Monster Paradise – Capítulo 568

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

Capítulo Anterior  ||   Índice  || Próximo Capítulo


Capítulo 568: É Véspera de Ano Novo Novamente

Tradutor: Asu |Editor: Asu

Doze dias se passaram rapidamente. Lin Huang trouxe Lin Xin para três zonas selvagens. Sua capacidade de batalha e adaptabilidade a vários ambientes melhorou tremendamente durante esse meio mês. Lin Huang ficou ocupado durante esses 12 dias também. Ele havia modificado uma habilidade de espada chamada «Eclipse do Trovão» com a «Picada do Trovão» como base. Era mais de dez vezes mais rápida e mais poderosa que a «Picada do Trovão».

“Irmão, aonde vamos agora?” Lin Xin, que tinha sujeira por todo o corpo, sorriu para ele, mostrando seus dentes. Ela não se sentiu cansada nos últimos 12 dias. Pelo contrário, ela se divertiu matando monstros.

“Claro, estamos voltando para a Cidade de Inverno. É o Ano Novo em três dias. Você deveria descansar.” Lin Huang tirou as folhas caídas presas em seus cabelos. “Você poderia tomar um banho quando voltarmos.”.

“Ainda falta três dias para o Ano Novo, então por que não vamos para outra zona selvagem? Vamos passar dois dias caçando e um dia para o Ano Novo!” Lin Xin não terminou sua matança.

“Precisamos ir às compras, e há coisas para preparar antes do Ano Novo. Um dia não é suficiente para isso. Mesmo se conseguirmos fazer tudo, seria muito corrido para nós.” Lin Huang sacudiu a cabeça e rejeitou a sugestão dela.

“Vamos voltar mais cedo. Podemos fazer as compras em dois dias e descansar por um. Assim é melhor.”

“Tudo bem então.” Lin Xin teve que admitir que seu arranjo fazia mais sentido, então ela concordou.

Quando entraram na relíquia dimensional, chegaram a sua casa na Cidade de Inverno. A cidade era muito mais fria do que as zonas selvagens em que estavam na semana passada. O Anel do Coração do Imperador mostrou que estava -15° Celsius. Embora Lin Xin estivesse tremendo, Lin Huang não sentiu o frio.

Lin Huang cobriu Lin Xin com um casaco e acendeu a rocha negra na lareira do primeiro andar.

“Fique quente por um tempo. Deixe-me procurar por água quente.” Lin Huang foi até o banheiro. Fazia meio ano desde que saíram da Cidade de Inverno. A qualidade do ar era muito maior que o ar da Terra. Não havia muito pó na casa, mas o lugar estava monótono. Ele não tinha ideia se alguns dos equipamentos da casa ainda estavam funcionando.

Ele ligou o cristal demoníaco do aquecedor e deixou a água fria sair. Ele então encheu a banheira com água quente.

“Há água quente no banheiro. Vá e tome banho depois que a banheira estiver cheia. Vou abrir as janelas para circulação. Podemos ligar o aquecedor mais tarde.”

A casa tinha um aquecedor centralizado em que o calor seria enviado por toda a casa quando a válvula fosse aberta.

Lin Xin assentiu, depois olhou para o forno vermelho flamejante.

“Irmão, onde você acha que Xiao Xuan está agora?” Lin Xin perguntou quando Lin Huang estava subindo as escadas depois de abrir as janelas no primeiro andar.

Lin Huang ficou atordoado quando a ouviu, e ele congelou nas escadas. Ele se lembrou de que nessa época no ano passado, Lin Xuan estava nessa casa com eles. Os três passaram a noite de Ano Novo juntos. Lin Xuan adorava encarar o forno enquanto se sentava no carpete.

“Ele deveria estar bem. Não se preocupe com ele.” Lin Huang forçou um sorriso. Ele sabia que o que ele dizia não era apenas para reconfortar Lin Xin, mas para si mesmo também.

“Você acha que ele sente falta de nós?” Lin Xin permaneceu em silêncio por um tempo e perguntou a Lin Huang novamente.

“Claro que sim. Somos uma família!” Lin Huang tinha certeza disso.

“Tudo bem, vá tomar um banho agora!”

“OK.” Lin Xin parecia ter ouvido a resposta que ela estava esperando. Ela assentiu e foi em direção ao banheiro.

Lin Huang subiu as escadas para abrir as janelas do segundo e terceiro andar. Havia neve de quase 20 centímetros de espessura na sacada do segundo andar. Embora o sol estivesse brilhando, a neve não se derreteu na cidade fria.

Ele abriu a porta de correr no segundo andar e olhou para longe quando pisou na neve. Era o local onde ele havia visto Lin Xin e Lin Xuan brincando na neve no ano passado.

“Onde você está, Xiao Xuan?”

Depois de deixar entrar o ar fresco por dez minutos, Lin Huang fechou todas as janelas da casa e ligou o aquecedor. Ele então tomou um banho no segundo andar.

Quando voltou ao primeiro andar, Lin Xin já estava vestida e sentada no tapete ao lado da fornalha. Seu cabelo ainda estava úmido. Lin Huang entrou na cozinha, abriu a geladeira e se livrou da comida que havia vencido. Não havia mais nada na geladeira.

“Não há nada para comer em casa. Vamos comer fora e ir às compras depois do almoço. Mas antes disso, vamos limpar a casa desde que faz meio ano desde a última limpeza.” Lin Huang chamou Lin Xin para ajudá-lo de propósito, para que ela se distraísse.

“OK!” Lin Xin saiu da zona dela.

Eles passaram mais de uma hora limpando o terceiro andar. Era quase meio-dia quando eles terminaram e saíram de casa depois que eles trocaram de roupa. O humor de Lin Xin era muito melhor quando ela viu a neve lá fora.

“A neve no chão é tão grossa!” Quando chegaram à sala no primeiro andar mais cedo, Lin Xin não percebeu a neve lá fora.

“O inverno nesta cidade é mais longo. Começa a nevar em outubro, e a neve só derrete em abril. Nevou algumas vezes na Cidade de Inverno quando estávamos fora”, Lin Huang sorriu ao explicar.

Lin Xin tirou algumas fotos do cenário e postou em um aplicativo de mídia social. Muitas de suas amigas gostaram de suas fotos. Lin Huang tinha o mesmo aplicativo, mas ele dificilmente usava. Eles começaram a fazer compras depois de almoçar em um restaurante. Talvez devido às compras ou à bela paisagem, Lin Xin se sentiu muito melhor. Eles compraram até às seis da tarde. Lin Huang comprou apenas alguns itens enquanto passava a maior parte do tempo comprando roupas para Lin Xin. Eles jantaram e voltaram para casa depois das 22h.

“Parece que teremos que comprar de novo amanhã”, pensou Lin Huang quando chegaram em casa. Ele estava muito relaxado no dia anterior à véspera de Ano Novo, enquanto Lin Xin estava de volta ao seu modo compras. Ela começou a comprar cosméticos graças à influência de seus colegas de quarto. Lin Huang começou a decorar a casa um dia antes da véspera de Ano Novo, depois que ele terminou de fazer compras, fazendo a casa parecer bastante festiva.

Na noite da véspera de Ano Novo, Lin Huang enviou seus desejos aos seus amigos. Além do Sr. Fu, o resto deles respondeu sua mensagem. O Sr. Fu parecia estar ocupado, mas Lin Huang pensou sobre isso e decidiu não perturbá-lo. No primeiro dia do ano, começou a nevar novamente na Cidade de Inverno. Lin Xin acordou de manhã cedo e desceu as escadas emocionada. Ela não podia esperar para abrir seus presentes. Enquanto isso, Lin Huang estava sentado no sofá, lendo as notícias em voz baixa. A maioria das notícias eram realmente congratulações de Ano Novo, e não havia muito no Fórum de Caçadores, o que fez Lin Huang perceber a importância da restrição de informação.

“Irmão, isto é para você!” Lin Xin deu-lhe um presente.

“Você comprou isso para mim?” Lin Huang ficou surpreso. Lin Xin estava segurando uma pequena caixa embrulhada em papel de embrulho dourado. Ele aceitou a caixa imediatamente.

Quando ele estava prestes a abrir a caixa, ele notou uma caixa azul na mesa de café.

“Um seria o suficiente. Por que você me deu dois presentes?” Lin Huang sorriu quando ele balançou a cabeça.

“Isso é para Xiao Xuan. Eu economizei metade das coisas que você comprou para ele. Se ele retornar um dia, podemos dar a ele todos os presentes.” Lin Xin sorriu calorosamente.

Lin Huang não disse nada e deu um tapinha na cabeça de Lin Xin.

“Claro, vamos manter os presentes para Xiao Xuan!”

“Irmão, abra seu presente agora!” Lin Xin então instou Lin Huang a abrir seu presente.

Lin Huang abriu a caixa imediatamente. Havia um lenço preto nele. Parecia um pouco normal sem nenhum padrão. No entanto, Lin Huang não tinha nenhuma expectativa, pois foi o pensamento que contou.

“Você gostou?” Lin Xin estava animada para ouvir o que Lin Huang pensava.

“Eu gostei!”

“Eu tricotei sozinha!” Lin Xin declarou orgulhosamente.

“Você fez isso? Quando você aprendeu a tricotar?” Agora, Lin Huang entendia por que esse lenço parecia tão comum.

“Minha colega de quarto me ensinou. Eu trabalhei nisso todas as noites quando tinha tempo. Eu tricotei dois cachecóis nos últimos meses. Um para você, o outro para Xiao Xuan. O dele é branco”, Lin Xin explicou.

“Trabalho lindo!” Lin Huang amarrou o lenço em volta do pescoço e deu-lhe um polegar para cima.


Capítulo Anterior  ||   Índice  || Próximo Capítulo

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo