Selecione o tipo de erro abaixo

Uma Vindoura Catástrofe!


Na Galáxia dos Domínios Ardentes, que Noah deixou em ruínas, a Entidade estava flutuando entre as estrelas enquanto muitos pensamentos passavam por sua mente.

Os dois demônios anciões que ela protegia estavam percorrendo a galáxia enquanto verificavam os danos, mas ela sabia que a força de demônios que ela criou nas últimas centenas de anos foi destruída em um único dia!

Sua ira era tão grande como sempre, mas ela a conteve enquanto acenava com a mão e liberava uma página antiga – uma página do Livro da Ruína!

Ela usou um método único ao derramar essência na página, fechando os olhos para sentir algo, mas seu rosto ficou ainda mais sombrio à medida que a raiva aumentava. O que ela havia sentido com seu método único era o fato de que… a Página que deveria estar presente na Galáxia do Céu Estelar havia desaparecido!

Ela não conseguia mais sentir esse sinal, embora as duas galáxias não estivessem a muitos anos-luz de distância, o que a fez saber que, nesse período de tempo, alguém a havia levado embora.

Sua raiva borbulhante deu lugar a seus milhares de anos de experiência enquanto ela pensava em várias possibilidades, com a maior delas sendo o próximo poder mais forte que acabara de entrar na Galáxia para salvá-los do cerco dos Demônios, bem como o poder que estava assumindo o controle da Galáxia do Céu Estelar neste momento!

“Adjudicador insignificante!”

Sim! Ela começou com a força mais próxima possível que poderia ter tomado algo dela e era a Galáxia Nexus que acabara de fornecer suporte na Galáxia em que a Página da Ruína costumava estar.

“Primeiro, um agressor inexplicável e, agora, uma simples galáxia achando que pode ficar no meu caminho! Já me curei o suficiente para ser capaz de resistir a outra Entidade se eu enfrentar uma… desta vez, eu mesmo agirei!”

BRUMMM!

A Entidade terrivelmente poderosa que nem mesmo Noah poderia suportar no momento havia levado tempo suficiente para se curar e sua cura sempre foi em termos de cuidado e segurança.

Ela não sairia da Galáxia dos Domínios Ardentes se não estivesse confiante de que seria capaz de resistir a outra Entidade e foi esse tipo de paranoia e cuidado que fez com que ela mantivesse sua vida por tantos anos.

Desta vez, ela estaria se movendo em direção à Galáxia Nexus, eliminando os seres incômodos que ousavam resistir ao seu poder e negar os desejos de uma Entidade por tanto tempo!

Ela já havia destruído várias galáxias antes e essa estaria entre elas em breve. Ao olhar em volta dos Domínios da Galáxia que ela havia ocupado nas últimas centenas de anos, ela balançou a cabeça em sinal de decepção.

“Que perda de tempo, nenhuma força decente saiu dela!”

Seu olhar envelhecido estava cheio de desapontamento enquanto a luz do teletransporte enchia seu corpo, desaparecendo da Galáxia dos Domínios Ardentes enquanto ela se dirigia a um único lugar, com o objetivo de acabar com uma Galáxia!


As galáxias eram coisas únicas no vasto universo, pois geravam multidões de vida dentro delas e o Universo lhes concedia sentidos únicos a elas.

Um desses privilégios era a sensação de perigo para as galáxias e para todos os seres que elas continham. Essa sensação permitia que uma galáxia tentasse mobilizar suas forças antes que esse perigo chegasse e destruísse tudo. Muitas Galáxias destruídas sentiram essa sensação antes de serem destruídas, pois mesmo quando mobilizavam todas as suas forças, elas nunca eram suficientes para um perigo inevitável que vinha em sua direção!

Assim, elas seriam destruídas enquanto experimentavam o renascimento, sabe-se lá quantos anos depois, gerando dentro delas toda uma nova geração de criaturas à medida que os ciclos se passavam ao longo das eras do tempo.

Nesse dia em particular, a poderosa Galáxia Nexus, que tinha alcance em várias Galáxias vizinhas e até mesmo desfrutava dos usos de uma Fenda Universal única… essa Galáxia sentiu uma sensação de perigo iminente surpreendente que lhe dizia… que a morte estava próxima para ela e para todos os habitantes dentro dela!

Todos os mundos, reinos, seres, culturas e estruturas de poder formados, nos quais eles haviam trabalhado por centenas de milhares de anos… estavam prestes a ser destruídos por esse perigo iminente.

THRUUMM!

Nesse dia, os poderosos habitantes da Galáxia Nexus sentiram um forte chamado quando seus rostos se tornaram cinzas e não ouviram nenhuma palavra de sua Galáxia, mas receberam a compreensão de que precisavam se preparar ou todos pereceriam!

Essa sensação chegou até Noah, que tinha o corpo de Alexander na Galáxia Nexus, levantando o rosto com uma expressão sombria quando estava prestes a invocar seu quinto Animal de Estimação Animus.

Na Galáxia Nexus, a Princesa Imperial, que estava colada ao Cristal do Dao nos últimos dias, finalmente levantou o rosto, seu corpo começando a brilhar com o lampejo do Dao, pois, surpreendentemente, ela conseguiu vislumbrá-lo e obter a compreensão inicial em poucos dias!

No entanto, seu comportamento deslumbrante não era feliz e era possível ver uma pitada de tristeza em seu rosto, o que faria qualquer homem correr em sua direção enquanto sussurrava palavras doces de como poderia ajudar para que tal expressão nunca aparecesse em alguém como ela.

Ela tinha essa expressão de tristeza porque, mesmo depois de pisar em um Dao Menor, seu lar estava enfrentando uma ameaça que poderia destruir tudo logo depois!

Ela suspirou ao se levantar, suas ações tiraram sua mãe, Anastasia, de seu estupor e ela se virou para a filha com olhos brilhantes.

“Assim como sua mãe… você tem muito talento.”

Ela foi em direção a ela enquanto esfregava o cabelo carmesim cintilante que podia ser visto nas duas com carinho, Anna acenou timidamente com a cabeça enquanto olhava ao seu redor e se lembrava de outra pessoa.

“Onde estão papai e Alexander? Eles também conseguiram pisar no Dao?”

“Bem…” 

Uma expressão irônica apareceu em Anastasia enquanto ela contava sobre os eventos passados, um “O” fofo se formava no rosto de Anna quando, em poucos minutos, o Adjudicador Imperial apareceu no Reino das Planícies Azuis em que estavam com um rosto pesado.

“Algo está chegando. Um perigo que representa uma calamidade para destruir tudo o que construímos e não tenho certeza de onde ela vem…”

Seu olhar era o de um governante frustrado e de um pai dolorido, com a mente sentindo uma sensação de fraqueza que queria fazê-lo gritar suas queixas!

Anastasia assentiu com a cabeça enquanto ainda segurava a filha com carinho.

“Está tudo bem. Vamos passar por isso juntos. Chame o gênio Alexander e reúna todas as forças poderosas fora dos limites da Galáxia. Veremos exatamente quem deseja prejudicá-la.”

BRUMMMM!

Uma ameaça se aproxima! Um movimento de forças! O início de algo que levaria a resultados chocantes…

Olá, eu sou o Leandor!

Olá, eu sou o Leandor!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥