Selecione o tipo de erro abaixo


Combo 19/50


Depois de chegar ao convés, entrar na cabine e chegar ao seu quarto, Klein estava prestes a dizer algo quando Anderson Hood falou antes que ele pudesse fazê-lo.

— Isso não está certo… Se eu fosse o passageiro a bordo deste navio, definitivamente ficaria com muito medo e nervoso ao ver um aventureiro que acabou de ofender o Rei da Imortalidade. Eu pediria ao capitão ou ao primeiro imediato para convencê-lo a mudar para outro navio, ou eu mesmo trocaria de navio. Para minha surpresa, todos eles são especialmente calmos.

“Esse cara é muito esperto. Ele é capaz de perceber os mínimos detalhes… Este é um verdadeiro Conspiracionista? Muitas vezes agindo despreocupado, falando alto e sendo otimista, mas na verdade, silenciosamente compreendeu a situação e fez seus preparativos…” Quando Klein abriu a porta com sua chave, começou a considerar se o navio tinha algum problema real.

Naquele momento, Anderson levantou a mão para dar um tapa nas bochechas antes de rir secamente.

— Entendo!

— Aconteceu recentemente. O assunto só se espalha entre vários aventureiros e piratas. Turistas e marinheiros típicos nem saberiam disso. Além disso, as pessoas que sabem como você é são definitivamente pessoas com boas informações, não pessoas comuns.

“Nossa, ele sabe responder as próprias perguntas… Você sabia que tempo é vida?” Klein satirizou e entrou no quarto da primeira classe.

Não que quisesse desfrutar de conforto, mas precisava cuidar de Anderson Hood. Ele não queria que esse caçador mais azarado trouxesse o desastre para o transatlântico, então fez que ele reservasse um quarto de primeira classe para eles.

Com uma mala na mão, ele foi direto para o quarto principal. Klein apontou para o quarto de hóspedes e para o quarto dos empregados e disse a Anderson: — Escolha um para você.

Anderson ficou surpreso ao ficar boquiaberto.

— Você está muito acostumado com isso…

“Claro, tenho uma vasta experiência em interagir com caçadores. Se Danitz estivesse aqui, eu o designaria para o quarto dos empregados…” Klein não respondeu quando entrou no quarto principal.

Uma e meia. A máquina a vapor apitou quando o transatlântico partiu na hora certa.

Depois de pendurar o casaco, Klein saiu do quarto principal vestindo calça, camisa e colete. Ele olhou pela janela para o horizonte.

Graças ao vento, as ondas verdes diminuíram à medida que se espalhavam ao longo do contorno da Ilha Toscarter, centímetro por centímetro.

— Essa não é a maneira de ver a situação completa. — Anderson se aproximou e sorriu. — Você só pode garantir que não haja problemas em um dos flancos, e que o Anunciador da Morte possa aparecer no outro flanco ou na frente. A melhor opção é subir até o Cesto da Gávea1. Haha, definitivamente há um membro da tripulação lá, mas um caçador ou pirata experiente tem centenas de meios para enganar seus sentidos!

Klein se virou e olhou para Anderson com uma expressão estóica.

— Bem dito.

— Vou deixar isso para você.

— Ah? — Anderson ficou surpreso.

Ele recuperou o juízo e perguntou surpreso: — Você não tem outros meios para observar?

Sem quaisquer outros meios para observar, como ele iria preparar uma armadilha para o Rei da Imortalidade?

— Não. — Klein acenou com a cabeça com uma franqueza anormal. — Eu só posso confiar em você.

“… Quem lhe deu coragem para sair sob o escrutínio do Rei da Imortalidade?” Anderson ficou momentaneamente sem palavras.

Enquanto murmurava para si mesmo: “Não me impeça. Estou abandonando o navio.” Ele saiu do quarto e se dirigiu para o fundo do Cesto da Gávea.

“Em teoria, o Rei da Imortalidade Agalito, ou o Anunciador da Morte, deveria ter percebido há muito tempo minhas más intenções e percebido o perigo que decorre de mim. Então, eles atacarão? Eles acreditarão que estou no nível que me mostro e que não tenho nenhuma ajuda, ou suspeitarão que alguma potência que pode interferir em sua premonição de perigo fez alguma coisa?” Klein retraiu o olhar da porta e olhou mais uma vez para o mar lá fora.

Depois de um tempo, de repente sentiu algo quando ativou rapidamente sua Visão Espiritual e virou a cabeça para olhar para o lado.

O alto esqueleto mensageiro escavou-se do chão, as chamas negras nas órbitas oculares saltando ligeiramente.

Ele revelava apenas a parte superior do corpo, então não era muito mais alto que Klein. Ele olhou para ele na altura dos olhos e entregou-lhe uma carta na mão.

“O Sr. Azik respondeu bem rápido desta vez…” Klein assentiu educadamente e recebeu o pedaço de papel cuidadosamente dobrado.

Depois que o mensageiro esqueleto desabou e desapareceu, ele desdobrou a carta contra a luz do sol que entrava pela janela.

“… Estou muito feliz em saber do seu avanço. Suas viagens foram mais interessantes do que eu imaginava.”

“Essas águas são realmente muito perigosas. Lembro-me vagamente que pode ter a ver com a origem do Cataclismo. Quanto ao motivo pelo qual existe uma aura remanescente da antiga Morte ali, não tenho muita certeza.”

“Vou manter seu aviso em mente. Antes de recuperar completamente minhas memórias, não entrarei nessas águas. Os delírios do Verdadeiro Criador não são agradáveis ​​aos ouvidos.”

“Estou um pouco interessado no anel usado pelo Almirante Infernal. No entanto, recentemente estive envolvido em alguns assuntos anteriores. Talvez eu precise de algum tempo antes de visitá-lo…”

Ao ver isso, Klein não pôde deixar de sorrir.

“Depois de responder ao Sr. Azik, direi a ele que tenho os meios para descobrir a localização do Almirante Infernal Ludwell. Preciso fazer com que ele me leve junto quando fizer uma visita. Ah, não, eu não adivinhei a localização da Abotoadura Murloc recentemente. Não tenho certeza se Ludwell descobriu ou jogou fora… Sim, vou adivinhar acima da névoa cinza depois de confirmar que o Anunciador da Morte não está me perseguindo…”

Desviando o olhar, Klein continuou lendo.

“As antigas crônicas que recebi de Katarina mencionam assuntos relacionados à Morte Artificial. Simplificando, a antiga família real do Império Balam, atuais escalões superiores do Episcopado Numinoso, inspirou-se na repentina vinda à vida e na transformação antropomórfica do Sábio Oculto. Eles desejam deixar que a Morte, que atualmente é apenas um conceito, experimente algo semelhante.”

“Existe a possibilidade de isso ser cumprido. Devido à indestrutibilidade das características do Beyonder, o perecimento da Morte não significa que as características e autoridade do Beyonder correspondentes tenham sido completamente perdidas.”

“De acordo com as crônicas, a pesquisa correspondente não alcançou um avanço, mas isso foi há séculos atrás…”

“A Sequência 4 correspondente ao Vidente é o Feiticeiro Bizarro. As potências da família Antigonus e Zaratul me deixaram com uma impressão profunda. Mesmo já tendo esquecido os detalhes, minhas lembranças ainda são capazes de me trazer alguns sentimentos de medo.”

“Quanto a onde conseguir a fórmula e os ingredientes, não tenho certeza. Talvez você possa considerar mudar para outros caminhos. Já me lembrei de assuntos relacionados a isso. Você pode escolher a Sequência 4: Feiticeiro Secreto do caminho do Aprendiz ou a Sequência 4: Parasita do caminho do Saqueador. No entanto, lembro-me vagamente que estes três caminhos só permitem a mudança na Sequência 3…”

“Na verdade… Só sobrou Arrodes…” Klein produziu um sorriso forçado.

Após ler a resposta, ele pegou papel e caneta e anotou partes do conteúdo que já havia pensado, além de perguntar sobre a definição exata de criatura mítica.

Depois de largar a caneta e o papel, não teve pressa em chamar o mensageiro. Ele planejou esperar que o Anunciador da Morte aparecesse antes de adicionar o pedido de ajuda à carta e enviá-la pelo correio. Dessa forma, poderia resistir por algum tempo com o Cetro do Deus do Mar, e poderia até fazer com que o Sr. Azik atravessasse o mundo espiritual para resgatá-lo. Quando chegasse a hora, os dois poderiam unir forças e ter a chance de reivindicar o Anunciador da Morte como recompensa.

Quanto ao motivo pelo qual não escreveu isso antes do tempo, foi porque um diabo poderia não voltar devido à sua premonição de perigo. É claro que Klein não tinha ideia se eles podiam sentir o conteúdo exato de suas atuais más intenções.

Depois de esperar pacientemente por algumas horas, Klein ouviu a porta se abrir. Quando olhou para trás, viu Anderson acariciando a lateral de seu rosto. Ele entrou com emoções confusas.

— O Anunciador da Morte não apareceu. Saímos completamente das águas ao redor da Ilha Toscarter…

“O Rei da Imortalidade na verdade não buscou vingança… Esse sujeito é mais impressionante do que eu imaginava!” Anderson suspirou interiormente.

Klein assentiu com pesar, caminhou até o cabide e pegou o casaco e o chapéu, preparando-se para ir ao refeitório.

Em uma câmara secreta, uma pequena equipe da Luvas Vermelhas discutia um caso em que estavam envolvidos.

O Assegurador da Alma Soest segurou um giz e apontou para um quadro negro.

— O caso do assassinato do Diabo desta vez tem algumas semelhanças com o assassinato do Duque Negan em Backlund.

— Primeiro apareceu uma pele humana com cheiro e aura próprios. Isso é algo que não apareceu em muitos casos relacionados a Diabos no passado.

— Em segundo lugar, há mais de um Diabo. Eles se revezam no uso da pele humana para realizar suas atividades normais e esconder os atos malignos de seu parceiro.

— Finalmente, eles são suspeitos de pertencerem à família Beria…

Naquele momento, Leonard, que parecia estar ouvindo atentamente no canto, não pôde deixar de se lembrar de algo quando seu capitão mencionou Backlund.

Tendo testemunhado a destruição completa das ruínas subterrâneas, ele queria encontrar tempo para investigar o misterioso detetive Sherlock Moriarty. Ele havia planejado começar pelo ex-proprietário de Sherlock Moriarty, mas sua equipe assumiu um caso de emergência e começou a investigar uma nova série de assassinatos em série. Ele não teve escolha senão deixar Backlund.

— Leonard, qual é a sua opinião sobre isso? — Depois que Soest terminou sua explicação, nomeou Leonard Mitchell para continuar.

Leonard virou a cabeça para o lado atordoado e olhou para o conteúdo no quadro-negro. Ele rapidamente organizou suas palavras e disse: — Acredito que não seja apenas uma forma de ocultação, mas também uma exigência de um ritual específico. Capitão Soest, como você sabe, os diabos têm muitos tipos de rituais blasfemos e malignos.

— Dedução razoável. — Soest então gesticulou para que outro membro da equipe falasse sua opinião.

“Ufa, felizmente o Velho recentemente tem me atualizado sobre os estudos sobre Diabos…” Leonard deu um suspiro de alívio e começou a ouvir atentamente a discussão de sua equipe.

Depois de uma viagem de dois dias, o transatlântico chegou em segurança à Ilha Oravi.

Depois de se hospedar em um hotel, Klein disse a Anderson Hood: — Espere por mim aqui. Esse semideus não gosta de visitas repentinas de estranhos.

Ele não queria expor a pessoa de contato da Escola de Pensamento da Vida.

— Espero viver para vê-lo. — Anderson sorriu amargamente enquanto desejava boa sorte.

Os cantos da boca de Klein se contraíram e ele desistiu de dizer mais alguma coisa. Andou de carruagem e foi direto para a Catedral do Santo Draco, na Igreja das Tempestades.

Em pouco tempo, chegou mais uma vez à pequena sala da magnífica torre do sino onde viu o alto, extremamente assimétrico e feio, Carnot.

Depois de ouvir as intenções de Gehrman Sparrow, Carnot assentiu.

— Vou levá-lo ao Sr. Ricciardo. Ele já se recuperou e não está mais onde estava originalmente.

— Tudo bem. — Assim que Klein deu uma resposta, de repente lembrou que Carnot era um produto do refinamento do corpo humano da Igreja da Mãe Terra. Ele então fez uma pergunta: — Você conhece Frank Lee?

  1. Na gávea por ser o ponto mais elevado na embarcação, é que se construía o cesto de observação – Cesto da gávea – para monitoramento nos navios onde os vigias perscrutavam o horizonte em busca de sinais de terra.
Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥