Selecione o tipo de erro abaixo

Pessoal, compraram mais um combo de 50 caps, entao vamos lá de novo…


Combo 01/50


Depois de observar silenciosamente por alguns segundos, Klein avançou e desceu com cuidado.

A luz circundante diminuiu gradualmente com um brilho cinza e nebuloso que envolveu o mundo extremamente silencioso. No momento em que Klein desceu as escadas, sentiu-se cada vez mais como se estivesse trancado dentro de um quarto escuro e silencioso. Lentamente, seus ouvidos podiam ouvir o sangue espirrando e o coração batendo.

Este último acelerou ao ser invadido por pânico e horror que ele mal conseguia controlar. Klein concentrou sua mente enquanto imaginava as pilhas de luz esférica para estabilizar suas emoções e se recuperar.

Ao seu lado, um penhasco branco-acinzentado erguia-se friamente, uma representação do domínio da consciência de Groselle. Estava silencioso como se estivesse morto, mas o cinza circundante ocasionalmente brilhava.

Klein focou o olhar e viu que em um dos pontos de luz havia um gigante que despedaçou um humano antes de enfiá-lo na boca, assim como viu Groselle entrar em pânico. Naquela época, este último tinha menos de três metros de altura e claramente ainda era um adolescente.

O ponto de luz passou, aparecendo no crepúsculo congelado que se espalhava pelo pico da montanha. O tempo aqui parecia ficar prejudicado.

Klein estava prestes a procurar qualquer informação valiosa no subconsciente de Groselle quando de repente ouviu sons semelhantes aos ofegantes de uma fera.

Com um assovio, uma enorme palma apareceu da névoa circundante. Sua pele era azul-acinzentada e estava coberta de sinais de podridão. Nela havia um líquido verde-amarelado óbvio que rapidamente agarrou o tornozelo de Klein.

Em meio ao som ofegante, palmas semelhantes se ergueram uma após a outra da escada abaixo, como se estivessem tentando puxar à força o Corpo Espiritual de Klein para a zona mais escura e insondável do mundo mental.

Instantaneamente, essas palmas apodrecidas formaram um cavalo denso enquanto continuavam lutando para cima e soltando sons horríveis e de arrepiar os cabelos. Isso fez Klein instintivamente pular três degraus.

Porém, as inúmeras palmas que pertenciam a cadáveres gigantes não pararam. Elas se contorciam ao longo da escada enquanto subiam, cobrindo cada centímetro do espaço.

Klein estava prestes a estender a palma da mão direita para pegar o Sentença de Morte e usar as Balas de Purificação combinadas com a habilidade Massacre do Sentença de Morte para acabar com os incontáveis ​​monstros quando duas perguntas de repente surgiram em sua mente.

“De onde vêm essas palmas? Por que eles estariam dentro do subconsciente de Groselle?”

No momento em que esse pensamento lhe veio à mente, sua percepção espiritual foi acionada. Klein chegou a uma conclusão quando imediatamente abandonou seus pensamentos de usar o Sentença de Morte. Ele acalmou a respiração e imaginou as luzes esféricas.

As palmas enormes e podres aproveitaram a oportunidade para alcançar seus pés enquanto agarravam suas panturrilhas e tornozelos!

Naquele momento, elas desapareceram silenciosamente como se nunca tivessem aparecido.

“Na verdade, esta é uma ilusão criada pelo subconsciente de Groselle. Aqui, as mentes não apenas se enfrentam, mas também interagem com elas. Se alguém não possui os poderes Beyonders correspondentes, quanto mais fundo for, mais fácil será ter um colapso emocional. A intrusão do subconsciente da outra parte acontecerá lentamente até que os poderes do Beyonder sejam severamente contaminados. Como resultado, a pessoa se tornará um débil mental que nunca será capaz de recuperar a sua racionalidade, e isso pode muito bem levar à perda de controle… Isto é diferente de comunicar-se com espíritos. A corrupção não é evitada simplesmente mantendo a lucidez e a razão. Isso ocorre porque alguém já está dentro dos poderes Beyonders do alvo…” Klein murmurou para si mesmo, tendo descoberto algo.

Ele hesitou por alguns segundos antes de se virar para subir as escadas. Ele desistiu de se aventurar profundamente no mundo mental de Groselle porque não tinha os poderes de Beyonder para aplacar sua própria mente. Insistir em descer era equivalente ao suicídio.

“Considerarei explorar novamente depois de encontrar um item místico que atenda a esse aspecto.” Klein determinou seus pensamentos enquanto andava mais rápido. Finalmente, com um salto, retornou à paisagem onírica de Groselle e retornou aos aposentos dos guardas na Corte do Rei Gigante.

Ele já se sentia exausto, então abandonou imediatamente o sonho, saindo da ferraria de Groselle pelas paredes antes de observar as maravilhas do mundo dos livros.

“Já conheci Groselle, Mobet e Siatas. E enquanto conversava casualmente com outras pessoas, também ouvi falar do devoto padre, Snowman, e do filósofo Frunziar. Porém, não existe Anderson Hood, Edwina Edwards, Danitz ou Gehrman Sparrow… Portanto, apenas os mortos possuirão novos personagens no livro. Ou será que apenas aqueles que permaneceram aqui por longos períodos de tempo — expressando-se plenamente como aventureiros em suas vidas cotidianas — seriam capazes de replicar seu subconsciente?” Enquanto Klein passeava pela rua iluminada pelo sol poente, ele considerou algo que considerou crucial.

Se fosse a teoria anterior, de que os mortos reviveriam e se tornariam novos personagens, então não havia nada com que Klein precisasse se preocupar. Porém, se fosse o último, ele deveria considerar a redução da frequência com que explorava o livro, bem como controlar rigorosamente a quantidade de tempo que passava nele a cada vez.

“Não há como verificar isso por enquanto. Lidarei com a situação presumindo que seja a última opção. Definitivamente não há nada de errado em ser cauteloso…” Klein rapidamente se decidiu e estava prestes a retornar acima da névoa cinza.

Naquele momento, ele viu outra figura familiar.

Frunziar, com cabelos pretos e olhos azuis, estava sentado em uma longa cadeira de madeira à beira da rua. Ele estava olhando fixamente para o céu que parecia estar em chamas, como se estivesse pensando.

Lembrando que a urna de cinzas deste soldado de Loen ainda estava com ele, ele planejou enviá-la de volta ao cemitério da Igreja das Tempestades em Backlund. Klein suspirou silenciosamente e se aproximou antes de se sentar ao lado dele. Ele perguntou como se fosse uma conversa casual: — O que você está pensando?

— Estou me perguntando quem sou, de onde venho, como devo voltar… — Frunziar não desviou o olhar enquanto dizia em um estado de sonho.

Sem esperar que Klein fizesse outra pergunta, ele balançou a cabeça com uma risada.

— Em última análise, sinto que não pertenço a este lugar. Não sou eu mesmo no momento e há algum lugar aguardando meu retorno.

— Eles sempre zombam de mim por considerar perguntas tão inúteis, então me deram o título de ‘filósofo’…

Enquanto falava, ele olhou para o sol poente e mais uma vez caiu em silêncio e parecia fascinado.

Klein não disse uma palavra. Ele ficou sentado em silêncio e acompanhou Frunziar observando o pôr do sol. Finalmente, desapareceu silenciosamente.

Frunziar não percebeu que a pessoa ao lado dele já havia saído. Ele ficou ali sentado, imóvel como uma estátua de mármore, olhando para longe.

Depois de reabastecer os suprimentos do navio, Alger Wilson instruiu o Vingador Azul a deixar o porto privado da Resistência. Não iria ficar muito tempo no Arquipélago Rorsted.

Ele teve que retornar à Ilha Pasu para fazer seu relatório na hora marcada.

Naquele momento, na cabine do capitão, ele observava com expectativa a porta ilusória que era formada por itens com espiritualidade e uma chama crescente.

Era a porta do sacrifício e também foi uma porta de ourtoga!

Em meio a um rangido ilusório, a porta misteriosa se abriu lentamente, revelando uma profundidade infinita e escuridão dentro de seu interior.

A luz saiu de dentro antes de convergir imediatamente. Depois que tudo se acalmou, dois itens apareceram no altar em algum momento. Quanto à porta com todos os tipos de símbolos estranhos, ela havia sumido.

Alger conseguiu se recompor enquanto agradecia seriamente ao Sr. Louco. Ele terminou o ritual de acordo com o procedimento antes de estender a mão para pegar os dois itens.

Um deles era um pedaço de papel cuidadosamente dobrado, enquanto o outro era uma água-viva translúcida que continha água do mar azul-celeste.

Alger inspecionou a água viva e descobriu que havia vórtices ocasionais formados por ventos ou relâmpagos ocasionais. E de vez em quando ele ouvia uma voz distante e comovente vindo dele.

“Essa voz parece de mulher… Pelo que parece, o dono dessa característica era uma mulher.” Alger não pôde deixar de suspirar de alívio. Isso significava que não foi algum membro de alto escalão da Igreja das Tempestades que foi morto.

A Igreja das Tempestades não tinha nenhuma mulher de alto escalão!

Deixando de lado a característica de Beyonder do Cantor do Oceano, Alger desdobrou o pedaço de papel. Ele passou pelo ingrediente principal e rapidamente olhou para os ingredientes suplementares. Finalmente, seus olhos pararam no ritual.

Para ele, os ingredientes principais não eram importantes com uma característica de Beyonder em mãos. Ele poderia dar uma olhada mais tarde. Quanto aos ingredientes suplementares, eram bastante fáceis de encontrar, por isso não necessitavam de muita atenção. Era o ritual que era de extrema importância.

“Beba a poção na barriga de um Obninsk…” Alger leu silenciosamente o conteúdo do ritual enquanto a informação correspondente rapidamente surgia em sua mente.

Obninsks eram antigos monstros marinhos. Eles poderiam devorar diretamente um veleiro, e ele tinha um corpo enorme e distorcido. Tinha até três cabeças e muitos tentáculos que se enredavam uns nos outros. Eles foram os protagonistas de muitas lendas no mar.

A maioria desses monstros marinhos foi domesticada pela Igreja das Tempestades. Eles tinham uma região fixa de atividade, mas não se sabia se tinham inteligência quase humana.

“Não é de admirar que a Igreja controle Obninsks, e não outros monstros marinhos… Não é de admirar que haja tantos Beyonders no caminho dos Marinheiros entre os piratas, mas apenas alguns podem alcançar a Sequência 5. Ou eles a herdaram diretamente, ou são os subordinados do Rei dos Cinco Mares ou da Rainha Misteriosa… Então, onde devo encontrar Obninsks que não pertencem à Igreja?…” Alger franziu a testa ligeiramente enquanto contemplava seu avanço que evitaria a Igreja das Tempestades.

Sua primeira reação foi encontrar a Rainha Misteriosa Bernadette através da Almirante das Estrelas Cattleya. A partir dela, ele poderia encontrar Obninsks que não pertenciam à Igreja das Tempestades. Sua segunda reação era expor-se ao perigo. Isso acontecia porque os Obninsks correspondentes eram provavelmente servos da Rainha Misteriosa e relatariam tudo à sua dona.

“Sim, este será o último recurso se não houver outras opções.” Os pensamentos de Alger dispararam quando ele rapidamente teve outra ideia.

Rezar ao Sr. Louco!

Esta existência despertada exercia secretamente a antiga autoridade do Deus do Mar Kalvetua. Ele poderia comandar criaturas submarinas, permitindo que Ele soubesse onde encontrar Obninsks que não pertencessem a nenhuma facção!

“Não há necessidade de pressa. Se eu avançasse agora, não conseguirei esconder o avanço dos outros, devido à minha falta de controle sobre a dissipação da espiritualidade. Posso fazer a oração depois de fazer meu relatório e sair da Ilha Pasu…” Alger se acalmou e memorizou a fórmula do Cantor do Oceano. Depois, moveu o pedaço de papel até a ponta da chama da vela.

Enquanto observava a chama devorar a fórmula a uma velocidade crescente, o olhar de Alger tornou-se profundo.

Depois de terminar os vestígios remanescentes, seu olhar pousou em um mapa marítimo e travou em um local.

Bansy!

Alger havia planejado fazer uma viagem para Bansy de passagem durante a rota para a Ilha Pasu. Ele queria saber qual era o estado atual do porto.

Ele já havia compartilhado seus pensamentos com seus marinheiros e ninguém se opôs. Isso ocorreu porque eles estavam igualmente curiosos para saber por que o Porto Bansy foi destruído repentinamente. Eles estavam curiosos no que ele havia se transformado.

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥