MP – Capítulo 622

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 622: Um Estorvo que Saiu do Nada

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Lin Huang planejou visitar o mercado negro depois do almoço. Embora ele tivesse obtido muita informação de Sun Ba de graça, algumas das informações precisariam ser compradas no mercado negro, incluindo onde um monstro com tripla mutação específico apareceria, os diferentes tipos de monstros, e os níveis de combate através das zonas de perigo. A principal razão pela qual ele escolheu ir para a Divisão3 foi procurar um monstro do Fogo da Vida adequado para subir de nível. Ele estava ainda mais determinado desde que o Sr. Fu foi atacado.

Apenas quando ele estava prestes a sair, Lin Huang sentiu alguém o seguindo. A pessoa pareceu permanecer nas varandas do mesmo andar por um tempo, e ele estava se aproximando de seu quarto. Ele franziu a testa enquanto observava a varanda. Ele não tinha ideia se era um ladrão ou outra pessoa. Logo, a pessoa chegou em sua varanda. Apenas quando ele estava pronto para atacar, ele olhou mais de perto e percebeu que era a loira que ele tinha visto esta manhã.

A moça estava de pé atrás da porta de correr na varanda. Ela ficou surpresa quando viu Lin Huang, mas logo ficou muito feliz ao acenar para ele.

“Estou de volta!”

Lin Huang sacudiu a cabeça e abriu a porta da sacada para ela.

“Você não pode usar a porta da frente?”

“Eu queria, mas eu não sei o seu nome e o número do seu quarto, então eu só pude seguir o que eu lembro. Esse péssimo hotel tem varandas que parecem as mesmas. Eu esqueci qual era o quarto, então eu tive que olhar varanda por varanda. Felizmente, eu acertei o andar.” A explicação da moça fez Lin Huang perceber por que ela foi a cada varanda mais cedo.

“Por favor, entre”, Lin Huang deu as boas vindas à moça em seu quarto.

“Oh, não é nada de especial! O que eu vou ficar é melhor”, a moça olhou em volta quando ela entrou e comentou.

“Não é ruim”, disse Lin Huang, sem querer insistir no assunto.

“Você não disse que você passaria amanhã?”

“Eu estava entediada, então pensei em vir agora.” A moça olhou para Lin Huang. “Não posso fazer isso?”

“Eu tenho algo para fazer à tarde.” Lin Huang não se incomodou em responder sua pergunta.

“Vamos almoçar juntos. É o meu prazer”, A moça iniciou.

“Eu já almocei.” Lin Huang apontou para a marmita em sua lata de lixo. Era hora do almoço, então o restaurante do hotel estava cheio. Ele pediu comida para viagem e almoçou em seu quarto.

A moça pensou que Lin Huang estava apenas sendo educado, mas percebeu que ele estava dizendo a verdade quando viu a marmita.

“Uma marmita… eu vou te tratar melhor.” A moça olhou para Lin Huang enfaticamente ao concluir que Lin Huang era pobre, a julgar pelo quarto em que ele estava hospedado, bem como pela comida que ele tinha.

“Está tudo bem. Eu sei que você está sendo legal, mas eu realmente tenho algo a fazer agora.” Lin Huang abriu a porta, deixando claro que queria que ela saísse.

“Onde você está indo? Eu posso ir com você já que não tenho nada para fazer à tarde.” A loira era imprudente e não temia que Lin Huang pudesse ser um traficante de humanos.

Lin Huang imaginou que ela deveria vir de uma rica família, já que ela conseguiu viver com habilidades sociais tão pobres.

“Eu estou indo para o mercado negro. Não é um lugar para uma dama como você.”

As pessoas que iam para o mercado negro eram geralmente pessoas das organizações do submundo. Lin Huang pensou que a mulher poderia estar com medo se ele dissesse isso, mas ela deu uma resposta inesperada.

“Oh, o mercado negro! Eu nunca estive lá. Meu pai e minha irmã não me permitem ir. Eu não consigo encontrar o lugar sozinho. Ouvi dizer que há muita coisa boa no mercado negro e eu sempre quis ir para lá. Já que você está indo, você deveria me levar junto.” A loira olhou antecipadamente para Lin Huang.

“Tenho assuntos pessoais para resolver no mercado negro. É inconveniente trazê-la”, Lin Huang rejeitou imediatamente. Ele começou a pensar que esta moça era ainda mais difícil de lidar do que Sun Ba, o golpista.

“Tudo o que você terá que fazer é me levar ao mercado negro. Você pode fazer suas próprias coisas enquanto eu olho em volta de mim sem te perturbar. Nos encontraremos na entrada para o jantar. Eu te trarei em algum lugar bom.” “

“Eu vou incomodar você todos os dias até que eu o pague se você não prometer me levar junto”, Ela insistiu quando notou a profunda carranca de Lin Huang.

“O que eu fiz esta manhã foi apenas algo servil. Você não tem que levar isso tão a sério.” Lin Huang não esperava que a moça fosse tão teimosa.

“É algo pequeno para você, mas não é para mim”, Disse ela com toda a seriedade.

“Se você não fizesse o que fez esta manhã, meu dragão estúpido teria destruído mais coisas, e eu teria que pagar mais compensações. Além disso, o que meu dragão estúpido fez poderia até ter matado pessoas. Meu pai definitivamente me deixaria de castigo, eu odeio ficar de castigo!”

“Além disso, meu pai me ensinou que devemos nos lembrar daqueles que nos ajudaram. Você me ajudou muito, então devo agradecer-lhe com todo o meu coração. Se você não aceitar, essa dívida vai ficar no meu coração para sempre”

Depois de ouvir a longa história, Lin Huang não quis retrucar porque sabia que, se o fizesse, a moça não desistiria facilmente, já que ela era teimosa. Ele pensou sobre isso e acenou com a cabeça eventualmente.

“Tudo bem, então. Vou trazê-la para o mercado negro, mas você terá que me ouvir. Não corra por aí. Espere por mim enquanto eu estou resolvendo minhas coisas. Eu mostrarei a você quando terminar. Além disso, tudo termina depois do jantar. Você vai para casa e finge que nunca me conheceu e eu nunca te conheci.”

Embora a moça parecesse ingênua, Lin Huang ficava vigilante sempre que alguém se aproximava dele devido ao Sr. Fu. Seu disfarce normalmente funcionaria para pessoas sob o Nível Imperial, mas pessoas com habilidades únicas ainda poderiam enxergar através de seu disfarce.

“Entendido!” A loira concordou com entusiasmo depois de ouvir sua confirmação.

“Ah sim, esqueci de me apresentar. Meu nome é Yao Huanhuan.” Ela estendeu a mão para um aperto de mão.

Lin Huang percebeu que a dama não havia prestado atenção ao que ele disse. Ele havia dito a ela para fingir que não se conheciam, mas agora que ela estava se apresentando, ele não tinha certeza se ela tinha feito isso de propósito.

“Wu Ming.” Ele apertou a mão dela de qualquer maneira.

“Por que o seu nome é assim? Não soa como um nome. Que ‘Ming’ é esse? É o ‘Ming’ de ‘Guang Ming’? Posso te chamar de Xiao Ming[1]?”

Lin Huang ignorou suas perguntas e saiu do quarto.

“Feche a porta!” Ele disse a Yao Huanhuan que foi deixada para trás.


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Nota:

[1] Wu Ming na raw é 无名 que se traduz como ‘Sem Nome’ ou ‘Anônimo’. Lin Huang estava tentando dizer a Yao Huanhuan que ele queria permanecer anônimo, mas ela zoou ele em vez de prestar a atenção a como seu nome soava.

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo