MPE – Capítulo 140

  • Asu 
Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 140: Ataque Conjunto

Tradutor: Asu | Editor: Asu

O Bicho-Pau dos Sonhos de repente sentiu um frio ao longo de seu abdômen. Uma centopéia estava rastejando de um lado para o outro sob a sua barriga.

Enquanto procurava em todos os lugares possíveis pela mancha branca, Da Zi congelou de repente. Um membro de inseto brilhou na frente de seus olhos, errando por pouco sua cabeça, e atravessou a terra à sua frente, fazendo um som alto de shaaa.

Da Zi quase saltou de sua pele, olhando com medo para o membro na frente de seu rosto. Ele havia disparado do nada!

Da Zi olhou atentamente e depois cautelosamente deu dois passos para trás. O Bicho-Pau dos Sonhos agora estava esfaqueando o chão com seus membros em um frenesi. Da Zi precisava ser cuidadoso com sua própria posição, ou poderia muito bem ser empalado.

Da Zi torceu o corpo e atravessou os galhos do Bicho-Pau como um peixe escorregadio e ágil. Seus dois globos oculares negros rolavam nas órbitas, tentando encontrar o pequeno ponto branco.

Cadê? Cadê?

Da Zi estava procurando por isso loucamente. Sua visão não era boa para começar, e a alta velocidade com que o Bicho-Pau dos Sonhos se movia fazia seu corpo parecer ainda mais desfocado. Isso estava deixando Da Zi tonto.

Ao mesmo tempo, Dumby também estava em uma situação difícil. Porque seu corpo tinha um dos membros do Bicho-Pau dos Sonhos passando por ele, Dumby estava preso a menos de 30 cm da cabeça do Bicho-Pau dos Sonhos.

Não era possível para Dumby recuar e se livrar daquele membro, mas Dumby não ousaria recuar de qualquer maneira. Fazer isso só tornaria mais fácil para o Bicho-Pau dos Sonhos atacar.

Clang—

Um dos membros afiados do bicho-pau veio empurrando de cima da cabeça de Dumby, atingindo o ombro de Dumby com um som alto e metálico.

O ombro de Dumby caiu um pouco e havia uma lasca na área que fora atingida.

Da Zi, que estava bem debaixo do Bicho-Pau dos Sonhos, congelou em seu caminho. As antenas agitadas em sua cabeça de repente pararam e seus olhos ficaram fixos em um certo ponto no abdômen do Bicho-Pau dos Sonhos.

Encontrei! Finalmente encontrei!

Mas no momento seguinte, Da Zi percebeu algo realmente estranho. Não conseguiu chegar ao local.

Embora Da Zi tivesse muitas pernas, elas eram todas pernas curtas. Além disso, quem já ouviu falar de uma centopéia saltadora? Ser capaz de pular apenas 30cm no ar foi o resultado do esforço total de Da Zi. Mas ele tinha que tentar.

Da Zi pulou com toda a força, subindo 30cm no ar e depois aterrissou com um baque no chão.

O Bicho-Pau dos Sonhos estava pisando loucamente no chão e, quando Da Zi aterrissou, um de seus membros perfurou Da Zi.

A superfície da carapaça roxa de Da Zi explodiu com o gritante som estridente de metal. Faíscas voaram para fora, e a parte que foi atingida foi afundada com o padrão de um redemoinho.

Puchi!

Da Zi enrolou e gritou em agonia. Era como se tivesse sido pregado no chão.

O peito de Gao Peng subitamente se apertou. Não importa quantos Familiares ele tivesse, seu vínculo com Da Zi, que o seguira desde o começo, era o mais profundo e o mais difícil de ser abandonado. Da Zi foi seu primeiro Familiar, afinal.

Vendo que tinha conseguido pisar na pequena centopéia, o Bicho-Pau dos Sonhos segurou-o com o membro. Uma expressão selvagem brilhou através de seus olhos, levando junto a sugestão de crueldade inimaginável.

O Bicho-Pau dos Sonhos levantou outro membro, apontando diretamente para a cabeça de Da Zi.

As chamas da alma de Dumby explodiram em um frenesi em suas órbitas oculares. Um indescritível sentimento de raiva explodiu de seu coração.

Nesses poucos meses interagindo com Da Zi, Stripey e Silly, Dumby passara a vê-los como amigos próximos. Mesmo que Da Zi frequentemente ficasse com ciúmes de Dumby, mesmo que Stripey fosse realmente tímido, mesmo que Silly fosse realmente bobo… Dumby realmente os via como amigos.

Dumby abriu a boca, seus caninos afiados brilhando com um brilho frio, e mastigou com toda a força a cabeça do Bicho-Pau dos Sonhos!

O membro do Bicho-Pau dos Sonhos só tinha descido até a metade antes de parar no ar e se levantar novamente de dor e medo.

Sssss!

Dumby mordeu um dos olhos, esmagando-o completamente, e os fluidos estavam pingando por toda parte.

A dor era impossível de descrever.

O Bicho-Pau dos Sonhos não podia mais se preocupar com a pequena centopéia abaixo dele. Empurrando de dor, o Bicho-Pau dos Sonhos finalmente conseguiu arremessar Dumby para longe com seu membro espetado.

Fluidos verdes esguichavam do globo ocular quebrado.

“Da Zi, volte”, ordenou Gao Peng.

Mas Da Zi agiu como se não tivesse ouvido e ficou olhando para o ponto branco no centro do abdômen do Bicho-Pau dos Sonhos.

Gao Peng podia sentir o forte anseio de vingança de Da Zi, e esse sentimento foi direcionado diretamente para o Bicho-Pau dos Sonhos que acabara de machucá-lo.

O Bicho-Pau dos Sonhos, tendo um globo ocular mordido com sangue fluindo por toda parte, parecia estar em um estado lastimável, mas, na realidade, além de seus olhos, não sofreu nenhum ferimento grave. Sua habilidade de combate ainda estava em um nível muito alto.

Mas ao lado de Gao Peng, tanto Stripey quanto Da Zi sofreram grandes lesões.

Da Zi de repente abriu a boca e sua superfície entrou em erupção com arcos roxos de eletricidade. Os arcos se condensaram em fios e depois convergiram para um raio roxo, disparando para fora!

Bang!

O ar explodiu com um estalido enquanto os arcos de eletricidade voavam dezenas de metros no ar, como uma espada púrpura em forma de serpente apunhalando com toda a força.

Os olhos de Gao Peng se arregalaram. Ele olhou paralisado para o raio, prendendo a respiração.

O raio atingiu o alvo. A uma distância tão curta, com um ataque tão repentino, o Bicho-Pau dos Sonhos não teve tempo de fugir.

No momento em que seu cérebro registrou o som do trovão explodindo, também sentiu uma dor aguda se espalhando de seu abdômen.

O raio tinha atingido a pequena mancha branca, carbonizando o abdômen do Bicho-Pau dos Sonhos e tornando-o escuro como uma árvore atingida por um raio.

O Bicho-Pau dos Sonhos imediatamente pulou para trás e virou a cabeça, olhando para Da Zi com o olho restante.

A tensão encheu o ar da floresta.

Da Zi não mostrou sinais de fraqueza. Ele olhou furiosamente para o Bicho-Pau dos Sonhos, arqueando seu corpo como um grande arco, pronto para atacar.

Vida e morte são triviais. Quando se trata disso, é preciso lutar!

Dumby circulou ao lado. Dumby inclinou o corpo para baixo, curvando-se como um macaco. Suas mãos cavaram o solo abaixo dele, e seu Coração de Fio Sangue bateu fortemente em sua cavidade torácica.

―◊◊◊―

“Se eu não estiver errado, esses dois Familiares são ambos de Tier Comandante”, disse um membro da Unidade de Operações Especiais em surpresa.

“Ser capaz de possuir dois Tiers Comandante nesta idade é bastante raro.”

“Mas a esperança de derrotar o Bicho-Pau dos Sonhos com esses dois Familiares de Tier Comandante ainda é muito baixa”, disse o capitão, balançando a cabeça.

“Capitão, Rosa Branca quase alcançou o local alvo. Ela está perguntando se ela deveria matar o Bicho-Pau dos Sonhos imediatamente ou esperar e observar a situação.”

O capitão franziu a testa. Com base nas instruções iniciais, eles não foram autorizados a interferir. Mas agora que um participante morreu, os superiores estavam ficando nervosos.

Ele soltou um longo suspiro.

“Diga a Rosa Branca que ela deve acabar imediatamente com o Bicho-Pau dos Sonhos.”


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo