Selecione o tipo de erro abaixo

Enquanto todos se preparavam para receber os inimigos, fomos surpreendidos pelas tropas aliadas que apareceram para auxiliar na batalha. 

Contudo, as notícias trazidas por Belial não foram as melhores. A primeira geração participaria na gerra e consequentemente Samael e Belial também.

 Foi enviado um pedido de ajuda para os pecados, e rapidamente recebemos respostas. Todos estavam a caminho, mas foram interceptados pela Aliança, provando assim, que eles estão, de alguma forma; envolvidos com os eventos. 

“Isso é ruim. Parar até mesmo o Azazel… Parece que existem inimigos surpreendentes na Aliança.”

Samael não parecia acreditar, mas a Aliança conseguiu recrutar pessoas da primeira geração. 

“Não apenas isso. Parece que todo foram interceptados por pessoas do alto escalão na Aliança. Azazel comentou sobre enfrentar o Líder.”

Se o líder da Aliança se envolveu, eles estão vindo com tudo contra nossa investida.

“Eles chegaram…”

Olhando para o horizonte, pude observar os inimigos que marchavam em nossa direção, sem medo. Diante de tantos inimigos, pensei que a batalha verdadeira iria começar.

Mesmo após alguns minutos, os inimigos continuavam aumentando, como se não tivessem fim. 

Legiões de inimigos até onde a vista alcançava, sentindo o chão tremer com os passos, meu corpo tremeu, mas não conseguia identificar se era temor ou excitação.

“Deixo essa área com vocês… Samael, vamos para longe.”

“Sim… ‘Eles’ viram ao sentir nossa aura. A primeira geração vai se focar na maior ameaça.”

Com Belial e Samael atraindo a primeira geração, a batalha se facilitaria de alguma forma.

“Eriel me acompanhe.”

Belial olhou para Samael em surpresa. 

“Eh? Você quer levar a Eriel para o local mais perigoso?”

“Podemos ficar de olho nela. Acho que teríamos um grande problema se ela se ferir.”

Belial suspirou.

“… Me dói dizer isso, mas; você está certa.”

Parece que minha segurança era a prioridade, mas, não seria melhor me deixar na terra? Se era para me manter segura…

Mesmo incomodada, decidi seguir eles sem reclamar.

Usando a magia da levitação, fomos para uma área afastada da batalha principal.

Logo senti a presença de pessoas se aproximando em alta velocidade. O clima parecia estranho a medida com que continuávamos a voar.

“Esse lugar está bom.”, Falou Belial.

“Eriel, vamos lutar contra caídos que foram anjos no passado. Peço que observe com atenção.”

Belial começou a se alongar.

Samael sorriu um pouco.

Com um simples gesto uma barreira gigantesca foi erguida no campo de batalha, com a intensão de proteger. 

“Eles chegaram…”

Notei a presença de dez pessoas passando pela barreira. Todos seres transcendentais com o nível de poder diferente de tudo. Como uma existência acima de tudo e todos, mas não estavam no nível de um anjo, já que conseguia sentir seu poder. 

Os dez inimigos pararam em nossa frente. Suas asas lembraram as asas de corvos enquanto sua sede de sangue era facilmente notada.  

Um dos dez deu um passo a frente, Um jovem garoto que aparentava ter vinte anos na idade humana, seus cabelos vermelhos e olhos azul-escuro mostravam a malícia que seu lindo rosto não conseguia esconder. 

“Samael… Vejo que escolheu o lado errado.”

Diante dos meus olhos, o inimigo principal estava sorrindo. Medo não existia em sua expressão, como se estivesse convicto da vitória. 

“Malak-tawus, Existe um pouco de culpa na maneira com que foi criado… Meu dever como um caído é adestrar você da maneira correta.”

“Samael, ainda existe tempo. Você pode se juntar a Aliança e destruir tudo. Até mesmo os anjos podem cair. Quem sabe, poderia existir uma maneira de derrotar o Deus Supremo. Finalmente temos uma chance.”

Um dos caídos tentou conversar Samael, mas ela não parecia se importar. 

“Não consigo me imaginar trabalhando com a Aliança. Meu querido discípulo iria se irritar se cogitasse em aceitar.”

“Novamente você escolhe o Azrael?”

“Um filho que trai sua família… Você realmente se parece com Lúcifer…”

A voz de Samael demostrava estar desapontada com a escolha de Malak-tawus. 

“Chega! Acabem com ela…”

A aura de todos foi elevada ao extremo. Em um piscar de olhos, Samael e Belial desapareceram. O mesmo aconteceu com os nove caídos que seguiam Malak-tawus. Todos desapareceram do meu campo de visão. 

O som dos golpes ecoava pelo ambiente, mesmo não conseguindo observar a luta devido à velocidade, sabia que Samael e Belial estavam em desvantagem. 

Samael apareceu ao meu lado. 

“Segure-os por um segundo.”

“Droga!”

{Apareça Matadora de Deuses, Linha da Morte!}

Uma espada de duas mãos apareceu na mão direita de Samael e um florete na mão esquerda. 

“Aqui está sua querida Linha da Morte!”

Samael arremessou o florete para o alto e desapareceu mais uma vez. 

A onde de choque dos golpes e o som de metal se chocando mostrava magnitude da luta. 

“Bom, deixe-me brincar um pouco.”

Um flash de luz apareceu em meu campo de visão. Usando Paradoxo consegui reagir a tempo e cortar a magia mortal lançada em minha direção. 

“Malak-tawus, Seu alvo, sou eu!”

Samael avançou na direção de seu inimigo, mas sua lamina parou centímetros do pescoço de Malak-tawus.

“Você não pode me atacar? Enquanto minha magia não for direcionada a você, parece que estou seguro.”

“Eriel, ative o Lorde do Tempo!”

Ao ativar minha magia, consegui observar o avanço rápido de Malak-tawus.

O som de metal se chocando fui alto o suficiente para percorrer o campo de batalha e no momento em que nossas armas se chocaram, meu corpo sentiu a pressão e acabei me movendo para trás. A troca de golpes ficou cada vez mais intensa e a medida com que a luta continuava minha mana ia se esgotando com o uso excessivo de mana do Lorde do Tempo.

Senti meu corpo se tornando cada vez mais pesado, porém não tinha tempo para pensar sobre o assunto. 

Usando a mana de Luz, criei um flash de luz que ofuscou a visão de Malak-Tawus. Ele pulou para trás rapidamente, tentando recuperar sua visão. 

{Eriel, ele não está usando todo o seu poder, use isso ao seu favor.}

A voz de Paradoxo em minha mente abriu meus olhos. Se ele me subestimar, posso conseguir uma vantagem. 

Avancei aproveitando a falta de visão do inimigo e usei paradoxo em um corte vertical mirando o estomago, mas ele moveu seu corpo para o lado e assim evitou meu golpe. Mesmo sem conseguir enchergar, Malak-tawus conseguia ouvir meus passos e sabia exatamente onde iria atacar. 

“Lorde do Tempo!”

Ativei a habilidade principal do Lorde do Tempo e consegui me mover mais rápido que o fluxo de tempo. Mais uma vez usei Paradoxo para acertar meu inimigo e senti a espada cortando a carne, mas foi um golpe superficial. 

Sentindo a dor do corte, Malak-tawus me olhou com irritação. Ele colocou a mão em seu rosto e pude observar a mana se concentrando em seus olhos e ferimentos. 

Seu corpo se recuperou instantaneamente, como se nunca tivesse recebido meus ataques. 

Com o balançar de sua espada, observei o que parecia ser uma lâmina de vento vindo em minha direção. Desviando por pouco, era isso que meu inimigo estava esperando. Usando a lâmina de vento como distração, ele avançou em meu ponto sego e acertou sua espada em meu braço esquerdo. 

Sua lamina passou em meu braço como se fosse algo natural. A dor alucinante percorreu meu corpo ao notar que recebi vários golpes em poucos segundos. Mesmo com o Lorde do Tempo, não pude prever seus movimentos. 

O inimigo capaz de anular os cavaleiros estava em minha frente e tudo que pude fazer foi observar ele me atacar enquanto me defendia o máximo possível.

“Vamos. A brincadeira acabou de começar.”

Samael estava concentrada em sua luta e não conseguia me ajudar, mas, mesmo que fosse o seu desejo, não seria possível. Afinal, a segunda geração ainda não usou sua magia em direção a Samael. 

Enquanto tentava defender meus pontos vitais, notei uma grande esfera de energia cortando o ar enquanto seguia em nossa direção. Malak-tawus saltou para trás e por pouco a energia não me atingiu. 

“O que estão fazendo?”, gritou Malak-tawus.

A magia o acertou, mas o dano foi mínimo. 

“Me desculpe. Belial desviou no último segundo.”

Parece que Belial estava planejando me ajudar, mesmo que indiretamente.

“Tomem cuidado.”

Foi quando senti a presença dos exércitos se aproximando, como se tivessem trazendo a guerra em nossa direção.

“Bons garotos. Trouxeram a guerra com eles…”

Os cavaleiros continuaram a se mover em nossa direção, mas algo estava errado…

Foi quando senti a presença de algo no céu. Um ser que já conheci no passado.

Todos pararam de lutar para observar a presença poderosa que apareceu no céu.

“Tsk…”

Os caídos que estavam lutando com Samael não pareciam alegres com a presença. Um anjo com seis asas brancas parecia estar observando a luta no céu. 

“Miguel…”

O anjo desceu em nossa direção. Parando em frente a um dos caídos, ele sorriu alegremente. 

“A quanto tempo meus queridos amigos…”

Com um simples movimento, sua mão cortou o pescoço daquele que um dia foi seu aliado. 

“Ao quebrar uma regra, você teve o que mereceu.”

Miguel olhou para Samael. Seus olhos demonstram desdem e raiva, como se fossem inimigos mortais. 

“Que pena… Pensei que você quebraria as regras primeiro.”

“Na verdade… Você não parece muito bem. O tempo não foi bom…”

“Saiba que o Deus Supremo não vai te proteger por muito tempo. Quando esse momento chegar, serei seu juiz, juri e carrasco.”

Miguel se aproximou de Samael lentamente e parou ao seu lado. 

“… Gostarei muito do que acontecerá.”

“Oh? Você conseguirá dar conta?”, falou Samael enquanto mordia seus lábios em provocação. 

“… Quando sua cabeça cair, ficarei bastante feliz… Metatron, já terminei.”

Assim como apareceu de repente. Miguel desapareceu diante dos olhos de seus observadores. 

“Você fez bem Belial, mas se ele entendesse que parte do ataque foi sua culpa…”

“Não se preocupe com os detalhes.”

Foi um acidente que a magia do caído acertou Malak-tawus, mas mesmo assim, o caído foi o primeiro a atacar. 

As regras do Deus Supremo são absolutas ao ponto de um anjo não exitar em descer do céu para eliminar qualquer pessoa que tente quebrar as regras.

Senti algo em meu peito. Foi quando pude observar um futuro. Minha visão do futuro se ativou no campo de batalha. 

Observei um futuro onde o Azrael estava no campo de batalha, mas algo parecia estranho…

“Ele vai chegar a tempo!”

Olá, eu sou o Monarca!

Olá, eu sou o Monarca!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥