Capítulo 117 – Zumbis

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

My Dragon System – Volume 3: Torneio da Academia Avrion | Capítulo 117 – Zumbis


>> Tradutor: Metal_Oppa / Revisor: Yokobataki <<


 

Com Kyle liderando o caminho e Nay e Max seguindo. O grupo desceu rapidamente as escadas para debaixo da arena o mais rápido que podiam. No caminho para a ala médica, eles passaram por várias salas, como a sala de treinamento, a sala de armas e cada uma delas estava vazia.

Embora Kyle achou justamente o fato de que não tenha visto nenhum cadáver como um bom sinal.

“Isso é muito longe!” Max disse, preocupado que algo pudesse ter acontecido com sua irmã.

Max era o mais próximo da idade de Slyvia e seus irmãos sempre lhe disseram que ele precisava cuidar de sua irmã. Os dois costumavam brincar juntos quando crianças, mas Max sempre viu sua irmã como fraca por não ser capaz de usar magia. Ele ficou tão chocado quanto todos os outros quando Slyvia disse que ela havia sido admitida na Academia Avrion.

Todos os dias Max se preocupava com ela.

“Tá logo depois daquelas portas duplas ali na frente!” Kyle gritou.

 

―◊◊◊―

Slyvia e seu grupo estavam completamente cercados por alunos totalmente zumbificados. Slyvia estava na frente do grupo com seu escudo bloqueando qualquer ataque que se aproximasse. Monk e Gary então lidariam rapidamente com os alunos mirando nas juntas dos seus joelhos. Enquanto Martha se esforçava o máximo que podia, conseguindo então bloquear quaisquer ataques vindo dos lados.

O problema era que, mesmo que Gary e Monk quebrassem os ossos dos alunos, eles ainda usariam todo o poder e os ossos que sobraram para rastejar em sua direção. Era realmente assustador como os alunos estavam determinados a se livrar deles.

“Eu acho que eles estão de alguma forma sendo controlados pelos membros da Guilda das Trevas” Slyvia disse – “Aqueles caras não se moveram um único centímetro sequer.”

“Não é como se pudéssemos chegar lá agora!” Gary gritou de volta enquanto socava outro aluno no rosto.

Slyvia sabia que Gary estava certo, simplesmente havia muitos alunos no caminho se eles quisessem alcançar os membros da Guilda das Trevas, eles teriam que sair matando todos os alunos para alcançá-los. Se não o fizessem, seriam eles que estariam no chão sem vida.

Slyvia cerrou os dentes enquanto decidia se deveria dar a ordem de matar ou não.

“Gary, Monk, Martha, vocês ainda conseguem usar o…” Nesse momento, antes que Slyvia pudesse terminar a frase, a porta da ala médica se abriu.

Entraram três rostos familiares.

Assim que Kyle e os outros entraram na sala, metade da atenção dos alunos zumbificados foi direto para eles.

“Z-Z-Z-Z-Zumbis !!!” Kyle gritou.

Assim que Kyle estava prestes a balançar sua corrente para os alunos que vinham em sua direção, Slyvia gritou.

“Não Kyle! Eles ainda estão vivos!”

Kyle então mudou rapidamente de tática e, em vez disso, balançou a corrente nas pernas do aluno, derrubando uma fileira de alunos que vinham em sua direção. A corrente era uma arma muito mais eficaz e, devido ao peso na ponta, faria apenas grandes danos físicos, em vez de cortar seus membros.

Um grupo de alunos atrás dos que tinham caído estava lutando para avançar neste momento. Os alunos no chão atrapalharam os alunos atrás deles e se tentassem avançar, também cairiam.

Nay, vendo isso, decidiu usar a mesma tática de Kyle e envolveria seu chicote nas pernas dos alunos e os viraria de ponta cabeça.

Logo eles tinham uma barreira de alunos caídos entre eles e os outros alunos. O problema agora, porém, era que Slyvia e seu grupo também ficariam presos do outro lado. Se corressem para a saída, a pilha de corpos de alunos também ficaria em seu caminho.

Então Nay de repente teve uma ideia.

“Max, você consegue criar uma barreira de água?”

“Sim, mas estou ficando sem Mana, não vou conseguir aguentar por muito tempo…eu acho”

“Ótimo.”

Nay então explicou seu plano a Kyle e Max e eles estavam prontos para colocá-lo em prática. Conforme os alunos se levantassem, Kyle e Nay continuariam fazendo-os cair de volta no chão. Enquanto Max atrás deles estava ocupado reunindo Mana para um feitiço.

“Está pronto!” Max gritou.

Kyle e Nay então atacaram uma fileira de alunos ao mesmo tempo. Jogando-os para o lado. Isso criou um caminho como um túnel que levava direto para Slyvia e os outros.

Sil Balase!” Max gritou.

Então, uma parede de água apareceu no caminho bloqueando a horda de alunos de alcançar e entrar no caminho. Assim como com Ki, os Magos foram capazes de fortalecer seu elemento. Alguns Mestres seriam capazes de formar uma arma e mantê-la endurecida por um longo período de tempo.

Mas Max ainda era um aluno, então não foi capaz endurecer o Elemento Água por muito tempo.

Assim que Slyvia viu o caminho, ela ordenou aos outros que a seguissem. O problema era que no final do caminho havia também um grupo de alunos que Kyle e Nay haviam derrubado. Slyvia não tinha certeza do que eles fariam quando alcançassem o seu destino, mas só podia torcer para que tivessem um plano.

Slyvia foi a primeira a avançar, com Monk, Martha, Kyle e Gary atrás dela. Eles rapidamente correram para o final do caminho sem sofrer um único arranhão dos alunos zumbificados, graças à parede d’água que Max criou.

“Err, Slyvia, há um tipo de beco sem saída à frente” disse Martha.

“Nós apenas temos que confiar neles!” Slyvia disse enquanto continuava avançando.

Então, quando o grupo estava quase chegando ao fim do caminho. Martha e Slyvia sentiram algo envolver seu corpo. Então, no segundo seguinte, os dois foram erguidos no ar e pousaram bem ao lado de Nay e Kyle.

Nay e Kyle tinham controlado perfeitamente seu Ki para poder controlar suas armas como se fosse outra parte de seu corpo. Eles então usaram isso para agarrar seus amigos e puxá-los sobre a horda de alunos que haviam sido derrubados.

Nay e Kyle fizeram a mesma coisa novamente com Gary e Monk. Finalmente, todos estavam do mesmo lado à beira da saída da ala médica.

Por alguma razão, os membros da Guilda das Trevas na ala médica ainda não haviam se movido, mas seus rostos agora estavam vermelhos de raiva.

“Pegue-os!” O membro da Guilda das Trevas gritou.

A horda de alunos se moveu rapidamente em direção à saída, sem se importar com seus colegas que estavam no chão. Alguns dos alunos caíram um sobre o outro, mas agora o número era muito grande. Muitos dos alunos haviam acabado de serem pisoteados como se os que pisaram neles fossem fazer qualquer coisa para cumprir o comando de seu mestre.

Slyvia e os outros correram sem hesitar assim que chegaram à saída.

 

 

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo