Capítulo 129

Makai Hongi

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Capítulo 129

Tradutor: Asu | Editor: Asu

O inimigo estava avançando, e então eu queria ir em direção às terras do Rei Demônio Tralzard imediatamente.

“… No entanto…”

Eu estava sendo atingido por uma pressão indesejada.

Vinte vampiros se reuniram na minha frente.

Não só isso, mas eram soldados que protegiam esta cidade.

 

Os soldados da cidade… além de serem vampiros que estavam no topo da classificação, eles eram vistos como guardiões que vigiavam a cidade por gerações.

Quanto ao motivo pelo qual eles estavam me importunando agora…

“Como pode este Ogro selvagem ser o líder!”

Essa foi realmente a essência de suas queixas.

“Eu sinto muito. Mas eles exigiram vê-lo, Golan.”

Mesmo a General Farneze não poderia fazê-los aceitar.

Claro, a General era a pessoa mais importante desta cidade.

Dito isso, nem tudo aconteceu do jeito que ela queria.

Por exemplo, dez dos vampiros que me acompanhariam às terras de Tralzard…

Disseram-me que a General tinha usado meios bastante fortes ao selecioná-los.

Eram filhos e filhas dos soldados desta cidade.

Ela queria que eles crescessem. Esse era o desejo da General.

E assim este julgamento tinha sido dado a eles.

Afinal, só porque seus pais eram bons soldados, não significa que eles seriam grandes lutadores também.

Mas isso não foi porque ela era uma pessoa muito paciente também.

 

Para ser franco, eles eram considerados as sobras dos vampiros.

Vagabundos, na verdade.

Vampiros que estavam desempregados ou apenas ajudavam em casa.

Otakus ou Neets poderia funcionar também.

Mas esse é o tipo de Vampiros que eles eram.

Talvez tenha sido o resultado de nascer como uma espécie de ‘alto escalão’, ter ótimos pais e viver em uma cidade segura.

Apesar de desistirem facilmente, eles tinham muito orgulho.

Mas a General queria que eles crescessem para que pudessem ajudar a proteger o futuro desta cidade.

Foi porque ela se sentiu assim que os escolheu, mesmo que isso significasse usar um pouco de força.

No entanto, foram seus pais que foram os primeiros a se opor.

“Ir para um país diferente? Ultrajante!”

“Meu filho é forte o suficiente. Não há necessidade de treinamento.”

“Em primeiro lugar, a própria ideia de ser liderado por um Ogro é inédita.”

Etc.

A General tinha tomado a decisão sem perguntar às pessoas envolvidas, e por isso vieram aqui reclamar.

Quanto a mim, eu não podia ver por que esses pais achavam que tinham o direito de vir aqui, quando estávamos falando sobre adultos.

Eu tinha ficado e ouvido eles calmamente, principalmente pelo bem da General, mas eu estava chegando ao meu limite.

 

“Além disso, Ogros são apenas paredes de carne.”

“Exatamente. Na verdade, por que não chupar todo o sangues deles agora?”

“Esses nem valem a pena se transformar em comida de porco.”

“Será um incômodo lidar com as carcaças.”

“Seremos misericordiosos com você se você apenas se enforcar e morrer.”

Eles não estavam sendo muito legais.

No começo, meu sorriso tinha sido puramente para a General, mas depois de um tempo, eu me vi sorrindo e rindo pela minha própria vontade.

“Entendo. Então todos vocês têm reclamações sobre mim e minha espécie.”

Grande sorriso.

“Claro, nós temos. Seu Ogro sujo!”

“Você não estava nos ouvindo? É por isso que eu odeio essas raças.”

Ainda sorrindo.

 

Esses caras. Eles não estavam apenas zombando de mim, mas todos os meus homens.

“Eeee… Golan está rindo.”

“E-ei… Vamos sair daqui.”

Os outros Ogros começaram a se afastar como ladrões à noite.

Que grosseria. Eles não tinham que fugir. Eu não ia machucá-los.

“Eu tomei minha decisão. Vamos matar esse Ogro e esquecer tudo isso.”

“Perfeito. Na verdade, vamos matar todos esses ogros fedorentos!”

“Sim! sim! Mate todos eles!”

Não só zombavam de mim, mas agora tentaram machucar meus homens.

Estes deveriam ser os guardiões da cidade. Que piada.

Havia dois que eram especialmente ruins. Eles vieram direto para o meu rosto e amaldiçoaram alto.

O General teve a gentileza em me dizer seus nomes. O homem era Eltar, e a mulher era Finsal.

Aparentemente eram um casal.

Eles não podiam suportar a ideia de seu amado filho ser levado. E eles vieram até mim como se eu fosse seu inimigo mortal.

Quanto a mim, agora estava completamente sem paciência.

“Se você tem tanta certeza sobre isso, que assim seja. Vamos resolver isso com a força.”

Era o jeito do Mundo Demoníaco.

Ao ouvir essas palavras, Eltar sorriu perversamente.

‘Nós o pegamos.’ Estava escrito no rosto dele.

“O resto de vocês está de acordo?”

Eu perguntei. E cada um deles acenou com a cabeça.

“Bem, isso torna as coisas mais fáceis. Lutarei com todos vocês. E quem perder terá que obedecer ao vencedor.”

Todos me olhavam como se não acreditassem como eu era estúpido.

Afinal, eles eram soldados de verdade, confiantes em sua habilidade.

E assim todos eles acenaram com a cabeça.

 

“Então… uma luta… Vocês dois serão minhas armas.”

“… O que você disse?

“O que isso significa?”

Eltar e Finsally olharam para mim com suspeita.

Eles não sabiam sobre Aikido. Agarrei levemente seus braços e chutei suas pernas, movendo seu centro de gravidade para que eles voassem para o ar e caíssem de cabeças.

Claro, eles não tomaram nenhum dano a partir disso.

Ainda assim, havia algo muito bem-humorado em ver suas pernas apontando para o ar.

E então eu agarrei a perna direita e a perna esquerda, respectivamente.

“Agora, vamos começar isso, seus idiotas! Dê tudo o que você tem!”

Eu balancei minhas armas recém-adquiridas enquanto eu entrava no grupo de vampiros.

“Meu movimento especial, a ‘Ruína Eltar!'”

Eu acertei o inimigo com Eltar várias vezes. Claro, não havia necessidade de se conter. Eu podia ouvir exclamações de ‘Pare!’ e ‘Aghh!’ mas eu as ignorei. As armas não falavam.

“‘Grande Tornado Finsal!'”

Eu girou Finsal como um moinho de vento… ou as pás de um ventilador.

Gon-gon-gon…

Ouvi os sons do impacto. E toda vez, um inimigo voava para o ar. Que bom ventilador.

 

“Bloqueio Eltar!”

“Devolva ele!” Alguém gritou enquanto avançava em minha direção. E então eu o bloqueei com o meu Eltar.

Eu ouvi um ‘Gaah!’ de algum lugar, o que foi estranho. Escudos não falam.

“E o ‘Retorno Finsal’!”

Bati o Finsal no inimigo. Ele soltou um satisfatório ‘Gblegh!’ enquanto ele voava para longe.

“E meu movimento mais mortal, ‘A Última Ação do Casal’!”

Eu girei os dois braços ao mesmo tempo como rodas e pisoteei sobre os inimigos na área.

Talvez minhas armas fossem especialmente boas, ou talvez fosse a minha fiação, mas quando terminei, não havia uma única pessoa de pé.

“Agora o finalizador. Casal Mestre’!”

Como se batendo um tambor, eu bati os inimigos no chão com minhas duas armas.

Era difícil pensar que eu poderia bater mais em algo do que eu estava batendo neles agora.

Na verdade, eu estava me divertindo tanto fazendo isso, que eu provavelmente gritei ‘Hyaahh!’ algumas vezes.

Foi assim que perdi a noção do tempo…

General Farneze estava arranhando minha cintura e gritando: “Por favor, pare com isso já!”

Quanto aos outros Ogros… eles não estavam em lugar nenhum para ser visto.

Aviso do Tradutor:

Asu

Asu

Rolar para o topo