MP – Capítulo 557

Capítulo Anterior  ||   Índice  || Próximo Capítulo


Capítulo 557: A História de Hong Zhuang

Tradutor: Asu | Editor: Asu

O Edifício 33 era o departamento subterrâneo do Governo da União. Foi concebido para empresas obscuras. Lin Huang aprendeu sobre isso quando estava no campo de treinamento do Corvo Roxo. No entanto, ele só sabia que a organização estava localizada sob a Capital Branca, mas ele não tinha a menor ideia de onde estava o ponto exato. Ele não esperava que Hong Zhuang fosse trancada no Edifício 33. No entanto, o Governo da União não organizou o seu encontro no Edifício 33. Em vez disso, eles se reuniram na sede do Governo da União.

Já passava das nove da manhã quando Lin Huang seguiu os dois investigadores até a sede. De pé na porta, Lin Huang não se conteve, mas olhou para o enorme edifício mais uma vez. O edifício era como um pilar gigante de pé todo o caminho para o céu. Parecia irreal como a parte superior estava envolta em nuvens. Ele tinha ouvido falar do Sr. Fu antes que o prédio era na verdade uma relíquia semideus.

Aparentemente, o Governo da União estava preocupado que os acidentes pudessem acontecer, razão pela qual o encontro foi organizado na sede. Lin Huang esperava que isso acontecesse. Ele sabia que haveria mais de um humano no Nível Imperial observando-os. Embora ele tivesse sua mente inundada de pensamentos sobre como as coisas poderiam dar errado, como Hong Zhuang, prejudicando-o ou ao Governo da União que o ameaçava, ele decidiu entrar no prédio de qualquer maneira.

Quando ele entrou no salão, ele percebeu que o prédio não era tão luxuoso quanto ele esperava ser. Não havia muitas decorações extravagantes. Foi semelhante a um edifício de escritórios típico. A única decoração cara pode ser a espada dourada no meio do salão. A espada tinha mais de três metros de comprimento. Embora a aura estivesse escondida, Lin Huang percebeu que se tratava de uma relíquia semideus em vez de uma relíquia antiga.

Ele só conseguiu espiar a espada antes de seguir os dois investigadores até o 101º andar, pegando o elevador. Eles ficaram em silêncio no elevador e demorou um pouco para chegar ao andar. A dupla trouxe Lin Huang para um dos quartos. O quarto era pequeno. Tinha apenas 40 metros quadrados de largura. Não havia nada nas três paredes caiadas[1]. O vidro escuro substituiu a metade superior da quarta parede. Embora ele não pudesse ver o outro lado do vidro, ele sabia que havia pessoas o observando do outro lado.

Havia uma pequena mesa de metal e duas cadeiras localizadas no meio do quarto. Foi o mais alto nível de simplicidade. Além disso, as duas cadeiras foram colocadas em frente à parede de vidro, onde nenhum gesto secreto poderia ser feito, pois seriam escrutinados. Lin Huang olhou para a porta e sentou-se no assento mais perto da porta. Quando ele se sentou, a porta se fechou imediatamente. Ele não se virou. Em vez disso, afundou ainda mais na cadeira, apoiando-se nas costas e fechou os olhos. Ele parecia estar descansando, mas na realidade, ele estava chegando com respostas para possíveis perguntas que poderiam surgir mais tarde.

Cerca de cinco a seis minutos depois, a porta se abriu novamente. Um homem sombrio de uniforme militar trouxe Hong Zhuang, que estava vestida de branco e suas mãos estavam presas em correntes pretas. Quando Hong Zhuang se sentou, o homem colocou a palma da mão na mesa. Uma corrente preta saiu do meio da mesa e se uniu à corrente nas mãos de Hong Zhuang. Lin Huang franziu a testa enquanto observava isso.

O homem olhou para Lin Huang sem expressão, depois saiu do quarto e fechou a porta.

“Eu não esperava que você concordasse em me ver.” Hong Zhuang sorriu sentado na mesa.

“Eu não queria vir, mas sei que não posso recusar isso.” Lin Huang encolheu os ombros.

“Então, me diga, qual é a razão pela qual você queria que eu viesse até aqui para ver você?”

“Nada, estou entediada e adoraria conversar com alguém. Você sabe que é a única pessoa que conheço na Capital Branca.”

“Mesmo que ainda haja pessoas do Corvo Roxo na cidade, eles não teriam a audácia de vir ao Governo da União para falar comigo”, acrescentou Hong Zhuang.

“Eu vejo que você ainda está brincando. Isso mostra que o Governo da União tem sido gentil com você enquanto está aqui.” Lin Huang levantou uma sobrancelha.

“Você saberia o que eles realmente fizeram comigo se eu tirasse minhas roupas. Mas eles fizeram tudo que podiam. Não é tão fácil me fazer falar.” Hong Zhuang olhou para o vidro preto com um tom insultuoso.

Havia um grupo de homens atrás do vidro, como Lin Huang e Hong Zhuang esperavam. Até mesmo o diretor do Edifício 33, Zhou Xiong, era um deles. Ele lançou um olhar assassino quando ouviu o insulto de Hong Zhuang.

“Não tire suas roupas. Há pessoas assistindo. Eu me sentiria envergonhado mesmo se você não o fizesse.” Lin Huang sorriu educadamente ao recusar a sugestão de Hong Zhuang.

“Vamos conversar.”

“Seu idiota!”

“Vamos ver quem é o idiota quando não há ninguém por perto!” Lin Huang disse, mas ele logo lembrou o quão poderosa Hong Zhuang era. Ele pode ser o idiota mesmo quando ninguém estava por perto. Imediatamente, ele se sentiu mudo por dizer isso.

Hong Zhuang sorriu e não disse nada.

“Sobre o que você quer falar?” Lin Huang sentiu-se desconfortável quando ela estava olhando para ele, então ele mudou de assunto.

“Você não tem muitas perguntas? Você pode perguntar agora, e eu vou ver se eu quero respondê-las. Mas é claro, nem todas as respostas serão a verdade.” Hong Zhuang olhou maliciosamente para ele.

Lin Huang ficou feliz ao ouvir a primeira metade do que ela disse, mas assim que terminou a frase, ele pensou que poderia haver perguntas que ele preferiria não fazer.

“Tudo bem, deixe-me pensar sobre isso…”

“A primeira pergunta. Isso tem me incomodado há muito tempo. Por que você insistiu em me fazer se juntar ao Corvo Roxo quando me conheceu pela primeira vez? Foi por causa dos meus monstros convocados?”

“Essas perguntas…” Hong Zhuang parecia estar recordando suas memórias.

“Eu nasci em uma família rica há mais de dez anos, mas eles não eram da realeza. Eles eram de uma família comum e rica de um ponto de apoio de Grau C. Eu tenho um irmão que é dois anos mais novo do que eu. Ele era fofo quando ele era criança. Ele era exatamente como você. Ele tinha olhos escuros também. Ele parecia adorável mesmo quando estava bravo, então eu adorava engana-lo. Essa vida feliz durou até os meus 16 anos”

“Era inverno. Eu lembro que estava nevando naquele dia. Um Olho Virtual se abriu perto do nosso ponto de apoio. Era uma horda de monstro de Nível Desastre, e os monstros inundaram todo o ponto de apoio. As pessoas das organizações do Governo da União não conseguiram lidar com os monstros e então fugiram. Havia até seres humanos de Nível Transcendente que podiam voar entre eles. Eles nem sequer tentaram lutar e deixaram centenas de milhares de pessoas para trás.”

“Eu estava gritando por socorro debaixo da casa desmoronada. Nenhum dos transeuntes me ajudou. Tudo o que importava era correr por suas vidas. Não importava se eram as pessoas comuns ou os caçadores corajosos, os aventureiros ‘destemidos’, eu os observava. Sendo atacado e comido por monstros, então eu decidi fingir minha morte. Os monstros pareciam estar mais interessados ​​em objetos em movimento. Assim eu consegui escapar da morte.”

“Parecia não haver ninguém vivo em todo o ponto de apoio depois que a horda de monstros acabou. Eu não conseguia me mexer quando estava sob a casa destruída. Eu estava faminta. Eu puxei um cadáver ao meu lado e chupei o sangue do pescoço dele que havia sido mordido por um monstro e comi sua carne. Para combater o frio, rasguei suas roupas e me cobri com elas. Isso durou três dias.”

“Na terceira manhã, um homem de casaco preto me encontrou. Ele me disse que eu tinha potencial ao julgar minha habilidade de sobrevivência e perguntou se eu gostaria de me juntar à organização em que ele estava. Eu disse a ele que prefiro morrer se fosse uma das organizações da União. Ele então sorriu e perguntou se eu tinha ouvido falar de uma criatura chamada Corvo Roxo. Eu balancei a cabeça. Ele então me explicou que o Corvo Roxo era um monstro do tipo pássaro fraco no abismo. Embora fosse fraco, era destemido e corajoso, atacavam os olhos da presa quando caçavam em grupos, depois perfuravam o globo ocular da presa e comiam os cérebros, matando-o. Os monstros de todos os tamanhos não podiam assustá-los. Ele me perguntou se eu gostaria de me juntar ao Corvo Roxo, concordei sem pensar duas vezes.”

“Minha coluna estava quebrada. Eu estava paralisada da cintura para baixo quando ele me salvou da casa destruída. Eu queria que ele salvasse meus pais e meu irmão, mas ele me disse que não havia mais ninguém vivo em toda a área. Eu era a única humana que ainda estava viva que ele encontrou, eu não acreditei nele, então ele moveu os destroços, e eu vi os corpos frios dos meus pais, mas eu não consegui encontrar meu irmão.”

“Eu o segui de volta para o Corvo Roxo, consertei minha coluna e entrei no campo de treinamento, então me tornei um membro reserva. Tornei-me um membro oficial, um membro de elite e agora um membro central. Ao longo dos anos, eu não parei de procurar pelo meu irmão. Talvez ele esteja morto, mas eu não podia seguir em frente. Até que eu te conheci no ano passado, eu vi muito dele em você, então eu usei a desculpa para te colocar no Corvo Roxo. No entanto, eu não esperava que você falsificasse sua morte e escapasse…”

Lin Huang ficou em silêncio depois de ouvir a história de Hong Zhuang. Ele sempre achou que ela o tratara de maneira diferente, agora ele finalmente entendia o porquê.

“Como foi? A minha história não é boa? Não parece real?” Hong Zhuang sorriu e perguntou.

“Você inventou isso?” Lin Huang ficou chocado.

“Claro, eu inventei isso”, Hong Zhuang riu.

“A verdadeira razão pela qual eu queria que você se juntasse ao Corvo Roxo era simples. A velocidade do seu nivelamento é mais rápida do que a de qualquer outra pessoa. Os monstros que você possui parecem ser mais poderosos do que os de outros Censores Imperiais. Eu ouvi que você está escondendo um grande segredo. Eu quero saber o que é isso.”

“Erm…” O coração de Lin Huang pulou uma batida. Ele não esperava que ela tivesse tais instintos afiados.

“Pena que não há como você descobrir mais esse segredo”, Lin Huang pensou consigo mesmo.

“O que mais você quer perguntar? Pergunte agora. Você não terá chance depois de hoje.” Hong Zhuang sorriu para ele.

“Tudo bem então, a segunda pergunta…”


Capítulo Anterior  ||   Índice  || Próximo Capítulo


Notas:

[1] Caiada ou caiado é quando algo está revestido, coberto ou pintado de branco (pode ser qualquer substancia, tinta, cal, neve e etc., o ponto focal é ser branco).

Rolar para o topo