MP – Capítulo 708

Capítulo Anterior  ||  Índice  ||  Próximo Capítulo


Capítulo 708: Minha Vida [Ponto de Vida em Primeira Pessoa]

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Eu decidi compensar meus arrependimentos, uma vez que foi um teste da Runa Que Vislumbra o Coração. Eu sabia o quão devastado eu fiquei quando meus pais e minha avó faleceram, para não mencionar terminar com Zhang Yan. Essas foram as razões da minha falta de confiança. Eu só poderia me libertar se eu superasse completamente, então decidi seguir meu coração e propor a Zhang Yan.

Meus pais não esperavam que eu me casasse com Zhang Yan, pois achavam que era a primeira vez que nos encontramos. Meus pais e minha avó tinham falecido quando eu comecei a namorar Zhang Yan, então eles não conseguiram conhecê-la. Nesse mundo paralelo, talvez a Runa Que Vislumbra o Coração tenha alterado minhas memórias quando escrevia o roteiro, porque Zhang Yan nunca conhecera meus pais. Depois de informar que estávamos namorando há dois anos, eles perceberam que nossa vontade de nos casar não era uma decisão precipitada.

Depois que eles se conheceram, a data do casamento foi logo decidida. Era o dia 7 de julho, o dia dos namorados chinês. O casamento foi bem preparado para ser realizado dois meses e meio depois. O tempo passou rapidamente e logo foi o grande dia. Zhang Yan usava um vestido de noiva branco como um cisne elegante entre todos os outros. Felizmente, eu não era um sapo. Se assim posso dizer, pareço um cisne negro de terno preto.

Trocamos anéis na presença de nossos amigos e familiares como testemunhas. Eu senti um grande senso de realização quando coloquei a aliança em seu lindo dedo anelar. Durante nossos dois anos de namoro, considerei passar minha vida com essa garota mais de duas vezes. Eu não esperava que meu sonho se tornasse realidade com a Runa Que Vislumbra o Coração. Meus pais e minha avó ainda estavam vivos, eu era casado com o amor da minha vida e não me arrependia da vida.

No entanto, eu estava bem ciente de que eu ainda estava em uma história. Estava indo muito bem; foi quase perfeito. Até agora, eu não tinha ideia do que era o teste da Runa Que Vislumbra o Coração. No final da noite, Zhang Yan e eu voltamos para a nossa sala de casamento depois de mandar nossos amigos e familiares embora. Quando desligamos a luz, o luar brilhante brilhou na cama através da porta deslizante da sacada. Meu coração quase parou de bater quando vi Zhang Yan tirando as roupas sob o luar.

Sua pele era tão bela quanto a neve, e parecia que ela estava brilhando. Eu estava me entregando totalmente no momento, esquecendo tudo sobre a Runa Que Vislumbra o Coração…

Na segunda manhã, senti como se tivesse esquecido alguma coisa quando acordei da cama. Eu não conseguia lembrar de nada, mas tinha uma terrível dor de cabeça por causa de uma ressaca, assim como um senso de realidade irrealista.

“Lin Zhi, venha beber esse chá de gengibre.” Zhang Yan trouxe um copo. Peguei o copo e tomei um gole, sorrindo quando olhei para ela.

“Eu acho que você deveria me chamar de outra coisa agora, esposa?”

Zhang Yan corou quando ela se abaixou e olhou nos meus olhos.

“Ok, meu marido!”

“Venha, beije seu marido agora”, eu provoquei e me aproximei dela.

“Não, você não lavou seu rosto.” Zhang Yan fez beicinho como se ela estivesse com nojo de mim.

“Oh não, minha cabeça está doendo.” Eu fingi.

“Beba isto. Ajudará com sua ressaca.” Zhang Yan sabia como as ressacas ruins me faziam sentir.

“Eu vou beber se você me beijar”, eu insisti de brincadeira.

Assim que seus lábios quentes tocaram meu rosto, ela se levantou e olhou para mim com raiva.

“Terminar, não deixe uma única gota para trás!”

“Tudo bem, minha esposa.” Eu terminei a bebida de uma vez por todas. Eu até lambi as últimas gotas no fundo do copo.

“Eu acho que vou precisar esterilizar o copo…” Zhang Yang fingiu repudio quando pegou o copo com dois dedos e saiu para a cozinha.

—◊◊◊—

Entramos no nosso período de lua de mel. Como havíamos saído há dois anos, conhecíamos os outros tão bem que podíamos nos entender apenas com um único olhar. Eu me entreguei completamente nessa doce vida, perdendo toda a aparência do que era real e do que era falso.

Eu até me esqueci de Xiao Hei, Bai, Charcoal, Tirano…

Eu tinha me esquecido do Poder da Vida, da Espada, da Telecinese, da Feitiçaria…

Eu tinha esquecido que meus pais e minha avó tinham falecido…

Quando eu acordava todas as manhãs, sentia que algo estava faltando, mas não conseguia identificar o que era aquilo. Três meses depois do nosso casamento, Zhang Yan engravidou. Eu parei de me preocupar com o que estava faltando. A felicidade da paternidade ocupou meu coração, minha cabeça e até minha alma.

Zhang Yan deu à luz um filho quando ela estava grávida de nove meses. Nossa criação do amor nos fez ainda mais felizes do que nunca. Foi um desafio trazer uma criança, mas conseguimos passar por isso. Para ser exato, havia mais felicidade do que dor. Minha esposa estava grávida de novo quando nosso filho tinha quase um. Era uma filha desta vez. Nossos filhos cresceram e nossa vida foi finalmente muito mais relaxada quando eles foram para o jardim de infância.

Fui promovido e me tornei gerente do departamento, enquanto minha esposa começou a trabalhar novamente. Nossa vida estava melhorando dia a dia. A única má notícia que tive foi que a avó faleceu. No dia em que ela faleceu, algumas imagens inquietantes passaram vagamente pela minha cabeça. No entanto, as imagens desapareceram imediatamente, então eu não as descobri.

O tempo estava passando rapidamente, e nossos filhos cresceram, passando pelo jardim de infância, escola primária, colegial, ensino médio e pela universidade. Minha esposa e eu finalmente completamos nosso papel em criar nossos filhos. Eles então começaram a trabalhar, e não precisávamos mais nos preocupar com eles. Foi então que percebi que o tempo tinha passado. Minha esposa e eu éramos velhos. Nosso cabelo estava ficando cinza…

Pai faleceu no dia em que nosso filho se casou. Havia uma imagem estranha que brilhou na minha cabeça novamente, mas desapareceu rapidamente. Eu não consegui descobrir o que era. Nossa filha se casou mais tarde, e logo tivemos netos, seguidos pela mãe nos deixando…

Embora nossa vida estivesse melhorando, minha esposa e eu estávamos ficando mais velhos a cada dia. Ela faleceu quando tinha 87 anos. Nosso casamento durou 62 anos, mas nosso amor não podia lutar contra o destino da vida…

Muitas imagens brilhavam na minha cabeça no dia em que ela faleceu, mas eu estava me afogando na dor de perdê-la e tratava aquelas imagens como alucinações ridículas. Perder uma pessoa com quem você passou 62 anos foi como se sua alma estivesse sendo arrancada, e você se sentia completamente sozinho…

Depois que minha esposa faleceu, minha saúde piorou. Eu sonharia com minha esposa sempre que fechasse meus olhos. Não tenho certeza se eu não estava me sentindo bem, eu estava comendo menos e estava ficando mais fraco.

Embora meus filhos tentassem me ajudar, eu não conseguia parar o tempo de me deixar mais velho. Eu acordei de um coma na cama do hospital, e eu tinha uma máscara de oxigênio no meu rosto. Eu sabia que não tinha muito tempo.

“Papai…” Os olhos do meu filho estavam vermelhos, e eu sabia que ele estava chorando.

Minha filha estava segurando minha mão.

“Papai, você está tentando nos dizer alguma coisa?”

Eu tentei o meu melhor para acenar. O menor movimento me deixou cansado. Tirando a máscara de oxigênio, eles se aproximaram de mim.

“Papai, fale conosco. Estamos ouvindo.”

Eu tentei o meu melhor para falar, mas minha voz era baixa e fraca.

“Eu… não me arrependo… desta vida…”

Depois de dizer isso, senti que havia perdido toda a minha força. Enquanto olhava para o teto branco do hospital, senti meu corpo se afogar como se estivesse caindo em algum lugar.

“Eu acho que esqueci alguma coisa. O que é?” De repente, um estranho pensamento veio à minha cabeça. Eu estava tentando pensar sobre o que eu tinha esquecido.

Ouvi meu filho e minha filha chorando no quarto do hospital, assim como outra pessoa chorando. No entanto, o som estava se afastando como se estivesse sendo isolado. Imagens começaram a piscar na minha cabeça. Meu pai abrindo a porta para mim, mamãe arrumando os legumes na cozinha, vovó assistindo TV no quarto, a pele clara da minha esposa sob o luar…

Espere, por que essas lembranças começaram quando eu tinha 25 anos? O que aconteceu com minhas memórias antes disso? Eu pensei que era estranho. De repente, outra bobina de imagens começou a rodar. Foi uma noite chuvosa quando eu tinha 9 anos e terminei meu dever em casa. O telefone estava tocando. Meu pai correu para fora de casa como um louco depois de atender o telefone sem trazer um guarda-chuva com ele. Ele parecia arrasado quando chegou em casa. Eu só descobri pela minha avó que a mãe não voltaria no dia seguinte.

Quando eu tinha 13 anos, fui para o colegial. Meu professor me chamou quando eu estava em uma prova na escola.

“Lin Huang, algo aconteceu com seu pai. Deixe-me mandá-lo para casa.”

Vovó estava chorando quando cheguei em casa. Fiquei perguntando ao professor da turma o que havia acontecido e logo descobri que meu pai teve um ataque cardíaco. Era tarde demais quando ele foi enviado para o hospital. Quando eu tinha 19 anos, na universidade, recebi um telefonema da minha tia dizendo que a avó tinha falecido … Quando eu tinha 24 anos, Zhang Yan ligou e terminou comigo…

Eu tinha dúvidas de que todas essas imagens eram completamente diferentes da realidade em que eu estava vivendo.

“De onde vieram todas essas memórias?! Por que a linha do tempo está errada?”

Meu corpo estava ficando mais pesado enquanto imagens se formavam em minha cabeça como um filme. Todos os detalhes estavam claros desde o começo até o fim.

Apenas quando senti que estava caindo em um abismo, um nome sutilmente familiar passou pela minha cabeça.

“Xiao Hei?”

Quando o nome surgiu, mais e mais nomes apareceram em minha mente.

“Bai, Charcoal, Tirano, Kylie…”.

“Oh sim, meu nome é Lin Huang. Eu tenho o Poder da Vida em mim. Eu também tenho Telecinese e Feitiçaria. Eu conheço a habilidade de espada e adagas voadoras. Eu também posso invocar monstros… Eu estou agora em um mundo virtual que o Runa Que Vislumbra o Coração criou!”

Como esse pensamento veio a mim completamente, a sensação de cair desapareceu completamente. Havia uma luz brilhante à frente e o mundo escuro começou a se despedaçar. Um momento depois, minha consciência voltou ao meu corpo. Percebi que estava em frente a uma Tabuleta de Pedra. Um brilho dourado saiu da Tabuleta de Pedra e ficou entre as minhas sobrancelhas.


Capítulo Anterior  ||  Índice  ||  Próximo Capítulo

Rolar para o topo