MPE – Capítulo 116

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 116: O Início de um Capítulo (Parte Um)

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Na borda do local do exame, do lado de fora da faixa de alerta, havia vários soldados armados com rifles. Eles estavam gritando alto para um grupo de pessoas. “Pare!”

Havia três pessoas vestidas com trajes formais. Um deles carregava uma câmera no ombro, outra segurava um microfone na mão e a última tinha um caderno para anotações.

“Somos da estação de TV de Chang’an. Esta é a nossa permissão de trabalho. Nossas entrevistas foram aprovadas pelo governo da Cidade de Chang’an.”

Os olhos do primeiro soldado estavam frios quando ele disse: “Recebemos ordens. A menos que você tenha um passe ou permissão de trabalho, ninguém além do vigilante pode entrar no local!”

A repórter sorriu e ficou rígida. Ela virou a cabeça para pegar o telefone e silenciosamente ligou para o diretor.

“Diretor, não podemos entrar…”.

“Nós dissemos que temos a permissão do governo da cidade de Chang’an… mas parece que não funciona.”

No final, os repórteres foram parados do lado de fora do local. Eles se sentiram impotentes. Eles provavelmente só usariam drones para tirar algumas fotos.

No entanto, eles não poderiam voltar de mãos vazias. Como eles responderiam aos seus superiores quando o diretor não se importasse com desculpas? Se eles voltassem com nada, isso significaria que eles falharam em seu profissionalismo.

“Por que não entrevistamos alguns dos candidatos antes de entrarem no local do exame?” Perguntou a assistente que era responsável por tomar notas. Eles não podiam entrar no local para gravar, mas ninguém os impediria de entrevistar candidatos, certo?

No entanto, depois de entrevistar alguns candidatos, eles ficaram insatisfeitos com os resultados. Todos eles deram respostas padrão. Por exemplo, “Espero ter sucesso, sinto-me muito confiante, agradeço aos meus pais”.

Essas não eram respostas ruins, mas não atrairiam a atenção das pessoas. Era o tipo de notícia que seria esquecida assim que fosse vista.

“Ei. Que tal entrevistarmos aquele candidato?” Disse o cinegrafista, e de repente virou a câmera para um aluno à distância montando uma aranha.

Atrás do aluno havia um monstro humanoide usando um manto negro. Havia também uma centopéia com 6 metros de comprimento.

Ele tinha três familiares!

Este era um estudante com o maior número de familiares que eles já tinham visto. Eles correram para Gao Peng.

O cinegrafista ligou para começar a gravar.

“Olá, podemos entrevistá-lo?” A repórter sorriu. Ela habitualmente empurrou o cabelo atrás da orelha. Ela limpou a garganta para se preparar fazendo suas perguntas.

“Não, você não pode”, Gao Peng respondeu conciso.

Gao Peng então junto com Stripey passou pela repórter. A repórter não sabia como reagir. Algo parecia errado.

Silly olhou para a repórter com interesse. Em seguida, girou os tentáculos e saiu do ombro de Gao Peng, voando em direção à repórter, pousando em sua cabeça.

Esta cena foi gravada pela câmera. A cabeça da repórter parecia pegajosa e desconfortável. Seu couro cabeludo estava dormente. Ela não sabia o que era, mas esse toque frio quase a fez gritar.

“O que está na minha cabeça?” A repórter perguntou ao cinegrafista. Ela parecia estar prestes a chorar.

“Uma coroa.”

“Uma coroa?!”

A repórter ficou aturdida. O que diabos foi isso?

Depois que Gao Peng se afastou dos repórteres, ele correu para a sala de exames. Ele não queria estar na TV.

Havia uma longa fila em frente à entrada do local do exame. Havia mais de uma dúzia de máquinas sensoriais na frente. O Exame de Entrada da Faculdade de Treinadores de Monstros foi realmente rigoroso.

Gao Peng pulou de Stripey. Ele caminhou para a frente e entregou o passe de entrada para os soldados no portão da frente, que o devolveram após a verificação e disseram para Gao Peng entrar na fila.

Depois de um tempo, uma repórter furiosa caminhou até Gao Peng. Ela carregou Silly na mão esquerda, que soltou um grito alto.

Gao Peng estava com dor de cabeça. Ele não sabia como explicar isso.

A repórter se adiantou e devolveu Silly a Gao Peng, dizendo intensamente: “Vou devolver seu chapéu para você!”

Os candidatos ao redor viraram a cabeça. Eles olharam para Gao Peng, confuso.

Depois que a repórter saiu, Silly se empurrou nas mãos de Gao Peng. Suco, eu quero beber suco! pensou.

Você quer beber suco? Quando voltarmos para casa, vou transformá-lo em suco! respondeu Gao Peng.

A boca de Gao Peng se contorceu. Ele colocou Silly no bolso e puxou o zíper.

Demorou exatamente meia hora para chegar a vez de Gao Peng.

Gao Peng subiu para uma máquina de reconhecimento facial e verificação de impressões digitais. Removeu a possibilidade de alguém fazer o teste no lugar de outra pessoa.

Ele então alcançou outra máquina e colocou seus familiares dentro. O treinador de monstros também se dirigiu para outra máquina. Se o familiar e o treinador de monstros estivessem ligados um ao outro, a máquina ficaria verde. Isso foi detectado usando um campo magnético especial.

Uma luz vermelha apareceu de repente em outra máquina não muito longe.

Beep, beep, beep

Vários soldados se reuniram. Atrás deles havia vários Lobos da Lua Prateada de aspecto sombrio. Eles avançaram.

“Tente de novo”, disse um oficial uniformizado. Ele olhou para os alunos que estavam na máquina.

Do outro lado da máquina havia um Behemoth de Pelo Longo Vermelho. O Behemoth de Pelo Longo tinha 3 metros de altura. Seu pelo caiu como uma cachoeira, e parecia uma bola de pelo.

De repente, o Behemoth de Pelo Longo gritou de raiva.

Ele pulou da máquina e começou a correr.

Eles não precisaram das instruções dos soldados, os Lobos da Lua Prateada subiram de todas as direções e derrubaram o Behemoth de Pelo Longo assim que ele pulou. O Behemoth de Pelo Longo foi pressionado em questão de segundos.

Os Lobos da Lua Prateada o cercavam. Eles morderam os membros maciços do Behemoth de Pelo Longo.

O estudante que assistia a cena ficou pálido. O pessoal uniformizado adiantou-se e devolveu o passe de estudante para ele. “Suas qualificações do exame foram removidas, volte”, disse ele.

O estudante ficou atordoado. Seus olhos ficaram vermelhos e ele começou a dizer: “Não, não, eu estava errado. Por favor, não remova minhas qualificações de exame.” O estudante agachou-se, segurou a coxa da pessoa uniformizada e implorou.

A pessoa uniformizada calmamente levantou o aluno e limpou a poeira de suas calças. “Você é um homem, não apenas se ajoelhe. O mais importante é que um homem tenha dignidade.”

O estudante achou que as coisas iam melhorar depois que ele fosse levantado. Ele mostrou uma pitada de felicidade em seus olhos.

A pessoa uniformizada sorriu e consolou-o. “Vá e volte no próximo ano. Você não pode mais fazer o exame deste ano, as regras são regras. Haveria caos se não houvesse regras, e o teste não permite familiares que não são seus. Os infratores são desclassificados. Claro, se você tem certeza de que esse Familiar pertence a você, podemos verificar novamente”.

O rosto do aluno ficou pálido. Como ele poderia não saber se o Familiar era dele ou não? Era o Familiar do pai dele. Ele trouxe de casa em segredo enquanto seu pai estava ausente no trabalho.

Claro que ele conhecia as regras. Era apenas que seus Familiares eram sempre fracos durante o treinamento. Ele só queria vir aqui e tentar a sorte, esperando que os examinadores não notassem.

Era uma pena que eles fossem muito mais rigorosos do que imaginavam que seriam.

Dumby, Da Zi, Stripey e Silly passaram pela máquina muito rapidamente. O pessoal uniformizado encarregado de examinar os Familiares não pôde deixar de olhar para Gao Peng.

Este candidato certamente tinha muitos Familiares…


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo

Rolar para o topo