Capítulo 4 – Cativo

Monarca Elfo de Sangue

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

 

Capítulo 4 – Cativo

Tradutor: Otakinho

 

Tristan, que ainda não entendia a situação em que se encontrava, só conseguia olhar ao redor com perplexidade. Que lugar é esse? Vários pensamentos rodaram pela mente de Tristan enquanto ele tentava dar sentido às coisas malucas que estavam acontecendo.

Tudo o que aconteceu antes parecia ter saído direto daqueles livros ou filmes de fantasia que ele costumava assistir. No entanto, Tristan sabia o suficiente e não era tão ingênuo para pensar que essas coisas eram mera fantasia.

A dor intensa que sentiu no ombro, que o aperto do monstro gigante havia esmagado, o convenceu de que aquilo não era um sonho. Tristan acreditava firmemente que se agisse errado, a morte viria para ele em um piscar de olhos.

Tristan foi então jogado em uma sala escura parecida com um porão junto com todos os outros que também foram arrastados. Eles eram como 40 deles e a maioria tinha uma cara de terror, enquanto os outros eram apenas de choque total.

No momento em que Tristan avistou Leyla, ele rapidamente correu em sua direção.

“Tristan… aquele monstro maldito!! Eles… eles mataram todo mundo…” disse Leyla freneticamente.

“Sim. Eu sei. Acalme-se Leyla. Acalme-se.”

Na verdade, o próprio Tristan também achou muito difícil se acalmar em tal situação. No entanto, ele realmente precisava manter o controle, especialmente na frente de Leyla.

Um momento depois, um grupo de criaturas veio com aquele de cabelo branco.

“Tudo bem… Deixe-me ver quem entre vocês será o sortudo.” A criatura de cabelos brancos disse enquanto brincava com seus dedos.

“Você e você!”

As grandes criaturas ao lado imediatamente entraram na gaiola e levaram as duas pessoas que foram escolhidas. Eles então trancaram a gaiola novamente antes de sair.

“O que eles estão fazendo? O que eles querem conosco?”

Tristan estava tentando ficar calmo e pensar sobre sua situação atual. Ele percebeu que entre os 40 dentro da gaiola, além dele e de Leyla, havia mais algumas pessoas que usavam roupas que ele poderia reconhecer.

Tristan então decidiu se aproximar de um deles. “Você… Você me entende?”

Um homem na casa dos quarenta que parecia um empresário de gravata e blazer e uma bela mulher na casa dos trinta acenaram com a cabeça.

“Algum de vocês entende o que está acontecendo aqui?”

“Não… não… Nós não sabemos de nada”

Tristan balançou a cabeça. Os dois pareciam claramente apavorados, portanto incapazes de cooperar.

Não muito depois, o grupo ouviu gritos. Os rostos das pessoas ficaram mais pálidos do que antes, pois todos podiam adivinhar que era das pessoas anteriormente levadas.

Vários minutos depois dos gritos estridentes, o grupo de criaturas verdes voltou novamente. Mas desta vez sem seu líder.

Quando entraram na sala, a maioria das pessoas lá dentro já entendeu que eles vinham levar mais gente, sabe Deus para o quê. As quarenta pessoas restantes ficaram ainda mais apavoradas, pois a maioria delas correu para o canto da sala.

Surpreendentemente, Tristan notou que havia um jovem de sua idade parado na frente. Como esperado, a criatura rapidamente o aceitou como o escolhido. Depois disso, a criatura caminhou mais fundo na sala, tentando levar mais pessoas. Infelizmente, eles estavam caminhando em direção a Tristan e o grupo do avião.

Tristan rapidamente se aproximou de Leyla para protegê-la. No entanto, quando a criatura estava alguns passos à frente deles, ele ficou surpreso que alguém o empurrou por trás. Olhando para trás, Tristan viu o empresário de meia-idade puxar sua mão de volta.

A criatura verde rapidamente deu as boas-vindas a Tristan com um forte aperto e só podia ver sua irmã gritando, chamando-o, mas incapaz de fazer qualquer coisa.

Tristan e o jovem anterior foram arrastados e levados para uma sala diferente. Os olhos de Tristan continuaram olhando ao redor enquanto ele era arrastado para uma sala. Ele podia ver vagamente que o lugar parecia um laboratório. Estava cheio de máquinas estranhas e tubos gigantes cheios de um fluido vermelho.

“Isso é sangue?” disse Tristan enquanto olhava para os tubos gigantes.

Ele foi colocado em uma gaiola de metal no canto da sala junto com os outros homens que foram levados com ele. Como Tristan ainda estava com raiva por ter sido empurrado pelo homem de meia-idade, ele rapidamente ficou perturbado quando percebeu que o outro homem se aproximou dele. O homem estava examinando o corpo de Tristan dos pés à cabeça como se estivesse tentando julgá-lo.

O homem então sussurrou para Tristan: “Você, você pode me entender certo?”

Ao ouvir isso, Tristan virou a cabeça e olhou para o homem. Embora estivesse bastante aliviado que o homem pudesse falar sua língua, Tristan rapidamente ficou desconfiado, pois os homens usavam uma roupa preta única que parecia um uniforme.

O instinto aprimorado desde seu tempo na prisão disse-lhe que este homem não era do avião. Provavelmente nem mesmo da Terra.

“Quem é você? Como pode falar minha língua?” perguntou Tristan.

O homem mostrou um estranho símbolo de círculo em sua mão esquerda. Mas quando o homem percebeu o olhar estranho de Tristan, ele explicou rapidamente: “É um símbolo mágico. Pode me ajudar a traduzir minhas palavras para qualquer idioma.”

“Magia!” Tristan só podia acreditar na palavra do homem. Depois de um evento tão louco e bizarro acontecendo antes. A magia provavelmente é uma das novas realidades com as quais ele precisa lidar.

O homem então continuou “Diga-me. Você viu uma tempestade roxa antes de chegar aqui?”

Tristan se lembrou da tempestade roxa acontecendo no céu, aquela que ele viu do outro lado da janela do avião antes de estar neste lugar.

“Sim, eu realmente vi. Você sabe o que era?”

“Deve ser um dos maiores feitiços proibidos. O líder deles certamente não é um Goblin comum.” Murmurou o homem.

Tristan ficou confuso ao ouvir as palavras do homem. Era porque ele não conseguia entender mais da metade do que o homem disse.

“Goblin?” perguntou Tristan, intrigado com a palavra desconhecida.

Goblins eram criaturas mencionadas apenas em livros de fantasia ou em filmes de Hollywood. Além disso, se ele comparasse esta criatura à sua frente com os ‘Goblins’ que ele conhecia, embora eles tivessem aproximadamente a mesma forma, eles tinham cores de pele e rostos diferentes.

Vendo a expressão perplexa no rosto de Tristan, o homem de repente deu um tapa na cabeça como se tivesse entendido. “Você deve ter sido tirado de um mundo inferior.” O homem disse casualmente. Ele não percebeu o quão confuso Tristan ficou quando ouviu isso.

Antes que Tristan pudesse perguntar o que ele quis dizer com ‘mundo inferior’, o homem continuou falando. “Você não sabe nada sobre a guerra entre a raça humana e os Elfos, não é? Aqueles Goblins e Orcs eram criaturas criadas pelos Elfos, para agir como uma força contra os Humanos.”

A expressão de Tristan ficou mais perturbada quanto mais ele ouviu deste homem.

Não se importando com o estado de Tristan, o homem perguntou. “Você pode lutar? Você pode empunhar uma arma? Você tem que ser pelo menos capaz de lutar se quiser sobreviver.”

Ainda chocado com a descoberta de que Orcs e Elfos eram reais, Tristan respondeu, embora atrasado. “Sim, eu posso.”

“Excelente.” O homem disse. “Mais tarde, você precisa seguir minha liderança e talvez possamos sobreviver a isso. A propósito, me chame de Desmond.”

Tristan ficou em silêncio por um momento antes de abrir a boca.

“Eu sou Tristan”, respondeu ele.

“Ok Tristan, você vai me ajudar a sair desse buraco infernal”

Aviso do Tradutor:

Otakinho

Rolar para o topo