Selecione o tipo de erro abaixo

Como um Vidente que acabara de passar pelos portões do misticismo, Klein não ousava afirmar que sabia muito. No entanto, ele tinha certeza de que sabia mais do que as pessoas comuns. Estava ciente de que os vários tipos de artes de adivinhação poderiam ser divididos em três categorias com base em padrões específicos.

E esse padrão era baseado na fonte da revelação!

A primeira categoria de adivinhação incluía tarô, pôquer, pêndulos, bastões de radiestesia e sonhos. Ao usar a própria espiritualidade do indagador e sua comunicação com o mundo espiritual para obter uma revelação, ela poderia ser interpretada como uma resposta. No entanto, pêndulos espirituais e bastões de radiestesia tinham requisitos muito altos de espiritualidade, de corpo espiritual e de projeção astral. Os Não-Beyonders eram incapazes de obter revelações precisas ou claras. A adivinhação com cartas fornecia um simbolismo fixo, apresentando até mesmo a revelação fraca de uma pessoa comum. Os sonhos estavam em algum lugar entre as outras formas.

A segunda categoria incluía a Numerologia Espiritual e a astromancia, bem como suas formas derivadas. O adivinho usava os detalhes pessoais do indagador ou mudanças na natureza antes de utilizar cálculos, inferências e interpretações para responder às suas perguntas. Com este método, a iniciativa não era do indagador, mas do adivinho.1

A terceira categoria usava um terceiro externo, separado do indagador e do adivinho. Os tabuleiros Ouija com os quais Klein estava familiarizado em sua vida anterior pertenciam a essa categoria. Consistia no uso de rituais para pedir uma resposta direta do desconhecido ou do sobrenatural. Embora houvesse uma grande chance de pessoas comuns não terem sucesso, houve casos em que conseguiram se comunicar com espíritos ou entidades maliciosas que as levaram à loucura. Esses métodos de adivinhação geralmente levavam a tragédias.

A adivinhação do espelho mágico que Hanass Vincent mencionou pertencia à terceira categoria. No misticismo, os espelhos estavam ligados ao desconhecido e ao mistério, como se fossem as portas do mundo espiritual. Assim, Klein parou do lado de fora da sala de reunião, pretendendo saber como o famoso adivinho explicaria a adivinhação. Klein queria saber se precisava informar o Capitão ou não, incomodando-o à noite.

Claro, havia uma maneira segura de fazer a adivinhação do espelho mágico; pode-se pedir respostas às sete divindades ortodoxas. Mesmo que fosse muito difícil para uma pessoa comum receber qualquer revelação real, ela não correria nenhum perigo ou sofreria qualquer efeito posterior.

As adivinhações do espelho mágico que eram estritamente controladas pelos Falcões Noturnos e Punidores Mandatários eram aquelas que pediam ajuda a deuses malignos ou existências misteriosas. Além disso, o adivinho não poderia fabricar coisas de forma aleatória. Algumas frases ou qualidades tinham o potencial de atrair a atenção de entidades desconhecidas.

No mundo onde havia poderes Beyonders, tais adivinhações geralmente levam à tragédia. Klein até suspeitou que os Klein, Welch e Naya originais tinham feito tal adivinhação proibida seguindo as instruções do diário da família Antigonus.

Nesse momento, Hanass também explicou o princípio por trás da adivinhação do espelho mágico e descreveu o processo real.

— Primeiro, você escolhe um horário e uma data adequados de acordo com a divindade em que acredita. Você pode decidir isso usando o Manual de Astromancia. Por exemplo, todos nós sabemos que os domingos simbolizam a Deusa da Noite Eterna, pois o domingo é a personificação do descanso. 2 a 3 da madrugada, 9 a 10 da manhã, 4 a 5 da tarde e 11 à meia-noite estão todos relacionados à lua; assim, eles são controlados pela Deusa da Noite Eterna. Assim, os adivinhos que rezam para a Deusa da Noite Eterna podem usar a adivinhação do espelho mágico durante esses horários em um domingo.

“Uma boa base…” Klein assentiu de leve enquanto usava a porta entreaberta da sala de reunião para se esconder.

Deve-se dizer que, com as sete igrejas principais se controlando, algum conhecimento de misticismo de fato vazou. Por exemplo, muitos dos significados por trás do simbolismo podem ser encontrados no Manual de Astromancia. No entanto, sem as poções ou poderes Beyonders, as pessoas comuns não conseguiam obter os efeitos desejados.

— Segundo, devemos examinar o espelho com cuidado. Deve ser um espelho revestido de prata. Você coloca o espelho na posição que representa a lua… — Hanass demonstrou com o suporte na mão.

“Não, o que ele precisa agora é de radiestesia espiritual. Primeiro, escolha uma posição e recite mentalmente a frase Este lugar é adequado para adivinhação com espelho mágico sete vezes, depois veja em que direção o pêndulo gira. Sentido horário para verdadeiro, anti-horário para falso… Claro, se você está pedindo respostas de uma entidade sobrenatural maliciosa, a posição não importa. Em vez disso, dependeria se a entidade está interessada em responder às suas perguntas…” Klein corrigiu-o em silêncio.

Nesse ponto, ele se sentia como um professor ouvindo uma aula…

Hanass Vincent não conseguia ouvir as reflexões mentais de Klein enquanto descrevia os preparativos em detalhes em um tom normal.

Quando os membros terminaram de fazer anotações, ele continuou explicando: 

— Após um banho, confirme se você fechou todas as cortinas e trancou as portas. Depois disso, acenda uma vela e coloque-a na frente do espelho antes de orar com sinceridade à divindade em que você acredita. Tente manter suas perguntas simples, pois não há necessidade de enfeites fantasiosos… Depois de orar sete vezes, pegue seu espelho e jogue-o no chão. Certifique-se de ser gentil… Lembre-se de como isso se quebra, pois é uma revelação dos deuses… Vou lhe contar os principais simbolismos em um segundo.

“Ufa, é a adivinhação de espelho mágico ortodoxa.” Klein soltou um suspiro de alívio ao entrar na sala de reuniões e sentar-se na cadeira anterior. Ele terminou o resto do café Southville em um só gole.

A chamada adivinhação ortodoxa significava que era possível obter revelações, mas era impossível interpretá-las de verdade.

E para os Beyonders que atingiram esta etapa, eles poderiam olhar direto no espelho para obter informações claras se recebessem uma resposta!

Como havia muitos simbolismos potenciais após a quebra, Hanass ensinou por um longo tempo. Ele não terminou mesmo quando Edward Steve voltou para a sala depois de terminar sua leitura da sorte.

Klein não perguntou o que Edward fazia para adivinhar o futuro ou que método ele usava, uma vez que era uma regra tácita entre os adivinhos. Enquanto atuava como um Vidente, naturalmente tinha que obedecer às regras, a menos que a outra parte o mencionasse.

— Descobri que muitas vezes nossa interpretação é muito vaga, como se atendesse a diferentes solicitações, permitindo que pessoas diferentes encontrassem uma descrição de si mesmas a partir da interpretação — Edward bebeu um gole de chá preto Sibe e disse com um suspiro suave. — Por exemplo, aqueles que encontram adversidades e calamidades acabarão por ver a luz da esperança. Heh heh, mas ninguém sabe quando a luz da esperança virá. Por exemplo, uma viagem pode não ser muito tranquila, mas você com certeza chegará vivo. Hehe, os mortos não vão me retrucar.

Como ele não ouviu desde o início, ignorou a aula de adivinhação do espelho mágico de Hanass.

— Viés de sobrevivência — acrescentou Klein com um sorriso.

O viés de sobrevivência no geral significava que muitas estatísticas incluiriam apenas aqueles que estavam vivos e com sorte. Os dados ignorariam os mortos; portanto, os resultados seriam claramente enviesados.

— Certo. O imperador Roselle era mesmo um filósofo — Edward maravilhou-se.

… Sem palavras, Klein ergueu o copo vazio e fingiu tomar um gole.

Os membros estiveram totalmente imersos no estudo dos horóscopos e na adivinhação do espelho mágico durante toda a tarde. Às vezes, também discutiam com Klein e Edward.

E quando isso acontecia, Klein fazia o possível para cumprir seu dever como membro informal dos Falcões Noturnos. Ele se esforçava para desviar o assunto de qualquer coisa relacionada a Beyonders ou ideias perigosas.

No entanto, ele falhou na coisa que mais queria fazer. Alguns indagadores vieram, mas nenhum deles o escolheu para fazer a leitura da sorte.

“Talvez eu tenha que ser mais proativo em entretê-los. Devo usar algumas frases como: você está atormentado pela má sorte, você teve azar recentemente ou nada do que você fizer acontecerá sem problemas? Não, isso não é nada como um Vidente…” Com isso em mente, Klein não pôde deixar de balançar a cabeça em autodepreciação.

Ele pegou sua bengala, levantou-se e saiu depois de se despedir de todos.

Às cinco e meia, Edward Steve vestiu o casaco e se preparava para sair do Clube de Adivinhação quando de repente viu uma figura familiar.

— Boa tarde, Glacis. Faz tempo que não nos vemos — Ela cumprimentou com um sorriso. Ele viu seu amigo com interesses semelhantes usando um terno de formato usual com uma gravata borboleta preta. Na frente de seu peito pendia um monóculo.

Logo depois, ele notou que seu amigo não parecia bem. Até mesmo seu cabelo loiro macio parecia seco.

— Boa tarde, Edward… Cof — Glacis, com o chapéu na mão, de repente usou o punho para cobrir a boca enquanto tossia algumas vezes.

— Você está doente? — Edward perguntou preocupado.

— Sim, estou com uma doença muito grave. Até virou pneumonia. Se não fosse por minha esposa que conheceu um boticário impressionante e me deu um remédio mágico, você provavelmente teria que ir me visitar no cemitério — O tom de Glacis estava cheio de medo e alegria persistentes.

— Senhor, eu não posso acreditar. Você era tão saudável antes. Olhe para você, você parece tão frágil agora! Lembro que quando fiz a adivinhação em você, não havia sinais que indicassem que você pegaria uma doença grave — Edward acenou com a bengala e disse com um suspiro surpreso.

— Minha própria adivinhação teve o mesmo resultado que a sua. Talvez não sejamos adivinhos qualificados. Além disso… — Glacis de repente relembrou os acontecimentos na segunda-feira quando sua expressão ficou anormalmente séria.

Naquele momento, a bela dama, Angélica, aproximou-se e curvou-se com um sorriso agradável.

Depois de trocar cumprimentos, ela primeiro mostrou preocupação com a saúde de Glacis e deu algumas sugestões. Então, mencionou de passagem: 

— Sr. Glacis, o Sr. Moretti, que solicitou seus serviços de adivinhação antes, também se juntou ao nosso clube.

— Aquele que me fez ler sua sorte? — Os olhos de Glacis se iluminaram de imediato. — Deus, onde ele está?

— Ele acabou de sair — Angélica e Edward não conseguiram compreender a reação anormal de Glacis.

Glacis deu dois passos agitados e disse: 

— Da próxima vez que ele vier, por favor, perguntem quando ele virá se eu não estiver por perto!

— Glacis, o que aconteceu? Aquele Sr. Klein Moretti fez alguma coisa com você? — Edward perguntou em perplexidade.

Glacis ergueu o braço e olhou direto para os rostos inquisitivos de Edward e Angélica. Ele disse entusiasmado: 

— Ele é um médico muito, muito, muito mágico!

  1. Do que eu entendi, indagador é a pessoa alvo da adivinhação e adivinho é quem faz a adivinhação.
Olá, eu sou o 444.EXE!

Olá, eu sou o 444.EXE!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥