MPE – Capítulo 05

Monster Pet Evolution

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 05: A Lendária Srta. Murong

Tradutor: Asu | Editor: Asu

No dia seguinte, quando o céu começou a brilhar, um despertador tocou. Gao Peng, que estava deitado no sofá, acordou sobressaltado.

Eh? Quando me cobri com um cobertor? Gao Peng se perguntou enquanto esfregava a cabeça em confusão. Decidindo não pensar muito sobre isso, ele rapidamente se levantou para se lavar.

Depois de uma lavada, Gao Peng rapidamente devorou ​​um sanduíche de sua bolsa que estava preparado de antemão e foi arrastar Da Zi para fora do sofá. Da Zi preguiçosamente permitiu a Gao Peng arrastá-lo, sem fazer nenhum esforço para se mover de sua posição no chão. Suas garras amarelas rasparam contra o chão, fazendo um som de shaaashaaa.

Gao Peng abaixou seu grande monstro para recuperar o fôlego. Não, esse cara é muito pesado, pensou Gao Peng. Tenho que fazer esse cara andar por conta própria.

Ele se agachou e bateu na dura carapaça de Da Zi. Um som nítido soou. “Da Zi, você tem que andar por conta própria, entendeu?” Gao Peng disse.

Da Zi levantou a cabeça e deu algum tipo de resposta acenando com a ajuda de seu par de antenas. Em seguida, voltou para sua posição no chão, sem se mover nem um centímetro.

Gao Peng não sabia o que fazer. Por alguma razão, esse cara estava ficando cada vez mais preguiçoso. Ele franziu a testa e pensou por um momento. Ele lembrou que Zhang havia mencionado uma vez na aula que controlar os Monstros Familiares exigia métodos e rotinas regulares. Embora os humanos chamassem essas criaturas de monstros, elas eram basicamente apenas outra forma de vida senciente que era diferente dos humanos.

Sendo sencientes, eles tinham emoções e, naturalmente, suas próprias personalidades também. Até mesmo monstros da mesma espécie poderiam ter uma miríade de personalidades diferentes, assim como os humanos.

Se uma pessoa tinha uma disposição fraca e covarde, passar por alguns anos de treinamento militar rigoroso poderia tornar a personalidade dessa pessoa mais forte e resiliente. Usando a mesma lógica, os monstros que não são adequados para a batalha poderiam passar por métodos especiais de treinamento para torná-los mais adequados para serem Familiares.

Da Zi era jovem demais para ser tão preguiçoso. Estar preso na casa por muito tempo pode ter causado o desenvolvimento do temperamento de uma batata de sofá. Gao Peng se agachou novamente e sussurrou sedutoramente para Da Zi: “Você quer comer alguma coisa? Vamos sair e brincar? Há muitos insetos gostosos por aí”.

As antenas ondulantes de Da Zi de repente congelaram e dispararam na vertical.

Virou a cabeça, olhando diretamente para Gao Peng. Gao Peng sorriu.

Ao redor do pescoço de Da Zi havia um colar de couro, e preso às costas havia uma corrente cinza prateada que Gao Peng segurava na mão.

Gao Peng carregava sua mochila vermelha enquanto caminhava junto com Da Zi pelas ruas enquanto as pessoas passavam por eles.

Embora a visão de uma centopeia caminhando fosse bastante rara, Gao Peng não captou tanta atenção. Afinal, praticamente todos os lares mantinham um monstro como animal de estimação, exatamente como os cães e gatos eram mantidos como animais de estimação antes do cataclismo.

Além disso, monstros vieram em todas as formas e tamanhos. A maioria das pessoas optou por criar monstros que pareciam fofos ou majestosos. Ao mesmo tempo, sempre haveria aqueles com gostos incomuns que preferissem os monstros estranhos.

Por exemplo, apenas à esquerda de Gao Peng estava uma tia de aparência elegante que segurava uma corrente tão grossa quanto o braço de uma criança para levar seu Cão Leão da Neve de tamanho médio, com três metros de altura e seis metros de comprimento.

É isso mesmo: um cão deste tamanho só contava como um cão largo e de tamanho médio nos dias de hoje, e não um cão grande.

Andando apressadamente na direção de Gao Peng estava um homem de terno e gravata que parecia um empregado de escritório. Empoleirado em seu ombro, um papagaio vermelho e preto fechava os olhos e cochilava.

Ao passarem pelo Cão Leão da Neve, o papagaio abriu os olhos, virou-se e cuspiu friamente: “Idiota!”

O Cão Leão da Neve parou e virou-se para olhar o papagaio. Seus olhos, grandes como lanternas, estavam cheios de curiosidade.

“Idiota! O que você está olhando?” O papagaio tinha uma língua afiada.

“Woof!” latiu alegremente o Cão Leão da Neve, que esticou a própria língua para lamber o papagaio.

O papagaio voou habilmente, deixando seu dono, que estava bem vestido de terno e gravata, ser coberto pela saliva do Cão Leão da Neve.

A mulher rapidamente pediu desculpas, mas o homem simplesmente sorriu ironicamente e disse: “Está tudo bem. É culpa do meu papagaio bobo por ter uma boca tão suja. Eu já estou acostumado com isso. Vou trocar quando chegar ao escritório.” Com isso, ele abriu a pasta na mão esquerda, revelando um novo conjunto de roupas de escritório. Ele estava evidentemente preparado.

Este pequeno episódio foi apenas parte da vida cotidiana nas ruas. Neste novo mundo, muitas pessoas ainda estavam em fase de ajuste com seus novos animais de estimação. Todo mundo estava trabalhando duro para se ajustar à chegada de monstros em suas vidas.

Atrás do homem em traje de escritório estava um velho de setenta anos andando com um sapo colorido do tamanho de uma pedra de moinho. O sapo tinha verrugas por toda sua costa do tamanho de bolas de pingue-pongue. Este era provavelmente um Sapo de Cinco Cores, uma espécie não venenosa. Por alguma razão, as pessoas acharam esse tipo de sapo bonitinho e os criaram. Era um animal de estimação popular hoje em dia.

Em contraste, Da Zi parecia simplesmente bruto à primeira vista. Mas depois de uma observação cuidadosa, foi bastante bonito de uma forma feia.

Havia algumas pessoas andando pelas ruas, muitas das quais estavam andando com seus animais de estimação. Não importa que tipo de monstro fosse, eles tinham uma coisa em comum. Eles estavam todos amarrados em alguma parte do corpo, com a coleira presa na mão do dono. A maioria desses monstros poderia facilmente quebrar as correntes finas que os conectavam a seus donos. Mas a coleira não foi feita para conter esses monstros, já que usar a coleira era uma forma de respeito pelas outras pessoas.

Gao Peng logo chegou à escola. Não ficava longe de sua casa, a cerca de meia hora de caminhada a pé. Atualmente, todas as escolas são públicas gerenciadas pelo governo. O governo também proibiu a criação de escolas particulares.

A educação sempre foi importante, e foi ainda mais neste novo mundo. As mentes das crianças eram as mais puras e também as mais facilmente desviadas. A infância foi o período mais crucial para os pensamentos e ideias de alguém serem moldados e modificados.

Nos tempos pacíficos do passado, uma criança problemática provavelmente cresceria para se tornar uma adulta problemática e, no máximo, causaria alguns pequenos problemas na sociedade. No novo mundo, entretanto, era quase impossível dizer o que uma pessoa poderia se tornar no futuro. Se um encrenqueiro conseguir assinar um contrato de sangue com um monstro de alto nível, até mesmo o menor problema pode resultar em grandes danos.

Gao Peng estudou na Terceira Escola Secundária de Chang’an, localizada nos subúrbios ao lado dos campos de treinamento da Brigada de Polícia Armada de Chang’an. Se ele andasse um pouco mais, ele sairia da cidade.

Fora das cidades, muitas áreas já haviam se transformado em selvas primitivas. Selvas significava perigo e o desconhecido.

Mas é claro que isso se aplica apenas às selvas mais desoladas. O governo já havia descoberto o que pudessem sobre as selvas ao redor de Chang’an. Monstros perigosos eram praticamente inexistentes e, mesmo que aparecessem, os melhores Treinadores de Monstros de Chang’an os eliminariam rapidamente.

Tropas militares também estavam posicionadas ao longo das bordas da selva, impedindo totalmente que monstros perigosos escapassem da selva. Apenas alguns monstros de baixo nível e não ameaçadores vagavam ocasionalmente do lado de fora para a periferia da cidade. Mas isso só permitiu que estudantes mais velhos de grandes escolas e os vários Treinadores de Monstros de Chang’an tivessem a chance de praticar suas habilidades.

Do lado de fora do portão da escola havia uma fileira de ônibus escolares. Cada ônibus era preto e vermelho, com um robusto anel de metal preso ao chassi. O anel de metal ainda tinha pontas afiadas em torno dele. O exterior de cada ônibus era triplamente revestido com placas de metal, cada uma com a espessura de um polegar. As rodas do ônibus foram feitas com um material especial que foi obtido a partir de seringueiras mutantes que surgiram após o cataclismo. Rodas feitas com essa nova forma de borracha eram mais resistentes e duras, mesmo resistindo a tiros de pequenos calibres.

Gao Peng não pôde deixar de olhar para os ônibus mais algumas vezes. Eu acho que qualquer monstro de Classificação Excelente e abaixo não deve representar uma ameaça para esses ônibus, pensou Gao Peng de repente.

“Alunos do Segundo Ano | Turma Três, por favor, reúnam-se aqui!” Gritou uma voz do portão da escola.

Na frente de um dos ônibus havia uma mulher de cabelos vermelhos, de cerca de um metro e meio de altura, vestindo uma jaqueta de couro preta e jeans boca de sino. Ela estava segurando uma placa de madeira que dizia “Segundo Ano | Turma Três”.

“Bom dia, Srta. Murong,” Gao Peng correu e cumprimentou-a educadamente.

Murong Qiuye, que pesava nada menos que 114 kg, sorriu e assentiu. Ela respondeu com uma voz gentil: “Ah, Gao Peng, você chegou. Você pode ir ao ônibus escolar primeiro.”

Os alunos que eram bem apreciados pelos professores geralmente se enquadravam em duas categorias: os que obtinham boas notas e os alunos arteiros.

Gao Peng foi naturalmente o primeiro. Afinal, seus resultados estavam no topo da Turma e o quarto do Ano[1]. Ele também era um aluno quieto que não causava problemas, o que deixava a mente de seus professores à vontade.

Subindo no ônibus escolar, Gao Peng pôde ver que alguns alunos já haviam embarcado. Gao Peng geralmente só se dava bem com os outros alunos e era uma presença normal e comum dentro da sala.

Pelo menos era o que Gao Peng pensava. Na realidade, Gao Peng, cujas notas melhoraram drasticamente e que subiram para o quarto lugar desde a morte de seus pais, tornou-se um aluno muito especial aos olhos de seus colegas de sala.

Neste momento, a Centopéia de Garras Amarelas com Dorso Roxo que Gao Peng havia amarrado em sua mão direita estava capturando a atenção de muitos colegas de classe.

“Uau, é tão fofo!”

“Que pequena centopéia moe[2].”

“Uau, essa é uma Centopéia de Garras Amarelas com Dorso Roxo, não é? É um dos monstros mais bem classificados entre os monstros de Classificação Comum. Pensar que a família de Gao Peng possuía um monstro familiar tão poderoso!”

“Mas Gao Peng não é um órfão? Onde ele poderia ter colocado as mãos em uma Centopéia de Garras Amarelas com Dorso Roxo? Ele deve ter pegado emprestado, certo?” uma voz de repente falou de maneira inapropriada, fazendo com que a atmosfera no ônibus da escola esfriasse.


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Nota:

[1] Ano aqui se refere à Primeiro Ano, Segundo Ano e etc.

[2] Moe é uma gíria que significa fofa ou adorável.

Aviso do Tradutor:

Asu

Asu

Rolar para o topo