse com alguma Serpente de Mercúrio. Isso pode ser ainda mais aterrorizante do que o Artefato Selado 0-08…” Klein saiu de seu torpor e disse ao aterrorizado coveiro e ao Dr. Aaron, que estava à beira de um colapso mental.

— Chame a polícia!

— OK! OK! — O coveiro foi pego de surpresa antes de repetir sua resposta.

Com a pá na mão, ele se virou e saiu correndo da mata, numa velocidade tão rápida que parecia estar sendo perseguido por um zumbi.

“Como esperado, ele é apenas uma pessoa comum e não é nada cauteloso. Nesse tipo de situação, ele não deveria ter cuidado com as pessoas ao seu redor que podem ter intenções maliciosas? Ao expor suas costas, seria fácil para você ser atingido por uma pá…” Klein olhou para as costas do coveiro e balançou a cabeça com um suspiro.

Quando ele era um Falcão Noturno em Tingen, leu muitos arquivos de casos e descobriu que muitas das vítimas acabaram se tornando vítimas de seus companheiros.

Pensando nisso, Klein caminhou até o Dr. Aaron, abaixou-se e estendeu a mão.

— Não há nada a temer. Ele já está morto.

— … É a morte que me assusta. — Aaron se acalmou um pouco e, sem aceitar a ajuda de Klein, levantou-se sozinho.

Sua sobrecasaca preta estava coberta de sujeira, e Klein sentiu seu coração doer por causa das roupas por algum motivo desconcertante.

“Eu sou o tipo de pessoa que não suporta ver nada de valor ser danificado…” Ele suspirou interiormente de emoção.

Percebendo que Aaron ainda estava em pânico, Klein riu e disse: — Nesses momentos, rezar para a divindade em que você acredita tem um efeito notável.

— É mesmo? — Aaron estava atordoado. Ele bateu no peito quatro vezes no sentido horário e cantou suavemente: — A Deusa da Meia Noite é mais nobre que as estrelas e mais eterna que a eternidade. Seu crente devoto ora por sua bênção…

Depois de repetir isso várias vezes, ele gradualmente se acalmou, não se sentindo mais tão apavorado quanto antes.

Klein desenhou um Emblema Sagrado triangular em seu peito e silenciosamente sussurrou para si mesmo, — Deus do Vapor e da Maquinaria, seu crente completamente infiel está implorando por suas bênçãos…

Enquanto falava, ele não pôde deixar de rir de si mesmo, suspeitando que poderia ser morto por um raio no local.

“No entanto, raios e trovões pertencem ao Senhor das Tempestades, e não estão no domínio do Deus do Vapor e da Maquinaria…” Klein pensou de forma relaxada.

Após cerca de 20 minutos, os dois se viram sentados em uma sala de interrogatório em uma delegacia de polícia próxima.

Durante o depoimento, Klein informou francamente à polícia que era um investigador particular que não tinha muita certeza do que estava acontecendo. Quanto ao Dr. Aaron, ele descreveu seu sonho em detalhes como o motivo de cavar para encontrar o corpo.

Klein percebeu que a polícia não acreditou nele, mas depois que eles saíram por um tempo, imediatamente mudaram de atitude, dizendo que não havia nada de suspeito sobre o Dr. Aaron e o detetive Moriarty. Tudo o que eles precisavam fazer era assinar suas declarações e ir embora.

Aaron ficou surpreso, mas Klein não ficou surpreso. Era óbvio que os Falcões Noturnos estavam envolvidos.

A vantagem de ter o médico indo para a Catedral Miríade de Estrelas com antecedência foi demonstrada.

Antes de deixar a delegacia, Klein não se surpreendeu ao ver uma figura familiar. Foi o Falcão Noturno que entrou em seu sonho antes.

O homem de plantão, que provavelmente era um capitão, ainda usava um blusão cinza e era obviamente mais resistente ao frio do que Klein. Seus olhos azuis passaram pelo rosto de Klein sem nenhum sinal de anormalidade, fingindo ser um inspetor sênior comum.

Klein, que também fingia ser um detetive particular comum, cutucou os óculos, colocou meia cartola e deixou a delegacia com o Dr. Aaron em uma carruagem.

Depois de instruir o motorista da carruagem a ir primeiro para a Rua Minsk, Aaron se virou para Klein e disse: — Sherlock, você acha que isso será o fim?

— Se esse corpo realmente pertence a Will Auceptin, então você não deve mais se preocupar. — Klein fez uma pausa e continuou: — Aaron, você encontrou mais alguma coisa estranha durante esse período? Independente do que seja.

Aaron pensou sobre isso e balançou a cabeça.

— Não.

— Vale a pena comemorar! — Klein suspirou e disse com um sorriso.

Para ele, essa era a melhor maneira de acabar com o caso de Will Auceptin. Embora a garça de papel que Klein havia dobrado acima da névoa cinza não revelasse nada, e não haveria problemas com nenhuma adivinhação depois, ele ainda estava um pouco preocupado que algum Falcão Noturno de repente pensasse em algo e o usasse para encontrar algumas pistas. E agora, com a morte de Will Auceptin, o caso pode em breve chegar a um beco sem saída, arquivado e temporariamente declarado como encerrado. Ninguém prestaria mais atenção a isso sem novos desenvolvimentos.

Aaron relaxou e perguntou desconfiado: — Francamente, não acho que minha declaração foi muito convincente. Por que os policiais decidiram acreditar no final?

— Eu também não sei, — Klein fingiu perplexidade e disse: — Achei que teria de pedir ao meu advogado que me levasse para casa de novo. Não, pagar a fiança.

Aaron sorriu e disse: — Sherlock, você parece ter muita experiência em ser enviado para a delegacia?

Klein riu e respondeu com voz profunda: — É o destino de todo detetive particular.

No momento em que Klein e Aaron estavam sendo levados para a delegacia perto do Cemitério Grimm, Fors Wall usava um vestido longo preto e um gorro preto com uma malha fina pendurada. Ela entrou no cemitério silencioso e encontrou o túmulo da Sra. Aulisa.

Ela e Xio tinham ido ao Burgo Imperatriz uma hora atrás para visitar o Visconde Glaint, e conseguiram um acordo verbal para um empréstimo de 400 libras sem juros.

O único pedido do Visconde Glaint era que os dois Beyonders o acompanhassem à reunião que o Sr. A convocaria esta noite para garantir sua segurança. Ele estava ansioso para obter o cristal de veneno de uma água-viva real para que pudesse completar a poção Boticário.

Audrey havia encontrado o chifre de um Unicórnio Voador adulto no tesouro da família e havia retirado um em nome de fazer um experimento biológico, compensando efetivamente parte de sua dívida.

Ela também apresentou uma condição adicional para o Visconde Glaint obter a ajuda dos filhos do Duque Negan para confirmar se no tesouro da família tinham um Caçador de Mil Faces e se ainda havia pontos de luz piscando dentro.

Quando o empréstimo foi liquidado, Fors não teve pressa em rezar ao Sr. Louco para fechar o negócio o mais rápido possível, porque isso faria Xio suspeitar intuitivamente se as coisas se desenvolvessem muito rapidamente.

Aproveitando o tempo livre, ela trocou de roupa e alugou uma carruagem para chegar ao Cemitério Grimm, que ficava nos arredores do Burgo Oeste.

Conhecendo a Lei da Conservação e Indestrutibilidade das Características de Beyonder, Fors percebeu que o principal ingrediente que a transformou em uma Aprendiz foi a característica Beyonder deixada pela Sra. Aulisa. De certa forma, ela havia herdado seus poderes.

Por isso, não pôde deixar de fazer uma visita e colocar um buquê de flores em frente ao túmulo de Dona Aulisa e agradecê-la.

Era o início do inverno e a maioria das flores havia murchado há muito tempo, mas Fors ainda comprou um punhado de flores simples.

Essas flores foram cultivadas em uma estufa e eram muito caras.

“Obrigado, Imperador Roselle, por sua invenção…” Fors disse interiormente da maneira mais sincera.

Pelo que ela sabia, a maioria das flores que os nobres usavam em seus banquetes de inverno vinham de estufas, enquanto uma pequena porção era trazida diretamente do sul por aeronaves. Isso era mais do que o trabalhador comum de classe média poderia suportar.

Parado em frente à lápide negra, Fors deu uma olhada profunda na fotografia da Sra. Aulisa antes de se abaixar para colocar as flores e sussurrou: — Obrigada.

Ela imediatamente se endireitou, fechou os olhos e silenciosamente relembrou o passado.

Neste momento, ela ouviu uma voz ligeiramente envelhecida.

— Você realmente é uma menina boa e de bom coração.

Fors abriu os olhos e virou a cabeça, percebendo que o Sr. Lawrence, da família Abraham, também havia aparecido ali em algum momento. Ele também estava segurando um buquê de flores simples, mas elegantes na mão.

— Não, isso não é bondade, nem é gentileza. A Sra. Aulisa uma vez deu a mim, uma pessoa que havia perdido a mãe, um período inesquecível de carinho, — disse Fors com sinceridade.

Seus olhos ficaram subitamente úmidos.

Lawrence, que só tinha rugas nos cantos dos olhos, largou as flores e suspirou.

— Isso mostra que você valoriza os relacionamentos.

Depois de conversar um pouco, quando Fors estava para sair, Lawrence, que estava acenando para ela, de repente começou a tossir violentamente.

Coff! Coff! Coff! 

Ele tossiu até que suas pernas se dobraram e caíram no chão. Parecia que ele morreria a qualquer momento por asfixia.

Como médica formada em uma escola credenciada, Fors não hesitou em se virar, agachar-se e começar a prestar os primeiros socorros.

Depois de um tempo, a condição de Lawrence finalmente se estabilizou. Ele limpou a saliva do canto da boca e sorriu para Fors.

— Senhorita, você pode me levar de volta ao hotel?

— Sem problemas. — Fors o ajudou a se levantar.

Lawrence olhou para frente, seus olhos um pouco fora de foco. Ele tossiu levemente e disse com uma risada triste e auto-depreciativa: — Minha vida pode estar chegando ao fim…

Picture of Olá, eu sou Vento_Leste!

Olá, eu sou Vento_Leste!

Comentem e avaliem o capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥