MP – Capítulo 705

Capítulo Anterior  ||  Índice  ||  Próximo Capítulo


Capítulo 705: O Passado de Lin Huang

Tradutor: Asu | Editor: Asu

“Onde é este lugar?”

Lin Huang olhou em volta do lugar vagamente familiar em que se encontrava. Ficou chocado quando percebeu onde estava. Era um apartamento com um quarto, uma sala de estar, um banheiro e uma cozinha. A decoração do apartamento parecia exatamente a mesma do local que ele costumava ficar dois anos antes de viajar para outro mundo. Para ser exato, era a casa dele antes de ele sair.

O buraco que ele acidentalmente queimou com o cigarro depois de cair no sono ainda estava no sofá da sala de estar. Na mesa de café, havia uma rachadura no cinzeiro que havia escorregado quando ele estava lavando. Nos armários polivalentes sob a televisão estavam os romances que ele colecionara. Lin Huang então correu para o quarto. O cobertor estava dobrado como costumava estar na cama, cobrindo metade da cama. A fronha era a que tinha o céu noturno azul-escuro e as estrelas que combinavam com os desenhos do edredom. O relógio e as chaves foram colocados no lado esquerdo da cabeceira da cama, ao lado da lâmpada. Seus jeans, camiseta, roupa íntima e meias penduradas na sacada do lado de fora do quarto.

“Eu estou… de volta à Terra?” Lin Huang tinha uma expressão complicada enquanto olhava ao redor. Ele tinha pensado em muitas manifestações de seus medos mais profundos que a Runa Que Vislumbra o Coração mostraria a ele depois de ativá-la, mas ele não esperava ser trazido de volta à Terra. Assim como ele estava digerindo tudo, seu celular no bolso começou a vibrar. Ele havia se acostumado com o Anel do Coração do Imperador nos últimos dois anos e quase se esquecera da existência dos telefones celulares.

Ele pegou seu telefone Fruit7 e percebeu que era Xiao Wang quem estava ligando. Ele não sabia o que fazer. Ele deveria atender a ligação? Muita coisa havia acontecido nos últimos dois anos, e ele não conseguia se lembrar quem era esse Xiao Wang. Ele não atendeu a ligação enquanto segurava o celular na mão. No entanto, o telefone não parou de vibrar. Esse Xiao Wang com certeza era teimoso. Lin Huang pensou sobre isso e decidiu atender de qualquer maneira.

“Xiao Wang, você está procurando por mim?” Lin Huang ainda não tinha ideia de quem era Xiao Wang.

“Bonito, venha beber comigo esta noite?” Ouvindo a voz e como ele o chamou, Lin Huang lembrou quem era a pessoa.

O nome verdadeiro de Xiao Wang era Wang Zhi. Ele era seu júnior da mesma universidade. Ele era um cara inteligente e eles trabalhavam juntos. Depois que ele se tornou o júnior de Lin Huang no trabalho, ele começou a convidar Lin Huang para tomar bebidas, termas e massagens, além de ajudá-lo no trabalho toda semana. Eles se tornaram próximos depois disso, então era natural que eles pudessem beber e comer juntos ocasionalmente.

“Eu tenho algo para fazer hoje. Vamos fazer isso algum outro dia”, recusou Lin Huang. Afinal, ele ainda precisava recuperar a memória e seria exposto facilmente se conhecesse alguém que o conhecesse.

“Ah, tudo bem então. Vá em frente com suas coisas.” Xiao Wang então desligou.

Lin Huang andou pelo apartamento. A cozinha e o banheiro ainda eram os mesmos, e o tapete do banheiro ainda estava molhado. Até mesmo o lixo na cozinha ainda estava lá. Ele lembrou-se de que era assim que sua casa parecia no dia anterior à partida. Ele então olhou para a data em seu telefone. Era 3 de junho de 2017, sábado, que foi o dia em que ele partiu.

“Então, eu voltei para o dia que eu saí?” Lin Huang olhou para a hora. Eram 9h41 da manhã.

“Eu me lembro de olhar a hora antes de sair. Eram 9h40. Isso significa que é quando eu acabei de sair.” Lin Huang não conseguia entender por que a Runa que Vislumbra o Coração o mandara para cá. Não havia nada de que ele estivesse aterrorizado na Terra, como ele tinha visto muito do outro lado ao longo dos anos. Qualquer monstro de Nível Transcendente poderia matar toda a raça humana se fosse colocado na Terra.

Lin Huang então voltou para a sala e sentou no sofá. Ele acendeu um cigarro sem saber o que ia acontecer a seguir. O silêncio durou apenas menos de três minutos. O telefone no bolso começou a vibrar novamente. Ele ficou chocado quando viu quem estava ligando. Foi sua mãe que faleceu em um acidente de carro quando ele tinha nove anos. Ele hesitou por um longo tempo antes de finalmente atender a ligação. Uma voz familiar veio do outro lado antes de ele começar a falar.

“Xiao Mu Tou, é fim de semana. Você vai estar em casa para o almoço? Eu fiz bolinhos para você com cebolinha e recheio de ovos.”

Xiao Mu Tou era o apelido de Lin Huang. Sua mãe chamava seu pai de Mu Tou, portanto, quando ele nasceu, seu pai era chamado Da Mu Tou, e Xiao Mu Tou naturalmente se tornou o apelido de Lin Huang.

Ele não podia se mexer quando ouviu aquela voz. Ele nunca imaginou que iria ouvir sua mãe novamente. Bolinho de massa com cebolinha e recheio de ovos era sua comida favorita quando ele era criança. Sua mãe sempre fazia bolinhos sempre que obtinha excelentes resultados em sua escola primária.

“Olá, você pode me ouvir? Por que você não está falando?”

As lágrimas de Lin Huang começaram a derramar.

“Mãe… eu sinto sua falta.”

“O que há de errado? Alguém te intimidou?” Embora sua mãe não o ouvisse chorando, ela sabia que algo estava errado.

“Não.” Lin Huang se acalmou e perguntou: “Papai está em casa?”.

“Seu pai está aqui. Vou chama-lo para falar com você.” Sua mãe não tinha idéia do que aconteceu quando ela passou o telefone para seu pai.

“Filho, o que há de errado?” A voz enérgica de seu pai veio do outro lado. As lágrimas de Lin Huang começaram a derramar, mas ele conseguiu se acalmar.

“Eu estou bem, pai… eu vou estar em casa para os bolinhos mais tarde.”

“Oh, esteja seguro na estrada.” Seu pai o lembrou.

Como a chamada foi desligada, Lin Huang começou a tremer e a chorar. Quando ele estava na Terra, sua mãe havia morrido de um acidente de carro quando ele tinha nove anos. Seu pai ficou deprimido desde então e morreu de um ataque cardíaco quando Lin Huang tinha 13 anos. Sua avó cuidou dele até que ele se formou no colegial e entrou na universidade. Sua avó faleceu quando ele estava no meio da graduação. Ele só conseguiu completar a graduação com empréstimos e trabalhando meio período, e por isso era muito mais trabalhador do que outros.

A Terra para a qual ele foi enviado não era a Terra que ele viveu, mas era um mundo paralelo onde seus pais ainda estavam por perto. Falar com seus pais que ele havia perdido quando ele era jovem fez com que Lin Huang, que estava suprimindo suas emoções o tempo todo, se perdesse completamente…


Capítulo Anterior  ||  Índice  ||  Próximo Capítulo

Rolar para o topo