Capítulo 1 – Guerra

Monarca Elfo de Sangue

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

 

Capítulo 1 – Guerra

Tradutor: Otakinho

 

 

“Na sombria escuridão do universo, só há guerra”

***

Em algum lugar no universo infinito e misterioso, um cruzador espacial de classe Prometeu pode ser visto chegando acima de um planeta amarelo. Dentro da pequena nave de reconhecimento, um esquadrão de homens vestindo armaduras enormes podia ser visto em pé ao redor do controle principal da nave, lendo informações em uma tela.

[Planeta 8753 – Classe L]

[Reino Inferior dos Elfos]

[Objetivos da Missão]

[Prioridade 1: capturar Cursaac, o cientista Goblin, morto ou vivo.]

Havia 8 homens neste esquadrão. Todos faziam parte da força de elite conhecida como cavaleiros espaciais. Uma tropa de indivíduos escolhidos, de incontáveis mundos humanos diferentes. Eles foram temperados através do melhor e mais cruel regime de treinamento, equipados com a melhor tecnologia disponível, tudo para atuar como as mais poderosas forças de combate da humanidade.

Vendo as informações na tela, um dos homens exclamou.

“Cientista Goblin! Essa é uma descoberta muito rara, capitão” Ele disse, enquanto olhava para o líder do esquadrão.

O capitão era um homem corpulento, vestindo a mesma armadura enorme que os outros, mas quando a usava, a armadura tinha uma nuance diferente. Em seu rosto, era possível ver uma cicatriz bastante severa, mostrando que este homem era o negócio de verdade e não era alguém com quem você queria mexer.

Esfregando o queixo, o homem corpulento murmurou com um zumbido baixo: “Um cientista Goblin… Uma criatura que tem uma chance em um milhão de aparecer e tem uma inteligência ainda maior do que um mestre anão. Um alvo verdadeiramente raro, de fato”.

“Não sabia que havia uma missão tão rara neste canto desolado da galáxia”, disse outro homem, surpreendido com a descoberta.

Ouvindo as palavras de seus subordinados, o capitão virou a cabeça para o sargento.

“O que vamos encontrar lá embaixo, sargento?”

O sargento colocou calmamente o dedo na ponta do nariz, como se ali houvesse óculos. Ele então abriu a boca.

“Com base em nossa varredura anterior, existem dezenas de coletivos de elfos, nações Orcs e reinos humanos. Mas a maioria deles são civilizações de nível primitivo, Capitão.”

“Entendo.. Os Goblins têm usado este planeta para seus experimentos ocultos.”

O capitão foi até o leme, virou-se para seus homens e disse.

“Atenção!”

Os soldados imediatamente endireitaram seus corpos enquanto aguardavam as ordens de seu capitão.

“Como de costume, meus irmãos. Vamos pular e trazer o inferno sobre todas essas criaturas.” O capitão disse severamente enquanto seu olhar varria seus homens. “Pelo Império!”

“Pelo Império!”

O cruzador espacial fez uma entrada na atmosfera do planeta amarelo e rapidamente se dirigiu ao alvo pretendido. O capitão e seus homens estavam se preparando para a batalha quando de repente um alarme soou alto, assustando todos eles. Logo depois que o alarme disparou, o navio balançou violentamente enquanto sons altos podiam ser ouvidos do lado de fora.

Virando-se para o sargento, o capitão disse.

“O que está acontecendo, sargento?”

Verificando a situação apressadamente, o rosto do sargento empalideceu enquanto ele olhava as informações na tela.

“Lamento, capitão. Parecia que o alvo tinha uma arma oculta apontada para nossa nave.”

“Arma? Que tipo de arma?” O capitão perguntou calmamente apesar da situação precária atual.

“É um canhão de feixe de alta energia”, disse o sargento. “O escudo da nave não será capaz de suportar mais alguns tiros, capitão! Qual é a sua ordem?”

O capitão ficou em silêncio por um momento com seus braços cruzados sobre o peito enquanto ele tentava pensar em uma solução.

“Mantenha nosso curso, sargento. Vamos bater o navio no alvo se for necessário”, disse o capitão com um brilho implacável nos olhos.

Assim que ele terminou de falar, outro tiro atingiu o navio.

–Boom!

“É perigoso, capitão! A nave não aguenta mais”, disse o sargento ao ver que o propulsor principal da nave foi atingido por aquele tiro.

O capitão se virou, olhando para seus homens, “Acho que estamos mergulhando nas chamas, irmãos!” ele disse revelando um sorriso destemido.

Então ele colocou seu capacete, agarrou suas armas e espada enquanto caminhava até a cabine. Verificando seu equipamento uma última vez, ele olhou para trás, vendo seu esquadrão pronto para se juntar a ele. Deixando escapar um pequeno sorriso, ele então gritou pelo comunicador: “Vamos!”

Ele bateu com o punho no botão da porta da cabine quando a porta se abriu rapidamente. Ele então escolheu seu alvo e saltou do navio, seguido pelo resto do esquadrão.

8 figuras em trajes de força voaram para fora da nave em chamas, enquanto a referida nave continuou a descer para a superfície do planeta. Os 8 pontinhos foram vistos mergulhando na atmosfera, aproximando-se rapidamente do solo de cabeça para baixo, enquanto rastros de fogo começaram a surgir devido à velocidade de descida. Se alguém pudesse ver da superfície do planeta amarelo, havia 8 linhas brilhantes movendo-se no céu como estrelas cadentes.

Quando os cavaleiros espaciais estavam prestes a alcançar o solo, a mochila em seu traje explodiu imediatamente quando os propulsores do foguete começaram a funcionar, permitindo-lhes parar o impulso e voar no ar.

Depois de garantir que todos os seus homens estavam lá, o capitão conduziu diretamente o esquadrão a uma instalação em forma de cúpula vista à distância. Usando o scanner em seu capacete, o capitão decidiu rapidamente onde queria pousar. Mas quando pousaram no terreno da instalação, eles ficaram chocados ao perceber o que estava preenchendo o terreno onde estavam.

Um mar de sangue cheio de cadáveres humanos mutilados.

“O que diabos está acontecendo aqui? Que visão horrível!”

“O que eles estão experimentando aqui?”

Ao ouvir a reação de seus homens, o capitão viu algo pelo canto do olho.

“Todo mundo, alerta! Temos companhia.”

Múltiplas portas enormes na parede do domo se abriram quando centenas de criaturas humanoides de pele verde escura saíram e rapidamente os cercaram.

Olhando para aquelas criaturas, o capitão informou seus homens pelo comunicador.

“Esses não são Orcs normais. Todos, tenham cuidado.”

[Identificar alvo]

[Uruk]

[Poder de Batalha: 80]

“Droga… esses são músculos de verdade que eles têm aqui”, disse o sargento, quando viu como essas criaturas eram musculosas.

* GROWL * * GROWL * * GROWL *

Olhando para seu sargento, o capitão zombou. “Vamos torcer para que eles não sejam mais espertos do que você, sargento.”

“Capitão!”

Ignorando sua exclamação, o capitão ordenou imediatamente.

“Lá vêm eles. Queimem eles, rapazes!”

Cada cavaleiro lutador espacial tinha seu próprio armamento pesado especializado equipado em sua armadura de força. Alguns tinham metralhadoras duplas em seus braços, alguns estavam equipados com lança-chamas e alguns tinham metralhadoras que podiam disparar centenas de balas de energia, enquanto alguns tinham rifles longos que disparavam balas que podiam facilmente perfurar vários Orcs de uma vez.

Chuva de balas de energia apareceu imediatamente quando o esquadrão começou a lançar seu pesado armamento contra os uruks. O Uruk tem uma pele mais dura em comparação com os Orcs normais, mas pela chuva interminável de balas perfurantes do esquadrão, vários deles caem a cada segundo. No entanto, as hordas de uruk ainda conseguiram se aproximar deles, embora lentamente.

Quando as hordas de uruk começaram a se aproximar deles, metade dos cavaleiros espaciais imediatamente sacou outra de suas armas, enquanto a outra metade sacou suas armas de combate corpo-a-corpo enquanto avançavam rapidamente em direção à horda. Espada, lança, machado e martelo podiam ser vistos nas mãos dos 4 cavaleiros espaciais enquanto matavam rapidamente os uruks que se aproximavam. Cada uma dessas armas tinha poderes espirituais que podiam facilmente cortar, perfurar e destruir a armadura do oponente.

Vendo a situação, o capitão deu uma ordem a um de seus homens, que tinha armadura ligeiramente esbelta, uma assistente espacial feminina. Em um momento, os olhos da mulher ficaram brancos, enquanto de suas duas mãos surgiram fagulhas de relâmpago.

[Grande Corrente de Relâmpagos – Feitiço de Relâmpago Tier 5]

Conforme as faíscas espasmódicas de relâmpagos saltaram em direção às hordas de uruk, dezenas deles dentro do raio de 20 metros instantaneamente queimaram.

Embora houvesse apenas 8 deles nesta batalha, esses cavaleiros espaciais nunca vacilaram enquanto lutavam contra os uruks. Eles estavam formando um círculo, cobrindo as costas um do outro enquanto continuavam a massacrar as ondas de uruks que se aproximavam.

“Podemos fazer isso o dia todo, hahaha! Podem admitir!” gritou o sargento com entusiasmo. Por outro lado, o capitão permaneceu calmo e continuou a olhar ao redor, esperando o que viria a seguir.

De repente, uma buzina alta soou de algum lugar, ecoando pelo ar. A horda de uruks de repente parou de avançar e deu alguns passos para trás, confundindo os cavaleiros espaciais.

Eles então notaram uma figura saindo da enorme porta na frente deles, uma pequena criatura de pele verde usando óculos. Era seu alvo, o Cientista Goblin, Cursaac.

“Prezados cavaleiros espaciais, dou as boas-vindas à minha humilde moradia. Peço desculpas por minha má recepção anterior!” disse o Goblin, abrindo bem as mãos.

“Eu sabia que esses Orcs imundos não eram páreos para vocês! Então, por favor… por favor…! Experimentem o meu maior campeão!”

Um grupo de Goblins pode ser visto empurrando um grande tubo de vidro cheio de sangue para a área do domo. Dentro dele, o esquadrão podia ver vagamente uma figura masculina, um elfo de cabelo branco. Um momento depois, o sangue no tubo foi drenado e o tubo se abriu como uma porta.

Os olhos da figura se abriram lentamente.

[Sistema – Funcional]

[Tristan – 21 anos]

[Poder de batalha – 100]

[Aptidão Espiritual – S]

[Proficiência no Elemento Fogo encontrada]

[Força Espiritual – Não Existe]

[Habilidade Inata – Monarca Elfo de Sangue]

Enquanto os cavaleiros espaciais estavam cautelosos e surpresos com a variável desconhecida, o próprio Tristan só tinha acordado depois de passar por dias de experiências bizarras. “Como isso poderia acontecer tão de repente?”

 

Aviso do Tradutor:

Otakinho

Rolar para o topo