Selecione o tipo de erro abaixo

Capítulo 495 – Guardas de Sangue de Chiyou


『 Tradutor: Crimson 』

Diante da situação atual que a Cidade Consonância enfrentava, Ouyang Shuo queria ajudar, mas não tinha recursos para isso.

O atual Ouyang Shuo não tinha tempo nem esforço para se preocupar com coisas fora do campo de batalha direto, já que cem mil soldados Chiyou apareceram a dez quilômetros do centro de comando de Shanhai.

Dez quilômetros. Até mesmo a infantaria levaria no máximo duas horas para cruzar facilmente tal distância. Quanto à cavalaria leve blindada, poderiam entrar no território inimigo em apenas meia hora.

Era o mesmo que dizer que, àquela distância, ambos os lados poderiam iniciar a guerra a qualquer momento.

A verdadeira guerra entre os dois lados havia começado oficialmente.

Han Xin começou a planejar as formações do exército.

Ele nomeou Zhang Han como general da esquerda; ele lideraria a 1ª e a 4ª divisões da Legião Leopardo. Di Qing assumiria o papel de general da direita; ele lideraria a 3ª e a 5ª divisões da Legião Leopardo para atuar como ala direita.

Han Xin ficaria encarregado do meio e lideraria a 2ª divisão. A Divisão de Guardas também ficaria temporariamente sob seu comando, e eles agiriam como as forças do meio do exército.

Ouyang Shuo lideraria os três mil Guardas Marciais Divinos como apoio ao exército.

Oitenta mil soldados se espalharam pela fronteira, abrangendo vários quilômetros.

Dois dias antes, Shi Wanshui e Shan Zhu receberam ordens de Han Xin. Eles deveriam partir imediatamente, evitando as patrulhas e batedores da Província Wuzhou para atacar Chiyou furtivamente por trás.

Han Xin não estava pronto para atacar a Cidade Chiyou.

Era apenas a Cidade Chiyou quando Chiyou estava lá.

Sem ele, era apenas uma cidade vazia.

Portanto, atacar furtivamente seu acampamento era uma ação completamente inútil. Se começassem a lutar, não importa se a cidade caísse ou não, Chiyou lideraria seu exército adiante.

Como resultado, se conseguissem esmagar o exército de cem mil, a Batalha de Wuzhou chegaria ao fim.

Esses eram apenas cálculos simples.

Han Xin percebeu isso, então estava pronto para concentrar todos os seus homens no ataque ao Exército Chiyou.

Quanto a Chiyou atualmente, o que estava fazendo?

No ponto mais alto da área.

A montanha tinha menos de cem metros de altura, e a tenda de Chiyou ficava no pico. As pessoas chamariam esse ponto de Encosta do Diabo, significando o lugar onde o diabo Chiyou havia armado sua tenda.

Embora a montanha fosse alta, as árvores ainda floresciam.

O aspecto mais surpreendente foi o enorme aglomerado de árvores osmanthus neste pico.

O 10º mês era originalmente a época em que a flor osmanthus florescia. Infelizmente, a solenidade e a aura assassina da natureza selvagem destruíram esse lindo cenário. Todas as árvores osmanthus na montanha murcharam em uma noite.

As flores de osmanthus que floresceram caíram de seus galhos e no chão. Depois que os bárbaros da montanha as pisotearam continuamente, ficaram em um estado terrível.

Elas=s se tornaram parte do solo; o único sinal de sua existência era a fraca fragrância no ar.

Enquanto a brisa do outono soprava, o ar ainda tinha um pouco da fragrância das flores de osmanthus, o que não condizia com a seriedade da natureza selvagem.

Chiyou provavelmente escolheu este lugar por esse motivo.

Para o mundo exterior, os bárbaros das montanhas eram incultos. Seu líder, Chiyou, era naturalmente vulgar, estúpido, maligno e feio.

Ele era um demônio!

O povo o temeria, mas não o adoraria.

Tudo isso foi apenas parcialidade e mal-entendido.

No mínimo, Ouyang Shuo não pensava neles dessa maneira.

Como um dos poucos Lordes que entrou em contato com os bárbaros das montanhas, Ouyang Shuo não achava que fossem uma raça estúpida e inculta.

Entre eles, havia muitas pessoas incríveis e excepcionais.

Seja o xamã da tribo Xuanniao, Rui Zhi, Shi Hu ou Shi Bao, todos deixaram uma profunda impressão em Ouyang Shuo.

Nem é preciso dizer que o líder da tribo Leidiana, Lei Fan, usou sua habilidade para obter a posição de Governador da Casa Lâmina Partida.

Administrativamente ou militarmente, os bárbaros das montanhas poderiam assumir qualquer uma das posições.

Em contraste com a trapaça e a astúcia das planícies médias, os bárbaros das montanhas eram mais confiáveis ​​e leais.

Portanto, como seu líder espiritual, como Chiyou poderia ser uma pessoa estúpida? Há muito tempo, durante os velhos tempos, a tribo de Chiyou tinha tecnologia muito à frente de seu tempo.

Isso prova que era realmente uma pessoa inteligente.

Se não, ele não poderia ter tomado o controle de uma área tão grande e se tornado uma força enorme nas regiões selvagens. Enquanto isso, o Imperador Amarelo e Imperador do Fogo, que eram da mesma era que ele, desapareceram.

É claro que inteligente não significava que era misericordioso.

A violência de Chiyou era um fato inegável.

Cada um dos bárbaros da montanha que guardavam a montanha emitia uma aura assassina. Esses guardas eram sua elite, os Guardas de Sangue de Chiyou.

Comparados aos guerreiros da Raça Han, eles tinham uma altura similar. Estranhamente, eram na verdade muito mais altos do que os bárbaros da montanha normais, excedendo dois metros.

Seus músculos fortes se projetavam, cheios de vigor.

A parte ainda mais estranha era o olho vermelho-sangue. Mesmo à noite, seus olhos emitiam um brilho escarlate.

Foi assim também que surgiu o nome Guardas de Sangue de Chiyou.

Cada guarda de sangue era uma máquina de matar humanos padrão.

Eles não tinham sentimentos e não sentiam dor.

Eles só sabiam matar.

O desenvolvimento dos guardas de sangue era ultra secreto. Mesmo na Cidade Chiyou, muito poucas pessoas sabiam sobre sua existência.

Na cidade, ele construiu um pátio isolado para treinar os Guardas de Sangue. Os muros eram extremamente altos e os separavam do mundo exterior. Os plebeus da cidade podiam ouvir os gritos de dor de dentro.

A dor estava enterrada em seus ossos; seus gritos eram como os de animais, desesperados e tristes.

Ninguém sabia que tipo de dor os soldados enviados tiveram que passar.

Todos os dias, corpo após corpo era carregado e enterrado. Até os corpos retirados eram cobertos, então ninguém podia ver seus rostos reais.

Com o passar do tempo, alguns segredos deixaram de ser segredos.

Finalmente, alguém viu os rostos dos cadáveres. Foi dito que o bárbaro da montanha que viu ficou tão chocado que teve um derrame e quase morreu.

Um demônio do inferno!

O corpo levado tinha o rosto borrado, enquanto os vasos sanguíneos ao redor do corpo haviam explodido, e o cadáver sangrava por todos os buracos.

Ele estava simplesmente uma bagunça sangrenta.

Ninguém sabia que tipo de método Chiyou usava para treinar esses Guardas de Sangue.

Além disso, havia até pessoas que viram que grandes quantidades de pessoas da raça Han seriam enviadas para o pátio. Essas pessoas inocentes, ninguém nunca as viu sair.

Mesmo quando a guerra começou, o pátio permaneceu fechado, e ninguém os viu sair.

O longo treinamento deixou até o próprio Chiyou violento. Seus olhos eram como os dos Guardas de Sangue, completamente vermelho-sangue.

Um ano e meio depois, dezenas de milhares de bárbaros das montanhas foram enviados. No final, havia treinado apenas mil Guardas de Sangue.

Os nove mil restantes se tornaram corpos frios e sem vida, e foram colocados para descansar no cemitério.

Uma taxa de mortalidade tão alta teria causado problemas entre as diversas tribos se ele não tivesse uma reputação e prestígio tão altos; ele era praticamente o Deus deles.

É preciso saber que os bárbaros das montanhas enviados para treinar eram todos escolhidos entre milhares ou dezenas de milhares de pessoas. Eles eram a elite da elite. Uma taxa de mortalidade tão alta era totalmente inédita.

Os soldados que sobreviveram ao treinamento infernal não pareciam pertencer a esta terra.

No momento em que se transformaram, perderam a própria consciência. Não estavam claros sobre seu passado; não reconheciam seus entes queridos e nem sequer tinham sentimentos.

Restaram apenas a obediência e o instinto assassino.

Eles obedeceriam ao seu mestre, Chiyou, para matar tudo que estivesse na frente deles.

Esses mil Guardas de Sangue eram o trunfo mais forte de Chiyou.

Além disso, haveria as mudanças que fez nos guerreiros das várias tribos. A Cidade Chiyou foi formada a partir de vários grupos de tribos de bárbaros das montanhas. No começo, era uma aliança tribal.

Chiyou era o líder da aliança.

O Exército Chiyou na história foi formado exatamente da mesma maneira. Rumores diziam que Chiyou tinha oitenta e um irmãos. Na verdade, eram oitenta e uma tribos diferentes.

Na Batalha de Zhuolu, Chiyou perdeu feio.

Portanto, depois que apareceu nas regiões selvagens, ele já havia aprendido sua lição. Ele era uma pessoa extremamente inteligente, então entendeu as maneiras como os Lordes usavam suas tropas.

Chiyou ordenou que os soldados de todas as tribos se reunissem para reorganização.

No final, Chiyou formou dez grupos de dez mil soldados. Cada grupo de dez mil soldados seria dividido em grupos de mil soldados. Eles continuariam a se dividir até atingirem esquadrões de dez homens.

A organização de suas tropas por Chiyou era similar ao método empregado pelo exército de pastagens. Tal método de organização era bom porque era simples e não exigia muita habilidade do comandante.

Só com esse ponto, era possível perceber a inteligência de Chiyou, à medida que ele aprendia e aplicava seus novos conhecimentos.

Após formar o exército, os cem mil soldados finalmente puderam formar sua força. Eles não estavam sob o controle de seus vários líderes tribais e isso deu a Chiyou controle absoluto do exército.

Além disso, Chiyou também nomeou seus dez irmãos como líderes dos grupos de mil homens.

Com isso, Chiyou tinha um controle firme sobre seu exército. Seus poucos irmãos tinham passado pela morte com ele, e eram absolutamente leais.

As várias tribos perderam o direito de falar no exército.

Além da organização do exército, Chiyou também prestou muita atenção à pesquisa de armas.

Na história, as armas de cobre que usou eram muito melhores do que as de pedra que o Exército Yanhuang empregou. Embora não tenham vencido a guerra, suas armas tinham uma vantagem evidente.

Portanto, nas regiões selvagens, naturalmente prestou muita atenção à pesquisa de armas. Ele usou os artesãos da Raça Han nas regiões selvagens com os métodos secretos da Tribo Jiuli para criar armas e armaduras únicas.

Embora esses equipamentos não pudessem ser comparados às armas mais importantes da história, como a Armadura Mingguang e a Lâmina Tang, eram definitivamente melhores do que os fornecidos pelo sistema.

Portanto, mesmo em termos de equipamento, o Exército da Cidade Shanhai não possuía muita vantagem.

A confiança de Chiyou surgiu dos três pontos acima.

Chiyou teve a confiança necessária para esmagar o oponente à sua frente e entrar em Lingnan

Picture of Olá, eu sou Master!

Olá, eu sou Master!

Comentem e avaliem o capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥